História O Sumiço de Himawari - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki
Tags Diadospaisfnh, Fnh, Himawari, Naruhina, Universo Original
Visualizações 168
Palavras 354
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Epílogo


"Você sabe que dia é amanhã, não sabe?

É o aniversário de morte de Minato e Kushina.

O dia em que seu pai e sua mãe morreram.

Neste mundo, tudo se acaba quando se morre.

Entenda bem..." (Obito)

 

"Ah, é.

Isso quer dizer que também é o dia em que eu nasci.

Entenda. Ainda não acabou...

Porque eu existo nesse mundo" (Naruto)

 - Episódio 380

 

Dia 10 de outubro.

Himawari estava andando na ponta dos pés para não fazer barulho e acordar alguém. Colocou o ouvido na porta do quarto dos pais e ouviu o conhecido ronco de Naruto. Abriu a porta e se aproximou do lado da mãe, na cama. Cutucou Hinata e fez sinal para que ela ficasse quieta e para que a acompanhasse para fora do quarto. Uma vez no piso térreo da casa, a menina contou seu plano. Hinata já totalmente acordada sorriu e fez que sim com a cabeça. Toda a comunicação entre elas era feita aos sussurros e gestos. Hinata pegou a mão da filha e a levou para a cozinha.

Naruto acordou antes do sol nascer. Ele deveria chegar mais cedo para compensar o fato de ter saído antes do que de costume, ontem. Estava sozinho no quarto. Hinata já devia estar preparando o café da manhã deles, então, não estranhou que ela não estivesse do seu lado, muito embora gostasse de ter uns momentos para namorarem.

Ele foi tomar banho e quando estava pronto desceu até a cozinha, sendo saudado com um “Parabéns, papai” todo colorido escrito, obviamente por Hinata, mas cheio de desenhos meio disformes como só Himawari fazia. Boruto estava lá também, meio emburrado, no canto, mas estava. Sobre a mesa, bolo e comidas que Hinata e Himawari prepararam a madrugada inteira para surpreender Naruto.

Quanto a ele, foi em direção às três pessoas que mais amava no mundo e beijou Hinata e pegou Himawari e Boruto em um abraço. Boruto tentou se desvencilhar, mas a irmã deu um beijo estalado na bochecha de Naruto.

- Feliz aniversário, papai! Esse é nosso presente.

- Não, Himawari, o meu presente de verdade são vocês três.


Notas Finais


E é isso! Fiz de todo o coração e espero que tenham gostado!
Para mim, que fui criada quase que exclusivamente por meu pai, em virtude do falecimento precoce de minha mãe, a relação entre pai e filha é de muita importância. E foi o que eu quis deixar aqui.
Me digam se gostaram ou não. Obrigada à todas as pessoas queridas demais que favoritaram e comentaram até agora. Vcs foram tão legais comigo que só posso agradecer! ^^
Precisei desse epílogo para fechar com um aniversário do Naruto com a família.
E, euzinha ainda estou pensando em fazer mais uma história do dia dos pais... Pra verem como eu amo esse dia! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...