História O verde dos seus olhos - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Power Rangers
Personagens Chase Randall, Personagens Originais
Tags Hector David, James Davies, Power Rangers
Exibições 11
Palavras 1.408
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Super Power, Super Sentai, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Na hora que ouvi aquelas simples e honestas palavras uma luz forte brilhou por debaixo da minha blusa , era quente porem caloroso , o pingente que Ji me dera estava brilhando , foi aí que lembrei do que estáva escrito no pergaminho ...

Capítulo 4 - Te amo


Fanfic / Fanfiction O verde dos seus olhos - Capítulo 4 - Te amo

 Ele me olhou por algums segundos e chegando um pouco mais perto me perguntou:

                      - E quem você mais ama Henry? - sem pensar duas vezes retruquei:

                      - Você Mike.

                      O que ele fez me deixou surpreso, ele chegou mais perto de mim e com a sua mão atrás da minha cabeça puxou-a contra a sua e me deu um beijo , isso era tudo que eu esperava . Mike me soltou e olhando em meus olhos disse:

                     - Me desculpa Henry não sei o que deu em mim , eu não queria fazer isso…

                     - Mike. - Interrompi ele. - Tá tudo bem eu não estou bravo , na verdade era isso que eu também queria.

                     Ele com um sorriso no rosto se acalmou e me abraçou , eu esperava que ele também disse-se que me amava , mas ele não disse nada . Mais tarde nessa noite tive outro"sonho" com Zendreed dessa vez ele não estava rindo , estava serio e de costas para mim disse:

                         - Garoto insolente eu te disse o que fazer , te dei uma chance de viver sua vidinha  inutil e você jogou isso for a no momento em que não pegou a oportunidade, a partir de agora você sofre-ra uma dor que jamais sentiu…

                    - Zendreed não estava me vendo mais eu sabia que ele podia me sentir na escuridão , porem alem da voz dele eu também ouvia a de Mike em minha mente e sua voz falava sem parar repetidamente as mesmas palavras " eu te amo também" , com essas palavras a voz de Zendreed foi sumindo cada vez mais até desparecer por completo. Então já era manhã e lá esta Mike deitado de frente para mim me olhando dormir , ao abrir bem os olhos sorri e disse:

                    - Bom dia . - Mike respondeu prontamente: - Você é tão lindo .

                     Mesmo tendo acabado de acordar para mim o dia já estava ganho com um sorriso maior ainda , dei um beijo em Mike , que me retribui o beijo com mais vontade que o ultimo , nesse momento o mentor Ji bate na porta do quarto e Mike assustado da um pulo da cama e se vestindo responde:

                    - Sim mentor , - Ji pede para que ele vá me acordar e vá para a sala para conversarmos , Mike fica desconcertado e rapidamente pede para que eu me arrume , o que fiz rapido e fomos para a sala .

                    Ji estava sentado proximo a mesa de centro , chegando mais perto pude perceber que Ji tinha um caderno em mãos , ele pediu para que nos sentasse-mos com ele , o que fizemos e ele começou a falar:

                   - Mike você precisa levar Henry para falar com a doutora kendall , ela é uma amiga minha que é especialista em gemas , ela trabalha em um museu de fosseis de new york , ela podera explicar melhor que ninguem como recuperar a gema da alma , eu confio em você Mike .

                   Mike fez que sim com a cabeça e me pediu para arrumar minhas coisas para que pudessemos partir , levantei e fui até o quarto onde juntei algumas peças de roupa celular , notebook e outras coisas , e voltei para a sala onde encontrei-me com Mike que estava com uma mochila nas costas , ele veio até mim e perguntou se eu já estava pronto para ir , disse que sim e fomos para a garagem pegar a moto de Ji , chegando lá Ji me chamou no canto e me disse:

