História O Verde dos Teus Olhos - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Chouji Akimichi, Darui, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Anime, Drama, Naruto, Romance, Sakura, Sasuke, Sasusaku, Way_borges229
Visualizações 288
Palavras 1.922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá galerinha linda do meu coração, como prometido, eu vim trazer para vocês mais um capitulo 😊👍

E como avisei na semana passa, eu modifiquei alguns capítulos da historia, esses são:
Capítulos que foram modificados
Cap 1 e 2
Cap - O Falcão e a Cerejeira

Cap 3 e 4
Cap - Liberdade

Cap 5 e 6
Cap - Descoberta

Cap 10, 11
Cap - Incomodo

e no inicio de cada capitulo, coloquei para vocês uma frase que eu curto.

Não sei se consegui achar todos os erros de português, se vocês encontrarem algum, por favor me avisem, ok?! 🙏

Capítulo 31 - Meninas


Fanfic / Fanfiction O Verde dos Teus Olhos - Capítulo 31 - Meninas

Bons amigos são como estrelas: nem sempre podemos ver, mas temos certeza que estão sempre lá.

 

 ♦♦

 

- SAKURA!

Dei um pulo na cadeira que estava sentada em uma das mesas do refeitório do hospital, quase cai no chão e por pouco não derramo o chá que estava tomando, meu coração acelerou os seus batimentos enquanto meus olhos buscavam quem gritou meu nome, encontrei uma loira com o cenho franzido e o maxilar trincado demonstrando toda a sua raiva junto com uma morena azulada.

- O que te deu hoje, Testa de Marquise? Estou te chamando há 5 minutos e você aí com cara de boba. - Ino fala com os braços cruzados embaixo dos seios e batendo freneticamente o pé direito no chão.

- Ino? Hinata? Aconteceu alguma coisa? - Perguntei confusa.

- “Aconteceu alguma coisa?”, mas o que deu em você Sakura? - Ino me questionou enquanto sentava-se na cadeira que estava na minha frente.

- É Sakura-chan, você está estranha. - Hinata fala docemente sentando na cadeira ao meu lado da mesa.

- Não estou entendendo o que vocês estão falando. - Falo olhando de uma para a outra.

- Argh... Sakura, em que mundo você está, hein? Hoje, você só está especialmente mais lesada do que o costume. - Franzi o cenho.

- Ino, não fale assim. - Hinata a repreende.

- Gente, sério, o que está acontecendo aqui? - Pergunto e escuto a Ino suspirar.

- É simples Sakura, estamos te chamando há 5 minutos e você simplesmente nós ignorado. – Ino me explica.

- Serio? Eu não ouvi vocês me chamando. - Informei.

- Nós entendemos Sakura-chan. - Hinata informa calma.

- Até parece que a gente compreendeu alguma coisa! Pode dizer o motivo de você está tão distraída. - Ino ordena. - Essa sua cara de lesada tem algum motivo, então pode começa a fala.

Me irritei com o que ela falou, mas só de lembra de ontem a tarde, sinto minhas bochechas esquentarem.

- Ih Hinata, ela ficou vermelha, então pode ter certeza que dedo de Sasuke Uchiha por detrás de toda essa distração que ela vem demonstrando. - Ino acusa fazendo a Hinata sorrir e também fica corada.

- Também acho que tem algo haver com Sasuke-kun. - Hinata informou.

- Até você, Hinata?! - Indaguei desgostosa.

- Desculpa Sakura-chan, mas é verdade, o Sasuke-kun é o único que consegue te tirar dos eixos. - A Hyuuga afirma.

- Concordo com a Hinata, tem dedo do Sasuke-kun nessa sua cara de lesa. - Ino provocou.

- Para de fica me chamando de lesa, sua Porca loira. - Rosnei.

- Sabe o que mais Hinata, ontem quando eu cheguei da minha missão, como ainda era cedo, vim aqui no hospital chamar a Sakura para jantar comigo, mas adivinha só: ela não estava no hospital. Depois fiquei sabendo que ela saiu na hora do almoço acompanhada por um rapaz e que ainda não tinha voltado.

Senti meu rosto pegar fogo com a revelação da Ino, pude notar que esse ser desalmado chamado Ino Yamanaka estava se divertindo com o meu constrangimento. Depois, essa criatura sem coração, se diz minha melhor amiga!

