História Odeio Te Amar - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Kpop, Originais
Exibições 11
Palavras 1.465
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Fluffy, Romance e Novela, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiee~
Demorei mais do que esperava, sorry. Foi por preguiça mesmo, admito.
Não tenho muito oq falar, ok?
Desculpas os errinhos e tals ^-^
Boa leitura '~'

Capítulo 3 - ☆Three☆


Fanfic / Fanfiction Odeio Te Amar - Capítulo 3 - ☆Three☆

Depois de comermos, deixei que JungKook e Taehyung subissem e eu arrumasse a cozinha. Yoongi ficou sentado terminando de comer.

Enquanto eu andava de um lado pro outro tirando a louça da mesa, pude sentir que ele me encarava.

- Annie. - senti meu corpo gelar quando falou meu nome do nada, até porque quase sequer olhávamos um para o outro.

- Fala. - continuei levando algumas tigelas para a pia.

- A Sayuri. Ela tá bem? - Yoongi disse com um leve tom de mágoa na voz, esqueci de citar, mas ele e Sayuri namoraram há 3 meses atrás, ainda são "amigos", porém sempre que estão juntos rola climão.

- Sim. - soltei um riso soprado - Como sempre. Eu acho pelo menos. Você conhece ela tão bem quanto eu. Terminou? - pergutei me referindo à tigela que estava em suas mãos. 

- Ah, sim. - estendeu-a para mim, quando fui pegar, segurou meu pulso, o que me fez gelar internamente, foi algo inesperado - Não deixe ela se magoar. Por favor. 

- T-Tá. - POR QUE EU GAGUEJEI MANO - Vou terminar de lavar a louça, pode ir com os meninos. - ainda segurava meu pulso com aquele olhar magoado, era estranho vê-lo assim. Seria maldade se eu disse que estava com medo?

- Yoongi. - Taehyung apareceu na entrada da cozinha olhando confuso para a cena que via - O Jeon tá te chamando pra gente terminar aquele anime logo. E perguntou se você vai mesmo dormir aqui.

- Ok. - soltou meu pulso, deixando marcar vermelhas na minha pele onde havia segurado - Já vou subir. - se retirou da cozinha.

- Precisa de ajuda Nii? - Taehyung era o único que eu deixava que me chamasse assim, além de meus pais e JungKook.

- Na verdade não. - falei enquanto esfregava onde Yoongi havia segurado na intenção de tirar a marca vermelha - Só vou terminar de arrumar a cozinha e procurar alguma coisa pra fazer.

- Vou te ajudar. - falou pegando a tigela de Yoongi que ainda estava em cima da mesa - O que estavam conversando? Se é que vocês já tiveram uma conversa de verdade. 

- Nada de interessante. Ele só me fez uma pergunta. Mas porquê? Está com ciúmes? - segurei o riso, me inclinei olhando para seu rosto abaixado - Você tá corado. Ownts que fofo. - apertei suas bochechas - Não precisa ficar com ciúmes TaeTae. - abracei-o pela sua lateral, encostando minha cabeça em seu peito pela nossa diferença de altura, por um segundo tive a impressão de que seu coração estava acelerado - Meu coração é só seu meu amor. Vai lá assistir o anime, ou sei lá o que vocês estão assistindo. - quando o mesmo estava quase saindo chamei-o novamente - Vocês vão mesmo dormir aqui? - concordou com a cabeça e saiu.

Terminei de arrumar a cozinha cantando algumas músicas e dançando. Eu pareço uma pata vesga dançando. Mas quem liga, não é? 

Já estava começando a escurecer e minha mãe ainda não tinha chegado. Enquanto secava minhas mãos ouvi o telefone da sala tocar, corri até lá resmungando por ter que correr pra atender uma bosta de telefone.

- Alô. - falei sem o menor ânimo. 

- Filha. - era minha mãe - O JungKook está aí? 

- No quarto dele com o Tae e o Min Yoongi. Eles estão bem.

- Ótimo. Amanhã é final de semana e depois é feriado. Conhecendo essa turminha, eles vão ficar aí em casa até que o feriado acabe. Annie, eu e seu pai vamos aproveitar o feriado para podermos adiantar a viajem da agência. Vamos ficar mais uma semana fora.

- Ah não, mãeee. - fiz voz de choro ao telefone - Vocês mal voltaram da última viagem. E eu não quero ficar com o Kookie.

- Para de reclamar logo Annie. Cuida do seu irmão pra mim.

- Tá bom. Vou me esforçar. 

- Obrigada. Te amamos.

- Também te amo. - ouvi o telefone desligar na outra linha e coloquei o mesmo em seu lugar.

Subi as escadas e passei em frente a porta do quarto de JungKook, a mesma estava aberta.

- Kookie. - encostei na parede de dentro do quarto - Primeiramente, que quarto escuro gente. Segundo, abaixa esse volume, querem ficar surdos?? E por fim, …

- Com quem você estava falando? - Kook me perguntou curioso.

