História Obsession. - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Romance
Exibições 62
Palavras 1.421
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Uma ótima leitura, Meus amores💕

Capítulo 16 - "Na minha cama ou na sua?"


Fanfic / Fanfiction Obsession. - Capítulo 16 - "Na minha cama ou na sua?"

POV Amy.

Eu- Bom dia, Sr. Styles- falei colocando minha cabeça para dentro da sala dele.

Harry- bom dia, Senhorita Collins- falou sorrindo. E eu entrei.

Eu- desculpa por não bater, é que eu preciso falar com você- falei indo até ele.

Harry- fale- disse me puxando pela mão me fazendo sentar em seu colo.

Eu- bom, hoje depois da minha faculdade a gente vai pro seu apartamento e eu estava pensando em..- não pude terminar pois ele  me interrompeu.

Harry- desculpa amor, mas não vai dar- falou triste.

Eu- não?- falei desapontada.

Harry- eu e Louis vamos ter que viajar para Nova Iorque.

Eu- ah, tudo bem- falei forçando um sorriso- minha mãe vai ir dormir na casa da minha tia hoje- falei desanimada.

Harry abriu a gaveta que tinha em sua mesa e me entregou uma chave.

Harry- é a chave do meu apartamento, você pode convidar a Clar pra dormir lá  com você.

Eu- mas eu posso dormir na minha casa e convidar a Clar- falei.

Harry- Ou, você pode dormir no meu apartamento, assim você lembra de mim- falou dando aquele sorriso que fazia eu perder a cabeça. Foi impossível não sorrir também.

Eu- Eu lembro de você até quando estou no banheiro- falei e comecei a rir do que eu acabará de dizer.

Harry- você é nojenta- falou rindo.

Eu- Eu sei- falei parando de rir- tenho que ir agora- lhe dei um selinho e sai do seu colo.

Harry- Eu e Louis iremos na hora do almoço, a viagem vai ser longa e cansativa- disse apoiando sua cabeça no encosto da sua enorme cadeira- Zayn ficará responsável por tudo, lembre- se, nada de ficar muito perto do Zayn- falou e eu sorri.

Eu- Sim Senhor- disse rindo e saindo dali.

O dia foi cansativo, eram cinco horas da tarde, e só de pensar que eu teria que sair dali e ir pra faculdade me deixava mais cansada ainda.

Sai da empresa e fui para a faculdade. Eu estava totalmente acabada, e pra completar, meu professor passou um trabalho que seria em dupla e era pra daqui a dois dias.

O pior de tudo, era com quem eu iria fazer o trabalho. Zack, esse era o nome da minha dupla, esse menino inferniza a minha vida desde do primeiro dia que eu coloquei meus pés nesse faculdade.

Ele é o tipo de garoto mimado que tem tudo o que quer, inclusive todas as mulheres que ele quer, porém, no primeiro dia de aula quando ele veio dar em cima de mim, eu dei o maior fora nele e foi na frente dos amigos dele, e até hoje por eu nunca ter ficado com ele, ele faz questão de infernizar a minha vida.


Zack- Na minha cama ou na sua?- sussurrou no meu ouvido.

Eu- nos teus sonhos- falei guardando minhas coisas.

Zack- Falando sério agora- falou parando na minha frente me impedindo de sair dali- Onde vamos fazer o trabalho?.

Eu- pode ser amanhã, no apartamento de um amigo meu.

Zack- ótimo- falou sorrindo- é só me passar o endereço.

Anotei em um papel o endereço pra ele   meu número e fui embora.

Cheguei em casa super, Hiper, Mega cansada, e só de pensar  que amanhã eu teria que aguentar o zack, me dava dor de cabeça.

Tomei um banho bem demorado para ver se eu relaxava um pouco, e, até que funcionou. Depois do banho coloquei apenas uma calcinha e uma camisola branca. Me deitei na cama e olhei para o criado mudo onde estava o meu celular, e pensei, por que não ligar pro Harry?.

Disquei o número dele e depois do quinto toque ele atendeu.

Harry- Alô- atendeu o celular com a voz sonolenta.

Eu- Eu te acordei?- perguntei baixinho

Harry- não- respondeu- eu estava acordado.

Eu- sei- falei e ele soltou uma risadinha- já estou com saudades- falei suspirando.

Harry- também estou- disse simplesmente.

Eu- sabe aquele dia que eu bebi demais na casa do Zayn?- perguntei e ele resmungou um "sim"- você me trouxe pra casa e deixou um bilhete dizendo que tinha pegado algo meu emprestado, o que era?- perguntei me virando na cama.

Harry- Sua calcinha- falou rindo baixo.

Eu- Você não presta - falei rindo.

Harry- É uma bela calcinha- falou baixo- eu até trouxe ela- ri com aquilo.