                  - Henry seu avô pediu para que te entregasse isso , no dia que você me procurasse -Ji me entregou um pingente onde tinha um tipo de pedra parecida com uma pedra de cobalto, agradeçi e subi na moto com mike nde nos despedimos do mentor e seguimos para a rodovia , no caminho quase perto já de new york , outra sombra empediu nossa passagem na estrada , mas dessa vez era negra mais densa com rajadas prateadas , mike acelerou a moto passando por dentro da densa fumaça a moto já estava correndo a 120 km por hora. Ao olhar para tras pude ver a sombra nos seguindo a uma velocidade imprecionante e antes mesmo de chegar perto de nós ela atirou uma rajada de coisas parecidas com laminas , gritei para Mike desviar , e tombando o corpo a moto deslizou onde senti minha perna quase encostar no asfalto , com essa manobra desviamos de todas as laminas .

                   Agora a sombra na nossa frente se revelou e mostrou ser um Nighlok , ele era diferente do outro , ele era mais alto, com a maior parte do corpo de um metal que brilhava em um prata bem escuro,  tinha duas coisas parecidas com espadas em suas mãos e olhos negros como a noite , senti um pouco de medo e fiquei parado atrás de Mike que foi em direção ao Nighlok e com um tom ousado pediu para que ficasse esperando ali que seria rapido. E com uma rajada de luz intensa lá estava de novo Mike com sua armadura verde brilhante e sua espada em mãos .

                  Mike correu até o Nighlok e desferiu um golpe para acertar o peito dele , porem ele desviou e com um chute jogou Mike longe , quase que imediatamente ele saltou em cima de Mike com as duas espadas apontadas para a cabeça de mike , porem  com um movimento rapido mike tentou acertar o rosto do Nighlok e por questão de um segundo a espada da criatura não o acertou.

                  O Nighlok agora com o rosto ferido ficou rado com Mike e disse:

                  - Eu tinha vindo atrás de vocês só para pegar a gema porém agora sua cabeça será meu premio seu miserável.

                  Sorrindo Mike pegou seu disco e colocou-o na espada e com um movimento rápido , lá estavam elas , todas as raízes igual da ultima vez , lembrei o que elas fizeram ao ultimo monstro e pensei que a luta terminaria ali. Mas o monstro soltou o mesmo tanto talvez até mais laminas contra as raízes . Então Mike rodou novamente o disco e o dobro de raízes brotaram , o poder era tão grande que nesse momento já não tinha mais estrada , e com um barulho muito alta agora o lugar estava cheio de fumaça , procurei desesperadamente por Mike e um pouco Proximo a moto pude ver mike caido lá , também procurei pelo monstro e não tive nenhum sinal dele.

                   Corri até Mike e ajudei ele a levantar ele estava com um corte co braço e alguns ferimentos no rosto e pernas , perguntei se ele estava bem ele disse que sim , mas não poderia pilotar a moto , então peguei-a subi e disse a ele para subir também , fomos até uma pousada bem na entrada de new york , lá pegamos um quarto , ao entrarmos pedi que Mike fosse tomar um banho para que eu pudesse fazer um curativo em seu braço , ele foi para o banheiro , fui até a recepção e comprei um kit de primeiros socorros e voltei para o quarto , ao abrir a porta me deparei com Mike usando apenas uma toalha enrrolada na cintura e o corpo um pouco molhado ainda  ,fiquei vermelho na hora pois não parava de olhar para ele , pedi para ele se sentar na cama e comecei a fazer o curativo , ao acabar ele se levantou foi até a mochila pegou suas roupas e começou a se vestir na minha frente , paralizei na hora e olhei para o outro lado , pois ainda era estranho para mim aquela cena .

                      Quando acabou de se vestir  ele sentou-se ao meu lado na cama e colocando o braço em volta de mim me deu um beijo no rosto e disse:

                   - Henry , obrigado por tudo não sei o que seria de mim sem você … eu te amo…

                   Na hora que ouvi aquelas simples e honestas palavras uma luz forte brilhou por debaixo da minha blusa , era quente porem caloroso , o pingente que Ji me dera estava brilhando , foi aí que lembrei do que estava escrito no pergaminho e agora finalmente estava bem claro pra mim Mike era a metade que me faltava todo esse tempo…



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...