História Oh Dectetive - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Crime, Cyber Crime, Hoseok, Jhope, Mistério, Policial
Visualizações 47
Palavras 1.324
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - X


Fiquei raciocinando um pouco, tinha tanta coisa sobre os meus próprios parceiros que eu não sabia nada. Mo e Yoongi ligados a Deep Web e S/n trabalhando no Médico Sem Fronteiras. Pessoas que eu nunca desconfiaria de nada, mas que no final são muito mais do que todos pensam. 

-Opa cheguei. - Yoongi anunciou abrindo as duas portas de metal. - S/n? O que aconteceu com ela. - Yoongi foi até a S/n e ficou acariciando o rosto dela. 

-Jin não te contou? 

-Não. Ele teve que ir correndo para casa, a minha mãe chamou ele para cozinhar porque ia ter um jantar importante lá em casa. Mas vamos ao que é importante, o que você quer na Deep Web? 

-Eu queria saber sobre a S/n, ou Snowflake, tanto faz. 

-Ah tá, ela é bem famosa. Eu reconheci quando você a trouxe pela primeira vez, ela é bem mais do que falam na internet. É legal conhecer gente famosa ao vivo, você percebe que eles nunca são o que dizem. Tem uma página dela aqui, olha. 

Yoongi digitou rapidamente vários códigos e deixou em uma página cinza com um Snowflake escrito bem grande em cima. O mais velho pegou uma cadeira e sentou perto de mim. 

-Bom aí está, uma biografia sobre ela. 

-Ela sabe disso? 

-Faço a mínima ideia, á Deep Web é um lugar muito estranho. Alguém pode ter seguido ela ou ter stalkeado ela. 

Comecei a ler a biografia sobre ela e eles sabiam realmente tudo sobre ela. Yoongi estava realmente cagando para mim, só quando aparecia alguma coisa brilhante e chamativa na tela do computador que ele tirava, provavelmente era algum vírus ou anúncio de coisas proibidas. Mas de resto ele só ficava olhando para a S/n ou para o celular. 

-Tá acho que terminei tudo, como você tem uma conta na Deep Web? 

-Eu tenho um amigo ele se chama Jimin e ele é um dos melhores hackers que eu já conheci. Ele pode fazer tudo o que você quiser na internet, a S/n chegou a conhecer ele só que de acordo com ele um filha da puta roubou ela dele. Da última vez que eu fui a casa dele ele tinha algumas foto com uma garota e agora eu reconheci que era ela, sei lá eles deviam ser amigos. 

-Esse cara deve ser louco. 

-Ah ele é um pouco, mas nada psicopata. 

-Ai que dor. - ouvimos uma voz feminina no fundo e olhamos para a S/n que se levantava. - Onde eu estou? 

-S/N. - corri até ela e a abracei. 

-AI AI AI AI AI HOSEOK TA DOENDO. 

-Desculpa...Eu só...Desculpa. - eu me separei dela rapidamente. 

S/n

Ele estava se sentindo culpado por ter me abraçado, dava para ver pelo olhar dele até eu estava me sentindo culpada por gritar com ele só por causa daquele olhar de cachorrinho abandonado. 

-Ei tá tudo bem. O que aconteceu? 

-Você foi sequestrada ontem. 

-Essa parte eu lembro, mas como eu cheguei no necrotério? 

-Ah, o sequestrador te jogou na frente do café e Hoseok te trouxe para cá e o Mo fez um exame. – Yoongi veio para perto e me ajudou a descer. 

-Um exame bem invasivo. – Hoseok rosnou. 

-Como assim invasivo? 

-Eu tive que lhe despir, mil perdões senhorita S/n. – Mo entrou no necrotério assustando todos. 

-Mas para que isso Mo? 

-Eu tinha que ver se a senhorita não tinha nenhum hematoma, foi tudo para o seu bem eu juro. Mas devo admitir que a senhorita tem um belo corpo. 

-MO. – eu gritei envergonhada e cobrindo os meus seios por mais que eles estivessem vestidos. 

-Desculpe, mas eu tinha que comentar. 

-É eu não posso discordar com o Mo S/n você tem um corpo muito bonito. – Yoongi comentou. 

