História Obscure — Imagine Park Jimin - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Chimchim, Colégio, Jungkook, Longfic, Minnie, Park Jimin, Sexo, Sobrenatural, Suga
Exibições 1.444
Palavras 1.254
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Obscure — 7


Fanfic / Fanfiction Obscure — Imagine Park Jimin - Capítulo 7 - Obscure — 7

Obscure — Capítulo Sete

Mais uma semana se foi, já estávamos entrando na semana de provas e confesso que eu estava com medo. Medo de me sair mal e acabar ficando de recuperação. Jungkook e eu nos tornamos amigos e, Clara vive insinuando que eu estou trocando-a por Jeon.

Não, claro que não. 

Meus pais propuseram que Jungkookie trabalhasse e que assim, poderia ficar em nossa casa. Como se fosse um filho. Jinnie, adorou a idéia. Depois do colégio, Kookie vai para uma pequena lanchonete perto da nossa casa, papai disse que ele deve começar por baixo, porque com o tempo adquire experiência. 

E devido ao seu trabalho, sinto-me sozinha já que Seokjin está fazendo um curso de culinária. Mamãe está sempre ocupada e meu pai, nem se fale. Nesses dias que se passaram, senti falta dos olhares de Jimin. Não que eu estivesse gostando dele, era realmente uma preocupação, já que ninguém o via mais. 

Vez ou outra, Yoongi e Taehyung iam a aula, mas nenhum deles comentavam sobre Park. Aquilo era realmente muito estranho. E para piorar, ando sonhando com Park Jimin. E não foi uma vez não, são todas as noites. 

Nos meus sonhos nós somos namorados, e Jimin sempre diz que me ama. São sempre as mesmas coisas, como um disco furado. Eu realmente devo estar enlouquecendo. Desde aquele dia no bebedor eu não o vi mais, apenas em sonhos e para falar a verdade, meus sonhos parecem reais. É como se eu sentisse o calor de Park Jimin. 

E isso deixa-me cada vez mais atordoada e curiosa. Clara disse que descobriu o endereço da casa do Taehyung e disse que viu Jimin na janela noite passada, ela sugeriu que eles devem morar juntos. A obsessão da minha melhor amiga está crescendo cada vez mais.

— Vamos lá hoje S/A? — fez bico enquanto passava o dedo por seu celular. 

— Ir lá? Fazer o que? Você está louca Clara! — falei indignada. 

— Ué, você mesma vive falando que está com saudades do Jimin — sorriu maliciosa e eu bati em sua perna desnuda.

— Eu não sinto falta dele — revirei os olhos bufando de raiva. 

— Vou fingir que acredito — gargalhou — Qual é, somos melhores amigas, sem segredos certo? 

— Tudo bem, talvez eu sinta um pouquinho a falta dele — falei sentindo minhas bochechas esquentarem. 

— Você está corada — Clara disse rindo.

— Cala a sua boca! — puxei seu cabelo. 

Ficamos um bom tempo discutindo e beliscando uma a outra.

— Vamos lá espiar, talvez você veja o Jimin — me cutucou com o cotovelo fazendo meu celular cair — Ops, desculpe — sorriu amarelo e eu semicerrei os olhos. 

— Ok Clara, mas nós só vamos olhar, não iremos entrar e nem chamá-los — a ruiva assentiu sorridente enquanto batia palminhas.

Minha melhor amiga havia ído embora, aproveitei para tomar banho e vestir uma roupa confortável para irmos a tal casa de Taehyung. Agora eu percebi que não sou a única louca não. Vesti uma calça jeans vinho e uma blusa branca que deixava um pouco da minha barriga a mostra.

Passei perfume, coloquei meu celular no bolso e desci as escadas.

— Vai sair? — Jeon perguntou, ele estava chegando em casa.

— Vou sim, vou na casa da Clara — sorri amarelo.

— Oh, sim — sorriu coçando a nuca — Bem eu vou subir, estou cansado.

— Tudo bem — lhe dei un beijo na bochecha e saí rumo ao carro — Freddie vamos para a casa da Clara, por favor.

Apertei a campainha até que a ruiva mais sorridente do universo abriu a porta. Ela trajava uma saia salmão e um blusa que destacava suas curvas brasileiras. Clara é realmente uma garota linda. Mesmo que Taehyung seja estranho, torço muito para que o amor que ela sente seja recíproco. 

