História Odeio Meu Chefe - Kim Taehyung - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Eunwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jinjin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, MJ, Moonbin, Personagens Originais, Rap Monster, Rocky, Sanha, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Tags Kim Taehyung
Visualizações 34
Palavras 1.921
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiieee ❤

Capítulo 2 - - AMIGO ? AMIGO ! -


Fanfic / Fanfiction Odeio Meu Chefe - Kim Taehyung - Capítulo 2 - - AMIGO ? AMIGO ! -

Já haviam de passado uma semana desde que aconteceu aquilo comigo e com o Sr. Kim , graças a Deus ele ainda estava fora e isso me deu sossego pois não sabia como reagir diante dele , mas isso estava prestes a acabar pois ele irá voltar amanhã.  

-(S/N) venha até aqui por favor - Suk me chamou -

-Sim , onde você está?  - perguntei descendo as escadas - 

-Na lavanderia - fui até ela -

-Pois não?  -

-Tem um homem querendo te ver -

-Homem ? Que homem ? - perguntei confusa -

-Mediano , cabelos azuis e parece um açúcar de tão branco - sorri ao ela falar isso e  ela me olha - Conhece ? - colocou a mão na cintura -

-Sim conheço , onde ele está?  - perguntei eufórica -

-Está  no jardim dos fundos -

-Obrigada Suk  - dou um beijo na bochecha dela e vou correndo pra lá - 

Olhei pela porta de vidro e o vi , estava com uma calça de couro preta , uma jaqueta da mesma cor e uma bota coturno , ou seja , um gótico das trevas trevosa  . Abri a porta e fui até ele , o mesmo estava de costa e não me viu chegar , tentei não fazer barulho para não chamar atenção do mesmo , cheguei  mais perto e tampei  seus olhos com minhas mãos , cheguei perto do seu ouvido e sussurrei . 

-Quem é ? -

-Talvez uma garota chata , baixinha e que eu o único motivo para eu ter vindo visitar ? - tirou minhas mãos - Oii baixinha linda - me abraçou -

-Oii Oppa - retribui o abraço - Que saudades - nos separamos -

-Também , você não foi mas me visitar , então vim te ver - 

-Você sabe que eu trabalho muito e não tenho tempo de sair - no separamos -

-Seu chefe precisa te dar uma folga -

-Nem me fale , mas então .. está tudo bem ? -

-Ah , to indo - coçou a nuca - E você -

-Sinceramente ? Tô acabada , não aguento mais limpar essa casa -

-Vem - puxou minha mão e nos sentamos no balanço que tem ali - Vire-se de costas para mim -

-Pra que ? -

-Confia em mim ? -

-Sim Suga , confio -

-Então vire-se -

-Aish okay - me virei - O que vai fazer ? - 

-Apenas relaxe - começou a massagear meu ombro - Esta tensa -

-Te disse - fui relaxando e ele foi descendo - Aí não - me levantei -

-Por que ? -

-Cócegas - 

-Volta aqui e para de besteiras - me sentei novamente e ele começou de novo , mas dessa vez não senti cócegas quando ele desceu as mãos - Melhor ? -

-Melhor - parou de fazer - Ah não , continua -

-Não , desse jeito você vai dormir e não iremos conversar -

-Okay Yoongi , okay - me virei para ele - Novidades ? -

-Bom .. - corou -

-Min Yoongi corado ?  MEU DEUS QUE MILAGRE , JESUS ESTÁ VOLTANDO SÓ PODE ! -

-Aish (S/N) para -

-Quem é a garota ? -

-Como você sabe ? -

-Esse é o único jeito de você corar , e então .. quem é ela ? -

-Não posso contar , pelo menos não  agora -

-Tá de brincation com my face ? Sempre que eu gostava de alguém você era o primeiro a saber , e agora não quer me contar de quem gosta ? Isso é uma puta sacanagem Yoongi , puta sacanagem ! - me levantei -

