História Obsessão!!! - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Exibições 34
Palavras 1.946
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Fantasia, Festa, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Símbora continuar.

Capítulo 13 - Atrito entre os irmãos!!!


Fanfic / Fanfiction Obsessão!!! - Capítulo 13 - Atrito entre os irmãos!!!

Naquele mesmo dia, eu fiquei assistindo TV enquanto Sehun ouvia música e assistia vídeo no celular e também me dava umas patadas de vez em quando. Quando a noite chegou, os meninos chegaram dos seus trabalhos e me informaram que iriam voltar pra suas casas, pois já que Sehun tava me protegendo, eles não precisavam mas ficar lá, mas que voltariam caso acontecesse algo, eles arrumaram suas coisas, se despediram de mim e foram embora, mas Chanyeol ficou ainda arrumando suas coisas no quarto, Baekhyun ficou na sala e informou que precisava tratar de alguns assuntos com o irmão.

Baekhyun: Sehun eu preciso conversar com você. - ele falou mas o outro fingiu que não ouviu e Baekhyun insistiu.

Baekhyun: Ei Sehun eu falei com você.

Sehun: Anrham. - ele olhava pro outro de cara enfezada.

Baekhyun: E porque você não respondeu?

Sehun: Porque eu não quis.

Baekhyun: Cara porque você é tão chato.

Sehun: Arsh.

Baekhyun: Arsh digo eu, qual o teu problema comigo hein? Poxa eu sou teu irmão de pai e mãe.

Sehun: É, infelizmente né.

Baekhyun: Infelizmente porque? O que eu fiz pra você ter tanta raiva de mim?

Sehun: Você matou a minha mãe.

Baekhyun: Eu? Cara eu não tenho culpa de nada e você sabe, eu era só uma criança.

Sehun: Você não era nem pra ter nascido seu idiota.

Baekhyun: Muito menos você seu desgraçado. - quando ele falou isso, Sehun levantou ficando de frente pra Baekhyun.

Sehun: Do q você me chamou? Repete se for homem.

Baekhyun: Eu te chamei de desgraçado porque é isso que você é.

Sehun: Você vai aprender a respeitar cara de homem. - naquela hora minha sala parecia um ringue de MMA, Sehun foi pra cima de Baekhyun e eles se atracaram, eles jogavam um ao outro nas paredes, eles se mordiam, se arranhavam, seus sangues já escorriam, eu me vi em desespero e comecei a gritar por ajuda e o único que ainda tava lá era Chanyeol que ao ouvir os barulhos dos irmãos brigando, ele veio correndo e segurou Sehun, eu joguei Baekhyun contra a parede e fiquei o segurando enquanto pude, os olhos e cabelos deles já tinham mudado de cor e suas presas estavam à mostra e sujas de sangue por eles terem mordido um ao outro.

Sehun: Me Solta Chanyeol, eu vou matar esse infeliz. - ele falava tentando se soltar dos braços do grandao.

Chanyeol: Pára ae cara, vocês são iirmãos de pai e mãe e deveriam ser os mas Unidos.

Baekhyun: Eu não vou me unir a esse crápula, Sehun eu vou destruir você e o seu senhor. - ele tentava se soltar dos meus braços.

Kami: Calma Baekhyun calma, vamos sair daqui. - eu usei minha telepatia e nos levei pro quarto, lá Baekhyun começou a quebrar tudo tomado pela fúria, então que eu fui tentar acalmar ele, eu comecei a passar a mão nele com sensualidade e puxei seu cabelo.

Baekhyun: Aaaiii pára Kami, eu...eu tô com raiva oooh. - ele delirava com meus toques e já se entregava ao prazer.

Kami: Vem cá vem, eu tenho um otimo calmante pra você. - eu levei ele até a cama e comecei a acarocia-lo e então nós demos início a mas uma de nossas transar maravilhosas. Enquanto isso Sehun era acalmado por Chanyeol na sala. Quando eu e Baekhyun terminamos, nós tomamos banho, trocamos de roupa e voltamos pra sala, lá encontramos Sehun sentado no sofá ainda todo machucado, Baekhyun já tinha se curado, então estranhei o porquê de Sehun ainda está daquele jeito e resolvi perguntar, Baekhyun foi pra cozinha e eu me aproximei do outro.

Kami: Oi Sehun, tá mas calmo? - falei me sentando do lado dele.

