História Obsessão (imagine kim samuel) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Kim Samuel
Visualizações 106
Palavras 1.469
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Incesto
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


eu não vou garantir a vocês que esse capitulo muito bom mas acho que da pra ler. chega de falar e boa leitura

Capítulo 2 - A noite das garotas


22/08/2017

ficamos nos encarando por um tempo ate que Dong-yul resolveu quebrar o clima pesado 
Dong-yul:amiga vamos logo o outro caixa esta vazio eu assenti com a cabeça e fui andando ate o outro caixa.resolvi olhar para trás e o tal garoto estava la parado olhando pra onde eu estava,ele se virou de uma vez e olhou pra mim eu logo tratei de olhar pra frente e fingir que nem estava olhando,logo nos pagamos,saímos,e fomos pro meu apartamento que era no quinto andar entramos no elevador e fomos normalmente.quando abrimos a porta nos vimos minha omma sentada com seu clássico pijama da cor rosa chá e suas pantufas rosa no mesmo tom que o pijama,eu quase nuca via minha mãe com esse pijama pra ela ele era importante,para se usar em dias felizes eu nunca entendi o porque mas também nunca questionei acho que e algo pessoal dela.minha mãe embora com seus 34 anos parece bem jovem.ela tem cabelos lisos negros a altura dos cotovelos,pele clara e macia,cheiro adocicado de morangos no verão.ela e inteligente paciente e muito delicada,muitas das coisas que eu não erdei dela.
S'm:por que vocês demoraram tanto eu estou com fome aqui gente 
Dong-yul: a e porque a sua filha ai estava encarando um ''garoto'' dentro la fazendo a gente perder tempo 
S'm:hum como e o nome dela em ?
Dong-yul:e kim samuel não mesmo S'n
S'n:eu não sei de nada 
S'm:agora e serio,filha vc achou ele bonito 
eu fiquei um tempo calada olhei pros lados e depois falei 
S'n:vamos fazer esse muffins hoje ou amanhã?
nesse momento minha mãe e Dong-yul perceberam que eu não respondi pra não falar que achei ele bonito,então elas comessaram a rir e dizer coisas do tipo '' i achou ele bonitinho ne ''
eu apenas sai da sala por que estava morrendo de vergonha.sabe eu não sou acostumada a falar sobre garotos e sentimentos com ninguem 
elas me seguiram para a cozinha.
S'n:ei comecem a fazer os muffins enquanto eu tomo meu banho bem rapido.
S'm:tudo bem,so não demora la porque a Dong-yul tambem precisa tomar banho
eu fui pro quarto,peguei meu pijama azul claro nada de mais.
eu cheguei na cozinha e elas estavam la cantando enquanto fazia o suco e colocavam os biscoitos em uma tigela azul clarinha com detalhes em cobri.me encostei no batente da porta da cozinha e fiquei apenas observando,elas perceberam que eu estava la então elas se viraram pra mim e falaram juntas ''o que voce esta fazendo parada ai vem nos ajudar'' eu logo sorri e fui na direção das duas que abriram espaço pra eu ficar no meio delaseu logo entrei entre elas e tbm cantei com elas ate que os muffins ficaram prontos eu os tirei do forno e coloquei na preda de marmore da bancada para que eu pudesse os tirar da forma. começei a tirar um por um com cuidado para não me queimar,mas quando eu estava tentando não me queimar o celular da minha mãe tocou fazendo com que eu me assustasse e eu acabei deixando um muffin cair eu o peguei bem rapido,quando me virei vi que Dong-yul me observava então eu disse aquela famosa frase.
S'n:bom o que não mata engorda. não conta pra minha mãe ta bom.
ela sorriu e disse tudo bem 
por fim foi uma otima noite comemos muffins vismo o filme como eu era antes de você bebemos suco,comemos biscoitos,marshmallows rimos muito ate a hora em que dormimos.
23/08/2017 

eu acordei no sofá olhei pros lados me perguntando o que tinha acontecido dai eu me lembre da nossa noite cheia de calorias,acho que eu engordei um 3 quilos só ontem. comecei a sorrir lembrando dos mínimos detalhes da noite,ate que minha mãe fala
S'm: bom dia dorminhocas levantei logo por que eu tenho que ir trabalhar.eu olhei pro lado e vi que Dong-yul estava acordando toda descabelada e eu comecei a rir nos levantamos e fomos pro eu quarto nos arrumar para ir a mais um dia de sofrimento. aff eu realmente odeio a escola em que eu estudo so tem pessoas para julgar os outros e eu so uma das mais julgadas da escola eu não sei o por que mas so sei que não gosto de la. horas e mais horas se passaram  ate que finalmente acabou a aula e eu pude voltar pra casa.eu cheguei em casa e liguei para Dong-yul 

chamada (on)

S'n: por que você demora tanto pra atender esse celular garota 

Dong-yul: eu nunca estou perto do meu celular mas ta fala comigo o que você que?

