História Obsession ( Glaad Awards 2017) - Shumdario oneshot - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Magnus Bane
Tags Malec, Shadowhunters, Shumdario
Visualizações 144
Palavras 1.855
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Uma one shumdario só pra ficarmos mais iludidos

Capítulo 1 - You are my obsession


Matt saiu do camarim quando já estava pronto e avistou Esther e Shelby tirando milhões de fotos. As duas sorriam para a câmera e faziam gestos e Matt riu das duas. Matthew pensou em o quão sua vida havia mudado por ter entrado na série Shadowhunters. Ele havia ganhado vários prêmios e hoje mesmo estava concorrendo a alguns graças a seu papel na série. Matthew deveria ser sincero, quando começou a série ele achou que seria apenas mais uma série com personagens normais e que ele faria amigos e sua vida apenas teria algumas pessoas a mais nela.

 

Ele estava errado. A série começou um uma base de fãs enorme e ele ficou empressionado quando viu que seu personagem virou um dos favoritos dos fãs. Ele entendia, Matt amava Alec, de todas as formas. Ele aprendia com Alec todos os dias. Quando ele tomava decisões era inevitável ele deixar de pensar algo como "O que Alec faria?". Ele amava Alec. Matthew amava tudo sobre a série, amava todos os personagens de coração. Amava Clary, amava Jace, amava Simon, amava Luke, amava Izzy e amava Magnus. Magnus acima de todos. Matthew nunca diria em voz alta que Magnus era seu favorito e ele tinha quase certeza que Magnus era seu favorito porque ele era interpretado por Harry.

 

Harry e Matt. Algo que Matt deveria ter mais cuidado. Harry e Matt. Nunca tomavam cuidado. Matthew não tinha medo de ser pego fazendo algo com Harry, os dois já haviam feito várias vezes e eles não eram os únicos. Depois de dois meses ficando com Harry pelas costas de Esther - que ele realmente gostava - ele estava se sentindo culpado demais. Ele chamou Esther para conversar e a mesma também queria falar sobre algo com ele.

 

Foi aí que Matt descobriu a coisa mais louca que já havia ouvido de Esther. Ela chorava e pedia desculpas e Matt não tinha entendido nada pois ela não tinha falado nada mas assim que ela abriu a boca ele ficou sem palavras.

 

- Shelby... - Ela disse olhando para o chão.

 

- Esther o que tem a Shelby? - Ele perguntou sentando-se ao lado dela e passando a mão pelos ombros de Esther tentando acalma-la.

 

- Eu e ela descobrimos sobre você e o Harry... - Matthew olhou para o chão abismado.

 

- Esther... Eu sinto muito. Eu iria falar isso para você agora mesmo...

 

- Matt...

 

- Eu não queria te magoar eu juro é só que Harry... Ele... Ele é... - Ele tentava falar algo mas parecia que sua situação apenas piorava.

 

- Matt eu...

 

- Eu sei que eu sou um idiota e eu sou doido por você Esther, você sabe disso mas Harry... Eu não sei... Droga, eu gosto dele também... 

 

- Matt eu e a Shelby transamos! - Esther gritou nervosa e Matthew parou de falar. Ele não conseguia falar nada. Esther continuou - Várias vezes. Você saia com o Harry e nós ficamos sozinhas... E aconteceu, ela é diferente...

 

Matthew riu. Riu alto. Riu muito alto. Esther o olhou e logo depois estava rindo juntamente com ele.

 

E assim havia começado. Shelby e Esther. Matt e Harry. Eles gostavam, os quatro gostavam e eles estavam felizes com isso. Não era algo que todos entendiam, mas era bom. Matthew achava que agora passava mais tempo ao lado de Harry do que passava ao lado de Esther e ela não parecia se importar com isso, ela tinha Shelby.

