História Obsession - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens D.O, Kai
Tags Exo, Kaisoo, Minlyn, Vampiros, Yaoi
Exibições 46
Palavras 1.256
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Fluffy, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, quanto tempo... Bem eu espero de coração que gostem dessa one shot KaiSoo eu demorei dois dias e meio para escreve-lá e deixa-lá do meu jeito com minha assinatura de escrita, que mesmo não sendo uma das melhores tentei deixa-lá mais ou menos.

Também escolhi KaiSoo, porque é meu otp master e faz parte da minha lista de shippers e tals...Ah, também pode haver alguns erros e olhar que eu fiquei relendo 5 vezes mas sempre tem algum errinho escondido e caso achem poderia me dizer para eu conserta? Está narrado em terceira pessoa.

Espero que gostem e boa leitura.


{Fiz quando estava sem internet}

Capítulo 1 - Obsession- Capítulo único


Obsession - Capítulo único 


Do Kyung Soo, apaixonou-se ao dezesseis anos pelo vampiro que iria mata ló... Mas apaixonou-se assim com Kim JongIn também. O que o humano não sabia era que vampiros tem uma forma diferente de amar não é como nos filmes em que a maioria deles são bonzinhos ou carinhos.


Vampiros verdadeiros são obsessivos e possessivos, isso é o que os levam a perfeita destruição. Pois quando amam, os sentimentos tornam-se mais intensos e tudo aumenta.


Mas claro que JongIn explicou muito, não queria se aproximar do humano mas como sempre o destino é cruel... Kyung, queria ser vampiro também mas... O vampiro explicou lhe algo, não muito bom.


-Você ainda é muito jovem  Kyung Soo mas eu vivi muito, vi esse mundo mudar de novo e de novo até chegar ao que é hoje. Quando você vive mais de cem anos acaba se tornando um pouco entediante, o tédio é a coisa mais triste para um vampiro, por isso criamos outros vampiros para passar a eternidade. É muito deprimente pensar em passar a imortalidade sozinho. 


-Entendi...Nini.


-Eu sou um vampiro e vampiros naturalmente já não são seres do bem, mas fazemos tudo pela pessoa que amamos. O meu problema foi fazer coisas demais , o que eu fiz ficou bem longe de um bom relacionamento. Me desculpa, Então por favor , afaste-se de me eu não quero machuca ló.


O humano assentiu, mas mesmo assim insistiu no amor do vampiro e com isso trouxe grandes problemas... Pois o vampiro o arramou na cama com cordas bem grossas, pois uma mordaça em sua boca e mordeu todas às partes de seu corpo que ficaram roxas e vermelhas. 
Quando alguém perguntava por Kyung Soo, o vampiro respondia:


-Ele não está aqui, viajou com os primos e não me disse quando voltaria.


-Okay, certo diga que o LuHan passou aqui para vê-lo.


E todas caíam como crianças... Ah bobinhos sendo enganados por um vampiro, caindo nas mentiras e acreditando em todas elas.


Coitado do pobre humano, apaixonou-se e acabou sofrendo no final. Mas Kyung Soo tinha uma deixar, pois o vampiro lhe disse:


-Irei te desamarrar e você poderá respirar um pouco. Não tente fugir, ou eu irei lhe perseguir. 


-Okay, certo... E muito obrigado, eu acho. 


Essa era a deixar perfeita para o humano fugir e foi isso que fez, fugiu e correu como nunca correra antes. Ficou livre, mas o vampiro o achou e acabaram discutindo... JongIn, pegou o pulso do humano o apertando e depois vendo na face do mais baixo, uma lágrima escapando, o mesmo o soltou e desculpou-se com seu amado...Mas despediu-se do mesmo e como despedida o vampiro lhe disse como despedida.


-Eu vou melhorar e quando eu voltar, iremos ficar juntos hun? Enquanto isso irei falar com você por seus sonhos. 


Kyung Soo, concordou e correu.


Quatro anos depois.......


Kyung Soo foi para sua cama, já tinha feito 19 anos e usava ainda seu famoso pijama de pinguins. Fechou os olhos e adormeceu profundamente...


*Sonho*


Estava em pé e viu uma figura em sua frente logo reconheceu que era Kai ou Jongin.


-Olá Soo, quanto tempo.


-Oi, JongIn.


-Como está? Feliz por ter me afastado de você me fazendo derramar lágrimas e mais lágrimas a noite? Me afasta de você, me tira do seu lado e principalmente me deixar não lhe amar mais?


-Eu só queria te proteger Soo, só queria que ficasse ao meu lado e que me amasse, queria que olhasse só pra mim, amasse só a mim.