-(S/N) entenda , eu não sei se ela irá corresponder , não posso garantir -

-Esta aí uma diferença de nós dois , mesmo que eu não tendo certeza sempre te contei e te conto até hoje ! -

-Aé ? Então me diga uma coisa que eu não sabia e que você escondeu -

-Nunca te escondi nada -

-Ah não ? Nem que você já teve um caso com a Dahyun ? -

-Isso é diferente -

-Diferente como ? -

-Eu nunca gostei dela e outra , como eu ia te contar se estava bêbada ? Me poupe -

-E o seu chefe ? -

-O que tem ele ? - 

-Não teve nada com ele ? - abaixei a cabeça - Esta vendo , você não me conta tudo -

-Não tive nada com ele -

-Certeza ? Porque parceria que sim - olhei para ele e seus olhos estavam marejados -

-Não tive nada com ele , foi ele quem me beijou -

 -Sabia - se levantou e foi em direção a árvore e encostou a cabeça -

-Por que está chorando ? -

-Não entendeu ainda que você é a garota ? - fiquei perplexa e não consegui falar - Por isso não queria falar -

-Me desculpe Suga , não quero te iludir mas também não posso deixar de falar a verdade , sei que machuca mas com o tempo se acostuma , ou tentamos -

-Não fale isso -

-Tenho que falar , está doendo em mim também , você é um ótimo amigo e vai achar uma garota que te faça feliz -

-Esse é o seu problema , está sempre querendo jogar sua consciência pesada nos outros , você não entende que a única garota que eu quero é você ? - abracei ele por trás e o mesmo segurou a minha mão - Não sinta pena -

-Não chore por mim -

-Como não ? Se você é a pessoa que eu amo e não sou correspondido ? -

-Eu te amo , mas não do mesmo jeito , sinto muito -

-Não peça desculpas é pior -

-Sabe que não gosto de te ver chorar , o que eu posso fazer para te deixar mais calmo ou até mesmo te alegrar um pouco ? - olhou para mim -

-Um beijo , só isso que lhe peço -

-Não posso , isso seria um jeito de te iludir -

-Pelo menos me iludo feliz não acha ? -

-Não tem graça -

-Eu sei , mas é a verdade -

-Não sei não .. posso te machucar mais com isso e não é legal -

-Entendo , eu vou indo , se cuida - passou por mim sem fazer nada , nem mexeu em meu cabelo , até entendo seu lado , não é nada fácil ser rejeitado até por uma ... amiga -

-Suga espera - segurei sua mão - 

-O que foi ? -

-Eu .. eu te dou um beijo - sorriu - Com duas condições -

-Quais ? - 

-Primeiro : não vai ficar no meu pé ; e segundo : vamos ter a mesma amizade de antes de tudo isso acontecer , combinado ? -

-Combinado - se aproximou de mim colocando suas mãos em minha cintura e eu passei meu braço por seu pescoço - Obrigada -

-Não agradeça - sorri - Mas enfim , vamos logo ao que interessa oi ficaremos enrolando a manhã inteira ? -

-Não sou de enrolar -

-Aham , sei - sorri - Agora vem aqui senhor albino - 

-Não me chame assim , não tenho culpa de ser tão branco -

-Mas também não faz nada para ganhar uma cor -

-Aish , depois eu que enrolo -

-Talvez sim , talvez não , talvez também - foi me levando para trás até que eu uso encostei na árvore - 

-Besta - foi se aproximando até que nossos lábios se encontraram , começamos um beijo lento mas com certa vontade , e ao final do beijo nos separamos com ele mordendo meu lábio inferior -

