História O toque de um verdadeiro amor - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Turma da Mônica Jovem
Tags Cascao, Magali
Exibições 23
Palavras 3.792
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror
Avisos: Heterossexualidade, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


BOA NOITE PESSOAL NOSSA QUANTOS FAVORITOS AMEI GENTE KKKKKK
AGRADEÇO MESMO TENHA ÓTIMA LEITURA

Capítulo 22 - Julgamento do Evangélico


Fanfic / Fanfiction O toque de um verdadeiro amor - Capítulo 22 - Julgamento do Evangélico

Voz: O universo possui seus guardiões, seus protetores.

Quando essas palavras eram ditas uma espada brilhava como um raio de sol, aquele que empunhava era um anjo de asas prateadas com sua face de beleza angelical de cabelos negros e olhos azuis vinham com uma cicatriz que marca seu olho direito, Miguel líder dos anjos andava em direção a anjo um que estava acorrentado no meio do salão de mármore dourado, com corrente douradas mostrava que tinha sido torturado, pois tinha uma das suas asas arrancada mais estava em silencio cabeça baixia

Miguel: Esse Universo tem sua proteção que não nos incluir (erguendo sua espada), então ankigeliel você se arrepende dos seus pecados

Quando anjo erguer a cabeça mostrando sua face que era ninguém mais ninguém menos que Ângelo que soltando uma respiração profunda do fundo do peito sem mostra nenhuma expressão responde curto e grosso.

Ângelo: NÃO!      

Um dias antes

Cebola e Cascão estavam na casa do Franja fazendo algum teste após o confronto que Cebola descobriu que despertou uma habilidade que poderia livrar dos seus problemas mais também poderia trazer outros.

Franja: Ok (sentando na frente do computador) podemos começar (Cascão sentando em seu lado)

Cebola estava dentro de uma cabine olhando para grupo de porquinhos da índia. 

Cebola: Só para contar por que, eu tenho que fica aqui?

Cascão: (pegando um microfone) Se você realmente tem poder controla pela voz pode nos atingir, e também não quero ouvir sua voz chata (Franja pega microfone)

Franja: Olha Cebola tudo que você fala para Porquinhos da Índia saberemos pelo monitor que vai escrever tudo que você fala

Quando Cebola começa fazer algum comando para porquinhos que nem prestava a atenção um corria na rodinha como louco, já outros três estavam mergulhando no prato de comida e outro estava tentando se enterrar.

Franja: Nossa! Ele parece nervoso (observando)

Cascão: Sim! Ele esta desesperado pra prova que Penha estava errada

Franja: Impressionante! Quando ele falou sobre isso esperava ver animado, mais olhando agora parece só que encontra uma maneira de volta ao normal

Cebola não mostrava nenhum resultado.

Cascão: Cebola para de fingir (falando pelo microfone)

Cebola: Eu to tentando não esta dando em nada

Franja: Cebola presta atenção você tem que se concentrar

Cebola: Eu estou fazendo isso

Cascão: Cebola me escuta só me escuta feche os olhos (cebola obedecer) lembre-se quando você estava falando com a penha lembre-se como ela respondia, lembre-se o que você sentia naquele momento (Cebola respira fundo com olhar diferente)

Cebola: (olhando para Porquinhos) PAREM

Nesse momento um monitor toca no lado do Franja e vai checar.

Franja: Incrível a voz dele chegou uma nota fora dos registros

Cascão: Se acha isso incrível olha aquilo (apontando)  

Franja olha também fica espantados os porquinhos todos parados como se fossem bonecos.

Cebola: FIQUEM EM DUAS PATAS (porquinhos obedecem), AGORA SUBAM UM EM CIMA DO OUTRO (porquinho obedecem fazendo uma torre)

Mais quando Cebola daria próximo comando sua voz falha, os porquinhos começam cair.

