História O teu sabor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Beyond The Scene, Bts, Hentai, Imagine, Imagine Jimin, Jungkook, Maknae Line, Park Jimin, Romance
Visualizações 210
Palavras 1.122
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Minha primeira Fic
Desculpa qualquer erro
Espero que gostem :)

Capítulo 1 - Um fio de cabelo


Fanfic / Fanfiction O teu sabor - Capítulo 1 - Um fio de cabelo

Entrei no apartamento com as comidas em uma sacola. Elena estava no banho e eu podia escutar ela cantando lá dentro laissez passer. Coloquei a comida em dois pratos, bem dividinho e fui para o quarto trocar de roupa.

“Oiee” Elena apareceu na porta do meu quarto e me saudou “Senti um cheiro bom!”

“Comprei a janta né baby” pisquei para ela

Tinhamos nos mudado para aquele apartamento em Seul a pouco tempo e estávamos radiantes, pois combinamos de fazer esse intercâmbio juntas desde os 15 anos.

Elena e eu éramos amigas desde que me lembro ser um ser humano fora da barriga da minha mãe. Elena era uma pessoa radiante e cheia de vida, seus cabelos longos e negros contrastavam com os lábios vermelhos e olhos azuis, ela tinha herdado as características físicas da mãe, porém Elena não a conheceu, a mãe e o pai dela faleceram quando era um bebê e ela foi morar com os tios na França. Por conta da tia dela ser casada com um japonês isso fez que com Elena sempre viesse até o país com ele, nisso nos conhecemos, afinal o tio dela e meu pai eram grandes amigos também. Um grande infortúnio levou a nossa amizade, pelo menos fico feliz por ter conhecido ela.

Eu morava no Japão com meu pais e minha irmã, mas minha família havia morado no Brasil durante a geração dos meus avós e eu nasci da mistura de culturas, gostava de falar em ambos idiomas. Nós duas eramos tão diferentes e tão parecidas, como irmãs de alma.

A animação tomava conta do ambiente e colocamos a música bem alta, curtíamos bastante kpop, confesso que eu um pouco mais que a Elena. Coloquei meu celular no aleatório e começou com Just Right do GOT7.

“Essa comida tá com um cheiro tão bom que eu podia tomar outro banho nesse prato” Elena disse se sentando

“Tomar banho no prato? Isso foi estranho” dei uma risada com o comentário dela

“Sou tarada nos cheiro mulher! Dá vontade de rolar nesse prato” Ela disse pegando o prato e fingindo e ia jogar no rosto

“Eu vou comer antes que você deite no meu prato também” Sentei com ela na bancada

“O que tu fez hoje?” Ela perguntou antes de encher a boca

“Eu dei um role pela cidade, quase me perdi, até imaginei ir pedir informação para alguém e ver que é o Jackson, mas não aconteceu”

“Haha” Elena deu sua risada falsa “É cada uma, eu fico pensando se toda menina que vem para cá pensa assim...”

“Esperança é o que aquece o coração” deu risada “E seu trampo?”

Elena tinha consigo um pequeno job como assistente de maquiagem numa empresa. Ela fez questão de achar um trabalho, mesmo não precisando de dinheiro. Disse que assim seria mais rápido aprender a língua.

“Foi de boas, acompanhei minha chefe hoje, ela foi num evento de particular”

“Maquiou alguém famosinho?” Fiz graça

“Na real sim” ela parecia receosa em dizer

“Como assim? Eu ando ruas com esperanças e você vive os momentos sem querer??” Fingi desgosto

“Não é nada demais, eu nem sou fã deles, mas são gente boa” Elena disse de boca cheia com as bochechas inchadas e com uma carinha super fofa

“Eita, era um grupo? Famoso mesmo? Quem era?” Fiquei instigando e Elena ficou em silêncio apenas mastigando e depois de terminar o que estava na boca pegou mais “Ah qual é! Fala logo qual grupo, não vou surtar”

Just Right tocou os últimos acordes e começou House of Cards do BTS.

“ELENA” gritei com ela “Não me mata de curiosidade”

A voz do Kook começou e Elena se virou para a caixa de som. Ela não conhecia muito BTS e sua feição estava pensativa, como se analisasse a voz dele.

“Ele canta bem mesmo” comentou

“Claro que canta” comentei comendo mais “Qual era o grupo? Cutuquei ela com meu hashi e ela estremeceu com nojinho

“Eram eles” Ela apontou a cabeça para o som

Parei na posição que eu estava, tão boquiaberta que parte da comida caiu da minha boca. Acompanhei o BTS desde o debut deles, admirava muito o som dos meninos.

“Noooooossa, não creio! Pegou um autógrafo para mim?” Brinquei, sabia que Elena jamais faria algo assim.

“Não! Nem cheguei perto deles direito, estava rodando entre as maquiadoras com a mala de acessórios” Ela falou de boca cheia, tão fofa que parecia um esquilo

“Absurdo isso hein!” Cutuquei ela de novo

“Não vou pegar autógrafos para você, vou trabalhar mulher”

“Você vai trabalhar com eles de novo?” Perguntei colocando o prato na mesa. Ela ficou em silêncio e eu já imaginei a resposta “Manooo, pega um autógrafo para mim” Comecei a rir

“Aqueta o rabo, não vou fazer nada” Elena enchia as bochechas com rapidez

“Aiiiii, mancada” Comecei a rir

“Você trouxe aquele pôster gigante que tinha em cima da sua cama? Esse valeria a pena levar” Ela me provocou “Imagina a cara do Jimin se visse” Eu lembrava daquele pôster, era realmente enorme “Melhor, podia pedir para ele assinar a foto que tirei de você beijando o pôster” Ela falava sorrindo. Tive uma paixonite forte pelo Jimin desde que descobri o grupo, porém uns anos atrás... adolescente... cheia do hormônios, eu era bem vidrada nele. 

“Elenaaa...” Suspirei jogando o prato sujo na pia e começando a lavar. Lembro do fansign que tinha ido e de ficar na frente dele e não conseguir dizer uma palavra sequer. Jimin era um ídolo que eu guardava muito no coração, a voz dele me deu paz em momentos que eu estava péssima. Lembro de apenas o ver sorrir e assinar meu caderno. Eu realmente não consegui falar muita coisa, apenas observar. Terminei de lavar o prato e olhei para Elena que estava com seu vazio. Ela estava de olhos fechados balançando com a música, a música estava na parte do Tae. Quando tocou a linha so bad ela se arrepiou e abriu os olhos.

“V tem uma voz linda” Ela comentou se levantando e indo até a pia

“Esse so bad não foi do TaeTae não, foi do kook”

Elena deu de ombros e começou a lavar a louça. Apreciei os segundos finais da música lembrando do show que eu tinha ido e pegando um morango da tigela na geladeira.

“Não prometo nada, mas vou ver se consigo pelo menos um fio do cabelo deles para você!”

Gargalhei alto, sabia que ela estava brincando. Lembrei também do Jimin piscando para mim enquanto eu me movia para a frente do Hope. Aquele foi um crush intenso. Vai que um dia eu estou andando na rua e... ri comigo mesma de pensar naquilo, enquanto saboreava o morango doce e suculento na minha língua.

 

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...