-Satisfeito ? -

-Não -

-Não ? -

-(S/N) , me desculpe mas eu preciso de mais que um beijo -

-Do que está falando ? -

-Eu quero você - 

-Esse não era o combinado -

-Vai me dizer que não quer - sussurrou em meu ouvido me fazendo arrepiar -

-Certeza ? - começou a beijar meu pescoço -

-N-Não - 

-E tão você também quer ? - aquela hora não estava mais conseguindo raciocinar -

-Quero - ao dizer isso ele deu um chupão no meu pescoço e eu soltei um gemido manhosa -

-Ótimo - 

Começou a me beijar novamente mas com mais desejo , com mais intensidade , como se estivesse esperando isso a muito tempo , confesso que já tive uma queda por ele mas passou assim que ele começou assim namorar Seulgi . Ele segurou em minha coxa direita e a corou do lado de seu quadril e pressionou sua intimidade na minha fazendo seu membro duro apertar a minha me fazendo gemer baixinho durante o beijo , só paramos o beijo pela bendita (sqn) falta de ar .

-Não podemos fazer isso aqui -

-Por que não ? - 

-Suk pode nos ver -

-Não ligo -

-Mas eu sim -

-Aish , onde é seu quarto ? -

-Lá em cima - 

-Vamos para lá , mas antes -

-O que ? -começou mais um beijo necessitado e só nos pegamos quando escutamos alguém gritar -

-SOLTE-A AGORA MESMO ! - 

MERDA SENHOR KIM , TINHA QUE APARECER LOGO AGORA ? 

-E se eu não quiser ? O que vai fazer ? - apertou mais uma vez minha coxa para provocá-lo -

-Terei que tomar providências - falou se aproximando - Solte ela agora mesmo -

-Suga por favor -

-Só porque você pediu - soltou minha perna com delicadeza - 

-Obrigada - falei -

-Quero você fora da minha casa - 

-E se eu não for -

-Já disse que serei obrigado a tomar previdência -

-Suga vai , eu ficarei bem -

-Certeza ? -

-Sim -

-Eu não teria tanta certeza - Sr. Kim sorriu de forma debochada e maliciosa para provocá-lo também -

-Esta ameaçando ela ? - Yoongi cerrou os punhos -

-Quem avisa amigo é -

-Ora seu .. -

-Suga para , vá embora prometo ficar bem , não quero briga e nem perder o meu emprego -

-Vou por você - me deu um selar rápido - Te ligo mais tarde - quando estava saindo Sr. Kim deu um soco no mesmo o fazendo cambalear para trás - Vai se arrepender - partiu para cima dele e deu um soco em sua boca a fazendo sangrar -

-Idiota ! - Kim falou e quando ia pra cima dele eu intervi -

-NÃO ! CHEGA OS DOIS ! - empurrei um para cada lado - Vai logo Yoongi - fui empurrando ele até a saída - Vai , e cuide de seu rosto para não ficar em ematoma - 

-Tá , até de noite - me deu outro selar e saiu -

Soltei um suspiro pesado e encostei a cabeça na porta e comecei a pensar em como ia me explicar para o ele . Fui tirada de meus pensamentos quando o mesmo arranhou a garganta e me fez o olhar .

-Olha Senhor Kim , me desculpa de verdade , não foi a minha intenção fazer isso .. - ele fez um gesto para mim parar -

-Foda-se (S/N) , que isso não se repita mais por favor - se virou - Só me diga uma coisa .. por que ele ? -

-Como assim ? -

-Existem tantos homens e você escolheu justo ele ? -

-Tipo quem ? - 

-Deixe pra lá , agora vá fazer seus serviços - 

-Sim Senhor - passei por ele tensa , quando ia subir as escadas escuto o mesmo grunhir baixinho - O que foi ? -

-Nada - passou a mão no lábio que estava sangrando -

-Espero só um minuto - desci as escadas novamente e fui até a lavanderia pegar o kit de primeiros socorros e voltei para sala e me sentei do lado dele - Vai arder um pouco - passei o remédio e eu apertou a minha perna - Eu avisei -

-Não foi por isso que a apertei -

Continua ...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...