- Serio Sakura-chan? - Hinata pergunta incrédula. - Quem é ele? Quem é esse rapaz misterioso? - Indaga novamente.

- É Sakura, quem é ele? Fala para a gente. - Ino fala com um sorriso malicioso no rosto.

Ela já deve está imaginando que é esse rapaz misterioso que saiu comigo ontem para almoçar.

- Podemos falar em outra hora e em outro lugar? - Pergunto tímida.

- Não. - As duas respondem juntas.

- Eu odeio vocês. - Fiz drama.

- Agora para de enrolar e desembucha logo Testuda. - Ino reclama.

Olhei para as duas criaturas sentadas à mesa comigo, elas deixavam transparecer a curiosidade que estavam sentindo sob o que aconteceu comigo e com o Sasuke. Suspirei derrotada, uma hora ou outra teria que contar a elas, apesar da Ino já saber boa parte da história. Desistindo de tentar fazer com que elas esperassem mais um pouco, pela cara que estão fazendo nem adiantaria tentar, então começo a contar para elas sobre o piquenique que ele preparou, da clareira cheia de cosmos a qual o mesmo me levou e dos beijos que trocamos por lá, também falei das carícias trocadas no beco com pouca iluminação que tem perto do meu prédio; não dei detalhes de tudo o que aconteceu, mas falei da declaração meio sem jeito que o Sasuke fez.

Quando terminei de conta toda a historia, vi minhas amigas me encararem com uma expressão de espanto tão grade que me fez sentir como se tivesse nascido uma segunda cabeça do meu corpo; as duas estavam com os olhos arregalados, na verdade, quase saindo de suas órbitas, e com os seus queixos caídos. Fiquei totalmente sem graça por causa da ração das duas, senti minhas bochechas arderem ainda mais. O silêncio que se estabeleceu entre nós começou a ficar bem incômodo.

- AAAAAAAAAAAAA... - Ino grita quebrando o silêncio chamando a atenção de quem estava em volta. - EU NÃO ACREDITO NISSO! POR DEUS... ISSO FOI TÃO PERFEITO... TÃO ROMÂNTICO.

- Ino, pelo amor de Deus, para de gritar, sua louca. - Briguei.

- Desculpa Testa, mas não consegui segurar, não depois de tudo que falou. Quem diria que existe um coração batendo no peito do Uchiha mal humorado? Serio, eu sempre achei que ele fosse desprovido de sentimentos e de um coração.

Balancei a cabeça, fazendo sinal de negação, pelo comentário maldoso da minha amiga Ino Porca. Ela foi a primeira pessoa a notar que tinha algo diferente no Sasuke e agora vem com suas palavras ácidas. Só a Ino mesmo!

- Não seja malvada Ino. - A repreendi.

- O que? Eu estou mentindo, por acaso? O Sasuke pode não ter um cubo de gelo no lugar do coração, mas é exatamente isso que ele demonstra.

- A Ino tem razão Sakura-chan, só você e o Naruto-kun que conseguiram tocar o coração do Sasuke. - Hinata acrescenta.

- Mas deixa isso de lado, hoje você vai sair com a gente. - Ino pôs com um grande sorriso no rosto.

- Eu vou?

- Vai sim, você já tinha prometido que ia, e não será apenas comigo e a Hinata, vou chama todas as meninas, elas precisam saber da novidade. - Falou animada.

- Também acho que seria bom reunir as meninas. - Hinata acrescentou.

- Concordo em sair essa noite, mesmo tendo que acordar cedo amanhã.

- Sakura-chan, você não devia está trabalhando? - Hinata muda de assunto.

Procurei o relógio que tem no refeitório e constatei que realmente estava no meu horário.

- Você está certa Hinata, por isso que eu já vou indo. Tchau meninas, eu tenho que trabalhar. - Me despedi.

- Tchau Sakura. - Elas falaram em juntas.

A passos rápidos, me encaminhei ao meu escritório para começar a atender as pessoas que estavam esperando uma consulta, ao meio dia já tinha terminado de atende a todos que estavam aguardando uma consulta, no período da tarde não tive atendimentos agendados, então resolvi colocar em dia uma papelada que tinha se acumulado em meu consultório. Às 18 horas, organizei as minhas coisas para ir embora.