- Devia estar falando sozinha, ela é doida. - ouvi Yoongi sussurrar para Taehyung que soltou um riso fraco.

- Se você tivesse esperado que eu acabasse de falar. - não sei porque, mas me senti tão superior nessa hora - A mamãe ligou e falou que ela e o papai vão viajar por uma semana pra resolverem algumas coisas da agência, vão aproveitar o feriado pra adiantar um pouco.

- E quem vai ficar no comando? - arqueou as sobrancelhas. 

- Eu né. - joguei o cabelo por trás dos ombros - Sou a mais responsável daqui. E a mamãe já sabia que os meninos iam dormir aqui até o feriado acabar. Então me deixou tomando conta de vocês. 

- Mas o único crianção daqui é o Taehyung. - JungKook disse provocando o amigo que estava jogado no puff do lado da cama, onde estava sentado.

- EI! Não sou criança. - Tae cruzou os braços e fez bico.

- Vai cholar nenê? - JungKook provocou-o novamente, fazendo voz de alguém que estaria falando com um bebê, recebendo um tapa na perna em resposta.

- Kookie. Para de mexer com o TaeTae. - dei uma bronca nele.

- É Jeon. - Yoongi disse - Pare de mexer com o TaeTae. - imitou minha voz.

Revirei os olhos e quando estava quase saindo do quarto ouvi Taehyung me chamar:

- Annie! Vem assistir com a gente! - sorriu, eu amava o sorriso dele, tão fofo - O Jimin e o Hoseok vão chegar daqui a pouco, a gente vai assistir um filme de terror e pedir pizza.

- Vocês vão todos dormir aqui?! - perguntei surpresa.

- Sim. - Yoongi disse com uma expressão séria sentado ao pé da cama com as pernas cruzadas.

- Mas então, você vem? - Tae me perguntou com um olhar de "VEEM POR FAVOOR".

- Tá. - ri.

- Ela ia vir de qualquer jeito. Só pela pizza. - JungKook reclamou. 

- Para de ser chato. - saí mostrando a língua para meu irmão. 

Entrei no meu quarto e me joguei no meio das cobertas, acabei me tocando de que não havia arrumado as coisas depois que Sayuri foi embora, ela bagunça minha cama inteira toda vez que vêm aqui. Tomei banho e coloquei um pijama de panda que tinha acabado de ganhar. Fiquei lendo com o barulho da chuva que caía do lado de fora - melhor trilha sonora que você pode pedir -, até que ouvi a campainha tocando e Kook pedindo para que eu fosse atender. Deixei o livro no criado mudo e fui atender a porta.

Ao abrir vi um Jimin e um Hoseok molhados entrando rapidamente, tirando os sapatos na entrada e largando as mochilas, que eu julgava ter suas roupas para os outros dias, no chão.

- Annieee... - Jimin choramingava fazendo bico.

- Park Jimin e Jung Hoseok! O que vocês tem na cabeça de vir aqui nessa chuva assim descobertos?! Tão querendo ficar doentes em pleno feriado?! Vocês estavam aonde?! Dando o cu?! Não podiam ter levado guarda-chuvas?! - gritei com os dois que fizeram bico na hora, como duas crianças levando bronca - Tá, tudo bem. Vou levar vocês até os banheiros e depois pego uma roupa do Kook pra vocês dormirem.

- Mas a gente trouxe outraa roupas… - Hoseok começou a falar, mas o cortei.

- As mochilas de vocês estão molhadas e provavelmente as roupas também. Vocês pretendem vestir elas assim? 

- Você parece minha mãe. - Jimin resmungou ainda com bico. 

- Enquanto vc ficar aqui vai ser tipo isso, você acostuma. - falei - Vamos pros banheiros. - puxei os dois subindo as escadas. Deixei Hoseok no banheiro do corredor e Jimin no do meu quarto. Corri para o quarto de JungKook e abri seu guarda-roupa e peguei camisetas e shorts.

- Ei! Não te dei esse direito. - Kook reclamou.

- Posso pegar? - revirei os olhos - Afinal, são para seus amigos. 

- Leva.

- Você está começando a parecer com Yoongi. É a convivência. - falei e saí antes de ouvir uma resposta.

Fui até o banheiro que Hoseok estava e como ele já estava com o chuveiro ligado, deixei a roupa na porta e saí.

Quando cheguei em meu quarto bati na porta do banheiro esperando que Jimin respondesse.

- Pode entrar. - ouvi sua voz do outro lado da porta - Eu já acabei.

Abri a porta e não havia ninguém lá. 

- Oi. - Jimin saiu de trás da porta me abraçando por trás, fazendo com que eu me assustasse.

- O-O que você está fazendo? - perguntei. 


Notas Finais


Acho que é isso ^-^
Ficou bom? Espero que sim ^-^
Deixa aqui sua opinião, sugestão e tals.
Obrigada por ler e até o próximo capítulo '~'
KISSUS '3'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...