História Ódio e algo mais - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Dipper Pines, Mabel Pines, Personagens Originais
Tags Billdip
Visualizações 169
Palavras 1.153
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OI, desculpa ter sumido, sinto muito, a preguiça tava de mais. Mas já voltei
Esse cap foi escrito as pressas, e eu não dei uma lida então... desculpem pelos erros
Leiam as notas finais ok

Capítulo 28 - Encontro


Fanfic / Fanfiction Ódio e algo mais - Capítulo 28 - Encontro

                -HA HA HA, nada não, acho que ate foi bem para uma primeira vez ! Bill me lembre de colocar alguns animes e mangas yaois para você ver depois, você tem que aprender um monde de coisa aff, e você me deve um boquete, e eu irei me lembrar disso !
 
                 Bill não disse nada, também, não entendeu nada do que Dipper avia tido. Apenas abraçou o mesmo e dormiu. Dipper Pegou a coberta e jogou em cima dos dois, Dipper ate pensou em uma revanche, mas seus pais poderiam chegar a qualquer momento, e isso seria problemático.
 
 
                  Logo os dois estavam dormindo tranquilamente.
 
                  Enquanto isso, Nanda e Mabel, acabara de chagar em casa, com varias sacolas em mãos.
 
                   -Eu levo isso pra cima, você traz alguma coisa pra gente comer, que eu estou morrendo de fome._ Disse Nanda enquanto pegava as sacolas na mão de Mabel, que ia para a cozinha.
 
                  Subindo as escadas, ela se perguntou como teria sido o encontro dos meninos. E teve a brilhante ideia de ir chama-los para assistir alguma coisa. Indo em direção a porta do quarto de Dipper, estava destrancada, e a abriu lentamente. Ficou alguns minutos em choque, pensando em varias coisas ao mesmo tempo, encarando Dipper e Bill abraçado pelados na cama, enquanto dormiam. Como amiga ela estava preocupada, e orgulhosa " Finalmente perdeu a virgindade" "Amem", "Mas tinha que ser com um demônio ?" " Bem ele sempre gostou de ser o diferentão".
 
                  -Nanda, já esta na hora de tomar cafe sabia. Não acha melhor esperarmos nossos pais chagarem, para comer tudo mundo junto ?_ Sugeriu Mabel no pé da escada, assustando Nanda, que fechou a porta rapidamente, mas sem fazer barulho, e foi para o quarto de Mabel.
 
                 -Pode ser._ Respondeu guardando as coisas que avia trazido.
 
                 -Que tal chamarmos o Dipper ?_ Perguntou indo ate o quarto do irmão, Nanda rapidamente, foi para sua frente. "Ela ainda não esta pronta para isso".
 
                 -O Dip tá dormindo, deixa ele, vamos ter uma noite de meninas, que tal ?
 
                 -Dip ?_ Perguntou Mabel desconfiada. "Merda"
 
                  -Só vamos, temos que arrumar as coisas também._ Disse arrastando Mabel para seu quarto.
 
 
...................................................................................
 
                 Dipper acorda com o alarme tocando, 06:00. Ele fica encarando seu celular por um certo tempo, então olha para o lado, Bill dormia calmamente, e babando um pouco. Dipper não pode não sorrir com aquela cena, "Tão fofo".
 
                 Dipper pegou seu celular, e apontou a câmera para Bill, que dormia tranquilamente.  "Pronto, registrado".  Depper se virou para outro lado e começou a pensar, na noite que tinha tido, "Um sonho" "Quem diria em ? Bill Cipher, o demônio das mentes" " Bem é melhor eu começar a me arrumar, ou vou chegar atrasado". 
 
                 Assim que Dipper tentou levantar, sentiu uma pontada de dor em seu quadril que o fez ir de encontro ao chão. 
 
                 -Caralho, que merda. AH ah... isso doí, droga tinha esquecido disso._ Dipper tentava se levantar, para voltar para cama, mas não conseguia de jeito nenhum, e por causa da dor, não parava de xingar, o que acabou acordando Bill.
 
                 -Dipper ? O que esta fazendo ai ?_ Perguntou se levantando e indo para perto de seu dono, o ajudando a si levantar, e colocando-o na cama.
 
                 -É culpa sua, não vou conseguir ir para a escola assim._ Respondeu Dipper já deitado novamente, de lado.
 
                 -Não vejo problema nenhum nisso._ Afirmou Bill com um sorriso no rosto, se aproximou de Dipper e o beijou, um beijo bem calmo.
 
                 -Hum, ok... então vamos ficar em casa.
 
                 -Sim!!!!!_ Bill apenas se jogou na cama novamente, e apertou fortemente Dipper em seus braços.
 
                 -Bill, sabe que as meninas vão vir aqui pra chamar a gente né ?_ Bill apenas suspirou em resposta.
 
