História Obsessão!!! - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Exibições 44
Palavras 2.613
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Fantasia, Festa, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vamos continuar.

Capítulo 8 - Uma boa reforma!!!


Fanfic / Fanfiction Obsessão!!! - Capítulo 8 - Uma boa reforma!!!

Eu mas uma vez acordei e me sentia meio tonta ainda, acho que era pra causa das portadas de D.O, eu me expreguicei e bocejei e me assustei ao ouvir uma voz no meu quarto, eu olhei pro lado e adivinhem quem eu vi?, D.O sentado na poltrona de pernas cruzadas, braços encruzandos e com uma sobrancelha erguida, ele olhava pra mim com olhar de desejo.

Kami: Minha nossa D.O você me assustou. - eu falava respirando ofegante.

D.O: Vai me receber sempre assim agora? Acho que já é a terceira vez que te vejo nua e tenho que me controlar pra nao te possuir, é melhor parar com isso. - eu percebi que tava só de calcinha e então me cobri com o lençol.

Kami: Desculpa, eu nem sabia que você tava aqui.

D.O: Eu estarei sempre aqui Kami, eu vigio você 24hrs por dia.

Kami: Você Me bateu muito ontem e nem sequer me curou. - eu sentia meu corpo esquentar com o olhar de desejo dele fixado em mim.

D.O: Desculpa, voce despertou meu lado mau mas uma vez, da próxima vez não sei se vou conseguir me controlar.

Kami: Ata. Eu não faço mas tá. Ei D.Ozinho. - Eu não suportei mas o olhar dele e fui até ele engatinhando até ficar de joelhos na sua frente e apertei suas cochas.

D.O: Huuuuuuuum o que? Aaaaah. - ele exprimia os olhos com a cabeça jogada pra traz e mordia o lábio.

Kami: Sabe, é que eu tô com uma dorzinha aqui oh. - eu mostrei o meu seio e ele olhava fixamente.

D.O: Pára com isso Kami, você sabe que eu não posso. - ele falou me levantando e me botando na cama.

Kami: Só um pouquinho vai, eu tô tão carente. - eu acariciava meu corpo e seu olhar sobre mim era de puro desejo.

D.O: Não, eu...eu tenho que ir, nos vemos depois. - ele se despediu e sumiu.

Kami: Aaaarrr que droga, eu preciso se sexo, eu necessito. - eu levantei da cama e fui tomar um banho, quando terminei, eu vesti uma roupa e fui pra cozinha na intenção de comer alguma, chegando lá eu mas uma vez me deparei com o estrago, e então decidi ligar pra uma agência de reforma e solicitei um profissional, eles diceram que à tarde ele chegaria, então eu sair pulando por cima dos entulhos até alcançar a geladeira e lá eu peguei uma maçã e uma bolsa de sangue e fui pra sala assistir TV.

Quando a tarde chegou, eu tava coxilando no sofá, eu me tornei uma vampira super preguiçosa. Eu levantei do sofá e fui abrir a porta, quando abri eu me deparei com um homem que mas parecia um poste de tão alto que era, ele tinha os olhos puxados e graúdos ao mesmo tempo e era orelhudo, seus cabelos eram meio loiro cinza e seus olhos eram negros, pense num bode de raça.

Kami: Bom dia, em que posso ajudar. - eu olhava pra ele e lambia os lábios já o desejando.

Chanyeol: Bom dia senhorita, eu fui solicitado pra uma reforma em sua residência. - Caraca ele tinha uma voz muito grossa e linda, já quero ele todinho.

Kami: Ata. Foi eu mesma quem solicitou um profissional, entra aí. - e entra em mim plis.

Chanyeol: Com licença. - ele entrou assim que eu dei espaço pra ele entrar, ele ficou em pé na sala olhando pra bagunça.

Kami: Qual seu nome meu lindo. - eu lançava meu olhar sensual pra ele.

Chanyeol: Eu me chamo Chanyeol senhorita, prazer.

Kami: Eu quero.

Chanyeol: Hein? Quer o que?

Kami: Nada, bem, vamos ao que interessa, a reforma é nas paredes que estão rachadas e esse buraco na parede da cozinha.

Chanyeol: Nossa, passou um furacão aqui foi? - ele olhava com os olhos arregalados e ficava ainda mas lindo.

Kami: Vamos dizer que mas ou menos, foi uma luta de ratos que teve aqui. - eu sorria cinicamente olhando pra ele.