Franja: Isso é assustador (Cebola saindo da cabine com mão no pescoço), Cebola você conseguir fazer nota desconhecida

Cebola: Como assim eu não gritei nem nada

Franja: Mais ai ta sua voz conseguir chega a nível jamais visto como ela trabalhasse com subconsciente dos ouvintes

Cascão: Caraca! Mano você é filho de Afrodite (Franja e Cebola olha sem entender) serio “Os Heróis do Olimpo” ta bom algum filhos de Afrodite nascem com poder de fazer as pessoas obedecerem a suas ordem

Cebola: Cascão eu não sou Semi-Deus (coloca mão na testa)

Cascão: Tudo bem! Então bem pior “Preacher”

Cebola: Cascão no primeiro episódio ele fez o cara arrancar próprio coração na frente da mãe dele

Cascão: Eu sei foi legal, Mais se lembre ele foi possuído mestiço meio anjo e demônio que deu poder pessoas obedecer a seus comandos   

Franja: Isso é bizarro, mais Cebola isso muito serio esse poder pode vim com efeito colateral

Cebola: Eu sei olha Franja valeu, eu tenho que ir (tom triste) Vamos Cascão

Cebola sai tom preocupado.

Cascão: Serio! Não esperava aquilo mais aconteceu isso é sinistro,nossa (dando salto)

Cebola: Cascão! Eu to medo de fazer algo errado, de comete um deslize, poder fazer algo de ruim pra alguém

Cascão: Cara para com isso se esqueceu se não fosse você e Magali eu estaria perdido

Cebola: Desculpe! esquece que você também tem esses problema, mais você e Magali estão tão controlados como ?

Cascão: (abrindo sorriso) Ela minha luz eu sinto que pode me tranqüiliza então consigo, Olha vamos ver uns animes distrair

Cebola: E a sua comilona, vai ver ela não?

Cascão: Ela falou que vai come brigadeiro na Monica escondido Denise coisa assim

Cebola: Monica (saindo sem querer nome dela)

Cascão: O que?

Cebola: Nada! Me conta como termina a serie Preacher

Cascão: Vamos para casa você tem que assistir pra acreditar

Cebola: Ok!

No outro dia Ângelo esta sentado numa pedra segurando algumas penas que caíram de suas asas, esse e reação do amor que ele sente pela Nina anjos não podem amar se acabam se transformando humano, seus pensamentos são tão profundos que ele não percebe Nina se aproximando.   

Nina: Essa não (Ângelo tomando um susto) isso é

Ângelo: Não é nada (jogando fora)

Nina: Para! Você não pode mentir (fazendo beicinho)

Ângelo: Eu não estou mentindo (abraçando) isso não é nada

Nina: Ângelo sabe que não podemos se relacionar você pode virar humano

Ângelo: Não vamos fica triste com isso, o que você que fazer hoje (saindo do assunto)

Nina: Sobre isso que vim fala minhas irmãs fizerem um acampamento aqui perto elas estão cuidando de tudo queria visitá-las que ir junto

Ângelo: Claro! Quando partirmos

Nina: (abrindo um sorriso) Agora

Os dois saem voando Ângelo mesmo não vendo nada de ruim estava com dificuldades em manter no céu, o acampamento estava perto mesmo parecia um botão de rosa grande quando eles aterrissaram logo avistaram Lili e Bela com mais algumas pessoas.

Nina: LIIILIII (braços abertos) BELAAAA

Bela&Lili: NIIINA

Ângelo olha sorridente quando perceber outras pessoas ali.

Ramona: Estão esse é o Ângelo

Ramona,Magali,Monica e Cascão e Cebola.

Magali: Anjinho o que você faz aqui?

Ângelo: Eu to fazendo aqui o que vocês estão fazendo aqui (espantado)

Ramona: Isso é comigo eu trouxe eles comigo

Lili: Mona é um druida ela nos ajuda em varias coisas

Ramona: Bem. Magali esta treinando sua magia acabei chamando ela mais ai

Cascão: Faz um tempo que eu minha comilona não fazemos algo junto (dando um beijo na bochecha Magali)

Cebola: Já eu vim acompanhar Cascão to de folga no serviço

Monica: Eu vim pela Magali mais também queria ver Nina (indo fala com ela) o que aconteceu Ramona falou sobre seu reino

Nina: Tudo bem (lembrando)! Fomos enviadas para cá cuida dos animais e floresta

Lili: Sim! Estamos livres para protege os animais fofinhos

Cebola: Parecem de bom humor

Bela: Temos que tenta foi sacrifício de nossa rainha Aurya

Três ficam tristes.

Ramona: Vamos nos concentra (quebrando o gelo) Bela,Lili o que vocês queria mesmo

Lili: Sim! Queríamos fazer aqui um local de encontro para ninfas

Ramona: Adorei! O que precisam de mim?

Lili: (coçando a cabeça) Bem queria uma mão pra fazer isso

Monica: Opa! conseguir dez

Bela: Pode nos ajudar?

