História O vizinho (imagine jungkook) - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 82
Palavras 1.905
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tocomsono

Boa leitura

Sorry pelos erros.

Capítulo 18 - O pedido...♡♥


Fanfic / Fanfiction O vizinho (imagine jungkook) - Capítulo 18 - O pedido...♡♥

S/N 🌈

Alguns minutos depois algo toca sineando a sala toda, era a campainha tocando adoidado me dando um certo incomodo. Me levanto em um pulo e vou atender o mesmo. Arrumo a saia do vestido e ao abrir a porta vejo o moreno lindo e maravilhoso sorrindo e fica com a boca entre aberta ao me olhar da cabeça aos pés. Coro e logo o pergunto. 

-Porque estas me olhando assim-disse rindo sem jeito e ele faz movimentos negativos com a cabeça parecendo espantar alguns pensamentos. 

- n-nao e nada, é que. .. v-você está...l-linda - falou arrastado e com uma certa pausa entre as palavras.

Eu coro mais ainda e sorrio-o-obrigado você também está b-bonito - aaaaa eu gaguejei PQ!!

Ele ri corando também- vamos?- me chama e eu acenti com a cabeça. Em frente a minha casa tinha um carro preto lindo e o olho sorrindo mais meu sorriso se desmancha logo ao perguntar algo- mais kook... Você não tirou carteira de motorista, ja sabes dirigir? - o olhei preocupada.

Ele ri... e meu deus a cada sorriso que aquele menino dava era um tiro em meu peito. - podemos dizer que sim, meus "professores" me ensinaram muito bem- os professores que ele se referia era uns dos menino tenho certeza. 

-se tu me matar eu te mato mesmo estando morto ou não.- falei seria mais ele ri e abre a porta do carro. Confesso que fiquei preocupada mais tentei me distrair para não ficar em pânico, pois estrada e kook junto não é tão bom assim... 

Jungkook adentra o carro e me olha, persebo seu olhar e resolvo perguntar mais uma vez - aonde vamos- disse e ele ri.

- ja disse Surprise (esc: Mather fucker)- fala baixo e eu reviro os olhos.- aaa me esqueci,  coloque isso- ele me da uma espécie de venda preta.

- Pra que isso- o perguntei curiosa. 

-So a coloque- falou simplista. 

- Aish nao gosto de surpresas- falo me vendendo. - se toma cuidado com o que ira fazer viu menino. - falo e ouço sua risada. 

Ele começa a dirigir e sinto o carro andar. Fiquei em silêncio o trajeto todo até sentir um freio inesperado.  Kook havia parado o carro (esc: AVA) .

- Chegamos- falou e eu sorri. Ele saiu do carro e abriu a porta para mim , pegando em minha mão me ajudando a sair do carro. 

- Agora você tem que confiar em mim até o lugar- falou doce e eu acenti. 

Ele começa a me guiar até o meio de uma floresta, meio que um parque com bastante vegetação.  Descobri isso ao sentir a brisa e o solo de vegetação rasteira. 

Começo a pisar em um solo de concreto e logo depois uma espécie de tecido acima do concreto. 

Ele tira minhas vendas e vejo o lugar lindo que o menino havia me trazido. [foto do cap] Era repketode cerejeiras (sakuras) e pétalas caídas no chão.

- Nossa que lindo Kookie- falo apreciando a paisagem linda que se encontrava a minha frente.

-Não tão linda quanto você- falou sorrindo me olhando fixo. Eu coro e retribuo o sorriso.- Tenho um presente para você ja volto- falou sorrindo e saindo da floresta/parque me deixando sozinha lá.

Aquele lugar era realmente lindo sério.  Me sento em um banco branco que tinha ali perto e fico olhando para cima, no caso as árvores que ficavam lindas a luz do sol e o reflexo azul do céu. 

Olho para os lados vejo kookie esconder algo em um arbusto ali perto, finjo que não vi e volto a olhar para cima. Ele vem até mim e se senta ao meu lado.

-gostou das flores não? - ele ri. 

