História Offering You Evil - Sekai - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Exo, Hunhan, Laytao, Offering You Evil, Sekai, Susoo, Xiuchen
Exibições 56
Palavras 236
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, então nós falamos nas notas finais, até lá, boa leitura.

Capítulo 2 - Cãopeta


Offering You Evil.

– ZELO, VENHA AQUI AGORA!

Gritou Sehun, de forma autoritária, logo sendo obedecido, pelo menor, que sorria de forma angelical.

– o que, significa aquilo no seu quarto?

O garoto, sorriu de forma inocente, como se não tivesse feito nada e segurou o ursinho, estendendo os braços na direção do pai.

– eu no fiz, nada papai.

Sua voz infantil, não saiu tão enrolada como o normal, já estava aprendendo com a falar direito, com dois anos, já é um garoto esperto, que consegue se livrar das estrepolias que faz.

– não? Então, quem foi?

Sua voz saiu ameaçadora, se sentando com o menor, no sofá o apertando em seus braços.

– o Bang.

– EU NÃO FIZ NADA! SEU CÃOPETA!

O grito de Bang, foi escutado da cozinha, logo saindo de lá um garoto baixo, se seta anos, com a boca toda suja de bolo de chocolate.

– não me chama de Cãopeta!

Rebate o outro, inflando as bochechas, cruzando os braços e fazendo um biquinho fofo.

– chamo mesmo, iai vai ter o que?

O desafia, como se não tivesse medo do menor, mais sabia que teria que ficar atento depois desse episódio.

– papai, ele tá me chamando de cãopeta!

Se vira pro pai, com os olhos chorosos, abraçando o pescoço do mesmo e sorrindo diabolicamente pra Yongguk.

– os dois calados e parece de sorrir, parecendo um demônio Junhong!


Notas Finais


Bom, os primeiros capítulos não serão grandes, mais com o tempo ficaram maiores, eu escrevi aqui rapidinho e postei, então até o próximo jujubas.

Se gostaram, favoritem e comentem, me ajuda a saber se estão gostando e se devo continuar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...