Meu coração quase parou quando avistei o Sasuke sentando em um dos bancos que tem na frente do hospital, ele estava simplesmente lindo com sua velha capa preta apoiada no seu ombro esquerdo e escondendo parcialmente seu tronco deixando apenas o lado direito exposto, suas vestes negras lhe proporcionavam um ar misterioso, seu braço direito está apoiado no joelho e seu rosto com uma expressão entediada se encontrava descansando em seu punho, os seus cabelos se movimentavam levemente com a brisa que soprava.

Esqueci como se respira quando o Sasuke notou que sai do hospital e começou a caminhar em minha direção, senti a minha pele queimar com a intensidade de seu olhar, me perdi na escuridão de seus olhos quando ele parou diante de mim, estava completamente hipnotizada pele brilho de seus orbes negros.

- Sakura? - Ino me despertou do transe que entrei. - Oi Sasuke-kun. - Ele não respondeu, só olhou para ela.

- O que foi Ino? - Perguntei.

- Vou me arrumar na sua casa, quero aquele seu vestido vermelho emprestado.

- Certo. - Confirmei e a Ino se voltou para o Sasuke.

- Ah Sasuke-kun, você vai nos empresta a Sakura por hoje, amanha vocês podem dá uns amassos...

- INO!

Senti minhas bochechas esquentarem, olhei para o Sasuke, ele virou o rosto, mas deu para perceber que suas bochechas também estavam vermelha.

- O que? Mas não era isso que vocês iam fazer? Se pegar.

- Por favor, Ino, para com isso.

- Tá bom, estou indo para sua casa. - Falou e saiu.

Olhei para o Sasuke, ele ainda estava com o rosto virado para o lado. Escondi meu rosto com as mãos, queria abrir um buraco no chão e me esconder.

- Me desculpa Sasuke-kun. - Minha voz saiu abafada.

Senti a mão dele envolve os meus pulsos e as tirando do meu rosto, olhei para ele, suas bochechas ainda estavam vermelhas.

- Vamos? - Perguntou soltando meus pulsos.

Assenti e seguimos o trajeto até o meu apartamento, ficamos em silencio todo o trajeto, ficamos na frente um do outro assim que chegamos ao meu prédio, ele levou a mão ao meu rosto, fechei os olhos para aproveitar o calor de sua mão.

- Nos vemos amanhã? - Perguntei assim que ele tirou a mão do meu rosto e o vi assentir. - Me desculpa pela Ino, ela não tem um filtro entre o cérebro e a boca.

- Não tem problema.

Ele se aproximo de mim, consegui sentir seu cheiro de grama cortada e sua respiração se mesclando com a minha, aproximou o seu rosto do meu, fechei os olhos esperando ele roubar meus lábios para si, mas ele não fez isso, em vez de beijar a minha boca, ele deu um beijo casto na minha testa. Abri os olhos não acreditando no que aconteceu.

- Até amanhã. - Se despediu e me deixando confusa sobre o que aconteceu.

Entro no meu prédio depois ter passado de alguns minutos olhando para o lugar vazio que o Sasuke deixou, confesso que fiquei desejando por seus lábios nos meus. Quando entrei no meu apartamento a Ino já estava lá, também já tinha revirado todo o meu guarda-roupa e separado vestidos para a gente. Fizemos todo o ritual de beleza, conversamos bastante, ela me contou sobre o namoro com o Sai, disse o quanto estava feliz e que ele é extremamente fofo, mesmo sendo totalmente sem jeito, nunca imaginei que aquele esquisito seria capaz de fazer minha amiga feliz. Também comentei que o Sasuke estava me surpreendendo, nunca imaginei que ele fosse capaz de ser tão gentil.

Quando terminamos toda a nossa rotina de beleza nos arrumamos e saímos para o restaurante que a Ino escolheu, todas as minhas amigas estavam lá, bebemos, comemos e conversamos amenidades, também falamos sobre os nossos relacionamentos, todas ficaram feliz quando contei que o Sasuke e eu estamos tem um relacionamento, não contei tantos detalhes para elas como contei para a Ino e a Hinata, afinal elas são minhas amigas mais próximas, mas disse como o Sasuke está me surpreendendo o que me faz ama-lo cada vez mais.

Nos divertimos muito, terminamos a noite dormindo na casa da Hinata e nenhuma precisou ser carregada por está caindo de bêbada.


Notas Finais


Olá gente linda do meu coração, espero que tenham gostado, não vou demorar para postar o próximo capitulo, promessa de mindinho.
Não se esqueçam de favorita e deixa suas opiniões nos comentários 👍

Bjinhos de luz para vocês 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...