Monica: Claro que sim não vamos fica parados

Turma: Isso ai

Toda a turma começa a trabalha logo parecia uma cassinhas.

Lili: Seu namorado bem forte em

Nina: Para (vermelha)

Bela: Então ele não é? posso fica com ele?

Nina: NÃO (susto)

Bela: Brincadeira calma menina

Lili: Brincar com você muito engraçado

Em outro lado Monica e Cebola tentavam olhar um para outro fazendo Magali e Cascão cair na risada.

Monica: O que é aquilo? (apontando para uma sobra perto do lago

Ramona: É alguém (estranhando) mais como ele chegou aqui

Ângelo: SE AFASTESEM DELE (empunhado sua espada)

Ramona: O qu....(uma onda vem na sua direção)

Nina: Ângelo (vai atrás dele)

Ângelo pega Ramona e outros é empurra para longe do caminho mais não conseguir desviar acaba sendo levando longe Nina, Bela e Lili vão resgatá-lo.

Longo a sombra começa a aparecer mostra se um homem de estatura normal com roupas de montanhista sua pele esta pálida mais sorria tom sombrio seu olhos estavam brancos.

Monica: Quem diabo é você ? (pegando um tronco)

Homem: Não se lembra de mim (rindo) não importa pós eu achei três dessas irritantes

Ramona: O que você esta falando (pensa um pouco) as ninfas o que você que com elas

Homem: Vejo que temos uma pessoas inteligente aqui, Onde elas estão

Cascão: Minha cabeça

Magali: Tudo bem! Amor

Homem: Olha se não Cascão e a Bruxa que me condenou naquela garrafa (uma esfera de água) dois coelhos em uma cabeça d'água só (joga a esfera em cima dele)

Quando a cabeça d'água ia pega-los um escudo ficam em volta deles

Ramona: NÃO ME IGNORE (sua mãos irradiando energia) O QUE VOCÊ QUE COMAS NINFAS

Homem: Droga! Tem mais bruxas

Monica: Tem! (aparecendo atrás dele) coisas piores também (dando uma pancada com o tronco com sua força) EU

O homem sai voando bate em uma arvore que longas raízes crescem segurando um feitiço feito por Ramona, Cebola levanta pouco tonto.

Monica: (se aproximando) Você disse Cascão e a Bruxa que aprisionou na garrafa, MINHA NOSSA VOCÊ É CÚMULUS

Cebola: Ele ainda esta vivo ele não queimo quando se ligou com sombra liquida

Homem: (rindo) Acertou tola, para Mané claro que não

Ramona: Vocês conhecem esse cara?

Cebola: É um inimigo do Cascão, mais ele não dessa forma o que aconteceu

Cúmulus: Já que parece que não vou a lugar nenhum mesmo vou contar o que aconteceu depois absorvido às sombras, eu fiquei na forma gasosa por muito tempo mais aquelas vozes não sai da minha cabeça, mais estranho que elas não paravam foi que uma voz veio e calou as outras puder ter paz foi incrível ,ela me deixou mais forte tanto que aprendi controlar corpos eu acho que esse cara estava vivo um semana atrás, a voz dele mostrou um universos de possibilidades, mais ai (serrando os dentes)

Ramona: As ninfas apareceram

Cúmulus: SIM (com raiva) elas emanaram uma proteção eu não consigo ouvir mais ele, eu preciso ouvi-lo, eu quero ouvi-lo HOLOK POR FAVOR, ME RESPONDA

Cebola: Esta louco!

Ramona: Foi Holok que destruiu o reino das ninfas

Cúmulus: Antes de parti ele me falou o que eu deveria fazer mata as ninfas é o guardião do tempo

Monica: Guardião do Tempo?

Cascão: Esse nome é família

Magali: Quantas ninfas você matou (com raiva)

Cúmulus: Duas não Três (rindo não vejo diferença)

Magali: Maldito (Cascão segurando)

Cascão: Maga calma ele não pode fazer nada

Cúmulus: Que fofo por acaso ela contou a você

Cascão: (fechando a cara) O que?

Cúmulus: Ela tem corpo perfeito (começa a rir)

Em segundo Cascão mudou sua personalidade, como um míssil socando Cúmulus com impacto jogou longe quando estava deriva no céu Cascão aparecer em seu lado e golpeia para baixo quando ele cai.

