História O Último Suspiro - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Taehyung (v)
Exibições 250
Palavras 3.127
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


EU VOLTEI, E CHEGUEI CHEGANDO (LOL)
Bom gente, não me matem ainda, provas bimestrais não me deixaram em paz, mas ATÉ QUE ENFIM consegui terminar de escrever o cap, espero que gostem e BOA LEITURA AMORES!!!!
* Peguem a pipoca!

Capítulo 19 - Treinamento parte 1


Fanfic / Fanfiction O Último Suspiro - Capítulo 19 - Treinamento parte 1

             (Taehyung on)

Me senti preocupado ultimamente, eu amo um ser que é desejado e ao mesmo tempo odiado pelos os imortais, todos a querem para um fim, um objetivo...

Entrei no quarto onde ________ estava deitada de lado virada de costas para a porta, assim pude ver suas costas nuas e seu corpo coberto por um lençol, tínhamos acabado de matar a saudade, acho que nunca vou enjoar do cheiro dela, cheiro de sangue, vida, somado com o perfume de sua pele, droga, estou com vontade de morder esse pescoço delicioso...

Ela me contou sobre o colar que recebeu de Sebastian, tomara que nas horas em que eu falhar, ele a proteja. Saí de meus pensamentos sentindo um vento adentrar no quarto, junto com alguns gritos de pessoas humanas vindos a distância, eram os Demons, tenho certeza... Eles fazem isso para provocar medo, coisa que eu não tenho, o único medo que eu tenho, é que tirem o maior tesouro que tenho, _________!

- Taehyung?...

Ouço _________ me chamando, seu olhar em desespero a procura dos meus, em segundos, ela estava em meus braços, seu abraço era forte, como alguém que procurava sua segurança....

- São eles?- Ela me pergunta. Certamente ela acordou com os gritos.

- Sim, são eles!- Senti suas unhas cravarem em minhas costas, era evidente seu medo.– Calma pequena, estou aqui! Eles estão muito longe...

- Tenho medo Tae, medo de mim, medo deles, medo do meu futuro...

- Olha para mim!- Chamei sua atenção erguendo seus olhos confusos em direção aos meus, a beijei levemente como se eu estivesse lhe tirando aquele peso em seu rosto. – Você é o ser mais poderoso que já vivi, não há motivos para ter medo, sei que você é mais forte do que pensa, e se precisar, você tem a todos nós! Dificilmente precisará se preocupar com essas coisas!

Ela concordou e nos beijamos novamente, só que agora, um beijo profundo, cheio de carícias, de desejo, ah como eu amo essa garota.

                       (Taehyung off)

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

     Na manhã seguinte.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

                      (__________ On)

 

Algo me queimava, estava suando frio, o Sol estava nascendo, uma força se acumulava em meus punhos, puxei os lençóis tentando descontar aquela sensação, acabei o rasgando. Taehyung não estava na cama, talvez sentiu sede e deveria estar na cozinha se alimentando de sangue. Não sei o que estou sentindo, meu sangue ferve, minha respiração acelera, minha vontade é de gritar, porém, algo me impede... Tento me concentrar... Respiro fundo e tento me acalmar, minha visão escurece, não ouço mais nada... Como se eu estivesse em um lugar onde só poderia escutar a mim mesma.

“Temos que matá-la!“

“Como  sabe que ela está ficando mais forte?”

“Não percebem o cheiro? Nunca tivemos tanta sede, seu sangue nos atrai, como se fosse a única fonte de alimento que existe!”

“Verdade, o clã está faminto atrás dela, ordenei que devastassem as pequenas cidades ao Norte, para conter a sede, mas eles querem mais!”

“Não podemos matá-la! A pegamos e cortamos sua pele, cada um bebe de seu sangue e pronto, resolvido.”

“Acha que é fácil Kosai?”

“É claro, vocês acham que ele iria deixar matar a filha de seu irmão?”

“Cala a boca Piettro! Isso não vem ao caso!”

“Só estou dizendo que não conseguiremos matá-la!”

“Matar não, mas, podemos afetar seu psicológico... Podemos a deixar fraca, e na hora certa, a pegamos.”

- ________? Está me ouvindo?

“Como faremos isso?”

- ________?? Respira...

“Acabando com seus amigos inúteis!”

