História O sumiço de Jared - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Comedia, Crossover, Fantasia, Ficção, Jessica Jones, Luke Cage, Magia, Mistério, Romance, Sexo
Exibições 6
Palavras 1.117
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Noite de amor


Fanfic / Fanfiction O sumiço de Jared - Capítulo 5 - Noite de amor

*Sonho totalmente sem sentido*

Mole, seu ei de bunda! COMIGO FALOU?! Não! TCHAU! EU SOU SEU PAI! AH,MEU BRAÇO FOI CORTADO, MEU BRAÇO DIREITO, o que está acontecendo? PEPINO! Estrale tu corpo alegria Macarena, EEEEEEEEE, MAIZENA!! Quando o aeroporto batata tem vírus.... TRÁGICO!

*O despertador toca*

PÉ-PÉ-PÉ-PÉ -Despertador.

*Eu acordo*

—AH! Acordei -Eu olho as horas- Nossa, já é 13:45? Ah, não está tão tarde.

—MEU DEUS, O QUE É ISSO?! -Disse Jessica desesperada.

—Calma, foi só o meu despertador, está tudo bem.

—Ah, ok, nossa, me assustou. -Disse Jessica.

*Eu me levanto e me espreguiço*

—Eu vou descer para ver o que tem para comer, você quer vir?

—Não, obrigada, daqui a pouco eu desço. -Disse Jessica.

—Okay.

*Eu saio do quarto e vou para o banheiro*

—Mas antes eu vou arrumar esse meu cabelo todo bagunçado.

*Eu estalo os dedos e arrumo o cabelo*

—Pronto, agora eu posso descer.

*Pego o meu sobretudo e abro a porta*

—Rapha! Rapha! Espera aí! -Disse Naty.

—O que foi, Naty?! Está tudo bem?!

—Troca de quarto comigo? Por favor? -Disse Naty.

—Claro, eu já tava querendo fazer isso antes mesmo.
—Ah, obrigada. -Disse Naty aliviada.

—Aliás, eu estava indo descer, quer ir comigo?

—Claro, comida é bom de qualquer jeito. -Disse Naty rindo.

—Concordo -Eu rio.

*A gente desce até o restaurante do hotel*

—Vai pedir o que? -Disse Naty.

—Não sei, deixa eu ver o que tem.

—Eu vou pedir um café da manhã básico mesmo, um lanche "saudável". -Naty ri.

—Eu vou pedir um lanche, uma Coca-Cola, batata-frita, um cachorro-quente e depois um arroz com lasanha. -Eu rio.

—Nossa, mas eu não sei falar essas paradas em coreano não. -Naty ri.

—Tudo bem, eu falo. -Eu rio.
*Em coreano*

—Um lanche café da manhã, arroz com lasanha, Coca-Cola, batata-frita, cachorro-quente e um refrigerante Citrus.

—Ok -ela mexe um pouco no computador- seu número é o 987. -Disse a atendente.

—Okay, obrigado.
*Sem coreano*

—Nossa, eu esqueci de pedir alguma coisa para beber. -Disse Naty.

—Relaxa, eu pedi um Citrus para você, já tinha percebido que você não tinha pedido.

—Valeu. -Disse Naty.

*Uns 10 minutos depois e o número aparece na tela*

—Caralho, eles fazem rápido, hein?!

—Já está pronto?! -Disse Naty.

—Já, cara, você viu a rapidez?! 

—Porra. -Disse Naty impressionada.

*Eu vou até lá e busco o almoço*

—Está aqui, um belo almoço fitness. -Eu rio.

—Com certeza -Naty riu.

*Eu coloco na mesa*

—Ô coisa gostosa da porra, mano. -Eu como minhas comidas.

—Meu Deus, que moleque morto de fome. No seu planeta não tinha comida?! -Disse Naty rindo e impressionada.

De repente, a Jessica e o Luke aparecem.

—Oi, gente.  -Disse Naty.

—Oi -Disse Luke e Jessica.

—Eai -Eu disse de boca cheia.

—É falta de educação falar de boca cheia. -Disse Luke.

—Você também, Luke?! -Eu disse revoltado.

—Vocês não vão pedir alguma coisa para comer, não? -Disse Naty.

