História Oh Ladys! (BTS) - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Hentai, Jimin, Jin, Jungkook, Originais, Rap Monster, Suga
Exibições 87
Palavras 1.630
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Mistério, Orange, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente! Mais um cap. Olhem as NF. Assuto ok?
Boa leitura.

Capítulo 19 - A garota do parque ou uma nova amiga?


Fanfic / Fanfiction Oh Ladys! (BTS) - Capítulo 19 - A garota do parque ou uma nova amiga?

         ~Janghishi on~
Acordei meio zonza.

Olhei para o teto esperando passar, logo passou, olhei para a Jennie na outra cama.

Ela estava com vários papéis higiênicos em seu lado, várias sacolas de gelo e um algodão.

Ela estava toda desengonçada na cama, estava com o rosto manchado e a coberta estava um pouco vermelha.

Pera...

Era sangue?!

-JENNIE!! NÃO!! NÃO SE VÁ!! NÃO MORRA!!- Gritei saindo da minha cama e correndo para a dela a balançando brutalmente.

-Janghishi para! PARA!- Ela abriu os olhos. -Carai eu não estou morta não!

-Ufa!- Suspirei aliviada.

-Porque você achava que eu estaria morta?- Ela perguntou. Logo apontei para a sua coberta suja.

Ela arregalou os olhos e jogou as cobertas embaixo da cama.

-Isso está sujo de... bebida que eu peguei ontem.

-Mas não tem nenhuma bebida vermelha dessa cor na casa, Jennie.

-Ah Janghishi, foda-se! Eu sujei de sangue! Ta! Satisfeita?

-Aiin não precisa ser mal comigo.

-Não estou sendo mal, você que está sendo chata.
-Como você sujou a coberta de sangue?

-Depois te explico.- Revirei os olhos.

-Então ok.- Me levantei e fui me arrumar em seguida.
Tirei meu pijama e pantufa e botei meu macacão preto e branco o de urso.

Fiz uma trança no meu cabelo e botei um laço vermelho para amarrar.

Quando olhei para Jennie ela estava com um vestido folgado. Meu vestido.

-Porque não esta usando um short? Você odeia vestidos e esse vestido é meu.- Falei.

-Eu sei que odeio, mas é preciso.

Dei de ombros.

Desci as escadas em direção a cozinha e logo não tinha ninguém la.

Aproveitei para fazer alguma coisa.

Logo peguei da geladeira ovos, tomates, alface, carne e arroz e tempeiros na prateleira.

Cortei os tomates em seguida a alface e depois a carne que era um filé mignon.

Botei o arroz em uma panela para esquentar e acrescentei alguns temperos, logo outra panela para a carne e outra para o tomate e a alface.

Depois da salada ficar boa, peguei uma tigela e a coloquei dentro, logo o arroz quente e em seguida a carne em cubinhos.

E pus na geladeira pois eram 6:10 da manhã.

Quando fui fechar a porta da geladeira, do um pulo de susto com Tae na minha frente.

-Bom dia flor.

-Bom dia Tae.

-Porque não me chama de algo descente?

-Como assim?- Falei sentando na cadeira da mesa, cortei um pão e passei manteiga.

-De uma coisa carinhosa, eu te chamei de flor.- Ele sentou do meu lado.

-Ai meu Deus. Não está bom, Tae?

-Não.

-TaeTae Mozão!- Eu ri.

-Esquece. Tae ou V ok?

-Sim senhor.

Mordi o pão e botei minha outra mão na mesa, logo ele botou a dele em cima da minha.

-Eu estou preocupado com você, amor.

-Que? Porque?

-Suga me falou que você tinha visto coisas no cemitério quando foi ver seus pais.

-Ele te falou?

-Claro que sim né! Você é minha namorada e eu tenho que saber das coisas que acontecem com você... Agora me conte o que você sente.

-Olha Tae.- Suspirei-Desde que meus pais morreram, eu vejo coisas que naturalmente não existem! Eu estou com medo!