- AAAAAAAAHHHHHHHHHHH

- _________? O que aconteceu?- Minha visão volta, todos estavam ao redor da cama, Jin segurava meu pulso e colocava a mão em minha testa. Agora eu percebi que estava esse tempo todo sem respirar, e que minhas veias sobressaltaram por todo o meu corpo, Taehyung estava ao meu lado, tive um pouco de segurança. As vozes, eram diferentes umas das outras... pareciam seis vozes, e pior, estavam falando de mim provavelmente, "a filha de seu irmão?"

– Olha para mim!– Namjoon segura meu rosto e foca em meus olhos, minha visão estava um pouco embaçada, mas logo melhorou. – Pode me ouvir?

Balancei minha cabeça positivamente e me ajeitei na cama, ficando sentada.

– Era... Acho que eram os Demons...

– Como assim?– Jin me pergunta colocando um pano úmido sobre minha testa.

– Eram seis vozes, eles conversavam sobre mim...

– O que disseram?

– Sobre me matar...– Vi Taehyung bufar de raiva.– Mas um deles, chamado Kosai disse que não conseguiriam me matar.

– Kosai...– Sebastian repetiu de cabeça baixa.

– Sebastian? Você conhece Kosai?

– Ele... DROGA...– Furioso bateu na parede. – Ele é o tio de __________ !–( O povo pensa que eu sou de ferro?)

Um silêncio prevalece no quarto, isso era uma surpresa para todos...

– Isso não é tudo...– Tento continuar – Eles querem me deixar fraca para conseguir me pegar, e eles vão fazer isso, acabando com cada um de vocês!

– Deixa eles tentarem! – Jimin responde sarcástico.

– _________, olha para nós? Acha mesmo que perderíamos fácil? Vamos fazer o possível, e o impossível para te defender! – Lourena diz.

– Somos um time! E vamos passar por cima de cada demônio para te manter viva!– Hoseok diz também me apoiando... Esses amigos são os melhores.

– É... Mas não vai ser fácil não!– Kendra diz cruzando os braços.– Todos nós teremos que nos preparar! E treinar!– Um sorrisinho surge em seus lábios.

– Isso vai ser divertido! – Yoongi sai de seu silêncio sorrindo.

– Estamos esperando o quê para começarmos??? – Taehyung pula da cama e me puxa, saímos dalí rapidamente.

             ~*~

O dia estava favorável, ensolarado, mas um pouco fresco por conta da estação de inverno que estava chegando ao fim. Saímos todos juntos em direção a floresta, o que me encomodava era o fato de que Moon ainda estava transformada em loba, para fazer companhia, Jimin e Amanda também estavam transformados em lobos, Taehyung anda ao meu lado segurando minha mão, Kendra e Lourena discutem na frente sobre qual o lugar melhor para começarmos a treinar. Jungkook anda junto com Yoongi falando quem poderia ser o mais veloz em uma corrida dentre os dois. Jin e Namjoon estão lendo seus antigos livros de magia, o que eles estão aprontando?...

­ — Na colina do norte é melhor! Tem mais árvores! Vai ajudar no treinamento. — Kendra diz apontando para sua direita.

— Não! Melhor nos campos, mais fácil de se locomover! — Lourena retruca apontando para frente.

— Vocês nunca vão se decidir? — Jin diz sorrindo para as duas que estão de braços cruzados. — Primeiro vamos para a colina, depois para os campos, calma, temos tempo de sobra! — Piscou para Kendra que ficou vermelha e sorriu.

Decidido, andamos mais alguns minutos, e tínhamos chegado a colina, as árvores eram grandes, fechavam o céu, não havia som, parecia um pouco sombria.

— Primeiramente, vamos testar os sentidos da _________. Taehyung... corra para uma direção adentrando na floresta, ela fica-rá de olhos fechados, e irá te achar pelo sentido. Sei que ambos podem sentir um ao outro, por terem uma grande ligação. — Diz Namjoon apontando para Taehyung que prestava atenção em tudo em que o mais velho dizia. Assim como eu.

— Preparados? Tae, você tem 4 segundos para se esconder! E _________, 6 segundos.

