História Obsessão!!! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Exibições 65
Palavras 1.387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Fantasia, Festa, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bora continuar.

Capítulo 2 - Atraída pela canção!!!


Fanfic / Fanfiction Obsessão!!! - Capítulo 2 - Atraída pela canção!!!

Eu fiquei um bom tempo adimirando aquele lindo ser sentado naquela praça, até que finalmente seus amigos foram embora e ele ficou sozinho, eu entao aproveitei pra me aproximar, sair de casa, fui até ele e me sentei a seu lado.

Kami: Bom dia! - falei me sentando ao lado dele e o assustando.

Chen: Hã? De onde você saiu? Puts eu me assustei. - ele falava com uma mão no peito e com outra ele segurava um violão.

Kami: Calma querido, desculpa, eu nao quis te assustar. - eu passei a mão em sua costa, mas teria que tocar em sua pele pra domina-lo.

Chen: É mas você conseguiu legal. - o bichinho ainda tava espantado.

Kami: Tudo bom com você?

Chen: Tirando o susto, eu tô bem. Quem é você?

Kami: Opa Desculpa a falta de educação, prazer eu me chamo Kami. - falei dando a mão pra ele o cumprimentando.

Chen: Prazer, sou Chen. - Ele segurou minha mão e pronto, já era meu.

Kami: Você Tá bem? - perguntei percebendo que ele ficou meio tonto, todos os que eu consigo dominar, sempre ficam assim, porque eu viro dona de todos os seus órgãos e os domino de todas as formas, só não consigo dominar seus órgãos sexuais e isso é uma droga aff.

Chen: Caramba, eu me senti tonto do nada, deve ser o sol, eu preciso ir. - ele falou se levantando mas eu o segurei pelo pulso.

Kami: Calma baby, agora que começamos a nos conhecer,senta aí. - ele sentou porque eu dominei seus movimentos e fiz ele sentar.

Chen: Wow, eu quero ir embora mas não consigo. - e não vai enquanto eu não deixar.

Kami: Deve ser porque gostou de mim hahahaha... - quase não sou cínica.

Chen: É, você é linda. - ele me olhava apaixonado.

Kami: Obrigado, você toca violão?

Chen: Sim, sou músico.

Kami: Pode tocar algo pra mim?

Chen: Posso sim. - ele pegou o violão e começou a tocar uma linda canção, mau sabia ele que eu usaria sua própria canção pra atrair ele até mim. Eu me mantinha de olhos fechados por trás da minha tela, com com as mãos no banco da praça e rosto pra cima sentindo o sol batendo em meu rosto, foi quando ele terminou de tocar e eu já havia gravado tudo em minha mente.

Chen: Gostou?

Kami: Sim, é linda, que tal tocar pra mim em um lugar mas reservado, tipo na minha casa?

Chen: Não Sei se devo, eu tenho ensaio mas tarde e não sei que horas vou estar livre.

Kami: Mas eu sei. - falei me levantando.

Chen: Você sabe? Como assim? - ele me olhava com dúvida.

Kami: Você vai entender depois, até qualquer hora dessas, Tchauzinho.  - eu sair de perto dele e seguir pra minha casa, eu já sou sua dona então não preciso me preocupar com mas nada, fui pra casa, lá eu tomei um banho e fui tomar meu sangue frio que tinha na geladeira, aff o erro, odeio sangue frio.

Quando a noite chegou, eu senti ele agitado, Huuuum deve tá no ensaio, mas é hora de vim pra mim meu querido, eu então troquei de roupa, botei só uma lingerie, me sentei na poltrona no quarto e assim que meus desejos começaram a fluir, eu senti ele ainda mas agitado, eu passava as mãos pelo meu corpo e gemia baixinho, ele já estava me desejando.

Kami: Isso meu querido, me deseje e venha até a sua dona. - eu então comecei a atrair ele com a canção que ele tocou pra mim, em seus pensamentos ele ouvia a canção e não conseguia controlar seus desejos por mim, quanto mas ele me desejava, mas excitada eu ficava. Derrepente eu ouço o barulho de uma moto na porta da minha casa, era ele, meu lindo músico.

Kami: Entre meu lindo. - falei pra ele em pensamento e ele entrou na minha casa louco à minha procura.

Chen: Kami, kd você? - ele me chamava me procurando pela casa.

Kami: Estou aqui baby, no quarto. - eu continuava respondendo em pensamentos, ele então entrou no quarto e me encontrou e veio logo pra cima de mim com um desejo enorme.