-Sim, são muito lindas. - fico curiosa demais e logo o pergunto- o que escondeu naquele arbusto. - falo o olhando .

- naaddaaa...-falo arrastado olhando para o arbusto. - S/N... Você e muito especial para mim... sua presença... tudo... mais... eu não te acho especial assim de um lado amigo.. e sim algo a mais- disse me olhando. 

-o que você quer dizer com isso? - digo o olhando estranha.

- É que a um tempo... eu ando lhe observando... sua rotina, afazeres,  tudo... mais não me ache que a observo de um jeito psicopata,  mais sim na escola, quando esta fazendo algo na varanda e acabo a vendo, algo assim.Des de que fui lhe dar as boas vindas me apaixonei em seu olhar e beleza. Quando estou perto de você meu coração dispara, me sinto feliz e confortável,  me sinto como uma parte de mim voltasse para mim me fazendo só pensar em nunca deixa-la ir embora.Seu sorriso me faz bem, me faz me sentir completo. E quando eu a beijei... foi como eu estivesse nas nuvens, como se uma coisa que se afastou de mim por muitos anos voltasse para mim. Foi como borboletas em minha barriga, seu beijo e como droga e me viciei a ele.- ele falou tudo aqui e fiquei paralisada.  Aquelas palavras... Então jeon Jungkook gosta mesmo de mim... mais calma quero ouvi-lo dizer que sente algo por nim de verdade.

-nossa jungkook..mais como posso saber que não está somente brincando com meus sentimentos ou algo assim.- falo baixo 

- S/N , eu me apaixonei por você,  pelo o que você é,  pelo o que você tende a ser e que foi.  S/N  a meses ando percebendo nossas coisas em comum,  nossos gostos Etc... Você nao é como as meninas que ja gostei ou pensava que gostava,  dessa vez e pra valer e você e especial,  diferente. O que eu sinto por você e especial... Eu não aguentava mais ficar com meus sentimentos preso. S/N eu gosto de você,  e acho que a amo... Não tem problema se não me corresponder estou acostumado mais só queria saber que eu gosto de você isso está entalado em minha garganta des de minha primeira vusta a você - falou baixo as últimas palavras. Ele estava de cabeça cabisbaixa por eu não falar nada por um tempo. Seguro em seu queixo o fazendo olhar para mim.

- Kook eu também gosto de você- falei simplista e ele sorri. Ele se levanta e vai até o arbusto onde trás uma caixa de bombons, buque de flores e uma caixinha azul.

Ele vem ate mim e se ajoelha diante a mim me dando a caixa de bombons e o boque- S/N  eu sei que esta cedo, mal ficamos mais eu sinto que é agora. S/N você quer namorar comigo,ou apenas tentar fazer um relacionamento entre nós dois.-falou abrindo a caixinha azul con duas alianças douradas com uma pedrinha de diamante no meio. Eram as alianças de compromisso mais lindas que eu ja havia visto.  Me levantei e senti meus olhos lacrimejarem, estava emocionada demais com o momento. 

- Nossa kookie... e tudo tão rápido... mais... eu aceito sim..- falei sorrindo e vejo o menino se levantar decepcionado. 

-Não tem problema eu sabia que iria dizer não... eu me acostumo, nao e minha 1 vez levando um fota... calma... Você disse sim?- me olhou surpreso de cara de decepção a uma de interrogação. 

-Sim- falei simplista sorrindo, ele sorri e se levanta colocando a aliança em meu dedo e eu pego colocando a outra no dedo dele. Ele estava com um sorriso enorme no rosto e se aproximando de mim me fazendo corar. Nao recuei por fato de... na verdade nem eu sei. 

Ele chega perto o suficiente me fazendo arfar pela a proximidade e pelas respirações juntas e aceleradas.  Fico olhando para cima por ser mais alto que eu e ele me olha fixamente.  Ele passa suas mãos a minha cintura e começa a aproximar nossos corpos e logo depois a me beijar. Seus lábios eram macios e muito bons... tinham gosto doce. 