Cúmulus: Calma só foi uma olhadinha nada de mais

Cascão: (sua mão irradiando energia) MALTIDO

Cascão vai com tudo pra cima de Cúmulus que conseguir segura-lo joga chão.

Cúmulus: Bem não posso mata você com água mais posso ventos (estalas os dedos)

Uma tempestade se forma, Cúmulus fica supresso quando percebe que não era ele no controle.

Magali: FIQUE LONGE DELE

Cúmulus: Droga me esquecei de você (já levando um raio)

Magali cambaleia no ar cai mais Lili e Bela aparecer e a seguram.

Quando Cúmulus se levanta pensando próximo passo Monica tenta acertá-lo mais uma vez mais ai ele percebeu antes da soco no estomago dela que cai de joelhos, quando ele iria agarrá-la.

Cebola: SE AFASTE-SE DELA (usando seu poder)

Cúmulus obedecer dar vários saltos para trás ele volta ao normal.

Cúmulus: Como você me fez isso? Você também?

Monica: Cebola!

Cebola: Depois eu falo (novamente olha para Cúmulus)

Cúmulus estava segurando Nina.

Cúmulus: Se você fala uma letra quebro pescoço da fadinha aqui

Todos param de se mover foi ai que Ângelo volta planando no céu com sua espada numa mão na outra seu escudo, suas asas estavam quase depenadas mais com voz seria.

Ângelo: Só vou dizer uma vez (aterrissando). Coloque-a no chão se não vou mostrar o inferno mais terrível que você nem acredita 

Cúmulus: Uma ameaça de um anjo que bom com essas asas não foi tão ameaçado mais fazer o que (rindo)

Ângelo: (larga o escudo) Você não sabe que eu farei com você se a machucá-la

Cúmulus: Mais posso espera (sorriso macabro)

Quando Cúmulus ria Nina fazia varias roseiras crescerem atrás dele como chicote de espinhos acertam Cúmulus que a solta de dor, ela cai no chão.

Cúmulus: Sua saf...(percebeu tarde demais)

Ângelo já estava próximo com ataque sem exista corta a cabeça de Cúmulus, todos arregalam os olhos, nessa hora Ângelo volta a si percebe o que fez olhando sua espada que agora seu lado esquerdo estava manchado de sangue.

Ângelo: O que eu fiz?

Miguel: Sacrilégio (aparecendo der repente)

Sem palavras Miguel pega a cabeça Ângelo e afunda no chão deixando ele inconsciente depois segurando em sua nuca Miguel sobe em torre de luz levando.

Nina: Não isso não Ângelo (começa a chora)

Cebola: Quem é aquele?

Ramona: Não sei mais com certeza Ângelo este muito encrencado

Cebola: Verdade não precisa ser celestial pra saber (olhando o corpo de Cúmulus) assassinato é um dois maiores pecados

Lili: O que podemos fazer agora

Bela: A ordem do anjos vai  acima da nossa

Nina: Não Ângelo esta em perigo não vou deixa, eu tenho que tenta (voando)

Monica: Pra aonde ela foi

Lili: Talvez ela foi fala com guardião do tempo

Bela: Só pode se, ele único com poder para fazer algo

Ramona: Nossa ele é tão poderoso

Bela&Lili: Sim!

Em outro lugar Ângelo acorda com dificuldade mais logo sente as correntes que prendia no chão ,quando começa percebe o mármore dourado logo sente onde estava no paraíso em parte dele no tribunal que parecia ser um coliseu vários anjos que estava sentado, com olhar de reprovação falavam baixo sua espada estava na sua frente, quando ele ficou acordado todo coliseu fez silencio nisso na parte mais alta apareceram os três lideres do céus os arcanjos Miguel,Gabriel e Rafael quando Rafael e Gabriel sentaram Miguel ficou de pé.

Miguel: Irmãos e Irmãs estamos. aqui hoje na pressa de um irmão que cometeu pecados imperdoáveis para nossa ordem (apontando) ankigeliel mais conhecido por Ângelo (os anjos começam ofende-lo) SILENCIO. Agora quero ouvir ankigeliel o que você tem a fala

Ângelo queria fala muita coisa mais sabia que nada mudaria ele queria fala do amor que tem pela Nina que era tão grande, mais nada adiantaria.