-Mas eu só amava você.


-E eu me tornei obcecado, isso não é amor. Demorei tempo demais pra perceber que quebraria você, demorei pra perceber como nosso relacionamento poderia nos destruir, como era venenoso.


-Não acho que nosso relacionamento tenha sido venenoso, sim, você me amarrou e me machucou mas mesmo assim... De um jeito muito estranho, só queria me proteger. 


-Não, eu queria te controlar. Seus pensamentos, tudo, tudo tinha que ser sobre mim. De todos os perigos eu era o pior, fico feliz por ter percebido isso a tempo de te deixar ir.


-Então é isso? Vai acabar desse jeito?


-...


-''Olá Kyung, eu vim te ver pra explicar como nosso relacionamento poderia nos destruir, adeus, viva sua vida feliz sem mim!''


-Soo...


-Eu já sou adulto, mas você saberia se não tivesse simplesmente sumido.


-O que eu poderia fazer? Ficar e talvez te matar pra que ninguém mais pudesse ter você?


-Poderia pelo menos ter dito que estava vivo, uma carta de despedida seria mais fácil de lidar. Por que está aqui? Pra dizer que o que sentia era uma obsessão e nunca foi amor? Obrigada, mas não quero ouvir isso. 


-Eu estou aqui porque ficar sem te ver é o mesmo que não conseguir respirar, eu sinto tanto a sua falta.


-Então volte para casa.


-Não posso, não agora. 


-Por que?


-Me deixe melhorar, não quero ficar com você enquanto for uma ameaça. 


-E quando isso melhora? Como isso melhora? Tem como melhorar? 


-Só me deixei colocar a cabeça em ordem, quero poder te amar sem essa sensação sufocante de querer te controlar.


JongIn falou quase sussurrando, ficaram olhando-se em silêncio por vários minutos. 


-Eu ainda amo você, quero que saiba disso. 


-... Como sempre você é gentil demais, adorável demais. Sei que não mereço os seus sentimentos mas... Obrigado.


-Eu pensei que isso seria mais fácil, te dizer adeus.


-Não é um adeus. 


-Se você puder ter paciência e me esperar melhorar, sem aceitar os pedidos de casamento daquele nojento irritante...


-Como sabe disso?


-Vampiro possessivo, lembra? Eu descubro as coisas facilmente. 


-Heehee, estão estava me espionando.


-Observando a distância, ainda quero te proteger mas não posso me aproximar até ser seguro.


-Eu vou esperar, sem aceitar os pedidos de casamento.


-Promete?


-Promete voltar?


-Sim.


-Eu prometo esperar, o tempo que for preciso. 


-Eu juro que vou melhorar e nunca mais vou te machucar , vamos começar de novo.


-Sim, vamos recomeçar. 

Fim......? 

 


 Um ano depois dos sonhos.........


Depois de um ano Kyung Soo já estava com 20, era um médico exempla estava sentado em sua mesa lendo um livro qualquer até que a porta de seu consultório se abriu revelando.


-Jong..JongIn.


Continuei sentado na cadeira mas observei ele com meu coração disparado. JongIn se aproximou e se curvou com uma mão próxima ao peito. 


-Meu nome é Kim JongIn, estive fora da cidade por um cinco anos resolvendo alguns problemas pessoais. 


O que ele está fazendo? Se apresentado? Não entendo o que ele quer com isso mas...


-E quais eram esses problemas?


Coloquei minha pose e sorriso de médico decidindo seguir com isso.


-Fui mandado para matar um humano mas me apaixonei por ele. 


Senti meu rosto corar um pouco mas continuei sorrindo.


-O que aconteceu?


-Eu me apaixonei demais e perdi o controle sobre minha personalidade e machuquei o humano.


-Tenho certeza que ele te perdoa.


-Ele é muito gentil, tenho certeza que ele vai perdoar mesmo que eu não mereça isso. 


-Então... Por que voltou agora? Posso pergunta onde estava?.


-Para colocar minha cabeça em ordem decidi me afastar do humano e fiquei longe da cidade, fui visitar meus pais. 


-Entendo...


-Mas, agora vamos esquecer isso tudo e recomeça... Tudo de novo? 


-Sim.


-Oi, eu sou Kim JongIn... Um vampiro


-Oi, eu sou Do Kyung Soo... Um humano


Fim.


''Deixei o final a critério de vocês, se quiserem que o Kyung Soo seja vampiro basta imaginar... Se não, deixei ele como humano e faça-o achar uma curar para o vampirismo''



Notas Finais


Espero que gostem {Vai ter versão Jikook}


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...