História Observações de um amigo à distância - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen
Tags Baeksoo, Chanbaek
Exibições 37
Palavras 672
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drabble, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Obs n 12 - Baekhyun quer ficar sério


Fanfic / Fanfiction Observações de um amigo à distância - Capítulo 12 - Obs n 12 - Baekhyun quer ficar sério

Baekhyun entrou sorrindo na sala de teatro, e cumprimentou todo mundo como sempre fazia e acenou pra mim.

Trocou umas piadinhas com a professora, e deram risada juntos, porque Baekhyun tinha aquela capacidade de fazer qualquer um rir de si mesmo, mesmo que não entendesse suas piadas. Mas logo ele se sentou perto de mim e eu vi que ele não estava tão feliz como aparentava. Eu sabia como era isso; ter de fingir que está tudo bem para que ninguém precisasse se preocupar com você. Ou começar a te perguntar porque você está assim e então começar a dizer que você não deveria chorar, pois tem tudo de bom na vida, e ainda é muito jovem para ter problemas de verdade.

 

—Está tudo bem?

—É claro! -Ele sorria, mas logo seus lábios ficavam em uma linha reta, e aquilo não me parecia ser uma resposta sincera. Baekhyun normalmente não sentava ao meu lado, pois eu sempre ficava mais afastado do grupo e verificava se todos os itens dos cenários estavam ali. Mas nesse dia ele sentou, e ficou quieto o tempo todo, o que eu achei muito estranho. Ele gostava de estar no meio das pessoas, e encenando coisas aleatórias, tentando chamar a atenção de todos.

Mas aquele não era o seu normal.

 

—Sabe… Você não precisa fingir que está bem o tempo todo.

—Bem, eu sei disso… - Sorriu de forma nervosa, brincando com os dedos. Baekhyun definitivamente não estava bem, e eu quis abraçá-lo forte naquele momento. —Mas às vezes eu consigo me convencer disso; que estou realmente feliz.

 

Eu não falei mais nada durante a aula, pois queria que Baekhyun acreditasse que era feliz, mesmo que algo dentro de mim dizia que isso era errado. Ele melhorou um pouco conforme conversava com as pessoas ali, e debatíamos sobre a escolha dos papéis. O tema era meio ambiente, e nós deveríamos fazer algo envolvendo isso e o dia da árvore. Mas havia o problema em que ninguém queria pegar o papel principal, que era o de ser a árvore.

 

—Que tal o carinha do cenário?

 

Acho que fiquei animado. Era a primeira peça que eu iria participar pra valer, e consegui logo o papel de um personagem principal. Baekhyun começou a pular em volta de mim, como fazia com os outros dois, e dizia que eu me sairia muito bem, já que o papel não tinha fala alguma. Colocaram um outro garoto no meu lugar, mas eu ainda gostava de ajudar no cenário e limpar a sala depois que a aula terminava, então eu continuei ao menos fazendo esse segundo.

 

—Posso ficar e te ajudar?

—Claro!

 

Esse dia, assim como quando Baekhyun se sentou comigo quando choveu muito, foi muito legal! Ele não ficou sorrindo o tempo todo depois que todos foram embora, e apenas nós dois ficamos ali, com vassouras e sacos plásticos azuis nas mãos. Ele ficou sério o tempo todo, porque era assim que ele queria ficar, e eu me senti bem com isso, porque Baekhyun se sentia a vontade comigo, e não estava sendo nada além dele mesmo. Eu gosto de sinceridade, ainda mais quando vem de um amigo.

Antes de terminarmos de arrumar as cadeiras, Chen e Chanyeol apareceram na porta, esperando por Baekhyun. Então ele veio até mim, colocou o braço por cima de meus ombros - exatamente como amigos de verdade fazem -, e me convidou para ir lanchar com eles em uma lanchonete ali perto da escola. Comer uma porção grande de batata frita com queijo nacho, e beber refrigerante no maior copo que tiver. Eu disse que sim, e todos eles sorriram para mim e me cumprimentaram. Até mesmo Chanyeol, do qual eu não tinha muito contato no meu dia a dia - porque ele não participava de nenhuma atividade extracurricular como Chen ou Baekhyun -, fora quem mais conversou comigo no caminho.

Eu não sei quanto as minhas primeiras observações, mas acho que posso dizer que ultimamente não estou somente observando, mas também estou participando, e isso é incrível!

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...