História O toque da Salvadora - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Emma Swan, Neal Cassidy (Baelfire), Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Captainswan
Visualizações 41
Palavras 1.028
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá meus amores, minha divas que eu amo muitooooo
Quero agradecer aos comentários e também quero dar um noticia.
Faltam mais DOIS capítulos para o final da fanfic...
Por isso... Aproveitem!

Capítulo 23 - Sinto o poder dela aumentando


CAPITULO 23 – SINTO O PODER DELA AUMENTANDO
Killian por um momento sentiu lágrimas chegando ao pensar que o filho fosse dele, mas isso não seria possível então foi isso que o fez não chorar naquele momento. 
-Como você sabe?-perguntou ele. 
-Eu senti o poder dela aumentando-respondeu Regina-É de bem pouco tempo, eu diria que foi menos de um dia. 
-Me-menos de um dia?-perguntou Killian e então seus olhos ficaram cobertos de lágrimas. Os de Emma também e ela não pode deixar escorrer uma lágrima por seu rosto. Regina não viu, mas ela não precisava ver para saber a verdade, porque ela já sabia de tudo. 
-Exatamente, mas é óbvio que esta criança não vai viver-disse Regina-Porque você não põe um fim nesta pequena vida que se iniciou? 
-Você acha que eu seria capaz de matar um bebê que ainda nem chegou ao mundo?
-Eu pensava que você era o terrível Killian Jones! Cruel e egoísta que não se importa com ninguém. 
Killian não falou nada e já estava estranhando o fato de Zelena não ter chegado ainda. 
-Vejo que me enganei ao pensar que você seria um bom Senhor das Trevas-Regina se afastou dele-Se você não vai machuca-la, terei que ser eu. E eu não tenho pena de dela e muito menos desta criança. 
Logo Regina ergueu a faca para acertar em Emma. 
-NÃO-gritou ele segurando a mão dela e neste momento Emma abriu os olhos se levantando. E se revelando. 
-Vocês são mesmo uns fracotes!-exclamou Regina rindo-Sabia que isso era um plano desde o início! 
Logo Regina pegou a faca com a outra mão e literalmente cortou fora metade da mão esquerda de Killian, que na hora começou a gritar muito caindo chão com muita dor. 
-Killian!-exclamou Emma e ia até ele, porém Regina a impediu criando uma bola de fogo em sua mão. 
-Amor é uma fraqueza querida-disse Regina. 
-Emma atrás de você!-exclamou Killian, mas foi tarde demais. Zelena já estava lá e arrancou o coração de Emma-Não! 
-Ora, vejam só... -disse Zelena-Estou com o coração da Salvadora! Que nem é tão Salvadora assim. 
-Zelena, por favor, não faz isso-implorou Killian quando Zelena ia esmagar o coração de Emma.
-Por favor, Zelena-pediu Emma-Eu tô grávida, não faz isso comigo. 
-Ah você acreditou mesmo nesta baboseira?-perguntou Zelena-Você não está grávida querida! Era só um plano da Regina. 
-Não era-disse Regina-Ela esta mesmo grávida, não menti sobre isso.
-Melhor ainda-disse Zelena-Em vez de matar só um, eu mato dois em uma só vez. 
-NÃO-gritou Emma e Killian juntos e então Zelena esmagou o apertou de Emma, porém ela não morria. Nada acontecia com o coração dela. 
Emma e Killian se entreolharam espantados. Mas Emma não perdeu tempo e enquanto Zelena e Regina estavam surpresas ela atacou Zelena com magia, jogando-a para longe e antes que pudesse revidar Emma pegou o coração dela.
-Zelena, pare-ordenou Emma para o coração e então ela foi obrigada a fazer isso-Você esta proibida e machucar qualquer um de nós. 
Regina também estava prestes a machucar de novo Killian quando Emma pegou o coração de Zelena e então ela também teve que parar.
-Agora me devolve meu coração-ordenou Emma e Zelena fez isso-Bom... Regina, onde estão meus pais?
-Porque acha que eu lhe diria?-perguntou Regina.
-Porque você não quer que eu machuque a sua irmã-respondeu Emma.
-Você não seria capaz de fazer isso-disse Regina-Heróis não matam. 
Emma apertou o coração de Zelena a fazendo se contorcer de dor.
-Eu não sou uma heroína, eu sou a Salvadora-disse Emma-Eu faço o que for preciso para salvar as pessoas, nem que pra isso eu tenha que matar alguém.
-Mesmo assim não vou dizer onde estão seus pais-disse Regina. 
-Então sinto muito pela sua irmã-disse Emma apertando agora o coração de Zelena na esperança de que Regina reagisse com preocupação. Mas não ela não reagiu.
-Swan, pare, você não é assim-disse Killian se aproximando se Emma quando viu que ela estava chorando e quase matando Zelena-Swan!
Emma jogou o coração de Zelena no chão e se aproximou de Regina. 
-ME FALA ONDE ESTÃO MEUS PAIS-gritou Emma chorando de raiva. 
-Não!-exclamou Regina-Mas agora você vai saber! 
Regina ia acertar nela magia negra nela, mas Emma revidou com tudo contra ela. Agora era magia contra magia.
Enquanto as duas lutavam para ver quem vencia Killian fez algo melhor... Pegou o coração de Zelena.
-Zelena, me de algo que posso tirar a magia da sua irmã e também a sua-disse Killian e em um piscar de olhos duas pulseiras pretas apareceram. Killian colocou uma no braço de Zelena e outra bem rapidamente colocou no de Regina. 
Ela nem percebeu que havia sido sedada até que sua magia passou a diminuir. 
-Não!-exclamou ela olhando seu braço-Seu inútil! Já não basta ter perdido uma mão...
-Vai fazer mais o que?-perguntou Killian rindo da cara dela-Você não pode fazer nada! 
Regina estava com muita raiva, mas isso acabou quando Emma jogou um feitiço nela que a fez desmaiar. 
-Zelena, onde está Branca de Neve e Príncipe?-perguntou Killian ao coração de Zelena. Ou melhor para a própria Zelena.
-Nas masmorras-respondeu Zelena.
-E as chaves?-perguntou Killian.
-Magia.
-Eu sei qual o feitico-respondeu Emma-Vamos logo! 
-Fica quietinha ai-ordenou Killian e então ele e Emma foram às masmorras. 
-Killian para-pediu Emma e então ele parou-Você esta bem?  Tá sentindo muita dor?-ela tocou na mão dele, que na verdade estava pela metade-Deixa eu te ajudar. 
-Tudo bem amor-disse Killian pegando na mão dela com sua outra mão-Guarde suas energias para abrir as masmorras. Não se preocupe comigo, eu vou ficar bem. 
-Killian, a culpa é minha-ela o abraçou-Não devia ter te trazido para esta missão. 
-O que?-perguntou Killian se desfazendo do abraço e tocando no rosto dela-Não! Eu não me arrependo de ter vindo e por um lado eu tô feliz de ter perdido essa mão... Porque se não nosso filho e nem você estariam bem agora-Killian tocou na barriga de Emma agora chorando de felicidade. Ela também fez o mesmo. 
-Será que é verdade?
-Porque mais você não morreu quando Zelena esmagou seu coração? É por causa do nosso filho.
Os dois estavam chorando muito de felicidade.
-Vamos continuar!-disse Emma tentando manter o foco-Vamos achar meus pais. 

 


Notas Finais


Pergunta: Voces querem segunda temporada?
Aguardo respostas....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...