-Calma...- Ele me abraçou.- Eu estarei aqui para o que precisar. Por favor confie em mim.-Assenti, mesmo sabendo que ele não poderia me ajudar.- Olha, será que a gente pode ir na psicóloga amanhã?  Eu não quero que isso aconteça de novo. Você sai de si quando isso acontece e me deixa extremamente preocupado...

-Esta bem. Eu estou precisando ir mesmo.

Tae sorriu e me beijou, levantou e foi saindo da cozinha, logo vi alguém chegar perto dele.

Arregalei os olhos e corri.

-SAI DE PERTO DELE!- Eu iria bater na pessoa, mas ela sumiu num piscar de olhos o que me fez cair no chão.

-SHI!- Tae gritou.- Shi, ai meu Deus!

Ele me balançou e eu comecei a chorar.

-Eu estou bem agora Tae.- Falei.- Obrigada por me ajudar.

-Janghishi... o que você viu?

-Uma mulher querendo te pegar, mas ela sumiu...

-Janghishi...- Ele me abraçou com força, me tirando do chão e ficando de joelhos no mesmo.- Eu não sei o que houve, mas, eu estou muito preocupado, por favor... fique do meu lado...- Senti uma coisa molhada tocar meu ombro. Tae estava chorando? Nunca vi ele chorar antes.- Eu tenho medo de te perder por conta de seus problemas.

-Tae... eu não tenho problemas, eu sou normal...

-Eu sei, eu creio que sim... Eu te amo muito...- Ele ainda chorava.

-Também te amo Tae... mas você está me apertando!

-Ops, foi mal.- Ele riu me soltando.

Seu rostinho estava vermelho e seus olhos cheios de lágrimas.

-Não chora meu príncipe.- Falei limpando uma lágrima fugitiva.

-Certo, vou lutar para não chorar, princesa.

Logo dei um selinho nele e Jennie desceu andando meio desengonçada.

Eu e Tae rimos.

-Parem de rir de mim! Seus bando de baleia. Eu não tenho nada de mais!- Jennie gritou.

Escutamos passos na escada e eu e Tae nos levantamos. Era Yoongi. Ele estava com sua cara de sono como sempre.

Jennie arregalou os olhos e saiu de sua frente correndo desengonçada.

Logo em seguida Hope.

-Bom dia cambada.

-Bom dia J-Hope.- Respondemos rindo.

Depois Rap Mon, Jin, Jimin e por último Jungkook.

Jennie correu para o Jungkook e o abraçou.

Todos comeram e passaram um tempo até que chegou 12:00.

Avisei para o Jin que eu tinha feito comida.

Fomos almoçar. 

Não teria escola para a confecção da festa.

Então, resolvi sair.
Perguntei quem queria ir comigo, e todos queriam.

Então fomos.

Passamos no Park de diversões.

Compramos nossos ingressos e entramos.

Eu, Tae, Suga e Hope fomos na montanha russa.

Mon, Jennie e Jimin foram na roda gigante.

Gritei muito.

Tae e eu fomos até uma barraquinha e compramos pipoca, sentamos no banco ali perto e ficamos comendo.

Até que vejo uma menina de cabelos de cores diferentes. Ela estava me olhando, eu acenei para ela, mas muita gente passou pela minha frente e quando olhei de volta ela tinha sumido.

Depois fui na roda gigante com Tae o que foi bem romântico.

Mas vi a mesma menina atrás, em outro assento me olhando novamente. Apenas ignorei.

Logo depois umas 4:56 fomos embora. Eu aproveitei e fui comprar um sorvete no carrinho que estava ali perto.

-Qual sorvete deseja?- O vendedor perguntou.

-Três de morango, dois de napolitano, um de coco e três de chocolate.-Falei.

Ele assentiu.

Logo olhei para o lado, e lá estava aquela menina de novo. 

Não pediu nenhum sorvete só ficou me olhando.

Eu estranhei.

-Oi?- Ela não respondeu apenas continuou a me olhar.

-Sou Kim Janghishi.- Falei me curvando.- E você, é?

-Sou Kim Yang Mi, não lembra?- Sua voz era rouca.

-Não... eu te vi hoje. Quantos anos você tem?

-14, mas isso não importa, e você?

-16. E então... onde você mora?