— Vamos de táxi Freddie, pode voltar, obrigada — sorri para o moreno que assentiu e foi embora.

Clara entregou um pequeno papel para o motorista do táxi e o mesmo deu partida no carro.

— Vamos ser discretas, entendido Senhorita Clara?! — a olhei.

— Tudo bem sua chata — deu língua.

Arrepiei ao ver a mansão em que Taehyung e provavelmente Jimin moravam. Era um casarão enorme com piscina e tudo. Porém, era uma casa de época. 

— Não faça barulho — pedi a ruiva.

Estava tudo escuro exceto a luz de uma das sacadas. Escondi atrás de um arbusto, minha respiração enfraqueceu assim que vi Jimin, ele pareceu não ter me visto. Clara estava do outro lado da casa. Era uma casa e tanto, quase do tamanho da minha.

— Está perdida? — aquela voz grave disse bem próxima a mim.

Levei a minha mão sob a boca assustando-me. Como ele desceu tão rápido? 

— Eu te assustei? Você está bem? — disse preocupado. 

Você está bem, era sempre a mesma pergunta. 

— Não finja que você se importa, Park Jimin — olhei-o com raiva.

— S/N, não é seguro aqui, vamos para o meu quarto — o moreno disse afoito olhando para os lados com certa rapidez.

— Eu não vou com você, aliás, eu não lhe conheço Jimin — falei com desgosto, o mesmo suspirou. 

— S/N, vamos sair daqui — disse apressado segurando meu pulso. 

Tinha algo diferente nele, a cor de seus olhos estavam diferentes, digo, estavam em um tom avermelhado.

— Você está de lente? — perguntei tocando seu rosto e sem querer aproximei nossos corpos.

— Por que a pergunta? — disse nervoso. 

— Não é nada — respirei fundo.

— Olha quem eu achei espiando a casa — Yoongi disse segurando o braço da minha melhor amiga, ele parecia irritado.

— O-oi — Clara disse sem graça. 

— Não é seguro aqui — Taehyung disse surgindo do nada e mais uma vez eu assustei-me.

— Vocês precisam ir embora agora! — Jimin disse sério. 

— É, vão logo! — Yoongi disse rudemente olhando para os lados como se estivessem esperando alguém. 

— Então esperando alguém? — Clara perguntou curiosa.

— Estamos esperando as nossas namoradas — Yoongi disse com indiferença. 

— Desculpem — pedi olhando para Park que desviou o olhar rapidamente — Vamos Clara!

Antes que eu desse as costas para o moreno, o mesmo segurou meu pulso com certa delicadeza. 

— Por favor, fique segura S/N — seu olhar era diferente, Jimin nunca havia olhado-me daquele jeito. 

— Eu ficarei — pressionei meus lábios. 

Saímos daquela casa em passos rápidos, o mesmo táxi estava do outro lado da rua esperando-nos. Adentramos o mesmo e voltamos para a casa da minha amiga.

— Ele tem namorada, é claro — Clara choramingou enquanto comia um pote enorme de sorvete. — Amiga não precisa ficar assim — falei baixinho. 

Seu rosto estava tristonho, Clara deixou que uma lágrima escapasse e eu limpei-a.

— Vai ficar tudo bem amiga — beijei sua bochecha carinhosamente. 

A ruivinha fungou e deixou o sorvete sob a mesinha da sala. Clara ajeitou-se em meu colo abraçando-me pela cintura. 

— Por que não chamamos o Júnior para nos levar para dançar, hum? — falei acariciando seu cabelo macio. 

— Você não existe — sorriu fraco, seus olhos estavam brilhando. 

Júnior — o irmão mais velho de Clara — nos levou para uma casa noturna, o colégio quase todo estava lá. Era a primeira vez que eu entrava em uma boate. Aquelas luzes coloridas, o cheiro de bebida, a música alta, eu estava adorando aquilo.

— Não quer dançar? — um garoto perguntou bem próximo ao meu ouvido. 

Era Hoseok, um aluno do terceiro. Ele era muito bonito. 

— Quero — sorri timidamente. 

Minha noite estava só começando.


Notas Finais


Algo me diz que o Jiminnie vai aparecer aí ^^
@rafenhazz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...