S'n:vem aqui em casa pra nos fazermos nossas inscrições para a audição 

Dong-yul:não acredito você vai fazer mesmo ?

S'n:vou ue 

ela deu um grito tão auto que eu quase fiquei surda 

Dong-yul:eu estou indo ai agora pra nos fazermos essa bagaça.

chamada(of)

S'n:nossa desligou na minha cara 

depois de umas meia hora ela chegou toda produzida. ela olhou pra mim arqueou as sobrancelhas e disse. 

Dong-yul:você vai tirar as fotos para mandar pra empresa desse jeito.ela falou apontando pra mim

S'n:não eu estava esperando você chegar para me ajudar,você sabe que eu não consigo passar maquiagem sozinha.

ela olhou pra mim e logo me puxou escada a cima rumo ao meu quarto,chegando la ela pego  maleta da minha mãe a abriu olhou dentro e disse.

Dong-yul: acho que da pra te ajudar com essas poucas coisas 

eu logo olhei pra ela vi ela com a preciosa maleta da minh mãe que ela não deixa ninguem tocar eu quase tive um infarto.

S'n: você esta louca se minha descobre que estamos pegando na maleta dela,ela vai me matar ou melhor nos matar poorque eu eu não vou levar bronca sozinha.

ela olhou pra mim tão calma que eu fique ate confusa.

Dong-yul:relaxa baby sua mãe não vai saber que pegamos as maquiagens dela.

eu resolvi so deixar ela fazer isso alem do mais ela so vai me chingar, pelo menos eu acho.

ela terminou toda a maquiagem e tiramos varias fotos escolhemos as melhores gravamos os nossos videos ela cantando e eu dançando,preenchemos e depois mandamos agora e so esperara a resposta da empresa.

a Dong-yul foi embora assim que terminamos.então aproveitei que ja estava maquiada e resolvi sair pra tomar um ar levei dinheiro porque eu pretendia comer eu não so de sair mas nesse dia não sei o porque nesse dia eu quis sair.eu troquei de roupa coloquei uma blusa rosa claro e uma saia branca e uma sapatilha da cor rosa seco.eu estava um tanto brega mas não liguei apenas sai sem ligar para o que as pessoas estavam pensando.eu cheguei num cafe e pedi um chá de hibisco eu fiquei la sentada como ainda era segunda-feira estava bem vazio sem muito movimento o que eu estava precisando.la era um tipo de chale era bem rustico feito de madeira com detalhes em marrons e o assoalho era feito de madeira era bem limpo e tinha um cheiro bom uma mistura de todos os cafés feito neste dia misturado.era um otimo lugar  você conseguia ver o seu reflexo no chão,meus pês quando em contato com o belo assoalho faziam um som agradável e reconfortante.pisos de madeira me faz lembra a casa da minha avo materna,faz tempo que eu não visitava a sua casa.eu estava pensativa comigo ate que uma voz calma mas um pouco tremula falou.
xx:e eu...eu  posso me sentar aqui com você ?                                                                                                                                                          

S'n: hum? a sim pode sim. eu disse arrendando no banco em forma de meia lua em que eu estava sentada,quando ele se sentou eu encostei meus cotovelos na mesa então o garoto estranho ao meu lado resolveu falar.                                                                                                        

 xx: bonito esse lugar ne?. eu  apenas assenti com a cabeça então ele disse                                                                                                      

 xx: esse e meu lugar preferido ele me traz boas lembranças de família. quando eu escutei isso eu relaxei e me encostei no banco e disse    S'n:esse lugar também me trás lembranças de família. quando eu falei isso sorri lembrando da minha avo.                                                        

  xx:qual e o seu nome? ele perguntou enquanto olhava para o teto.                                                                                                                            eu o olhei melhor e o seu rosto era delicado,cabelos lisos cortados a altura das sobrancelhas,negros e brilhantes,ele exalava cheiro de avelas,tinha a boca pequena e delicada o analisei por alguns minutos ate ele  perceber que eu o olhava então sorriu o que me deixou envergonhada por ele ter notado o quão boba eu estava enquanto olhava para ele e eu logo fiquei corada eu escutei ele rir baixo quando eu desviei o olhar.                                                                                                                                                                                                            

S'n: e..e..e o meu nome ?a o meu nome e S/n.   eu disse toda simples e vi ele sorrir pra mim e arreda mas pra perto de mim a minha reação logo foi abrir bem os olhos e ficar super nervosa por estar tão perto de um garoto. 


Notas Finais


Desculpa qualquer erro ortográfico e o capitulo pequeno,e se vocês acham que esta faltando algo nessa fanfic falem ai nos comentários de a opiniões de vocês e preste bastante atenção muitas coisas e lugares que apareceram nesse capitulo vai aparecer em muitos outros.obrigada por lerem minha fanfic xau!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...