História O verdadeiro "begin" jungkook (imagine) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 15
Palavras 841
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - Você aceita?


Fanfic / Fanfiction O verdadeiro "begin" jungkook (imagine) - Capítulo 15 - Você aceita?

Aquilo tudo era como se estivéssemos chegando ao fim! Eu estava sentindo um vazio, e mesmo ele estando perto eu sentia saudade...

E passou uma semana, ele me levou para lugares que eu nunca tinha ido,me levou para um jantar, ficamos abraçados em uma Praça até o dia amanhecer, comemos ramen juntos, compramos camisas iguais, fomos ao parque... aproveitamos cada momento como se fosse o último de nossas vidas. E no dia da viagem para o Brasil ele me ligou logo cedo.

- bom Diaaaa,o seu coelhinho vai fazer questão de te levar até o aeroporto,hoje mesmo vou voltar para a minha casa e dos meninos e vou sair do hotel, vamos tomar café gelado juntos, estarei la em baixo daqui 20 minutos, byebye

- siiim senhor coelhinho, estarei esperando você, bye!

Foi tão lindo quando ele me viu, ele me deu um abraço como se não nos vimos a muito tempo. Ele abriu a porta do carro e quando eu entrei no carro ele me deu um beijo (selinho) enquanto ele dirigia pegava na minha mão, e eu olhava com um sorriso encantador pra ele, e toda hora eu reprizava em minha mente como tudo começou,e como chegamos até aqui, lembrei do nosso primeiro beijo.

Chegamos no café, compramos um bolo e dois cafés gelado, e la eu contei com calma sobre a proposta

" vou ficar no Brasil, e por enquanto não tenho data para voltar, ou talvez eu não volte, tenho medo de nunca mais poder ver você"

- isso não vai acontecer, porquê no meu sonho ficamos juntos, estou confiante em você voltar... eu não me emporto de te esperar, o amor é paciente, e eu vou te aguardar... como estamos aqui na nossa "ultima" conversa,quero te pedir desculpas pelas as vezes que não dei a atenção que você merece, pelas as vezes que você se sentiu sozinha e eu não estava com você, e não sei se fui rápido em demonstrar meus sentimentos para você, não sei se fiz algo de errado, ou deixei de fazer alguma coisa, mas você me desperta uma segurança, uma paz, e eu não vou te esquecer..

E ele se levanta e tira um porta alianças vermelho do seu bolso, e se senta novamente na mesa, e discretamente ele abre o porta aliança e diz " você quer que eu seja o seu verdadeiro oppa?"

E eu fiquei olhando para ele, para aliança, meus olhos estavam tão cheio de lágrimas que eu enxergava tudo embaçado... a aliança era Prata, tamanho médio com pedrinhas delicadas pretas, e dentro estava escrito "for" e na dele "ever"...

" meu Deus, siiiii... siiii....siiiim eu aceito que você seja meu verdadeiro oppa JUNGKOOOK" e ele levantou e me abraçou, e eu comecei a chorar e os olhos dele também estávam cheios de lágrimas e ele falou no meu ouvido chorando "eu quero te beijar", " eu também" . Então a gente sentou para terminarmos de tomar o café para irmos para o aeroporto... Ele pegava na mão, ficava comparando as alianças, e eu até aquela hora sem acreditar naquela surpresa.

JungKook:

- vamos para o carro, ja está na hora de irmos para o aeroporto

- vamos.

Fomos calados, ele atento ao trânsito, e eu estava olhando pra minha mão direita, com aquela aliança.. eai ele começa falando...

- No começo, quando fui contratado para ficar na bighit, eles deram a regra de que nenhum de nós podemos ter relaciomento com alguém, vida amorosa etc...

E os meninos, os 6 , foram conversar com eles sobre meu relacionamento com você, e com muito custo eles aceitaram dando a condição que nossa relação não iria atrapalhar minha carreira, eles ficaram super felizes por me ver feliz, e todo dia eu tenho provas que eles são minha família e meu irmãos.

- nooossa! Fico muito feliz em saber que eles fizeram isso e são assim com voce, eu percebo que eles cuidam de você, e acho muito bonito a uniao, porque la no Brasil é quase impossível ver homens se abraçando e tendo esse afeto como é aqui na Coreia.. fala com eles que eu estou muito agradecida por isso.

- ok, vou falar com eles.

E descemos do carro com as malas, e ele me levou até onde eu iria ficar..

Toda hora ele falava coisas que eu ficava surpreendia e apaixonada..

" eu vou te ligar todos os dias,peça a Deus para você não enjoar da minha voz, porque toda vez que eu lembrar de você vou te ligar Para saber de novidades, escutar sua voz e matar a saudade"..

E eu so escutava e ficava abraçada com ele, e foi a última chamada para ir pro avião.

Ele me abraçou, beijou minha testa, e disse:

- se for pra te esperar até meu último suspiro eu estou disposto, vou ficar mas meu coração vai ir com você.

E ele colocou a mão em seu coração como se estivesse arrancando e colocou no meu.

Fomos soltando as mãos lentamente, e quando finalmente soltamos, ele voltou correndo e me abraçou e disse:

- já estou com saudades.. 

                                      Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...