História Odeio te amar - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Kris Wu, Lu Han, Sehun, Tao
Tags Chanbaek - Hunhan
Visualizações 28
Palavras 1.400
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá... Eu sei... MESES sem atualizar
Peço mil perdoes por isso.

LEIAM AS NOTAS FINAIS.

Capítulo 6 - O que aconteceu?


Luhan’s pov

 

Acordei sentindo meu corpo dolorido, meu estomago se revirava e com muito esforço, abri os olhos. Me lembrei da noite passada e olhei em volta do quarto, estava sozinho, sorri para eu mesmo, pois já sabia que isso iria acontecer. Me levantei e comecei a colocar minha roupa rapidamente.

-É claro que ele iria embora. O que eu queria? Um príncipe? Ele só queria uma transa fácil. – comecei a falar sozinho quando ouvi um barulho, até então eu não havia percebido que o quarto era uma suíte.

-Bom dia. – Sehun saiu do banheiro com o cabelo molhado e apenas uma toalha na cintura, não sabia que seria tão constrangedor olhar para ele depois do ocorrido.

-B-bom dia, ontem... Foi muito bom, mas eu já tenho que ir. – ele continuava me olhando sem expressão e eu senti que iria chorar a qualquer momento. – Droga, eu esqueci do Baekhyun.

-Espera, onde você vai? – ele ia se aproximar, mas eu apenas peguei minha camiseta do chão e fui para a porta.

-Não precisa dizer nada, eu sei que fui só uma noitada e eu acho que tava bêbado demais. – minha visão estava embaçada e ele mais uma se aproximou.

-Luhan, espera... – não ouvi o que ele falou e fechei a porta com força e sai correndo, ainda precisava encontrar o Baekhyun.

 

Baekhyun’s pov

Eu estava sentindo muito frio, abri os olhos e percebi que estava dormindo no chão e pior, sem camisa. Sentei no chão e olhei em volta, senti minha cabeça rodar e havia várias pessoas dormindo do meu lado, alguns estavam piores que eu, outros estavam jogados no próprio vomito. Nojento! Foi entendo aos poucos o que tinha acontecido e percebi que estava no meio da sala, ouvi um barulho e fiquei assustado, a pessoa apareceu e começou a vasculhar o lugar, depois de muito calcular e força minha visão, percebi que o Luhan.

-L-Luhan. – minha voz estava horrível e extremamente rouca.

-Meu Deus Baekhyun. – ele veio correndo e me ajudou a levantar. – Você dormiu no chão, que horror. – ele começou a rir de mim.

-N-Não ri, pelo amor o que aconteceu com minha voz?

-Isso é o que acontece quando se mistura música alta com bebida gelada.

-Eu preciso achar minha camisa, ‘to morrendo congelado. – andamos pela sala e nada, fomos até a cozinha e achei minha camisa pendurada na geladeira, com a ajuda de uma cadeira, eu consegui pegar.

-Pronto, vamos embora. – Luhan estava com a voz estranha e quando finalmente saímos da casa, eu pude ver melhor.

-Lu, seu rosto está todo vermelho, você chorou não é? – ele me olhou e do nada começou a chorar. – O que aconteceu?

-Eu transei com  o Sehun.

-Não acredito, foi por isso que eu não ti encontrava em lugar nenhum. – ele afirmou e começou a limpar as lagrimas.

-Quando eu acordei estava sozinho na cama, eu não sabia que o quarto tinha um banheiro e ele estava tomando banho. Eu fiquei morrendo de vergonha e sai correndo, eu estava tentando me acalmar em um banheiro e depois eu fui te procurar.

-Entendi, mas o que ele ti disse quando ti viu?

-Não sei, eu não deixei ele falar. – fiz minha melhor cara de indignação e olhei para ele.

-Como assim? Você passou meses stalkeando o menino, transa com ele e nem ao menos ouvi o fora que ia levar. – comecei a ri e ele voltou a chorar.

-Eu não estava stalkeando ele. E não quero ouvir nada dele, ninguém mereci, já estou feliz que a foda foi boa. – sorri malicioso para ele.

-Então quer dizer que ele é bom de cama? – ele me olhou extremamente vermelho.

-O que aconteceu com o meu amigo? Por que isso que ‘ta do meu lado, com certeza não é o Baekhyun.

-Não sei, minha cabeça dói e eu só falei.

-Me conta, como foi a noite? E como está sendo sua primeira ressaca? – ele me abraçou de lado e eu sorri.

-Bom, eu lembro de ter ficado com o Lay e depois de ficar dançando na sala e não sei o que mais aconteceu.

-Entendi, vamos logo pra casa, eu quero pegar wi-fi e saber das tretas de ontem.

-É principalmente eu.

