História O vizinho da casa ao lado - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Casa, Iorc, Original, Romance, Vizinho
Exibições 26
Palavras 424
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Por hoje é o ultimo

Capítulo 7 - Namorados?!?


Fanfic / Fanfiction O vizinho da casa ao lado - Capítulo 7 - Namorados?!?

O filme já havia acabado, todos ou quase todos já haviam saído, e nós estávamos ali nos beijando, eu desejava que aquilo nunca acabasse, desejava ter a idade dele ou que ele tivesse a minha. Quando terminamos de nos olhar, olhamos para a sala já não havia mais ninguém, apenas nos dois, décimos nos levantar, mas seria no mesmo esquema de antes, sem mãos dadas e sem beijo apenas como primos. Descemos e saímos como o combinado, tomamos sorvete e passamos em um fastfood .

Resolvemos que iriamos embora, dentro do ônibus não conseguimos nos aguentar, demos as mãos. Eu estou confusa, porque a sociedade liga tanto se duas pessoas de idades totalmente opostas estão juntas? Se elas estão felizes qual o problema?

Totalmente perdida, ele me interrompe:

- Ta tudo bem amor?

-Claro, não tem como não ficar bem com você aqui, vamos lá para casa?

-Claro!!!!! Depois que a gente for a praia

-Praia?? MDS você é louco

-Para te fazer feliz

Dei um beijo em sua testa e me levantei pois já tínhamos chegado em nossa parada, do mesmo jeito só que dessa vez eu fui para um lado e ele para outro depois andamos de mãos dadas, tiramos os sapatos, e andamos na areia, foi tudo incrível, eu amo ele com todas minhas forças. Tivemos a preocupação de pegar um ônibus vazio pois queríamos ir namorando.

Quando menos esperamos já tínhamos chegado em casa, eu pedi que ele entrasse lá em casa

-Amor, entra cmg?

-Ta com medo?

-Não amor hahaha

-Ta vamos, vai abre o portao

Entramos e nos deitamos em minha cama, deitei sobre o peito dele, agarramos no sono, quando acordamos eram 02:30.

Fiz comidas para nos dois quando era por volta das 3:34 ele foi embora. Eu fui dormir pois estava morrendo de cansaço, as 10:0 da manhã fui acordada por uma ligação de bom dia dele, ele disse que ia vim aqui em casa, logo me levantei escovei os dentes e tomei banho.

A campainha tocou:

-Oi, Emma meu amor

-Oi amor

Entramos, rimos, conversamos, comemos e nos divertimos bastante de uma certa forma nos divertimos, de uma certa forma poderia ser as últimas vezes que nos beijávamos já que em breve minha mãe chegaria e se ela não aceitasse não sei o que seria de mim, eu amava ele, se tinha uma coisa que eu tinha certeza aqueles dias era que eu o amava.

Chegou a hora de ele ir em bora, meu coração estava apertado, beijei ele como se nunca tivesse beijado antes.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...