História Obsessive Passion - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Personagens Originais
Tags Luta, Romance, Trafico
Exibições 151
Palavras 1.092
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Foram dois meses, isso! Dois meses bastante frustantes para mim, mas felizmente consegui dar a volta por cima e hoje posso continuar a escrever para vocês, perdoem a ausência mas foram coisas difíceis que passei e precisei de um tempo, quem me conhece sabe como chego aqui toda animada e empolgada para manter contato com vocês, esse tempo me serviu para me organizar, espero que ainda estejam comigo.

Capítulo 52 - Be Okay


Fanfic / Fanfiction Obsessive Passion - Capítulo 52 - Be Okay

- Já está tudo pronto! –Paul disse seco ao entrar no escritório de Justin, onde todos já se preparavam-

- Vamos terminar isso de uma vez –Justin falou engatilhando a arma e saindo na frente de todos-

Ryan, Chaz, Chris e Paul saíram logo após do escritório, assim que passaram pelas escadas encontraram uma Maya incrivelmente linda. Com um vestido longo floral e uma trança caída de lado por cima dos ombros, seus negros cabelos destacavam em sua pele branca feito neve, ela estava radiante aos olhos dos garotos, até de Chaz também mas principalmente os de Justin e Paul.

- Já vão? –disse a moça enquanto descia as escadas com cuidado por conta do vestido, seu coração estava apertado pelo o que eles iriam fazer-

- Não, só estamos fazendo um teste antes –Chaz ironizou revirando os olhos-

- Sim, já vamos! –disse Justin mais sério, olhando para ela-

- Tem certeza que precisam fazer isso? –disse assim que chegou ao piso- eu não estou sentindo algo bom em relação a isso –disse mordendo sua bochecha um pouco nervosa-

- Não se preocupe Maya, vai dar tudo certo –Paul tomou a frente e abraçou ela de lado, Justin ignorou aquilo e saiu dali para fora-

- Tudo bem... –ela abaixou os olhos um pouco triste ao ver o rapaz se afastando-

- Deixe bolo pra mim, principalmente aquela bandeja recheada de kibe –Chris falou sorrindo e lhe dando um abraço também- voltamos  logo –piscou para ela e saiu com Chaz-

O rosto de Maya era pura aflição, seus dedos seguravam e soltavam a lateral de seu vestido toda hora, um tique adquirido pela situação.

- Hey, menina! –Paul tomou o rosto de Maya em suas mãos- somos grandinhos, não precisa se preocupar –sorriu ele de uma forma encantadora que o coração de Maya chegou a palpitar-

- É disso que tenho mais medo –sorriu pelo nariz e Paul também-

- Preciso ir –disse olhando para fora e vendo todos já entrarem dentro dos carros- quero bolo também! –brincou ele olhando de volta para ela-

- Tomem cuidado, e se possível cuida deles também.

- Em especial a alguém?

Ela apenas abaixou o olhar consentindo.

- Ele não merece! –disse decepcionado deixando ela sozinha pela sala-

Aos poucos os convidados foram começando a chegar, o pai de Jazzy e Jaxon e provavelmente pai de Justin havia acabado de chegar. Já se passava das 16 horas quando Sophie chegou com as crianças, Jazzy entrou tão feliz que não percebeu nada de diferente, por mais que a festa fosse na parte de trás da casa.

- A tia Sophie é muito legal tia Maya, ela deixou a gente tomar um sorvete de 3 bolas, depois brincamos na caixa de areia e até o Jaxon comeu areia –ela deu uma gargalhada e Jaxon acompanhou- ai depois ela deixou a gente tomar banho na fonte.

- Na fonte? –perguntou em pânico-

- Sim! –eles gritaram feliz e Sophie começou a rir, foi então que Maya percebeu eu eles estavam molhados-

- O que você tem na cabeça sua louca? –brigou ela com Sophie que ria o tempo todo-

- Minhas lindas madeixas loiras –disse jogando os cabelos para o alto, Maya fez cara feia pegando nas mãos das crianças-

- Vamos tomar um banho, e você –apontou para Sophie- venha me ajudar –ela revirou os olhos e acompanhou ela-

A roupa de Jazzy já estava pendurada no cabide junto com a de Jaxon, os dois iriam se vestir à caráter, Jazzy vestida de princesa e Jaxon vestido de príncipe.

- Você está tão bonita Maya, vai pra uma festa? –Jazzy perguntou enquanto lavava seus cabelos sozinha, não era mais preciso que alguém desse banho neles, apenas teria que ter alguém para observar-

- Não... apenas vamos... brincar –inventou ela enquanto pegava a toalha-

- Mais brincadeiras? Oba! –ela deu um pulo no chuveiro o que fez meu coração acelerar com medo que ela pudesse cair-

- Não pule! Vamos logo princesa, já está bom.

Jazzy estava linda vestida naquele vestido, seus cabelos já estavam quase secos depois de Maya ter enxugado um pouco no secador para colocar a coroa brilhosa em sua cabeça. Jaxon entrou correndo no quarto correndo já vestido, sua coroa estava tampando seus olhos o que a fez rir quando ele parou ao meu lado ajeitando melhor em sua cabeça.

- Sophie é gostosa! –ele disse do nada fazendo os olhos de Maya arregalar e logo a loira entrar no quarto-

- O que foi? Eu só tomei banho de calcinha e sutiã com ele –ela já estava com outra roupa-

- Eu não vou nem comentar –disse ficando de pé uma vez que estava abaixada na mesma altura da garotinha.

Descemos as escadas e quando cheguei na porta dos fundos da cozinha tampei os olhos de Jazzy, ela resmungou mas acabou deixando quando lhe disse que era parte da brincadeira, assim que abri a porta todos gritaram em coro ”surpresa” ela olhou pra mim e depois observou tudo aquilo com um enorme sorriso e assim correu para abraçar seu pai toda contente.

Jeremy me mostrou ser uma pessoa bastante legal, me apresentou quase todos os convidados sem falar da sua ex mulher que se chamava Erin, ela era super simpática e tinha algumas tatuagens espalhadas pelo corpo bem... Digamos que “criativas”

- Onde está Justin? –perguntou o homem que seria seu pai, seus olhos mels e uma barba mau feita delineava seu queixo, seu braço também era coberto por tatuagens mas não o deixava deselegante, o genes Bieber era realmente algo incrível em relação a beleza.

- Ele... Teve que dar uma saidinha com os garotos... Negócios –disse por fim sem graça, levantando da cadeira que estava sentada- acho que ele não chegará a tempo –deu de ombros juntando as mãos na frente do corpo- vou pegar um pouco de refrigerante, aceitam? –perguntou aos outros que estavam também na mesa junto a ele, todos negaram e assim saiu-

Maya segurou firme o telefone em suas mãos nervosa, sua indecisão sufocava ao ponto de lhe deixar suar de agonia, com a outra mão ela enrolava o gancho nervosa do telefone, tirou e colocou de volta cerca de quatro vezes na linha até desistir. Respirou fundo e molhou seus lábios secos, seu celular estava encima da mesa e no mesmo estante que ela virou para olhar uma mensagem havia chegado ao seu celular, o nome escrito fez seu coração palpitar antes mesmo de abrir aquela mensagem em que o nome referente era "Justin Bieber".


Notas Finais


O que será que vem nessa mensagem?????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...