História Observações de um amigo à distância - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen
Tags Baeksoo, Chanbaek
Exibições 48
Palavras 524
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drabble, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Obs n 5 - Ficar sério é um mal sinal


Fanfic / Fanfiction Observações de um amigo à distância - Capítulo 5 - Obs n 5 - Ficar sério é um mal sinal

Demorou um pouco para que eu entendesse o que acontecia ali. Todos os dias eu ficava ansioso para sanar as minhas dúvidas, e quando dei por mim, era algo tão óbvio que cheguei a me perguntar como não pude ter visto tal coisa antes.

Se gostariam de saber, eu nunca tive nenhuma namoradinha. Nenhuma menina que eu tivesse que convidar para o baile da escola, ou que me fizesse suar frio na hora de apresentá-la aos meus pais. Nunca fiquei nervoso por ninguém.

Elas também pareciam não gostar de mim; talvez eu não seja o tipo de cara atraente que elas gostem, mas eu não estou nem um pouco preocupado com isso para ser sincero. Onde quero chegar colocando isto em pauta, é que ali havia algo complicado chamado amor. Amor unilateral, um dos piores. Me desculpe se eu falar alguma coisa errada, ou fora de contexto, é que eu não entendo muito bem dessas coisas.

KyungSoo era o nome do garoto baixinho do terceiro ano. Ele tinha olhos grandes, mas o corpo era forte e tinha uma boa postura. Me fazia lembrar os rapazes que iam para o exército, e isso me fez imaginá-lo dentro de um uniforme camuflado. Certamente cairia muito bem nele, mas ele ficaria mais intimidador do que já é, e eu não sei se isso seria algo bom. O cabelo preto e a feição fechada em seu rosto não combinava em nada com as cores e a agitação de Baekhyun. Desde então não consigo entender como os dois vieram a se envolver.

Quero dizer, como Baekhyun veio a se envolver.

Eles eram pessoas muito diferentes, de mundos aparentemente controversos, como dois pólos distintos colocados longe, e ao mesmo tempo, próximos um do outro.

É que KyungSoo era mais velho, e também me parecia mais maduro. O tipo de pessoa que gosta de conversas sérias, e finge ser um adulto para que os professores gostem dele. E talvez realmente o façam, pois tem o jeito arrogante de quem sabe de tudo, quando na verdade, não sabe nada à mais que qualquer outro. Talvez se saia bem em álgebra e química. KyungSoo tinha ares de exatas, enquanto Baekhyun tinha ares de humanas.

—Fala sério! Você ainda não superou esse cara, Baekhyun?

Chanyeol podia ter feições infantis, e podia agir de modo infantil, mas sua voz era grave e potente, e aquilo parecia ter sido um erro de genes na hora do garoto surgir ao mundo, pois quem olha, diz que não combina. Sempre que o maior tentava cochichar algo ao amigo do lado de sua classe, eu sempre acabava por ouvir suas conversas - até porque Baekhyun tinha alguns problemas em conseguir falar baixo também, mesmo que a voz fosse amena. E eu sempre fingia não saber de nada, e estar nem aí para o que diziam. Eu fazia isso muito bem, até mesmo quando ouvia meu pai conversando com uma mulher ao telefone tarde da noite, no pé da escada, enquanto mamãe dormia.

—Já te contei essa história antes, Chanyeol.

Respondia Baekhyun, estalando a língua e roubando de cima da mesa alheia, o toco que o maior chamava de borracha.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...