 

Matthew parou de pensar quando viu Harry chegando e sorriu para todos na sala. Daqui a uma hora eles iriam fazer uma live no Facebook e Harry estava impecável. Eles estavam no camarim do Glaad Awards que era uma premiação para shows e filmes com conteúdo LGBT. Matthew queria que Harry lhe fodesse ali mesmo, e como ele queria. Harry olhou as pessoas em volta e por ter pessoas em volta ele apenas sorriu para Matt e beijou Shelby. Os quatro sentaram-se para conversar.

 

- Shelby, querida seu vestido está amaçado aqui em baixo - Esther falou direcionando o dedo para o quadril da mulher.

 

- Arruma para mim então - Shelby disse maliciosa e Matt e Harry riram. As duas ficaram conversando - e flertando, muito - e Matthew se aproximou de Harry e disse em seu ouvido.

 

- Você não está com vontade de ir ao banheiro? - Harry sorriu maliciosamente para Matthew fazendo Matt sentir arrepios por todo o corpo. Ele queria Harry dentro dele agora mesmo.

 

- Matthew... Ano passado nós quase fomos pegos! Você teve que dizer que estava me ajudando com o calçado! - Harry disse rindo mas ele se levantou. As duas garotas sorriram para eles.

 

- Não demorem, vocês tem a live. - Esther disse enquanto pegava a mão de Shelby e saia do local com ela. Matthew concordou com um aceno de cabeça.

 

- Mas eu aposto que o boquete ficou bem melhor pra você sabendo que tinha outras pessoas no banheiro - Matthew falou continuando o assunto. Harry revirou os olhos e puxou Matt pela gravata. O banheiro estava vazio e ambos sorriram.

 

- Você sempre se supera - Harry falou e em seguida estava beijando Matthew sem cuidado algum, como ele gostava. Suas línguas brigavam com força e Matthew tentava controlar seus gemidos mas era impossível com Harry lhe beijando enquanto começava a abrir a sua calça com força. Sempre com força. Matthew já estava duro e Harry adorava isso nele.

 

- Caralho Harry - Matthew falou. Harry tirou sua roupa e quase rasgou a camisa de Matthew quando tirou a dele.

 

- Se você rasgar minha roupa eu ficarei mostrando meu corpo para todo mundo - Matthew falou. Harry mordia e lambia o pescoço de Matthew querendo deixar marcas e Matthew gemia incontrolávelmente sentindo a mão de Harry entrar por dentro de sua cueca e masturba-lo. Com força.

 

- Ah claro que não. Não iríamos querer todo mundo olhando o que é meu. - Harry falou enquanto violentamente virou Matthew contra a parede e distribuiu vários beijos pelas costas do homem. - Você é meu, não é Daddario?

 

- Só seu Harry - Esse era o tipo de juras que ambos diziam quando estavam a sós e que ninguém nunca iria saber. Os dois sabiam que não era apenas atração sexual que ambos tinham um pelo outro, mas era um segredo apenas dos dois e ninguém nunca iria saber. 

 

Harry tirou a cueca de Matthew e o virou de frente para ele e o beijou na boca fazendo ambos sentirem gosto de sangue. 

 

Harry parou de beijar Matthew para olha-lo nos olhos. Os olhos de Matthew brilhavam de desejo e ele era uma visão do paraíso para Harry.

 

- Eu estou tão apaixonado por você Daddario. - Harry sussurrou.

 

- Eu sei Harry, eu sinto o mesmo. 

 

Harry sorriu e beijou o pescoço de Matthew com força e Matthew gemeu.

 

- Empina pra mim Daddario - Ele disse com a voz rouca. Matthew se virou contra a parede e fez o que Harry pediu. Sempre faria. - Se você gemer, eu vou te bater. Você sabe como funciona, eu sei que gosta.

 

Matthew sorriu.

 

- Me fode logo Harry, vou perder a paciência - Harry riu e colocou seu pênis na entrada de Alec mas não o penetrou, o provocou. Matthew empinava a bunda cada vez mais querendo ter mais contato com o pênis de Harry. - Por favor Harry... Eu quero você dentro de mim, me fode Harry.

