História O virgem e o bi-curioso ( romance gay) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Balada, Casal Gay, Comedia, Festa, Gay, Homosexualidade, Romance Gay, Yaoi
Exibições 336
Palavras 1.165
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Survival, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 16 - Eu vou expor ele


A fic está completando 2 meses :) kkkk enfim temos revelações nesse capitulo em comemoração ! E mais uma coisa obrigada a todos que leram até aqui !!!

- Eu não acredito que você convidou ele - acuso assim que encontro Melissa na festa.

- Um " Oi melhor amiga, sua fantasia esta incrível e sua festa esta um arraso" seria bom de vez em quando - comenta Melissa dando um gole em sua bebida- Para que serve um melhor amigo gay se ele não te elogia ? você faz do cargo melhor amigo gay uma grande piada- completa.

Levando em conta sua voz embargada e o jeita dela agora, eu suponho que ela já deve estar bêbada a essa altura do campeonato.

- Você já está bêbada ?- pergunto cruzando os braços sobre o peito.

- Eu estava muito nervosa e precisava relaxar- explica- Mas eu acredito que esse não seja o foco da conversa, então será que dá para você me explicar o que está acontecendo ? - completa.

- Jonas está acontecendo- bufo- Eu não acredito que você chamou ele mesmo depois de tudo que aconteceu- falo e Melissa me olha confusa.

- Mas eu não chamei ele- fala Melissa.

Eu a encaro confuso, afinal, se ela não o chamou, então como ele veio para a festa ?

- Se você não chamou, então como ele veio ?- questiono e ela dá de ombros.

- Não sei- sorri- Ele é policial, policiais tem contatos- sugere dando de ombros.

- Não sei não...- falo incerto. 

- Alex, eu te amo, mas você precisa desencanar desse cara e curtir a festa- fala Melissa sorrindo. 

Talvez ela esteja certa, eu tenho e preciso me esquecer de Jonas e aceitar que eu e ele não temos futuro. Me pergunto se nós temos sequer um passado...

- Quer saber ? é isso que eu vou fazer- falo pegando o copo que estava na mão de Melissa e bebendo um gole. 

O gosto era horrível devo acrescentar. 

- Ótimo, agora eu vou voltar a me divertir, e você, meu caro Alex vai ir para aquela pista de dança e vai mostrar tudo o que um Seelie sexy pode fazer- ela fala me abraçando-  E mais uma coisa, tem camisinha na segunda gaveta do banheiro, porque nessa noite você ainda perde sua virgindade- sussurra no meu ouvido antes de ir embora rindo. 

                                                                                         (...)

É engraçado pensar em como de uma hora para outra as coisas podem mudar tão bruscamente. 

Até algumas semanas atrás eu nem sonhava em sair para beber, pegar caras, muitos menos ficar apaixonado. 

É...eu estou apaixonado. Cheguei a essa conclusão agora, depois de ter pegado o quinto cara nessa festa e não sentir absolutamente nada. E ainda por cima desejar que ele fosse o Jonas. 

Sinto pena do cara, mas isso era algo totalmente inevitável. 

A esse ponto eu já bebi demais e aparentemente eu acebei de descobrir o que acontece quando se bebe demais. Você vomita. 

Sim, eu acabei de vomitar numa árvore a uns dez metros da pista de dança. Agradeço por não ter vomitado no carinha numero 5. 

Desde que cheguei na festa não vi mais nenhum sinal de Pedro e Bia, mas acabei chegando a conclusão que eles devem estar se pegando em algum lugar. Também não vi mais nenhum sinal de Jonas, mas levando em conta os acontecimentos anteriores, não sei se quero ver a cara dele por um bom tempo. 

Lucas é alguém que eu gostaria de ver, com suas palavras consoladoras e seu jeito engraçado. Me pergunto o porque de eu não ter conhecido o Lucas invés do Jonas naquela bendita boate. Tudo seria mais fácil...

Sou tirado dos meus pensamentos por um barulho de folhas sendo esmagadas atrás de mim. Logo, num movimento rápido me viro bruscamente de susto.

- Calma, sou eu - era Melissa. 

- Mas que merda Melissa, você quase me matou de susto- falo colocando a mão sobre o peito. Ele batia realmente muito rápido. 

- Desculpa, mas foi por um bom motivo- suspira- Milena pode vir- grita. 

Depois de um tempo uma figura se materializa ao lado de Melissa. E para minha surpresa, essa Milena, era a mesma Milena namorada de Jonas. Merda...é hoje que eu apanho.

- Vou deixar vocês a sós- fala Melissa indo embora. 

- Oi- fala Milena sorrindo. 

Eu nunca havia parado para pensar, mas Milena é realmente uma loira bonita. Me pergunto se Jonas tem uma queda por loiros, ou foi só uma  coincidência...

- Você não vai me bater ou algo do tipo né ?- pergunto receoso. 

- Se você esta se referindo ao fato do Jonas ter me traído com você- sorriu- Não, eu não vou te bater nem nada do tipo- falou. 

Confesso que ela tirou um grande peso das minhas costas, mas ainda estou confuso sobre o motivo dela ter vindo falar comigo.

- Então você está bem com tudo isso ?- pergunto esperançoso. 

Eu realmente estava preocupado com ela, afinal, ela foi traída pelo namorado, e não foi com outra mulher, e sim com um homem, o que eu acredito que seja dez vezes pior. Imagina como ele deve ter se sentido. 

- Dizer que está tudo bem, é um exagero, mas na medida do possível sim- suspirou- Nós não namoramos mais, mas acho que isso teria acontecido uma hora ou outra, com ou sem traição- completou. 

- Então se você não veio me bater nem nada do tipo, o que você quer ? sem querer ser rude, mas já sendo...- questiono. 

- Quero conversar com você sobre uma coisa- explica- Caminha comigo ?- pergunta e eu assinto. 

- Você e a Melissa se conhecem ? - pergunto por curiosidade começando a andar. 

- Sim, ela faz faculdade comigo, na verdade ela que nos chamou para a festa- explicou. 

- Nos ?- pergunto incrédulo. 

- Sim, eu e Jonas- responde. 

Eu sabia que Melissa tinha dedo nessa história...

- Então foi ela que te pediu para você conversar comigo ?- pergunto.

- Não, o Jonas pediu- falou Milena dando de ombros. 

Então o Jonas pediu para ela conversar comigo ? mas porque ? essa história está cada vez mais estranha...

- Posso saber porque ?- questiono parando de andar- Não me leve a mal, mas eu acho que se ele tem assuntos mal acabados comigo, então eu acho que ele que tem que vir até mim, não ficar enviando recado- bufo. 

- Bem, digamos que ele só achou melhor eu conversar com você sobre esse assunto, porque se ele contasse você não iria acreditar- fala Milena mordendo o lábio inferior. 

- Que assunto é esse que se ele contasse eu não acreditaria ? - questiono. 

Milena por um momento exitou, mas depois de um suspiro ela disse:

- O Jonas tinha um caso com o Lucas, pois isso ele se aproximou de você, ele queria te separar do Jonas.

MAS QUE PORRA É ESSA ???  CONTINUA OU NÃO ? DEIXE SEUS COMENTÁRIOS !!!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...