História Ô, vagabunda! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Malhação
Visualizações 54
Palavras 297
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drabble
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


depois de muito ler e querer desler muita merda
resolvi fazer o que faço de melhor: escrever

Capítulo 1 - Parece uma cadela. capitulo único



Clara era uma vagabunda.


Sim, era. Uma puta. Piranha. Biscate. Cadela!


De onde já se viu ser solteira e dar em cima de macho solteiro? De onde já se viu mulher de respeito jogar charme pra cima de homem? Coisa de vadia!


Vivia levando chifre do namorado, que pobre coitado, tinha que aguentar ela. E, ela, mal sabia, que ficava de vela, quando saia Felipe, Lica, e ela. Ah, mas, ele podia trair. Podia, sim! Era homem!  E ele também era o quê? Um gostoso do caralho! Lindimais! (Clara também era até bonitinha, mas, tinha aquela cara de ninfeta que adorava levar bebida de Guto na boquinha)


Foda-se se ele traía! Ele e Lica (E Lica? Rainha! Dona!) faziam um casal lindo demais! A culpa era de Clara por ser tão irritante. Ela que fosse traída calada! Tinha que ficar caladinha!


E, digo mais, ele fez o certo. Uniu o útil ao agradável; Vadias como Clara tinham que levar chifre pra aprender e, no final, ficarem S-O-Z-I-N-H-A-S! (afinal de contas, que tipo de homem vai querer uma biscate dessas?!)


Clara não passava de uma vagabunda.
Quando tomava a bebida de Guto.
Quando não sabia ficar sem macho.
Quando se metia entre Lica e Felipe.
Quando era mulher.


Quando não era a favorita de muitos. Não só ela. Muitas e muitas por aí. Sejam ficcionais ou reais. Não só por se meterem no meio de casais, não só por usarem batom vermelho, não só por terem carinha de ninfeta. Mas, por serem assim.... Claras!


Mulheres claras!


Do que adianta defender uma, se tu ofende outra? Cadê aquele #MexeuComUmaMexeuComTodas? Cadê aquele discurso feminista que tu nunca tirava da tua boca?! Cadê?!


''Ô vagabunda, olha pra cá, se tu se meter no meio do meu casal, eu vou te atacar!''
 


Notas Finais


não vem com esse teu discurso pra cima de mim


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...