-Eu morava em Tóquio no Japão. Mas me mudei para cá.- Logo pensei "ela morava no mesmo lugar que eu" conhecidência.

-Que legal, eu também morava lá. E vim para cá também. Talvez a gente possa se ver de novo e...

-Janghishi! Vamos!- Tae gritou me interrompendo.

-Eu tenho que ir. Até logo! -Olhei para o vendedor que estava me olhando estranho e peguei meus picolés.

-Toma.- Joguei um picolé para ela, mas caiu no chão.- Pode ficar com um. Yoongi não gosta mesmo.

Então corri para os meninos e entreguei os picolés.

Ela parecia ser uma boa amiga, ela era bonita, queria poder conversar mais um pouco com ela.

Fomos para casa.

~5:34
       
         ~Taehyung on~
Cheguei em casa e fui para o meu quarto.

Tomei um banho, aquele dia foi o melhor no parque de diversões, com certeza.

-Entre!- Gritei, pois tinha escutado alguém bater na porta.

A pessoa entrou, eu botei a toalha nas partes de baixo e abri a porta.

Quando olhei era minha linda princesa. Ela estava sentada na minha cama.

-Oi Shi.

-Oi mozin.

-O que houve?- Perguntei pegando uma roupa do guarda-roupa.

-Você viu aquela garota que estava perto da gente lá no parque?

-Isso é uma pergunta meio difícil.- Sentei na cama.- Havia várias pessoas naquele lugar.

-É eu sei. Mas ela era familiar. Ela tinha cabelo marrom claro de um lado e escuro do outro. Você não viu.

-Acho que não.- Falei dando um beijo na bochecha dela.- Você passou algum perfume?

-Não.

-Nossa.

-Pôr que?

-Porque você está tão cheirosa, mas agora sei que seu cheirinho bom, é natural.- Dei o meu sorriso quadrado de sempre que eu sabia que ela tanto amava.

-Seu bobinho.- Ela falou olhando para o lado e ajeitando sua franja.

-Eu sou seu bobinho.

E com isso iniciamos um breve beijo. O que fez durar pouco até ela tocar na minha cintura e perceber que eu estava somente de toalha.

-Tae. Vai se trocar!

-Oxe. Não está curtindo meu abs?

-Claro que sim,- ela ri.- Mas vai que esse beijo dure muito tempo e a gente já esteja cambaleando por ai, só falta sua toalha cair.

-Credo Shi. Você é tão doce para pensar essas coisas.

-Nem sempre sou doce. Eu aprendi muita coisa com a Jennie.- Nós rimos.- Agora vai. Quero você prontinho antes de dormir.

-Porque?

-Porque quero te aproveitar bem.

-Janghishi?

-Brincadeira. Vai logo, vai.

-Esta bem.- Levantei da cama e fui até o banheiro.

Quando iria fechar a porta ela botou a mão.

-Eu te amo, TaeTae Mozão.

-Também flor.- Então dei um selinho nela e me arrumei.

Logo de noite ficamos assistindo um filme em família. Até que adormecemos la no chão mesmo, onde tínhamos colocado colchões.

Janghishi e eu dormimos de conchinha. Nem liguei para os outros. Eu me afundei em seu corpo macio e delicado que eu sabia que me queria.
           Continua...


Notas Finais


Gente, foi mal a demora de postar o cap. Bom, Eu tinha clicado que a fic estava terminada e ai apareceu que eu n podia mais mandar e eu fiquei louca. Como sou barrinha eu tive que fazer meu e-mail de novo por que estava pedindo.

Outra coisa também é que meu cell está em horário de verão. Mas depois eu conserto.

E por último, eu estou meio doente, talvez eu poste cap quinta-feira, ou não. Estou com muita dor de cabeça e corisando e estou muito quente. Prometo ficar bem e mandar a fic ok. Se eu não mandar é porque eu estarei no médico. Lá pra umas 6:30 ou 7:30 mandarei o cap. Se passar disso eu não mandarei mais naquele dia.

E foi isso. Não esqueçam de deixar seu coraçãozinho e add na biblioteca se curtirem.
Obrigada mais uma vez.

Saranghae ^3^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...