Chen: Ooooh eu quero você Kami. - ele falava me apertando em seus braços e passando suas mãos pelo meu corpo.

Kami: Pois me possua, eu sou toda sua meu lindo. - ele então rasgou minha lingerie, tirou suas roupas e me jogou na cama, meu tesao começou a aumenta e sempre que isso acontecia, meus olhos ficavam vermelhos e meus cabelos também, minhas presas ficavam à mostra e isso era o que acabava com a minha noite de prazer, mas Chen pouco se importou, ele só queria me possuir, aquilo me assustou, pela primeira vez, alguém não teve medo de mim. Ele começou a beijar e lamber meu corpo, sua lingua era tão massia que parecia plumas, ele me lambia e me apertava com força e aquilo me deixava cada vez mas louca, ele então desceu sua boca até o meio das minhas pernas e começou a me masturbar com sua língua, Caracas ninguém nunca havia feito isso depois que me transformei vampira, sua lingua ficou veroz e me fazia gemer alto de tanto prazer.

Kami: Aaaah aaaah que delícia, você é ótimo baby. - ele cravou suas unhas na minha perna e acelerou seus movimentos, eu não suportando mas, me desfiz em sua boca, ele lambeu todo o meu néctar e logo veio pra cima de mim e começou a me penetrar enquanto lambia meu pescoço e puxava meus cabelos, ele me penetrou de vez e mas uma vez me fez gritar.

Kami: Aaaaaiiiiiii que maravilha, eu quero mas baby, muito mas. - eu sempre queria mas.

Chen: Ooooh ooooh você é muito gostosa, geme pra mim vai. - ele me estocava com força e velocidade enquanto puxava meus cabelos, foi quando derrepente ele então olhou fixamente em meus olhos e me surpreendeu com suas palavras.

Chen: Nossa, seus olhos são lindos assim vermelhos. - aquele homem não é normal, tem algo escondido por trás daquela inocência toda e eu tenho que descobrir, eu entao cravei meus dentes em seu pescoço sugando seu sangue quente,  ele começou a sorrir e parecia sentir mas prazer comigo sugando seu sangue, gente eu juro que nao entendi foi nada.

Chen: Hahahaha... isso querida suja meu veneno. Pensou que era mas forte que eu, você só consegue dominar meus pensamentos porque sou o mas fraco entre nós, mas não vai me matar como fez com aquelas pessoas inocentes, você acabou de provar do meu veneno e agora me pertence Kami.

Kami: Caracas, quem é você? Sai de cima de mim. - eu falava empurrando ele, mas o mesmo não saia de cima de mim, eu sentia meu corpo tremendo e comecei a ficar meio tonta.

Chen: Isso meu bebê, se delicie do meu veneno, é ruim ser contrariada né? Eu te espero a séculos Kami e sabia que seria minha um dia.

Kami: Ooooh eu tô tonta. O que tá acontecendo comigo?

Chen: É só o efeito do meu veneno percorrendo teu corpo, mas vai passar tá, agora vamos continuar de onde paramos. - ele então continuou me estocando cada vez com mas força e velocidade, eu sentia prazer, mas tava tonta demais.

Chen: Aaah aaaah Kami eu vou gozar, se eu soubesse que você era tão gostosa, já tinha te procurado a mas tempo. - ele me deu mas algumas estocadas e então gozou e cravou suas presas no meu pescoço, ele sugava meu sangue e rebolava encima de mim, eu fiquei ainda mas tonta e só não fiquei mas fraca porque finalmente me alimentei de prazer carnal.

Kami: Oh oh oh me ajuda, eu não me sinto bem. - eu falava erguendo uma mão pedindo ajuda quando ele se levantou e começou a se vestir, ele veio até mim e sussurou em meu ouvido.

Chen: Obrigado pela noite, voce foi uma boa menina, ah antes que eu esqueça preciso te informar uma coisa, eu sou tipo o satélite entre os irmãos, como já te provei e você tem meu veneno, meus irmãos agora vão te achar e te ter pra eles também, então meu amorzinho, é melhor não se esconder pois não vai adiantar, eles vão te achar em qualquer lugar, até a próxima. - ele lambeu o sangue que escorria em meu pescoço, deu um beijo e saiu, eu fiquei deitada tentando me recompor, mas como tava fraca demais, eu acabei desmaiando.




Notas Finais


Kami se fudeu, agora vai provar do próprio veneno.
Até o próximo capítulo.
Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...