Sehun: Anrham. - ele nem olhava pra mim.

Kami:  Porque você ainda tá machucado? Porque não se curou?

Sehun:  Porque não posso, não tenho o poder de cura.

Kami:  Ata. Então vem cá deixa eu te curar. - eu falei e quando fui me aproximar pra tocar nele, ele se esquivou. 

Sehun:  Não toca em mim. - ele falou se afastando. 

Kami: Huuuum pára  de frescura porra e deixa logo eu curar esses teus machucados.

Sehun: Aaaaaiiiiiii aquele idiota quebrou meu braço.

Kami: Da próxima vez que vocês fizerem essa palhaçada dentro da minha casa, eu mesmo arrebendo vocês dois, agora fica quieto. - eu então comecei a curar os ferimentos de Sehun e imendei seus ossos quebrados, quando terminei eu fui pra cozinha, lá eu encontrei  Baekhyun  sentado na cadeira e com a cabeça deitada na mesa.

Kami: O que ce tem hein?

Baekhyun: Nada, me deixa em paz.

Kami: Me engula. - eu percebi que Baekhyun tava meio estranho e fui conferir, ele tava chorando, mas como pode gente?

Kami: Baekhyun você tá chorando? Como? Você não tem sentimentos. - eu não entendi como um vampiro pode chorar se não sente amor.

Baekhyun: Eu tenho sentimentos sim Kami, mas tenho que me controlar pra mante-los escondidos pois ninguém pode saber que sinto amor, o meu senhor não me permite demonstrar.

Kami: Como assim gente? Como você sente amor? Você ama quem garoto? - tava ficando cada vez mas complicado.

Baekhyun: É uma longa história.

Kami: Então levanta essa cabeça e me conta, porque eu fiquei confusa demais. - ele então levantou a cabeça e começou a me contar a história dele e de Sehun.

Baekhyun: Bem, tudo começou a muitos séculos atrás quando eu, meu pai e minha mãe vivíamos como pessoas normais, até que Sehun nasceu, meu pai era muito apegado com ele, um certo dia nós estávamos na sala assistindo TV enquanto Sehun dormia no quarto e começou a chorar, minha mãe ia pegar ele mas meu pai não deixou alegando que o pegaria pra ela e então ele seguiu até o quatro de Sehun, que não demorou a parar de chorar mas meu pai não voltou pra sala, minha mãe estranhou e foi até o quarto ver o que tava acontecendo e eu fui com ela e lá nós descobrimos o segredo do meu pai, ele tava com o pulso na boca de Sehun o fazendo sugar seu sangue, minha mãe entrou em desespero e tentou pegar o bebê mas ele não deixou e ali iniciou uma briga, Sehun foi lançado no chão e eu o carreguei e levei pra sala, meu pai e minha mãe ficaram brigando no quarto, quando parou o barulho,meu pai veio atrás de mim e Sehun, suas presas estavam à mostra, ele pegou Sehun dos meus braços e o botou no sofá, ele veio em minha direção e tentou me morder mas eu não deixei, eu não queria me trasnformar em um vampiro, eu disse que odiava ele e foi então que ele começou a me torturar me batendo e me desferiu varios golpes com um punhal, ele quase acabou com a minha vida e acabou com a minha mãe, depois que ele achou que eu havia morrido, meu pai pegou Sehun e foi embora, me deixando no chão quase morto, eu desmaiei e achei que realmente tinha morrido, foi quando derrepente eu acordei de novo e vi que não tinha mas ferimentos e nem os furos do punhal, eu sentia uma grande cede mas não era de água, então meu senhor que estava do meu lado, mordeu seu pulso e botou na minha boca, eu comecei a sugar e me deliciava de seu sangue doce, enquanto eu tava distraído matando munha cede, ele mordeu meu pescoço e sugou meu sangue também, foi aí que eu me transformei no que sou e com o veneno dele eu pude escolher uma pessoa pra dar o meu amor, pois nós que temos o poder do amor, só podemos escolher uma pessoa pra entregar esse amor, entendeu agora o porquê de eu poder chorar e amar?

Kami: Nossa que história louca.

Baekhyun: É, pena que ele não pôde trasnfomar a minha mãe porque o desgraçado do meu pai tinha tocado fogo nela e acabou com seu corpo.

Kami: Quanta maldade.

