História Obsession. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Romance
Exibições 102
Palavras 1.610
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, primeiramente quero pedir desculpas por estar postando essa hora. Eu estou com alguns problemas aqui em casa, e estou bem aérea aqui, mil desculpas por esse capítulo não ter ficado bom.

Boa leitura, amores💙

Capítulo 10 - "Agora é questão de honra"


POV Amy.


"Quero você na minha sala agora"

Ouvi a voz de Harry ecoar pelo telefone, só deu tempo de eu soltar um "tudo bem" e ele desligou.


Respirei fundo e levantei, arrumei minha saia e fui caminhando lentamente em direção a sua sala.

As famosas duas batidinhas e um "entre" logo após.

Entrei fechando a porta e Respirei fundo antes de me aproximar de sua mesa.

Eu- algum problema?- perguntei seria. Eu estava com tanta raiva dele que até um cego conseguiria ver.

Harry- Temos um compromisso hoje as nove, quero que esteja pronta as oito, sem atrasos- falou olhando para alguns papéis que segurava em suas mãos.


Eu- o que? Que compromisso? desculpe Sr. Styles, mas eu não posso ir, eu tenho faculdade e não posso faltar.

Harry- acho que você não entendeu Senhorita Collins- ele me encarou- eu não estou pedindo e sim mandando, esteja pronta as oito.

Eu- o senhor é meu chefe e não meu dono- falei me alterando um pouco.

Harry- Tudo bem- sorriu cínico- então está demitida.

Eu- O que?, não Sr. Styles, você não pode fazer isso- falei desesperada.

Harry- tanto posso como vou- falou me olhando sério.

Eu- tudo bem eu falto a faculdade hoje, mas por favor não me demita- falei em súplica.

Harry- esteja pronta as oito, sem atrasos.

Eu- era só isso?- perguntei.

Harry sorriu malicioso.

Harry- sim, é só isso, pode ir- falou se folgando mais em sua cadeira- ah Amy?- me chamou quando eu já estava prestes a sair de sua sala- Coloque uma roupa descente, não vá vestida como uma vadia.

Meu sangue ferveu nessa hora, e tudo que eu mais queria era meter a mão na cara dele, porém eu não podia.

Não respondi nada, apenas sai dali o mais rápido possível, meus olhos estavam marejos, e a vontade de chorar era maior que tudo.

Caminhei em direção ao banheiro e entrei de pressa me assustando logo em seguida, pois tinha um homem lá dentro.

Eu- O que você está fazendo aqui?- perguntei rude.

Xx- Eii calma aí- falou levantando as mãos em forma de rendimento- o banheiro do andar de baixo está com problemas, então resolvi vir aqui para usar esse, desculpa.

Eu- me desculpa, não queria ser grossa- falei limpando alguma as lágrimas que insistiram em cair.

Xx- Sou Mark- falou estendendo a mão para me cumprimentar.

Eu- Amy- falei estendendo minha mão, então ele a pegou e depositou um pequeno Beijo ali, e logo após deu um sorriso de matar qualquer mulher. Sorri sem graça.

Mark- está tudo bem?- perguntou me parecendo preocupado.

Eu- está sim- sorri limpando os vestígios de lágrimas que tinha em meu rosto

Mark- não chore, ele vai voltar- falou divertido. Mal sabe ele que eu  quero o "ele" bem longe de mim.

Por mais que aquela frase tivesse sido patética, eu ri, e alto.

Mark- sua risada é linda- parei no mesmo momento de rir.

Eu- desculpe- falei sem graça e abaixei a cabeça.

Mark- eu estou falando sério, ela realmente é linda- sorriu.

Eu- Obrigada- sorri.

Mark- bom, deixe - me ir tenho que voltar ao trabalho.

Eu- tudo bem- sorri.

Ele estava prestes a sair porém voltou e me encarou.

Mark- é... Amy?- me chamou.

Eu- Sim- respondi levantando a cabeça o encarando.

Mark- é....quer tomar um café?- falou e após sussurrou  um "droga Mark, ela nem te conhece".

Ri com aquilo.

Eu- tenho compromisso hoje- falei triste- mas quem sabe amanhã.

Mark- ah, tudo bem- sorriu triste- então, até amanhã.

Eu- até- sorri e ele saiu.

Fiquei encarando meu rosto no espelho e pensando. O que está acontecendo comigo? Por que suas palavras me afetam tanto? Muitas outras pessoas já falaram coisas piores pra mim, e não me afetaram tanto assim.

Lavei meu rosto e voltei para a minha "sala".

Uma hora depois eu já estava me preparando para ir embora.


Cheguei em casa e subi dereto para o quarto, pois eu precisa tomar um banho e me arrumar.

Entrei para de baixo da água morna e senti todos os meus músculos relaxarem, conforme eu passava o sabonete em meu corpo eu lembrava de Harry me tocando. De suas mãos percorrendo meu corpo, de seu beijo, sua língua, seu cheiro.

CHEGA AMY!!

Terminei meu banho, coloquei o roupão e fui escolher um vestido para vestir.

Abri meu roupeiro e fiquei uns dez minutos encarando os poucos vestidos que eu tinha.