Eu- O professor passou um trabalho hoje- suspirei cansada- vai ser em dupla, e, é para daqui a dois dias.

Harry- Em dupla é?.

Eu- Sim, e para completar, o professor colocou como minha dupla o Zack.

Harry- Zack?- falou já mudando o tom de voz.

Eu- É, ele me odeia sabe, no primeiro dia de aula na faculdade ele deu em cima de mim e eu dei um fora nele, e foi na frente dos amigos dele, ele me odeia desde então.

Harry- Vá até o seu professor e mude de dupla- falou autoritário.

Eu- eu não posso fazer isso- suspirei- vai ser no seu apartamento, vai ser rápido, eu juro.

Harry- Se ele tentar alguma coisa com você, eu juro que mato ele- falou com a respiração pesada. Sim ele estava nervoso.

Eu- ele não vai tentar nada- disse firme.

Harry não falou nada, apenas ficamos em um completo silêncio escutando a respirando  um do outro.

Harry- Amy?- me chamou depois de um tempo.

Eu- Sim- respondi.

Harry- se toque pra mim- Harry sussurrou e eu me assustei.

Eu- O  que?- perguntei sem acreditar- eu não vou fazer isso, quer dizer, eu nunca fiz isso, eu não sei fazer- disse nervosa.

Harry- uma mulher com vinte anos nunca se masturbou?- perguntou e logo após soltou um gemido- vamos lá Amy, eu te ajudo.

Não falei nada.

Harry- tudo bem- falou suspirando- vou desligar- disse, mas eu  impedi que ele o fizesse.

Eu- Não- praticamente gritei- tudo bem, eu... Só preciso que você me ajude- falei e eu sabia que ele estava sorrindo do outro lado.

Harry- você está relaxada?- perguntou e eu resmunguei um "uhum"- fique nua pra mim.

Coloquei meu celular no viva voz e me sentei na cama, tirei minha camisola e minha calcinha as jogando no chão.

Harry- você estava sem sutiã, Amy?-perguntou.

Eu- Sim- sussurrei ouvindo Harry gemer do outro lado da linha.

Harry- coloque um pouco de saliva no seu dedo indicador e no médio- falou e assim eu fiz- agora leve até o bico do seu seio esquerdo e o estimule fazendo círculos em torno dele, e massagei o seu seio direito.

Fiz o que ele disse. E Sim aquilo estava me excitando.

Eu- Harry- gemi ao apertar meu seio um pouco mais forte.

Harry- abra bem as pernas, amor- falou e assim eu Fiz- agora deslize sua mão pela sua barriga até chegar onde nos interessa- falou e soltou um risinho.

Eu- continue- sussurrei.

Harry- você já está molhada?- perguntou.

Eu- Sim- respondi num fio de voz ouvindo ele gemer.

Harry- assim você me faz perder a cabeça- disse num gemido.

Harry- leve seus dedos até a sua entrada e os lubrifique bem- tudo que Harry falava eu fazia- agora toque seu clitóris e faça um carinho nele fazendo movimentos circulares.

Eu- Humm- fechei os olhos e gemi ao começar a me estimular.

Harry- imagine meus dedos no lugar dos seus- falou gemendo- ou melhor, imagine minha língua aí- falou e quem gemeu dessa vez foi eu.

Harry- Hum Amy- gemeu- estou imaginando você aqui, ajoelhada com a boca em torno do meu pau.

Eu- Harry- gemi baixo aumentando a velocidade dos meus dedos ao ouvir aquilo.

Harry- Gemi mais alto, Amy - falou autoritoritario- eu quero escutar quando você chegar lá.

Eu- Meu Deus- gemi alto me contorcendo na cama.

Harry- isso- gemeu- assim- aquilo estava me deixando louca.

Eu- Ohhh- gemi alto fechando as pernas ao chegar no meu limite.

Harry- Isso Amy- Harry falou soltando um longo gemido.

Ficamos assim por um tempo, um escutando a respiração do outro, até que eu resolvi quebrar aquele silêncio.

Eu- acho melhor você ir descansar- disse ainda ofegante.

Harry- Devíamos fazer isso mais vezes- falou me fazendo rir.

Eu- Você vem amanhã?- perguntei com a respiração mais controlada.

Harry- Sim- falou bocejando- no caso hoje- riu- hoje quando eu chegar aí, te levarei para jantar e depois mataremos a saudade, se é que você me entende- falou e eu ri.

Eu- até mais tarde- disse-  Eu te amo- sussurrei.

Harry- Eu também- falou e eu desliguei.

Eu- Vamos dormir Amy, amanhã o dia não será fácil- falei pra mim mesma.



Notas Finais


Senhorita anoni. XoXo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...