 

Fomos andando até a minha casa, com um Luhan bipolar do meu lado, ele não sabia se chorava ou se ficava feliz pela noitada.  Assim que chegamos, minha mãe ainda dormia e então fomos para o meu quarto para continuar com a conversa.

-Então, já tem alguma coisa? – perguntei curioso.

-As mensagens ainda estão chegando, vamos para o facebook. – pegamos o notebook e sentamos na cama.

-Meu Deus, tem vídeo que foi feito ao vivo. – Luhan falou um pouco desesperado.

-Vamos ver.

Dito isso começamos a assistir e eu logo comecei a me arrepender. Eu ouvia perfeitamente minha voz, eu não cantava a musica, eu berrava.

-Já sabemos o que aconteceu com a sua voz. – ele começou a ri e bati no seu braço.

O vídeo estava sendo feito pelo Chen, ele era da minha sala mais eu nunca conversei com ele. Ele andava pela sala e falava coisas aleatórias e as vezes cantada a música de fundo.

-Lu olha isso aqui. – apontei para um canto do vídeo, ele pausou e quase teve um ataque.

-Eu não acredito nisso. MEU DEUS EU QUERO MORRER. – no vídeo dava pra ver perfeitamente ele e Sehun se pegando em um canto e logo em seguida subindo as escadas. Não aguentei e comecei a ri.

Depois de levar uma bronca e do mini ataque do Luhan, voltamos a assistir o vídeo. Chen andava animadamente pela casa, em um momento eu apareci do lado dele (completamente bêbado) e gritando que amava dançar e para piorar minha situação eu o beijei.

-Não acredito que eu fiz isso. – enfiei minha cara no travesseiro.

-Pelo jeito alguém passou o rodo na festa. - joguei o travesseiro na cara dele.

-Cala a boca.

Continuando o vídeo, vimos vários casais, muita bebida  e já havia pessoas passando mal. Chen foi para a piscina e começou a gravar com os meninos, o vídeo ficou um bom tempo nisso, até que ele entrou e foi para a cozinha pegar bebida e eu estava lá. Eu estava enchendo um copo e Lay estava do meu lado e passava a mão na minha bunda, eu reclamei muito que estava com calor, quando o Lay começou a me agarrar e arrancou minha camisa a jogando pela cozinha, todos começaram a gritar e Chen mandava a gente ir para um quarto.

-Você não senti nenhuma dor no quadril ? Vai que você transou e não lembra? – Luhan perguntou e puder perceber que não era pra me zoar e assim preocupação.

-Não, está tudo ok. Eu dormi na sala mesmo.

O vídeo durou mais alguns minutos e nada de tão interessante aconteceu, algumas meninas davam PT enquanto as amigas tentavam ajudar, estava tudo uma bagunça quando o vídeo acabou.

-Pelo jeito essa festa vai dar o que falar. – falei me deitando e olhando para o teto.

-Já deu o que falar. – ele disse enquanto lia as mensagens e eu queria morrer de vergonha, tinha sido o assunto da festa e provavelmente o assunto da semana na escola.

Depois de muitos chiliques fomos para cozinha tomar café e minha mãe estava acordada, conversamos sobre tudo que havia acontecido e ainda levei bronca por ter bebido demais. O domingo foi tranquilo e Luhan só foi embora de noite.

 

*

 

A semana passou rápido e eu havia sido o assunto, muita gente começou a conversar comigo e eu me sentia bem, era um pouco desconfortável quando algumas meninas viam falar comigo, mas me acostumei logo e tudo corria bem, até Kris não encheu o saco.  Luhan corria do Sehun de todos os modos possíveis, mas no final da tarde de sexta, o chinês não teve outra saída, no fim das contas eu já sabia o que acontecia. Sehun também gostava de Luhan e nenhum tomava coragem para nada, ainda bem que eles se resolverem e agora namoram. E eu, bom, depois de ter ficado com o Lay na festa, fiquei envergonhado e com um pouco de medo, mas ele nem se “importou” muito, disse que havia sido legal e que queria que fosse mais vezes para as festa. Chen me ignorou e eu também fingi que nada aconteceu, posso dizer que agora que tenho a vida de um adolescente normal.

 

Continua.

 

 

 


Notas Finais


O capitulo ficou um pouco mais curto que o normal... Mais aconteci que eu quero que vocês vejam a mudança na personalidade do Baekhyun, a fanfic vai avançar logo.

Eu não sei quantos capitulos vão ser, mas vai ser longa essa fic... Oq quero dizer é que vou aproveitar o tempo que vou estar de ferias e pretendo lançar capitulo novo quase todos os dias... Meu objetivo é que essa fic estava terminada até o mês que vem...

Enfim... Sem atrasos dessa vez.

~Espero que gostem e até o proximo capitulo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...