Chanyeol: Ratos gigantes e ninjas pelo jeito. - gigante é você gostoso.

Kami: Iai como vai ser? 

Chanyeol: Como você quiser. - ele falou me puxando pela cintura colando nossos corpos e fixou seus olhos  que ja estavam amarelos quase brancos nos meus, seus cabelos ficaram com mexas brancas e ele lançou um sorriso cínico pra mim.

Kami: Uau, já gostei. Você é profissional? - eu já tava toda me querendo.

Chanyeol: Até agora ninguém nunca reclamou dos meus serviços.

Kami: Então me mostra o teu trabalho. - eu apertei seu peitoral e ele sussurou em meu ouvido.

Chanyeol: Eu não mostro trabalho, eu dou trabalho linda. - ele me apertou com suas enormes mãos e beijou meu pescoço me fazendo arrepiar e quase cair.

Kami: Uau já quero. - eu falei pulando e me atracando em seu pescoço, ele me carregou me fazendo ficar encaixada em sua cintura, me levou até a parede e me encostou, Chanyeol lambia meu pescoço e rebolava entre minhas pernas com força enquanto segurava meu bumbum e apertava.

Chanyeol: Oooow Kami você é realmente linda e atraente e com certeza é muito gostosa. - Ele falava enquanto se esfregava em mim e me acariciava.

Kami: Epa perae, como você sabe meu nome se eu nem te falei? - ele parou e sorria cinicamente pra mim.

Chanyeol: Eu já sei quem você é a séculos querida. - esse gostoso enorme também é filho daquele infeliz? Oh bichinho pra ter filho gostoso viu.

Kami: Você é irmão do D.O?

Chanyeol: Sou sim, algum problema com isso?

Kami: Não, só queria saber mesmo.

Chanyeol: Quer saber mas algumas coisa?

Kami: Sim, quero saber se você vai demorar muito pra continuar.

Chanyeol: Uau, que vampirinha gulosinha, gostei. - ele então continuo lambendo meu pescoço e rebolando como se me estocasse, eu sentia a potência do seu pênis que pelo jeito era enorme, mas eu tava tomada demais pelo prazer pra pensar em tamanho agora, Chanyeol começou a rasgar minhas roupas e quando eu já tava nua, ele me levou até a cozinha, me sentou encima da mesa, abriu minhas pernas e levou sua boca até a minha vagina, ele me chupava e lambia como se ali fosse doce como mel, ele era maravilhoso, suas mãos enormes seguravam meus seios e os apertavam.

Chanyeol: Rebola pra mim vai. - ele falou e voltou a boca até minha intimidade e eu comecei a rebolar.

Kami: Aaaaah aaaah aaaah nossa Chanyeol você é realmente um ótimo profissional. - eu falava em meio a gemidos altos de prazer, ele começou a me penetrar sua língua e fazia movimentos de entra e sai, aquilo me deixava muito louca pra ser penetrada por seu pênis que com certeza era delicioso.

Kami: Oooooooh Chanyeol eu vou gozar baby, continua vai,.mas rápido me faz gozar gostoso. - ele sentiu que eu iria gozar e então acelerou a masturbação, eu não aguentei e gozei, e ele continuou com os movimentos, eu tentava fazer ele parar mas não conseguia, entao comecei a gritar.

Kami: Aaaaaaaaah Paaaaraaaaa caralho aaaaaaaaah. - De nada adiantou porque ele não parou, eu me retorcia encima da mesa e sentia que ia explodir, ele acelerava cada vez mas e apertava minha cintura, depois de um bom tempo, ele então parou e ficou passando sua língua levemente em meu clitóris me fazebdo sentir tipo uns choques.

Kami:  oooh ooooh ooooh que loucura deliciosa. - eu falava ofegante sentindo aquela língua maravilhosa lambendo toda minha intimidade, assim que terminou de lamber todo o meu néctar, ele levantou e começou a tirar sua roupa.

Chanyeol: Seu néctar é uma delícia, agora preciso saber se és gostosa por dentro também. - ele falava tirando sua roupa e quando tirou sua cueca e eu vi aquele pênis enorme que ele tinha, me bateu um desespero.

Kami: Nooossaaaa, cara ce não vai transar comigo não. - eu falei pulando da mesa e me escondendo atrás dela.

Chanyeol: Oxi, e porque não? - ele me olhava com um sorriso nos lábios.