Soltei a mão de Tae, e fechei meus olhos, sabia que ele não estava mais ao meus lado, seus passos rápidos correram para a esquerda e desviaram para a direita, Lourena deu o sinal, e eu corri, estava fácil demais achar ele, mas resolvi o pegar de surpresa, dei meia volta e subi em uma árvore, daqui de cima dava para ver ele parado, me esperando, me preparei e pulei em cima dele, o derrubando.

— Assim não vale! — Rimos juntos caídos no chão. Nos ajuntamos aos outros, e iria omeçar o segundo teste.

— Muito bem, vamos ver, enquanto vocês estavm lá, pedi para que Yoongi colocasse uma bandeira do outro lado da floresta. __________ terá que correr e achar esse bandeira, e trazer novamente aqui.  — Jin me orienta.

— De boa... — Respndi.

— Só que irá haver desafios no caminho, Yoongi, Jungkook, Lourena e Namjoon tentaram te impedir e não deixar você pegar a bandeira, seja esperta, e rápida! — OK... FUDEU.

— De preferência, não deixe nenhum deles te tocar ou... te morder!

— Hm... Ok!

Vai ser um pouco mais difícil agora, mas eu tenho que conseguir.

Os quatro forem para a floresta, eu não sabia muito aonde cada um estava, mas, respirei fundo e me concentrei na bandeira, já tinha uma ideia de onde tinham a escondido. Jin deu o sinal e eu corri novamente. Passado 7 segundos ouvi alguém correndo em minha direção, era Yoongi, desviei quando ele pulou para me pegar, ele caiu e eu continuei a correr. O próximo foi Jungkook, que tentou me dar uma rasteira mas deu tempo de pular e continuar a caçada, mas ele não se aquetou, correu atrás de mim, mas eu consegui ser mais rápida, me sentia leve, como um raio de luz, mas, de repente, minha visão escurece, uma fumaça negra tomou conta do lugar, ouvi alguém dando risada, era familiar, sim, era Namjoon.

— Pensa mesmo que será tão fácil assim? Os Demons tem outros objetivos _________! E se você não for esperta... — Gritei de dor, algo havia se chocado contra minhas costas, uma corda talvez... — Vão acabar com você fácil! — Procurei me concentrar para descobrir onde Namjoon estava, mas quando eu conseguia, sentia meu corpo sendo espancado por golpes. — Vamos, não seja fraca! — Então ele me acha fraca? Capitei o momento exato em que ele iria me dar o sexto golpe, desviei e lhe dei um soco no peitoral, fazendo ele se chocar contra uma árvore; Segundos depois tudo voltou ao normal, a fumaça desapareceu, e eu me dei por vencida, continuei a procurar a bandeira.

De longe, avistei a bandeira no alto de uma montanha de pedras, Namjoon não perde tempo em deixar as coisas difíceis... Estava perto do objetivo, porém, faltava um único obstáculo... Lourena!

— Você enrola muito! Ficou tomando chá com o Namjoon? — Ela provocou.

— Está brava por eu ter esquecido de te trazer uma chícara? — Digo.

— Pena que não posso deixar você pegar a bandeira e voltar para o chá das três!

— É... Mas, saiba que eu não gosto de perder o horário, então, vamos logo com isso?

— Como quiser... — Lourena diz se preparando para o ataque, seria um duelo? — E... Mais uma coisa, não deixe eu te morder!

Como um raio ela desapareceu de minha frente, ela era rápida, como Taehyung, com um golpe fui jogada para longe, batendo em uma rocha. Ela aproveitou o impacto, e segurou meu pescoço, impedindo minha saída.

— Sabe que já poderia ter morrido, não sabe? — Concordei. — Agora tente sair!

Eu tinha que ser rápida, a chutei no estômago, fazendo ela soltar meu pescoço, dei uma rasteira fazendo ela cair no chão, agora quem estava ganhando era eu, pressionei meu joelho contra seu pescoço e segurei seus braços.

— Agora tente sair! — Digo e ambos rimos.

— Belo golpe!

— Valeu, mas sinto que isso não é o suficiente! — Digo me levantando e ajudando Lourena a se levantar.

— Ei, cadê a bandeira? — Ela chamou minha atenção para aonde Namjoon teria colocado a bandeira, porém, ela não estava mais lá...

— Vocês vampiros são tão inúteis! — A direita, estava um homem, sentado nas pedras, seus olhos eram um de cada cor, um azul e o outro roxo, em suas mãos brincava com a bandeira que em segundos virou cinzas.