Ângelo: Holok ele é uma ameaça (tentando alerta)

Miguel: A sim eu nós sabemos

Ângelo: Vocês sabem (espantado)

Miguel: foram Eu, Gabriel e Rafael que o banimos se esqueceu

Ângelo: Estão ele voltou o que estão esperando

Miguel: Nosso criado não deu o a ordem

Ângelo: O que (com raiva) O universo esta em risco para um ser que veio antes da criação como você poder fala que esta esperando uma ordem

Miguel: Cuidando (ameaçando) essa ordem vem do criador todos

Ângelo: Ele não tão criador se não guarda o universo que ele cri...(grita de dor)

Miguel com levanta de mão arranca a asa esquerda de Ângelo que se contorce de dor

Miguel: Eu falei cuidando com palavras, mais já tomei minha decisão, INICIE A EXCUÇÃO   

       Agora

Miguel: Esse Universo tem sua proteção que não nos incluir (erguendo sua espada), então ankigeliel você se arrepende dos seus pecados

Soltando uma respiração profunda do fundo do peito sem mostra nenhuma expressão responde curto e grosso.

Ângelo: NÃO!     

Miguel: Você matou um homem (irritado)

Ângelo: Ele não era homem muito tempo

Miguel: Ankigeliel renegue aquela ninfa agora

Ângelo: Qual foi a parte você não entendeu não me arrependo de ir contra os serem de Holok, E SE EU ESTIVER FAZENDO ALGO ERRADO QUE DEUS DESSA AQUI ME FALE

Miguel: SACRILEGIO (ergue sua espada)

Quando Ângelo esperava o golpe final, percebeu que tudo estava parado nada se mexia logo ele pensou no guardião mais longo descobriu que não.

Garoto: Fala (olhando para Ângelo)

Ângelo fica supreso olha para lado e para outro para ver guardião estava ali mais logo entende que não foi ele que parou o tempo garoto era deu uma idade nove anos usando um terno seus olhos eram galáxias.

Garoto: Então Ângelo você estava falando pra eu vim aqui fala que você esta errado (olhando para Miguel parado), Você queria me fazer algumas perguntas interessantes então eis me aqui

Ângelo queria louvá-lo mais segurou reação com olha serio.

Ângelo: Senhor veio a mim?

Garoto: Horas por que você tem perguntas interessantes que eu quero responde-las então vai lá faça

Ângelo: Por que anjos não podem ajudar as pessoas?

Garoto: Humm (decepcionado), não era tipo de pergunta mais tudo bem, você não tem idéia o que anjos vão lutar qualquer ameaça que o universo poder se resolvido pelo universo Ângelo, os anjos tem que batalha contra seres de outro universos coisas que não é dessa dimensão então não achei que anjos são inúteis temos nossas guerras vão alem desse universo, agora façam a perguntas que eu vim aqui para respondê-las 

Ângelo: (chocado) Então me responda Holok não desse universo por que senhor o deixa agir?

Garoto: Gostei dessa, sabe holok acha que como veio antes da criação nada pode nesse universo pode detê-lo mais a criação algo incrível saber por que ela continua criando com certeza vai criar algo que exterminá-lo, agora Ângelo eu quero ouvir outra que você tem

Ângelo:Eu posso vencer Holok?

Garoto: (abre sorriso) Pode com certeza não, mais se você tenta e não ir sozinho talvez

Ângelo: Eu quero tenta sé os anjos não podem pelo menos

Garoto: Devagar Ângelo eu sei que você que fica com aquela ninfa também, mais saber o preço você escolher ou lutar para protege o universo ou vira humano fica com a garota mais não pode ter tudo

Ângelo: Eu não vou negá-la

Garoto: Ok Ângelo vai vira humano então (Ângelo abaixa a cabeça) Olha garoto saber a maior maravilha desse planeta (Ângelo levanta a cabeça), o crepúsculo nesse planeta ele é equilibrado saber é quando a noite e dia se encontra o dia iluminado e forte já a noite serena e escura os dois têm uma beleza natural, quando aquele garoto descobriu o código universal foi muito feliz nenhum ser conseguiu isso nos seus universos, mais uma pena que ele vai morre

Ângelo: O que?

Garoto: É o preço desse poder ele liga você na linha temporal do universo ele voltou no tempo mudou sua linha de existência ele vai se apagado mais antes disso ele sofre os danos das mudanças causadas por ele.

Ângelo: Mais ele tem que lutar sé não, Ele saber disso?

