História Obrigada por estar comigo - Camren - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren, Norminah, Trolly
Exibições 258
Palavras 632
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - "Eu te fiz algo?"


Camila POV:

Estávamos todos na sala esperando Sofi e Lauren escolherem logo esse filme, eu já havia desistido de tentar ajudar elas, são muito indecisas. Até que por um milagre de Deus, elas acham um filme e colocam, mas que para ajudar era de terror. 

-Vocês estão brincando que ficaram esse tempo todo ali escolhendo essa merda de filme, e quando escolhem, é um de terror?! -Eu disse.

-Qual o problema, Cabello? Tem medo? -Lauren disse, querendo implicar. 

-Nem um pouco. -Voltei a sentar no meu lugar. Na verdade eu tenho muito medo, mas não iria dar esse gostinho para Lauren. Todo mundo sentou em seu lugar, Sofi ficou ao meu lado esquerdo e Lauren ao meu lado direito.

-Se ficar com medo é só me abraçar Cabello -Ela disse sussurrando para que somente eu ouvisse, revirei os olhos e comecei a assistir o filme. No meio do filme as luzes já estavam apagadas, Sofi, Ally e Mani já estavam dormindo. Dinah e Lauren prestavam atenção no filme, e eu? Bom, eu estava tentando fazer o impossível para não olhar para aquela TV. Quando resolvi olhar para ver em que parte estava, eu tomei um susto muito grande, dei um grito baixo tentando não acordar as meninas e pulei no colo da Lauren. -Você não disse que não sente nem um pouco de medo, Camila? -Ela disse baixo para que Dinah não escutasse.

-Disse, mas eu só tomei um susto. -Eu disse tentando inventar uma desculpa.

-Aham, para de se fingir corajosa.

-Não estou fingindo, Lauren! 

-Então saia do meu colo e fique no seu lugar. -Ela disse me olhando, esperando eu sair.

-Não! Eu tenho medo, por favor não me deixe naquele canto sozinha de novo.

-Mas Camila, você vai estar sentada ao meu lado! -Eu a olhei praticamente implorando para ela não me tirar do seu colo. -Ok, vamos fazer o seguinte, deita no sofá com a cabeça no meu colo. -Fiz o que ela mandou e assistimos o filme todo assim, ela ficou o filme todo mexendo no meu cabelo. Quando terminamos de assistir, Dinah já havia dormido como as meninas, elas haviam colocado uns colchões para assistir e acabaram dormindo lá mesmo. Sofi estava no sofá e então resolvi levá-la para o quarto dela.

-Onde você vai?  -Lauren disse.

-Vou levar Sofi para o quarto dela.

-Vou te ajudar. -Ela pegou Sofi no colo e eu levei o travesseiro e a coberta que ela havia trago aqui para baixo. Ela colocou minha irmã na cama e então se virou para mim. Ela me encarava e foi se aproximando de mim, e quando estava pronta para me beijar, eu a parei. -O que foi? Não quer me beijar? 

-Não é isso, é que... Sei lá Lauren. Acho melhor a gente não se beijar mais. 

-Por que? Eu te fiz algo? 

-Não! A gente a pouco tempo atrás não se dava muito bem, acho melhor a gente se conhecer de verdade primeiro, para depois podermos pensar se vamos mesmo ficar. -Eu disse com um pouco de receio do que ela iria falar. 

-Ah, tudo bem. -Ela saiu do quarto, e parecia um pouco decepcionada. Eu não quero ficar beijando a Lauren, além de nem a conhecer direito, eu acho que estou gostando dela, mas esse não é o problema, o problema é que tenho medo de me apaixonar e depois me machucar. Podemos dizer que eu nunca tive uma certa sorte de me apaixonar por alguém que realmente valesse a pena. Desci para ver onde Lauren estava e vi ela deitada no sofá mexendo no celular.

-Lauren, se você dormir aí, amanhã vai acordar com as costas doendo.

-Então onde posso dormir?

-Vem aqui. -Levei ela até meu quarto, como minha cama era de casal deixei ela dormir comigo. 

...


Notas Finais


Demorei um pouquinho mas voltei ;v .Espero que vocês tenham gostado. Obrigada por lerem :3
Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...