Baekhyun: Você deveria saber disso, foi trasformada por ele e só deixou de ser tão mau agora porque tem nossos venenos e nós te controlamos 24hrs por dia sinao você também continuaria fazendo mau.

Kami: Baekhyun quem é o teu senhor? Quem te transformou?

Baekhyun: É o D.O.

Kami: É o que? O D.O?

Baekhyun: Sim, ele me encontrou quase morto, teve dó de mim e me transformou.

Kami: E pra quem você entregou o seu amor?

Baekhyun: Pro meu irmão Sehun, mas ele me odeia.

Kami: Calma, vai passar, eu acho.

Baekhyun: Também espero que sim.

Kami: Agora Baekhyun me explica aqui uma coisa, se o D.O te transformou e te deu o veneno de amor dele, porque voce tem raiva e ira como o pai de vocês?

Baekhyun: Porque um tempo depois eu encontrei nosso pai e nós brigamos e então ele me mordeu e passou do seu veneno amargo pra mim, por isso eu tenho essa mistura de sentimentos.

Kami: E como você não passou amor pra mim se já me deu seu veneno e já me mordeu?

Baekhyun: Porque eu tenho o poder do D.O de separar o veneno do sangue, só que só o D.O que pode dar o sangue puro, o meu só separa o amor mas vai a ira e a maldade.

Kami: Ata, cara sinceramente eu pensava que eu que era estranha e poderosa, mas vocês me superam. Porque você não experimenta conversar com o Sehun de novo?

Baekhyun: Eu não vou mas perder meu tempo com ele.

Kami: Vocês são irmãos e tem que se resolver, vai lá falar com ele.

Baekhyun: Tá bom. - ele levantou e foi até a sala falar com Sehun enquanto eu torcia pra dar certo.

Baekhyun: Sehun, podemos conversar?

Sehun: Não tô afim, some da minha frente.

Baekhyun: Tá vendo só Kami, eu tentei, esse idiota não tem mas jeito.

Sehun: Agora eu te mato. - ele se levantou e foi mas uma vez pra cima de Baekhyun e eles começaram mas uma de suas brigas.

Kami: Ah quer saber, se matem se quiserem, eu vou embora daqui, cansei dessa palhaçada. - Eu fui até o quarto e deixei eles dois lá se matando, no quarto eu troquei de roupa pra ir no aeroporto comprar uma passagem só de ida pra qualquer lugar longe dali. Quando terminei de me arrumar, eu sair do quarto e os dois ainda brigavam na sala, foi então que kai chegou e ficou surpreso com aquela cena.

Kai: O que tá acontecendo aqui? - ele falou em tom alto e os outros dois pararam pra olhar pro moreno.

Kami: Esses dois bunitinhos que inventaram de fazer da minha sala, um ringue de luta.

Kai: Então é bom parar agora.

Baekhyun: Eu não queria brigar, mas com esse infeliz é impossível.

Sehun: Pára de me xingar seu desgraçado. -  ele falou indo pra cima de Baekhyun de novo, mas kai o impediu.

Kai: Já falei pra parar. - ele bateu o pé no chão e os outros dois caíram desmaiados.

Kami: Você matou eles? 

Kai: Não, só botei pra dormir um pouco.

Kami: Ata, valeu, já não aguentava mas ver eles se matando. O que você veio fazer aqui?

Kai: Vim só pegar uma coisa que esqueci, mas já vou sair.- ele então foi pegar a tal coisa que havia esquecido, se despediu de mim e foi embora deixando Sehun e Baekhyun desmaiados no chão da sala, eu entao voltei pro quarto e me deitei pra descansar um pouco, aquilo tudo me deixou extressada demais. Quando eu tava quase pegando no sono, eu senti um corpo pesado encima de mim, uma mão em meu cabelo e outra apertava minha cintura, e uma voz sussurou em meu ouvido.

Voz:

Olá linda vampirinha, agora é a hora de voltar a ser minha e botar esse seu coração pra bater, é hora de voltar a viver e logo depois morrer, você será minha agora Kami".

Eu não conseguia falar, me mexer e nem enxergar, ou seja, eu tava totalmente indefesa e com certeza aquele seria o meu fim.



Notas Finais


Bafoooooo, gente desculpa tá demorando a atualizar os capítulos, mas é que ando meio ocupada, espero que me entendam.
Beijos e até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...