Garoto: Claro que ele sabe! (Ângelo fica mal) Não vou mentir que você tem razão numa coisa mesmo sendo só Holok ele era obrigação nossa então você que fazer um acordo 

Ângelo: O que?

Garoto: Você vira minha personificação vai viver na terra, mais nunca mais vai poder colocar os pés aqui nunca nem ir contra os anjos

Ângelo: Eu aceito eu quero derrotá-lo eu quero fica com Nina, no que senhor me personificar?

Garoto aparecer perto dele.

Garoto: Você vai se meu crepúsculo, bom como você concorda eu vou indo ótimo agora vocês tem um anjo no campo de batalha (sai andando)

Ângelo: Campo de batalha,

Garoto: Logo você vai percebe, antes de ir deixa eu esclarecer uma coisa isso não é boa ação é reaproveitamento (abri sorriso) Tchau

Quando garoto sai tempo volta sem nenhuma explicação Ângelo esta solta da corrente com um desvio rápido sai rolando.

Miguel: O QUE? (outros arcanjos se levantam) COMO VOCÊ?

Ângelo começa senti sua asa direita ferver mais foi voltando fica com as penas voltavam ficar branca como antes, já que foi arrancada começa a pega fogo logo vira cinzas.

Ângelo: O que esta acontecendo (sentindo dor)

Logo as cinzas vão em direção a ele pelo braço esquerdo sobem ate as costas, aos olhos de todos os anjos presentes a asa esquerda surgir novamente mais em vezes de ser branca como a direita ficou negra como a noite, Miguel sem fala nada só assiste quando Ângelo pega sua espada que logo se modifica ficando um lado tom prata já no outro escuro como ferro.

Ângelo: A parti de hoje eu sou anjo do crepúsculo (apontando a espada para Miguel)

Miguel: Quem li deu esse poder? (raiva)

Ângelo: Venha descobrir (sarcástico)

Miguel vai pra cima com tudo que tem mais logo Ângelo broqueia seu golpe deixando todos espantados.

Miguel: Nada pode ir contra minha espada

Ângelo: Pode sim olha bem (começam lutar)

Ângelo lembra-se do acordo não poderia fica no paraíso logo desvia de Miguel sai voando, Rafael atira flechas mais Ângelo percebe e defende delas, ao chega nos portões do paraíso.

Ângelo: Miguel meu acordo foi nunca mais por meus pés aqui eis que vou fazer, ficarei na terra serei os equilíbrios dos homens, não vou contra suas leis mais também não irão contra a minha (olhando para portão pela ultima fez) Já tenho meu paraíso (e se joga)

Quando Ângelo caia dava para ouvir os gritos de irá de Miguel, quando ele avista a terra logo abrir um sorriso, quando ver Nina planando no céu quando ela o ver logo solta alivio vai voando.

Nina: O que aconteceu com suas asas você esta...(Ângelo a beija) mais você não vai

Ângelo: Estou sob nova direção agora, Nina desculpe se assustei você naquela hora eu não tive a intenção

Nina: Não vou menti você deixou pouco com medo mais quando eu vir você sendo levado eu fiquei sem reação fui pedir ajuda para guardião ,mais quando ele tentou algo o bloqueou

Ângelo: Ele tentou me salva (Nina colocando as mão sem seu rosto)

Nina: Mais agora você esta aqui não esta

Ângelo: (sorrindo) Sempre vou esta

No acampamento.

Cebola: Desculpe deveria te contado

Magali: Tudo bem Ce eu compreendo seu lado só não compreendo Cascão não ter me contado (puxado orelha do Cascão)

Cascão: Desculpa amor perdoa  

Monica: Cebola! Não sinta assim você esta com medo, eu agradeço muito ter feito aquilo por mim não esqueça eu estou aqui

Cebola: Monica

Ramona: Com licença olha quero agradecer por ter ajudado as ninfas

Cebola: Sem problemas

Ramona: Olha que cara destruiu muita coisa vou fica final de semana todo aqui, então ganhei uma hospedagem com acompanhante nas montanhas eu iria com Nimbus mais parece que fora por água abaixo vocês não querem ir no meu lugar

Cascão & Magali: Claro (pegando os ingressos)

Cebola: Podem ser bom


Notas Finais


Olá pessoal olha próximo capitulo vai demora só um pouquinho mais vou fazer máximo para termina rápido Ok
Espero que tenham gostando desse capitulo qualquer coisa só comentar KKKKKKK vou adora responder


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...