 

- Ah você quer isso baby? - Harry o penetrou com força e Matthew gemeu alto sentindo Harry completamente dentro dele. Matthew começou a se mexer pare frente e parar trás e gemeu alto. Harry bateu na bunda dele forte, Matthew gemeu e Harry bateu novamente.

 

- Estou achando que você gosta de apanhar - Harry disse e em seguida saiu de dentro de Matthew apenas para entrar novamente nele indo forte e fundo. Matthew gemeu alto e recebeu mais um tapa na bunda. Ele amava a violência de Harry.

 

Harry mexeu seu corpo com força entrando e saindo de Matthew várias vezes. Harry entrava fundo em Matthew e saia e entrava novamente em um ritmo louco que fazia Matthew gemer alto e levar vários tapas na bunda. 

 

Harry continuava mexendo-se em Matt forte do jeito que Matthew gostava.

 

- Caralho... Mais rápido... Harry - Matthew disse entre gemidos e Harry gemeu alto ao ouvir a voz dele derramando prazer.

 

Harry saiu dele e Matthew soltou um gemido de raiva. Harry novamente o provocava colocando seu pênis perto da sua entrada mas não penetrando-o.

 

- Harry, me fode... Por favor - Harry riu. Harry era fraco por Matt e sabia que não havia como resistir a ele.

 

Harry penetrou Matthew novamente. Matthew sentiu Harry completamente dentro de si e uma lágrima caiu seu rosto enquanto Harry continuava o penetrando forte e indo fundo.

 

Harry saiu de dentro de Matt e sentou-se na tampa da privada. Matthew sabia o que fazer.

 

- Rebole em mim Daddario, do jeito que eu gosto. - Matthew nem precisou dizer nada. O som dos gemidos dos dois ecoaram no local quando Matthew sentou em Harry.

 

O corpo de Matt mexia-se para cima e para baixo, para frente e para trás e Harry agarrava sua bunda fazendo-o ir mais fundo. Matthew deixou sua cabeça cair para trás sentido Harry dentro de si repetidamente, forte e rápido.

 

Harry perdeu a cabeça e levantou da privada. Harry prensou Matthew contra a parede e continuou a penetra-lo. O ritmo estava mais rápido do que antes e agora ambos não conseguiam controlar os gemidos altos que escapavam. Harry penetrava Matthew com força fazendo Matthew quase gritar no banheiro, eles não estavam ligando pra nada mais além deles mesmos.

 

Harry estocou com força dentro de Matthew atingindo seu ponto. Harry e Matthew gemeram alto quando Harry deu uma última estocada. Forte e fundo. Os dois se desmancharam.

 

Os corpos suados e respirações descontroladas. Eles estavam uma bagunça.

 

Os dois esperaram alguns minutos e depois se levantaram - ainda com as pernas tremendo - e começaram a se vestir.

 

Harry notou que Matthew estava com dificuldade de arrumar sua gravata e riu dele.

 

- Merda, por que isso é tão difícil? - Matthew disse com raiva de sua gravata.

 

- Vem cá - Harry puxou Matthew pelo cós da calça e colocou suas mãos no pescoço do homem e com cuidado arrumou sua gravata. Matthew olhava para os olhos de Harry o processo inteiro.

 

- Harry? 

 

- Sim.

 

- Aquilo que você disse... Sobre... Você sabe... - Harry sorriu e pensou. Do que adiantaria continuar mentindo para si mesmo?

 

- Era verdade Matthew, mas isso é o nosso segredo, okay? - Harry falou enquanto o olhava nos olhos.

 

- É claro. Nosso segredo. Só nosso. - Matthew sorriu.

 

- Só nosso.

 

Harry beijou Matthew - dessa vez com delicadeza - e sentiu as mãos dele indo ao encontro de sua cintura. O beijo calmo fez o coração de ambos acelerarem.

 

- Vem, temos uma live para fazer - disse Matthew saindo do banheiro com Harry logo atrás de si.


Notas Finais


Boa noite kskskkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...