Escolhi um vestido preto que eu havia ganhado do meu pai, ele era novo e eu nunca tinha o usado. Ele era longo, justo até a cintura e o resto um pouco solto, ele tinha uma abertura na perna direita, abertura que ia até a metade da minha coxa, calcei um salto alto nude e fui me maquear.

Passei lápis de olho, uma sombra fraquinha e rimel, nos lábios passei um batom rosa fraquinho.  Penteei meu cabelo e o  coloquei para o lado e o prendi com uma presilha prata que era cheia de pedrinhas, e coloquei meus brincos. Estava passando perfume quando escutei a campainha.

Dei uma olhada no espelho para ver se estava tudo ok. Depois de ter analisado tudo e ter visto que estava tudo certo sai do quarto.

Desci as escadas com calma, segurando meu vestido para que eu não caísse já que eu sempre fui desastrada.


Abri a porta e meu Deus! ele estava lindo, Seus cabelos estavam perfeitamente arrumados, ele usava um smoking preto que lhe caia muito muito bem.

Harry- Nossa- foi tudo que saiu da sua boca ao me olhar dos pés a cabeça.

Eu- vamos?- perguntei sem graça.

Harry- ah sim- disse então eu fechei a porta e fomos em direção ao seu carro.

Harry- só mais uma coisa- falou abrindo o porta luvas e pegando uma  caixinha que tinha ali dentro- vire-se - mandou e o fiz.

Senti uma coisa gelada entrar em contato com o meu pescoço e senti ele se afastar.

Harry- agora podemos ir- falou abrindo a porta do caro pra mim entrar.

Eu- Obrigada- falei passando meus dedos pelo delicado colar que ele havia colocado em mim. Foi impossível não sorrir.

Eu- Onde vamos? - perguntei quebrando o silêncio que havia entre nós.

Harry- em uma festa, trataremos de alguns negócios- falou.

Assenti e o silêncio voltou a reinar.

Algum tempo depois vi ele parar o carro e o estacionar. Ele saiu do carro e eu pensei que ele iria abrir a porta para mim, porém eu me enganei pois ele ficou me encarando, esperando que eu descesse do carro. Abri a porta e respirei fundo. Sai do carro e fui para o seu lado.

Harry- comporte-se - falou e eu encaixei meu  braço no seu.

Entramos ali e eu senti meu estômago revirar, ao olhar todas aquelas pessoas. Eu estava totalmente desconfortável, eu não sabia me portar diante de pessoas importantes como as que tinha na festa.

Depois de falar com algumas pessoas que Harry me apresentava eu já estava mais tranquila.

Estava sentada em banco que tinha no bar da festa onde serviam as bebidas quando sentir alguém me cutucar. Me virei dando de cara com Liam.

Eu- Liam- falei Feliz,  finalmente alguém que eu conheço.

Liam- me concede essa dança?- estendeu a mão para mim.

Eu- com todo prazer- falei pegando em sua mão.

Fomos para a pista de dança onde tocava uma música lenta. Liam colocou suas mãos na minha cintura e e eu levei minhas para seus ombros, então começamos a mover nossos corpos no ritmo da música.

Eu- eu queria te pedir desculpas por aquele dia na casa do zayn- falei envergonha.

Liam- tudo bem- sorriu- acho que eu entendi o propósito daquele Beijo- riu  fazendo- me rir também.

O clima estava tão agradável até alguém me puxar pelo braço. Mas que saco!

Harry- Vamos embora Collins- ele sempre tem que atrapalhar tudo.

Amy- Já vou- falei seca- Tchau, Liam até qualquer dia- falei lhe dando um abraço e indo atrás de Harry que já estava quase na rua.

Harry entrou no carro e eu fiz o mesmo. Ele ligou o carro e deu partida.

Eu- vai mais devagar, por favor- pedi assustada, pois ele estava dirigindo muito rápido.

Harry- me parece que você não me escutou quando eu disse que era pra usar uma roupa descente.

Eu- o que tem de errado com a minha roupa?- perguntei magoada, pois por mais que eu nunca tivesse usado aquele vestido eu o adorava.

Harry- todos os homens daquela droga de festa estavam olhando para a sua perna- ele socou o volante me assustando.

Eu- me desculpe- falei baixo

O resto do caminho foi em um total silêncio.

 Chegamos na frente a minha casa  então eu desci do carro sem nem me despedir.

Senti Harry me puxar pelo braço e me prensar entre ele e o carro. Ele colocou suas mãos em minha cintura e deu um forte aperto ali.

Eu- me solta, agora - falei brava.

Ele negou com a cabeça. Senti ele roçar seu nariz no meu pescoço e descer uma de suas mãos até onde era a abertura do meu vestido, ele passou a ponta dos seus dedos na minha coxa e deu um aperto forte soltando um gemido em seguida.

Harry- nunca mais use roupas assim- ele falou e eu só escutei o barulho do pano sendo rasgado.

NÃO, NÃO, NÃO. Ele não tinha feito isso.

Harry- Boa noite, senhorita Collins- ele falou me afastando do carro e entrando no mesmo.

Ele rasgou o meu vestido? Não, Isso não pode estar acontendendo, meu pai havia me dado esse vestido.

Ah Harry Styles! você vai me pagar, agora é questão de honra!




Notas Finais


Senhorita anoni Xx.

XoXo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...