Ele aperta minha cintura e eu arfo entre o beijo. Passo minhas mãos a sua nuca ainda com os objetos em mão o beijando.  Ele pede passagem com a língua e eu a cedo lógico.

Nossas llínguas estavam em perfeita sintonia mais elas faziam uma batalha de dança pedindo espaço em nossas bocas. Esplorava cada canto de sua boca. Ele me pega no colo e me leva a caminho do carro. 

A falta de ar se faz presente e paramos o beijo infelizmente. Ele sorri e abre a porta me colocando no banco do carro. Ele fecha a porta e vai até o banco do motorista. 

 Ele me olha- vamos assistir um filme? -ele pergunta me olhando.

- Ah claro...- falo o olhando- na minha casa ou na sua?- eu o pergunto. 

-Na minha, tudo bem?- ele pergunta sorrindo

-ok.- ele sorri e começa a dirigir.

Fico olhando para a janela no carro observando tudo a minha volta,  pensando que minha vida estava ótima e ela não poderia melhorar. 

*//*

Fiquei o rumo todo quieta até que jungkook abre a boca para falar algo.

-Você está quieta demais não acha? Aconteceu algo?- falo o moreno me olhando e ja parando o carro.

-não aconteceu nada, só estou pensando. 

-pensando em que?- ele me olha.

-na vida... em como será minha vida a partir de agora.

- ata. Nao sei a sua mais a minha será perfeita, melhor do que qualquer um-falou sorrindo e eu retribui. 

-Eu realmente gosto de voce- falei sorrindo aberto.  Ele sai do carro e abre a porta para mim. Eu saio e ele me guia até dentro da casa dele. 

-vamos assistir aonde?  Aqui (na sala no caso) no quarto...-falou sorrindo maliciosos.  Meu Deus, eu corei pakas.

- aqui melhor -falei o vendo me olhar com um certo desprezo. 

-ok...- ele liga a TV e coloca um filme de terror. 

- aaaa terror sério- falei fazendo bico.  

-O que que tem? Ta com medo é- disse desafiador. 

-Euu?? Magina....-falei mentindo e me sentando no sofa grande que tinha ali.

-Uhum sei, então não tem problema. - disse se sentando ao meu lado e sorrindo ao ver ja de começo a primeira sena de terror.  Eu me encolhi um pouco e o vejo rir.

- ta rindo de que seu idiota!- falei batendo em seu braço. 

Ele ri-nada...-falou voltando atenção a TV.

Me aassunto pela 4 vez naquele filme e dessa vez aperto o abdômen do Kook entre um abraço. O menino sorri.

-Não precisa ficar com medo eu estou aqui para te proteger .- falo me pondo no colo dele. Eu corei mais logo fui me acomodando entre as pernas do menino e... membro.   Ele me abraça por trás e eu começo a assistir o filme com o menino apoiado com a cabeça na curva de meu pescoço respirando preciso.  Sua respiração era lenta o que me fazia sentir um breve incomodo nao sei porque.  

O estado estava incomodador, me remexi muito no colo do menino. Ele passou a gemer baixo,  quase um sussurro mais ele disfarçava com uma toce  forçada. Um tempo depois ele estava com a cabeça tombada no encosto do sofá.  Eu rio e sinto algo cutucar minha entrada coberta pelo tecido do jeans r da box. Coro violentamente ao perceber que o menino estava excitado. 

-Esta excitado é? - falo me virando de frente para ele ainda em seu colo.

-s-sim... Você se remexe muito aiggo-falou colocando mão a mão no membro o tampando. 

-uai você quem disse e colocou em seu colo,  você já sabia disso tenho certeza. -falo o olhando fixo

-aAish 

Falou e voltou a assistir o filme, eu continuei me remexendo para provoca-lo. Ele deixa a escapar gemidos manhosos e eu mordo meu lábio inferior pela sensação estranha...

Continua. ...






Notas Finais


Ta uma merda mais eu to com sobo.

Acho que consigo postar outro Cap amanhã


Mais agora eu vou dormir.

Bjin ate quando o GD me der criaticidade ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...