—__________, fica atrás de mim! — Lourena entrou na minha frente e recuou alguns passos.

— São todos iguais, vocês matam, se alimentam, matam novamente, e nunca se cançam de beber sangue... — Sua pele era morena, lábios rígidos, no pescoço uma tatuagem de um dragão em meio as chamas, mas o que seria ele?... — Eu diria que vocês são uma praga!

— O que quer aqui? — Lourena perguntou desconfiada.

— Tenho uma dívida com Dryan! Então recentemente... ele fez uma visita e me pediu  um serviço...

— Ele te selecionou?

— O que você acha?

“________, corre para a floresta agora!”

Lourena me disse através do pensamento, o homem a nossa frente se transformou em um dragão negro, Lourena rosnou para ele, eu tinha que buscar ajuda. Mas quando tentei correr, meu pé ficou preso pela cauda do dragão, fui atirada contra as pedras. Vi a vampira atacar a fera, acertando o olho azul, Lourena foi lançada para o alto e arremeçada ao chão rachando o mesmo, não sabia o que fazer, apenas fechei meus olhos e me concentrei em algo. Podia sentir uma força ao meu redor, eu me sentia um ímã, quando abri meus olhos, várias pedras estavam flutuando em minha frente.

— Isso pode ser útil! — Disse a mim mesma. Olhei para a fera que estava com Lourena pendurada diante de sua boca, ele iria come-la. Ergui minhas mãos e as pedras atacaram o dragão que soltou a vampira na mesma hora. Ele olhou para mim com fúria nos olhos, sabia que me atacaria. — Ops, foi sem querer!

Ele correu em minha direção pronto para me morder, mais logo joguei outra pedra maior ainda contra seu focinho, fazendo ele perder o sentido.

— Machucou? — Digo com sarcasmo.

— Maldita, me pediram para que lhe deixasse viva, mas vou ter que ser obrigado a te matar!

— Acha que estou com medo de uma cobrinha com mal hálito?

— Deveria! Você não sabe quem eu sou, e do que eu sou capaz!

— Não mesmo, e nem você sabe do que eu sou capaz! — De repente, o dragão se contorceu, aumentando de tamanho, ele estava três vezes maior. ( Aquele momento em que você percebe que fez MERDA) F U D E U.

Ele me olhou profundamente levantei o máximo de pedras ao meu redor, estava preparada. Sua carganta pulsava em cores quentes, ele iria gospir fogo, joguei as pedras contra ele, mas algumas foram desviadas por ele, vi que Lourena ainda estava desacordada, o que me preocupou... Tentei correr, mas um círculo de fogo surgiu em minha volta, estava presa. A boca do dragão abriu lentamente, pude ver a bola de fogo se formando entre seus dentes... quando ele estava pronto para me matar, eis que acontece o inesperado.

— NÃO MEXE COM A MINHA GAROTA!! — Taehyung surge dando um golpe na cabeça do monstro, Jin apaga o fogo ao meu redor e faz um campo de proteção avisando que não era para mim sair dalí, Jungkook some com Lourena para dentro da mata.

— Namjoon, consegue imobilizar ele? — Jin pergunta a Namjoon que afirma com a cabeça.

Namjoon fez uma camada grossa de gelo seco em cima do animal, fazendo-o se debater para tetar se soltar. Mas o dragão foi mais esperto, sua pele se aqueceu, derretendo o gelo. Ele iria gospir fogo novamente, e a mira era uma pessoinha que não deveria estar no momento... Hoseok.

— Batata quente, quente, quente, quente, quente, quente... — Diz ele correndo tentando escapar da visão do dragão...

— Taehyung ajuda ele! — Jin diz enquanto pensava em uma armadilha.

— HOSEOK SOBE NA ÁRVORE! AGORA! — Antes de ser queimado Hoseok conseguiu subir na árvore a tempo.

— AQUI SUA MINHOCA QUEIMADA! — Jimin aparece atrás do dragão ao lado de Kendra.

—Jin... o que a gente faz agora? — Eles estavam prestes a serem atacados.

— Agora... CORRAM!

Os dois partiram em desparada para lados diferentes, o dragão foi atrás de Jimin. O mesmo se transformou em lobo e pode ser mais rápido que o monstro.