Senti as minhas bochechas queimarem e eu sai correndo dali, subi as escadas de dois em dois e ouvi alguém gritar meu nome ao fundo. 

-Cacete me deixa, seja lá quem for. 

O chato para porra, como havia denominado o dono daquela voz, pegou o meu pulso com muita força, me virou com tudo me fazendo cair nos braços do chato para porra que me segurou firmemente. 

-Como você é teimosa, quando alguém te chama você deve prestar atenção. Me ouviu? 

-Sim. - olhei para cima e vi quem era o chato para porra vulgo Hoseok. - Por que não um surpreende você sair gritando? 

-Ei você tá bem? 

-Não, eu não estou bem. Eu quero chorar, mas eu não vou me permitir. 

-Você sabe que segurar choro faz mal né. Pode chorar, você é um ser humano. - ele percebeu que eu não iria chorar então me tirou de seu aperto, me colocando de pé no degrau a sua frente. - Vem comigo. 

Ele me pegou de novo pela mão e praticamente me carregou até o seu carro só que ele repensou e chamou um taxi. Entramos no taxi, Hoseok indicou o endereço e o carro saiu andando pelas ruas de Seul, ainda era de tarde e não dava sinal de que ia anoitecer daqui a pouco. 

-Para onde nós vamos? 

-Beber. 

-Beber? Mas- 

-Cala boca - ele me cortou. - agora você não opina em nada, só bebe. E é melhor você me obedecer porque eu sou seu oppa, traduzindo eu sou mais velho. 

-Nossa senhorzinho, quer ajuda com a sua dentadura? 

-Aish. - ele ameaçou me dar um tapa e eu ri. 

Ele foi dirigindo até chegarmos em frente a um lugarzinho de madeira, nós entramos e ele cumprimentou os garçons. 

-Nossa que famosinho esse detetive. 

-Eu venho aqui com frequência, só isso. 

-Nossa que alcoólatra esse detetive. 

-Não é isso garota, eu gosto da comida daqui só isso.  

Ele pediu uma garrafa de soju e uma garrafa de água. O garçom trouxe dois copos, Hoseok colocou soju para mim e água para ele, nós brindamos e eu tomei o meu soju em um gole até porque o copo era relativamente pequeno. 

-Depois não reclama quando eu te trazer para beber ok. 

Eu fiquei tomando copo atrás de copo, mas não tinha graça quando só um estava bêbado então quando o mais velho foi ao banheiro eu troquei o copo do Hoseok com o meu e a partir daí que bebia soju era ele e quem bebia água era eu. Não demorou muito para ele ficar bêbado também. E devo admitir foi a melhor parte do meu dia estar meio bêbada com o Hoseok, ele ficava tão fofo de bochechinhas vermelhas e eu iria lembrar de boa parte disso. 

-Sabe S/n você é muito linda e tem uma boca maravilhosa, sabe quantas vezes eu tive vontade de te beijar? 

-Não. - falei meio boba pelo efeito da bebida. 

-Várias e digo mais eu já te beijei. 

-Ah é sério, onde nos seus sonhos? 

-Não, no seus. - ele riu e eu tentei o encarar de um jeito sério. - Você estava alucinando com um tal de Namjoon e no final que te beijou fui eu. - ele bateu no peito orgulhoso e sorriu como se tivesse alcançado a maior conquista do mundo, mas depois ele deitou a cabeça na mesa. 

Eu chamei um taxi para nós e carreguei o Hoseok até o veículo, tentando cambalear menos que o mais velho. Quando nós dois finalmente estávamos no carro já a caminho da casa do detetive ele deitou a cabeça no meu ombro e começou a sussurrar com uma voz tão grossa e profunda me fazendo questionar a minha sanidade. 

-Você é tão linda S/n, imagino na minha cama, gemendo meu nome. Você gosta disso, não gosta S/n? E quer saber, eu to doido para te fuder em cada canto daquela casa até os vizinhos decorarem meu nome. 

Senti minha intimidade pulsar e meus pelos do corpo arrepiarem. Eu já não estava nas minhas perfeitas condições e ainda tinha esse ruivo maravilhoso na minha cola me excitando e eu poderia muito bem retribuir, afinal nada me impedia. Certo?


Notas Finais


TA SENTINDO O HOT?
TA SENTINDO O HOT?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...