História O tordo da revolução : Peeta Mellark - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Personagens Effie Trinket, Haymitch Abernathy, Katniss Everdeen, Peeta Mellark
Tags Jogos Vorazes Romance Peeta
Exibições 136
Palavras 564
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


😢

Capítulo 50 - Epílogo


      25 anos após a revolução 
     

     -...Sei que o meu pai estaria orgulhoso, orgulhoso de tudo o que foi feito pelos distritos e pela boa administração da capital, fico feliz de fazer parte de tudo isso, obrigada " - uma salva de palmas começa quando Finn encerra seu discurso 

     -Agora com vocês Willow Odair e Rye Mellark - anuncia a mestra de cerimônias 

     Uma salva de palmas começam enquanto eles se aproximam do microfone, bato palmas para meus filhos muito orgulho, Katniss está sorridente ao meu lado 

     -Boa tarde - Rye diz 

     -Hã é bem diferente pra gente estar participando de tudo isso, sempre viemos aos eventos de comemoração pôs revolução mas nunca discursamos, essa sempre foi a tarefa de nossos pais - Willow está nervosa 

     -Pediram pra gente falar sobre o que achamos sobre tudo o que nos aprendemos e sobre o que achamos das mudanças feitas, o que é uma tarefa difícil - Rye tem uma desenvoltura melhor, até porque é uma cópia da mãe 

     -Então depois de tanto conversamos chegamos à conclusão de que falaríamos sobre a nossa vida - Willow Ainda está nervosa 

    -Quando meus pais me falaram sobre o que eu veria na escola pra mim era apenas um história surreal, nada daquilo fazia sentido pra mim, só tomei consciência da gravidade na escola, com todas aquelas cenas e imagens, meus pais principalmente meu pai tinha medo que nós o julgasse, que o considerasse o monstro que ele acha que foi, mas não a única coisa que eu consegui sentir e Ainda sinto é orgulho e admiração- me emociono com as palavras de Rye 

     -Claro, sabemos que matar pessoas não é algo certo, mas sabemos que foi pelo motivo certo, sabemos que nem estaríamos aqui se ele não tivesse lutado, nós não teríamos a oportunidade de conhecer outros distritos, comer tudo o que queremos, escolher o que queremos, essa liberdade que a nova geração tem foi por causa dos heróis da revolução, sinceramente me sinto privilegiada de ser filha de Katniss e Peeta Mellark - Willow faz Katniss chorar 

     -Não vamos mentir, nada foi perfeito, muitas marcas ficaram em nossos pais, minha mãe Ainda tem fortes dores de cabeça e não é fora do normal acordamos à noite com um dos pesadelos do pai, mas unidos ajudamos um ao outro, quando eu era pequeno eu me assustei com os gritos do meu pai e corri para o quarto da Willow, ela não estava lá, fui com medo ao quarto do meu pais e vi minha mãe e minha irmã dando apoio ao meu pai, desde aquele dia eu soube que só precisamos do apoio das pessoas que nos amam para seguir em frente, é isso que eu aprendi, é isso que eu vou ensinar para o meu sobrinho -Rye põe a mão na barriga da Irma - é isso que eu vou ensinar para meus filhos, espero que façam o mesmo, obrigada - batemos palmas para meus filhos 

     Willow abraça seu marido Finn assim que desce do palanque, Rye vai ao encontro dos tios gale e Ann 

     -Fizemos um bom trabalho amor - Katniss me abraça 

     -Sim fizemos - beijo a testa dela admirando tudo o que conquistamos, sim perdi muitas coisas mais ganhei o bastante para nesse momento estar feliz, valeu a pena derrotar a capital, valeu a pena ser o vencedor da septuagésima sexta edição dos jogos vorazes 


Notas Finais


Quero agradecer a cada um de vocês que favoritaram e comentaram a fic, obrigada por não me abandonarem e aturarem todos os meus graves erros de português kkk, obrigada pelas dicas pelo carinho pelo apoio por tudo, estava com medo dessa fic ser rejeitada (foi a primeira que comecei a escrever e é a primeira que eu encerro) mas me surpreendi com o carinho de vocês, até mesmo as pessoas que não tem cadastro no site e acompanha minha fic eu agradeço, muito obrigada !!!

E como eu já disse essa é minha nova fic, quem quiser acompanhar ficarei agradecida, muitos beijos seus lindos !!
https://spiritfanfics.com/historia/50-tons-6544209


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...