História Obra do destino - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Descendentes
Tags Descendentes, Romance
Visualizações 49
Palavras 327
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oi e a rafa
espero que voces gostem da 2 temporada

Capítulo 29 - Auradon


obra do destino segunda temporada

pov gill

eu vejo eles fazendo a troca do ben pela varinha e minha mae ta ali no meio. eles conseguiram o ben mas minha mae continua ali para esperando algo, entao o barco e invadido e eles cercam meu pai e os amigos dele e o prendem

desconheçida: gill agora voce esta livre desse monstro e pode vir morar comigo em auradon

gill: mas mae

desconheçida: sem mais voce vai e acabou nao quero meu filho sozinho aqui

gill: posso me despedir dos meus amigos e do meu namorado

desconheçida: claro 

gill: uma cade o harry?

uma: esta na casa dele

gill: voce pode entregar isso pra ele e dizer que vou sentir falta dele

uma: claro que sim

gill: obrigado uma, vou sentir sua falta tambem

uma: eu tambem vou 

 

 

seis meses depois

agora vivo em auradon e estou perto de ser coroado principe, sim minha mae e uma rainha mais conheçida como rapunzel. faz seis meses que nao tenho noticias de ninguem da ilha e isso me machuca por ter que deixar eles la, o harry me mandava cartas todo dia mas no terceiro mes ele parou e desde entao nunca mais soube nada sobre ele

pov harry

nesse momento estou arrumando minhas coisas para ir para auradon o ben e a mal chamaram eu, a uma e o michael que por acaso estao namorando 

mau posso esperar para ver o gill de novo. espero que ele nao fique mal por eu ter parado de mandar cartas pra ele mas muitas coisas aconteçeram aqui na ilha. meu pai ficou muito doente a tres meses atras e por conta da idade nao aguentou entao eu entrei em depressao e nao quis falar com ninguem sobre isso mas meus dois amigos - pombinhos me ajudaram a superar isso por mais que ele me faça falta, ele me deixou o seu gancho de reordaçao e isso se tronou muito importante para mim 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...