                 -Posso criar uma ilusão nossa, que vai tomar café, depois ir para escola, mas... isso tá muito trabalho.
 
                 -Ou podemos só dizer que não estamos com vontade de ir hoje.
 
                 -Você falta ?
 
                 -Não é por que eu sou inteligente que eu amo ir a escola. Principalmente com aquele bando de valentões idiotas. 
 
                 -Nossa.
 
                 -MAS. Eu preciso de um banho, e ao que parece, não consigo andar direito, então... se responsabilize. 
 
                 Dito isso, Bill levou Dipper ao banheiro, e o ajudou a se limpar, e Dipper depois de muito brigar, conseguiu convencer a Bill, a tomar banho também( Verdade seja dita, ele teve que ordenar, isso depois de o ameaçar). Os dois estavam pelado no banheiro, Dipper sempre se apoiando em Bill, que o ajuda com tudo.
 
                 Depois que se limparam, voltaram para o quarto para se vestir, e de novo, Bill apareci com uma roupa que Dipper nunca avia visto, mas ficava ótima no demônio.
 
                  -Dipper ? Você tá acordado ?_ Perguntou Mabel do corredor, do outro lado da porta.
 
                  -Sim, ah, Mabel avisa pros nossos pais que hoje não vou para escola. Não estou me sentindo bem._ Mabel abriu a porta do quarto assustando Dipper, que tinha acabado de terminar de se vestir "A porta não estava trancada ?"
 
                  -Ah, bom dia Mabel. 
 
                  -O que que você tem ?_ Perguntou Mabel preocupada.
 
                  -Ah nada, só um pouco desanimado, acho que é só indisposição mesmo.
 
                  -Tem certeza que Bill não fez nada ?
 
                  -NÃO!!!!! Quer dizer, não é nada, estou bem, é bom faltar as vezes, você e Nanda podem ir sozinhas hoje.
 
                  -Ir pra onde ?_ Perguntou Nanda entrando no quarto.
 
                  -O Dipper dize que não vai para a escola hoje. Aposto que Bill vez alguma coisa._ Respondeu Mabel, encarando Bill com uma cara seria.
 
                  -Também acho._ Sussurrou Nanda, mas por sorte, Mabel estava concentrada de mais em Bill, mas Dipper escutou. - Bem, não tem jeito, vamos.
 
                  -Que, tão fácil. De jeito nenhum, não vou deixar meu irmão sozinho com esse demônio.
 
                  -Mabel. Eu.Não.Vou.Sozinha.Para.Escola._ Disse Nanda seriamente.
 
                  -Ue falta também.
 
                  -Mabel eu não sei se você sabe, mas as suas notas não são as melhores da sala, e marcamos de ir para a biblioteca, depois que as aulas terminassem para estudarmos pro teste de matemática de amanha. Você vai sim !!!! Sem discutir._ Dito isso, Nanda começa a arrastar Mabel para fora do quarto, pro andar de baixo.
 
                   -Bem, acho que podemos ter um pouco de paz agora e tam-
 
                   -Dipper quero ir a um encontro com você!_ Bill interrompe Dipper, o  deixando um pouco confuso.
 
                   -Um encontro ?
 
                   -Sim.
 
                   -Hoje ?
 
                   -Agora!
 
                   -Pra onde vamos ?
 
                   -Para um lugar divertido, tenho certeza que você vai gostar.
 
                   -Tá bom, vamos. Bem acho melhor eu trocar de roupa certo ?_ Dipper foi então ate seu quarta roupa, mas antes de abri-lo, Bill falou novamente.
 
                   -Não precisa, essa esta boa._ Dipper estava com uma calça azul escura bem folgada, e uma blusa vermelha de manga sem detalhes. 
 
                  -Tem certeza, posso colocar algo mais apropriado. 
 
                  -Sim, tenho, pro lugar que vamos, você não precisa estar bem vestido.
 
                   -E a onde nos vamos exatamente ? 
              
 
 
                                  Leiam as notas finais. Aviso importante.
 
 
 
 
 
 

Notas Finais


OI gente, vamos comemorar os 100 favoritos !!!! Demorou mais chegou, o especial, sera dividido em duas parte. Na primeira, vou responder perguntas suas, sobre mim, e sobre os personagens, e também sobre a fic, Já podem deixar as perguntas aqui viu. A 2 parte eu vou... escolher alguns, não sei quantos, talvez uns 3 ou 4, não mais de 5, personagens que vocês vão criar, ele vão ser, amigos do Dipper, ou da Nanda, ou Mabel.... Ou podem ser demônios também, sim, poderão ser vilões, se vocês quiserem, ou eu querer.

Mas, isso fica pro próximo cap, e eu acho que quando chegarmos em 150( Que tá bem perto) Vou fazer outro especial, que vai ser interagindo com vocês também. Mas, por enquanto, deixem suas perguntas/duvidas aqui ok... no próximo cap já vou querer os personagens.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...