Kami: Cara olha seu tamanho e o tamanho do seu material, eu sou imortal e posso me curar,.mas com isso aí eu vou demorar meses pra me recompor. - eu falava assustada e ele sorria.

Chanyeol: Hahahahahaha, eu falei que dava trabalho não foi? Agora vem cá vem, me deixa te provar um pouquinho. - ele falou vindo em minha direção com sua anaconda e eu tentei correr mas ele usou seu poder pra me puxar pra junto de seu corpo e sua telepatia pra nos levar pra minha cama, ele já tava encima de mim, no meio das minhas e me penetrando.

Kami: Não não, por favor não, eu não vou aportar isso tudo pára. - eu comecei a me debater tentando sair dali mas ele me segurou com força.

Chanyeol: Calma gatinha, eu vou ser carinhoso, eu não sou um monstro.

Kami: Cara entende, com você não adianta carinho,você é descomunal e é um monstro sim, já focou no teu tamanho? Eu sou só uma pobre vampira, tenha pena de mim. - eu falava com as mãos unidas implorando pra nao ser destruída por aquela sucuri de trezentos metros.

Chanyeol: hahahahahaha... pra que isso tudo?

Kami: Eu que pergunto, pra que isso tudo? Precisava? Acho que não, me deixa sair por favor.

Chanyeol: Calma, vou penetrar bem devagar tá. - ele começou a me penetrar e parecia que não acabava nunca.

Kami: Cara voce vai furar meu pulmão, é sério Aaaahhhh aaaaahhh. - sério esse bicho não é normal, eu preferia o ruck.

Chanyeol: Pára de frescura, relaxa e sente a pressão do Chanyeol. - ele penetrou todo seu pênis em mim e começou a me estocar, faltava pouco pro pênis dele sair pela minha boca, se eu tinha alma, eu tenho certeza que ela queria sair correndo dali daquela hora, minhas costas doíam por causa das estocadas fortes, mas o prazer também era imenso.

Kami: Aaaaaiiiiiii filho de uma puta que pariu do capeta, isso doe, aí que delicia, caralho ce vai me quebrar no meio. - eu falava em meio a gemidos altos de dor e prazer, com minhas unhas cravadas em suas costas.

Chanyeol: Isso, geme pra mim minha vampirinha gostosa. - ele me botou mas um pouco pra cima na cama, segurou na cabeceira com as duas mãos e começou a me estocar com tanta força que a cama batia na parede e rachava ainda mas.

Kami: Caralho eu te chamei aqui pra ajeitar minha casa e não pra terminar de quebrar. 

Chanyeol: Eu conserto depois, ooooohhh que vagina quentinha que você tem minha linda, eu quero te fuder mas vezes.

Kami: Nuuuuncaaaaaa, aaaah Aaah Aaaiii aaaah Aaaaiiiii caralho que gostoso. - gente o bicho é enorme, é violento mas é gostoso pra caracas.

Chanyeol: Eu quero aproveitar bastante de você hoje. - ele levantou, me virou de bruços, deitou encima de mim e começou a rebolar, ele segurou meu cabelo com uma mão e a outra ele desceu e começou a acariciar minha vagina por traz e derrepente ele começou a penetrar um dedo na minha intimidade de traz, aquilo doeu e me fez travar.

Kami: Não Não, aí não.

Chanyeol: Calma gatinha é só um dedo, relaxa vai. - ele continuava penetrando.

Kami: Calma é o caralho, agora é um dedo mas depois você vai querer me meter esse teu arranha céu Aaaaaiiiiiii pára. - eu apertava os lençóis e ele começou com movimentos de entra e sai com seu dedo, doía mas era gostoso.

Chanyeol: Eu vou ter você toda pra mim hoje e quantas vezes eu quiser, fica quietinha e relaxa que vai ser gostoso.

Kami: Tu já deu o cu caralho pra saber se é gostoso?

Chanyeol: Não e nem pretendo, mas de muitas que já provei, todas acharam delicioso.

Kami: Isso doe pra caralho.

Chanyeol: Doe nada, Agora sente seu Chanyeol. - ele tirou o dedo de mim e começou a me penetrar seu pênis, aquilo parecia que tava me rasgando, eu senti que era meu fim ali naquela hora. Depois que ele penetrou tudo, ele começou a rebolar devagar e me fazia sentir muito prazer e dor, a dor não passava não, ela foi minha amiga fiel naquela foda, não largou minha mão um momento sequer.

