História O vizinho da casa ao lado - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Casa, Iorc, Original, Romance, Vizinho
Exibições 28
Palavras 463
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - O Ensaio


Fanfic / Fanfiction O vizinho da casa ao lado - Capítulo 3 - O Ensaio

Ele havia acabado de chegar, quando a campanhia tocou me senti com "borboletas na barriga" se é que isso existe,  não demorei pq eu estava cansada de esperar, catei minhas chaves e minha bolsa e fui até o portão, ele estava lá mais lindo do que nunca, um sorriso mais branco que o normal e o cabelo um pouco mais bagunçado que o normal das duas vezes que o vi.
Abri o portão, e sem pensar perguntei:
-Onde vc vai me levar?
-No ensaio, eu nao te disse?!
Um  silêncio constrangedor invadiu o nosso local mas senti que não era a hora de quebra-lo novamente, então andamos até o ponto de ônibus mas permanecemos em silêncio ate que o ônibus chegou.
Demos sinal e entramos, e com o silêncio tbm as interrogações voltaram, paguei minha passagem e sentei em uma cadeira na frente.
Um senhor ja velho e mal encarado sentou ao meu lado e começou a dizer coisas horríveis, não aguentei e gritei, ele saiu da parte de traz do ônibus e gritou:
-AMOOOR! TO INDO!!!!
Por dentro de alguns segundos o senhor ja tinha saído e ele ja estava sentado ao meu lado
-ta tudo bem?
-Sim
-Ja estamos chegando
-Vou segurar sua mão para pensarem que estamos namorando, so espero que não me denunciem por pedofilia kkkkkk
Eu ri mas não disse nada, me surgiu uma dúvida depois de tanto tempo ainda nao sabia o nome dele, flei como se tivesse acordado atordoada:
-Seu nome?
-Ah... Miguel meu nome é Miguel
-Gostei do seu nome.
Ele se levantou, e deu sinal, haviamos chegado. Me levantei e desci, assim que descemos ele soltou minha mão e começou a me guiar por ruas estreitas, chegamos.
Era uma garagem de portão preto ele abriu e entramos, não tinha ninguém  parece que havíamos nos adiantado de mais.
-Conte-me sobre você, quem é Miguel?
-Eu sou quem você está vendo, um moço estranho de 24 anos que não faz nada da vida, apenas toca em um banda
-Eu gosto de pessoas desocupadas.
Nos olhamos por segundos, ele tomou a iniciativa de chegar mais pra perto como se fosse me beijar e também tomei mas ele recoou, acho  que lembrou nossa diferença de idade. O portão se abriu e seus amigos chegaram, cantaram, brincaram e zoaram muito, eu apenas ri, chegou a hora de ir para casa fizemos o mesmo trajeto da ida e quando entramos no ônibus ele segurou minha mão, quando descemos ele soltou, fomos conversando ate em casa, chegamos no portão da minha casa e ele falou:
-Tchau pequena!
-Tchau pedófilo! kkkkkk
Nos rimos e ele atravessou a rua e entrou em casa. Entrei e olhei o cllr eram 8hrs minha mãe já estava chegando, então fui fazer as tarefas e fui dormir.


Notas Finais


Se der postarei outro hj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...