—Ah, verdade, vamos Luke? -Disse Jessica.

—Vamos, claro. -Disse Luke.

*Eles vão até lá e voltam 6 minutos depois*

—Chegamos. -Disse Luke.

—Senta aqui, mano, para gente trocar umas ideias.

—Claro. -Disse Luke sentando do meu lado.

—Senta comigo, Jessica. -Disse Naty.

—Tudo bem. -Disse Jessica.

*Uns 11 minutos depois*

De repente, no meio da conversa, Naty coloca a mão na coxa da Jessica,mas Jessica parece não ligar, Naty começa a provoca-lá, passando os dedos de leve em suas coxas. Jessica estava claramente gostando, dava para ver de longe seus braços arrepiados.

De repente Naty se levanta e fala que vai ao banheiro e pede para Jessica acompanhá-la. Já sabemos o que vai acontecer, não é mesmo?

*No banheiro*

—O que estava fazendo? Por quê fez aquilo? -Disse Jessica meio confusa.

—Qual o problema? Foi ruim? Quer que eu pare? -Disse Naty num tom irônico.

—Não. -Disse Jessica puxando Naty.

Elas se beijam intensamente, vão passando suas mãos pelo corpo uma da outra, Jessica passa a mão por debaixo da roupa de Naty, enfia sua mão por baixo do sutiã da Naty e aperta seus peitos. Naty passa sua mão suavemente pela cintura de Jessica até chegar nas suas calças, então, Naty enfia a mão por dentro da calça e da calcinha de Jessica e começa a acariciar sua vagina. Jessica agarra a Naty e beija com ainda mais intensidade. Jessica acaricia o bico do peito de Naty, fazendo círculos, passando o dedo devagarinho,Naty revira os olhos. Elas se beijam novamente, com um calor que da para sentir daqui. Jessica tira sua mão do peito da Naty e vai passando levemente até sua vagina e faz o mesmo que Naty está fazendo. Elas vão em direção à um dos bidês do banheiro e se trancam lá. Jessica vai passando sua mão direita até chegar na parte da camiseta de Naty e vai erguendo a camiseta, erguendo devagar, até que tira a camiseta de Naty. Jessica ergue Naty pelas pernas e começa a beija-lá do pescoço aos peitos, Jessica retira o sutiã de Naty e começa a chupar os peitos dela. Chupa com vontade, lambe bem na pontinha, rodeia o bico com a língua e chupa de novo. Enquanto Jessica faz isso, Naty se contorce gemendo, arranhando as costas de Jessica. De repente, Jessica vai parando devagar e pergunta:

—Não acha que... deveríamos... voltar para a... mesa?

Naty olha para Jessica, segura sua cabeça, da um beijo nela e fala:

—Uhum.

Então, Jessica coloca Naty no chão novamente e ajuda ela a colocar sua roupa de volta.

—Pronta? -Disse Jessica.

Naty beija Jessica e fala:

—Pronta.

*As duas saem do banheiro*

Como eu já sabia o que elas tinham ido fazer, quando eu vi elas vindo, eu estalei os dedos, coloquei maquiagem nelas e falei por pensamento com as duas, dizendo que a desculpa era que elas foram passar maquiagem.

*Jessica e Naty voltam para a mesa*

—O que foram fazer? -Disse Luke.

—Passar maquiagem. -Disse Naty.

—Desde quando você usa maquiagem, Jessica? -Disse Luke.

—Uma arrumadinha não faz mal a ninguém. -Disse Jessica.

A Naty olha pra mim e eu pisco para ela.

*Depois de horas conversando em uma praça que tem do lado do hotel*

—Que tal a gente relaxar um pouco? Depois a gente procura aquele moleque.

—Pode ser. -Disse Naty.

*Nós fomos para os quartos*

Jessica e Naty entram em seus quartos e se trancam. Já sabemos o que vai acontecer de novo, né?!

—Por quê a Naty entrou no meu quarto? -Disse Luke.

—Porque ela quis trocar de quarto, fazer o que... sabe jogar pife?

—Sei. -Disse Luke.

Eu e o Luke ficamos jogando pife até bater o sono. Já a Naty e a Jessica, bom, hehe, elas ficaram num sexo intenso por um bom par de tempo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...