Kami: Aaaaiiiii Chanie que delícia Aaah Aaah Aaah. - eu gemia enquanto ele rebolava.

Chanyeol: oooohhh Que bundinha apertada esse tua hein gostosa huuuuuuuu. 

Kami: Lógico, eu era virgem seu idiota do pau de 100 metros.

Chanyeol: Sério? Agora mesmo que quero mas. - ele começou com seus movimentos de entra e sai e me estocava com força, ele mas uma vez segurou na cabeceira da cama enquanto me estocava cada vez com mas força.

Kami: Aaaaiiiii desgraçado filho do Satanás, me fode infeliz, aaaah Aaah aaaah. - eu gritava e ele ficou ainda mas louco.

Chanyeol: Aaaahhhh aaaah gostosa eu vou gozar. - Ele acelerou e quando já tava quase me quebrando no meio, nossos cabelos e olhos mudaram de cor, nossas presas ficaram à mostra, ele cravou suas grandes presas no meu pescoço e gozou enquanto sugava meu sangue.

Kami: Ah ah ah ah que delicia, ai minhas costas. - eu não sabia se curtia o prazer ou a dor.

Chanyeol: Nossa Kami voce é muito gostosa. - ele falava lambendo o lábio se deliciando do meu sangue.

Kami: Essa foi a primeira e última vez que você transou comigo viu, eu pretendo ter útero por muitos anos ainda. - eu falei enquanto ele saia de cima de mim.

Chanyeol: Não adianta falar isso linda, você vai me desejar de novo, eu sou o insaciável entre os irmãos e agora você tem meu veneno, se antes você já tinha um fogo incontrolável, agora vai ficar mil vezes pior.

Kami: Tô lascada.

Chanyeol: Só por favor, não ataca o D.O tá, sinao eu não vou mas poder provar desse teu gosto delicioso.

Kami: Como assim?

Chanyeol: O D.O tem o veneno do amor e se ele te morder, nós não vamos mas te desejar, mas você precisa dos nossos venenos pra aguentar quando ele te agarrar, se você você acha que eu fui demais, imagina o D.O, o Lay acha que é o mas forte entre nós, mas mau sabe ele que o D.O é capaz de destrui-lo fácil fácil.

Kami: O D.O? Chega, contra outra.

Chanyeol: Não tá acreditando? Então tá, depois não diz que eu não avisei, e ver se evita provocar ele tá, se ele te ataca sem você ter todos os venenos, querida eu terei pena de você, agora eu preciso ir. - ele falou se vestindo e não fez porra nenhuma na casa a não ser tentar me virar de avesso.

Kami: Ei perae, não dê uma de doido não, você não resolveu o problema da minha casa. - eu já me vestia também.

Chanyeol: Ah é mesmo oh, segura aí. - ele apontou pra cama e eu me segurei, ele fechou os olhos e colocou as mãos na parede, derrepente começou a ventar muito forte e as rachaduras da parede foram fechando, em questão de segundos minha casa tava normal como antes, ele então arrumou os cabelos que bagunçaram um pouco com o vento e eu olhava boquiaberta pra aquela cena.

Chanyeol: Problema resolvido, agora eu já vou.

Kami: Caralho isso foi muito louco, ei eu vou ter esse poder agora?

Chanyeol: Sei não, talvez, quem sabe né, tchau e até a próxima. - valeu chegado, tu respondeu legal e vai acabar com a tua mãe. Depois que que ele saiu eu me joguei na cama.

Kami: Aaah eu tô acabada, preciso de um banho, uma boa refeição,um pouco de sangue e um bom descanso. - E foi o que eu fiz, levantei e fui tomar banho, quando terminei, eu vesti uma roupa, fui pra minha cozinha que agora tava linda de bunita toda ajeitadinha, comi bem, tomei uma bolsa de sangue, fui pro quarto, lá eu me joguei na cama e não demorei a dormir e graças a D.Dragon, aquele infeliz não veio me encomodar, acho que ele percebeu que eu tava tão cansada que era capaz de fazer ele sair engatinhando da minha casa, se perturbace meu sono



Notas Finais


Noooossaaaaa Chanyeol é cara de caralhaaaaaaaar, adoooroooo.
Quem será o próximo?
Será nos próximos capítulos.
Então até mas.
Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...