— JIN, PENSA LOGO EM ALGO! — Reclama Tae subindo nas costas do dragão tentando doma-lo.

— Jin, você sabe como matar ele? — Pergunto ao mesmo que está parado a minha frente com um livro nas mãos.

— Eh...

— Jin? JIIINN?

— Ele usa magia negra, é quase impossível matar um bruxo negro... — Namjoon responde preocupado.

Parei por um estante de respirar ao ver Kendra sendo arremeçada contra uma árvore, ele iria matar um por um desse jeito... meu medo estava se tornando raiva.

— Jin, me deixa sair daqui! — Lhe pedi.

— Não, é perigoso você morrer!

— Todos nós vamos morrer se não me deixar sair daqui! Anda, me solta! — Seu olhar era de medo. — Não se preocupe, eu tenho um plano!

Jin finalmente desativou o campo de proteção, e eu corri de encontro a Taehyung, lhe pedi que fosse até a floresta e achasse um cipó. Olhei para Jimin e Hoseok e eles entenderam o que era para ser feito.

— OLHA AQUI MINHOQUINHA, VAMOS VER O QUATO VOCÊ É RÁPIDO! — Jimin enfrenta o dragão, fazendo a mesmo ir atrás dele. Enquanto eles o destraiam, Taehyung voltou com o cipó em mãos.

— O que pretende fazer? — Perguntou-me.

— Quais são as maneiras de matar um bruxo? — O olhei desafiando-lhe.

— Fogo?

— Correto!

Peguei o cipó e comecei a subir em uma árvore.

— Mas, como pretende queimar ele?

— Eu não... ele vai se queimar sozinho!

Taehyung parece que me entedeu e logo correu para uma outra árvore paralela a minha, joguei a ponta do cipó para ele e dei sinal a Hoseok.

— OH RABO COMPRIDO! OUVI DIZER QUE VOCÊ TEM MAL HÁLITO... QUAL FOI A ÚLTIMA VEZ QUE ESCOVOU OS DENTES? — Hoseok salva o amigo Jimin de ser devorado pelo dragão. A fera se ergueu, sua garganta estava se aquecendo novamente, seria nossa única chance?

Olhei para Taehyung e afirmei com a cabeça. Fiz uma contagem regressiva nos dedos, a fera estava bem próxima, nada podia dar errado.

( 1... 2... 3 )

Antes que a fera pudesse gospir fogo em Hoseok, eu e Taehyung pulamos e amarramos sua boca com o cipó, pelo seu focinho fumaça saía, a bola de fogo em sua garganta se estendeu pelo o resto do corpo, o queimando por dentro. Ele se debatia no chão, algumas árvores foram arrancadas e destruidas, um cheiro de queimado prevaleceu, os olhos do dragão ficaram negros e depois explodiram, ele caiu no chão morto.

— Vocês demoraram para resolver isso!

— JIMIN!!! — Um coral lhe chamou a atenção. Rimos e formos para casa, Kedra havia machucado a cabeça, mas não foi grave.

Quando chegamos, Amanda, Yoongi, e Sebastiam estavam presos no ar, estavam inconcientes, dentro de casa, uma movimentação estranha, de repente Moon foi arremeçada pela janela, e Jungkook lutava contra um outro bruxo.

— Luaraa! — Jimin tenta ajuda-la.

Taehyung e Namjoon correram para dentro para tentar ajudar Jungkook. Ouvi Lourena gritar e logo corri para tentar ajudar, Jin veio logo atrás de mim. Quando vi, a híbrida estava sendo amaldiçoada por uma bruxa negra. ( E mais uma vez, F U D E U).

— Vocês são tolos em achar que vão conseguir proteger essa garota para sempre...  agora tem menos um para os Demons se preocuparem...

— Sua VADIAAAA! — Jin corre para tentar impedi-la, mas a bruxa e seu companheiro some como fumaça. Lourena cai no chão desacordada... e Jin se desespera, pois não consegue acorda-la.

— Ela...

— É só uma bruxaria, ela ainda respira! Mas temo que cuidar disso logo, ou ela não verá o amanhã!...

(_________ off)

        ~*~


Notas Finais


Que emoção...
pois bem, gostaram? ( comentem, please)
Prometo Hentai no próximo cap.
bjks da Daeh~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...