História Oh, Mommy! (História sendo reescrita) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Jessica, Seohyun, Sunny, Taeyeon, Tiffany, Yoona, Yuri
Tags Girls' Generation, Hentai, Mommy, Sadomasoquismo, Taeny, Taeyeon, Tiffany, Yuri
Visualizações 281
Palavras 838
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Cretinos



Depois que comemos os bolinhos, as aulas do Namjoon sugaram todo o resto do dia então, não pude ir ver se Jeon estava bem

Ao descer as escadas de manhã avistei duas figuras bem vestidas, pareciam estar esperando alguém.

-Annyeonghaseyo Tiffany. -um dos homens

-Vocês falam minha língua? Como sabem meu nome?

-Não somos coreanos mas vivemos lá na Coréia do Sul. Somos irmãos da Taeyeon e já sabemos de tudo o que está rolando. -O homem diz

-Prazer sou Kim Zitao mas pode me chamar de Tao. -Tao sorrir

-Sou Kim Jay Park mas pode me chamar do que quiser. -Jay sorrir de lado

-O que estão fazendo aqui? -Taeyeon aparece do corredor

Essa mulher só veste terno mesmo?

-Bom dia irmãzinha. -Jay

-Parece que já se conheceram. -Taeyeon me encara

-Sim. Ela é mais bonita pessoalmente. -Jay sorrir de lado

-Tiffany, nos deixe a sós. -Taeyeon ordena

Assenti e fui para fora.

Vejo Kookie cultivando algumas rosas e vou sorridente, porém, ele não parecia feliz.

-Ohayou Kookie! -falo animada

-Ohayou. -Kookie desanimado

-Que cara de bolacha é essa?

-Nada. -da ombros

-Ah, Kookie. Vamos brincar um pouco.

-Estou trabalhando. -pega uma rosa

-Porfavorzinho.

-Eu já disse que estou trabalhando! -se altera

-O que aconteceu com você? -falo assustada

-Volte para aquela porcaria de casa e me deixa em paz. -Kookie diz ainda sem me olhar

Meus olhos ficam carregados de lágrimas, corro para dentro de casa e subo as escadas correndo enquanto choro e não me importo com as visitas na sala. Ouço Taeyeon me chamar mas ignoro e tranco a porta de meu quarto.

-O que deu nele? -sussurro sentada no chão

          POV JUNGKOOK ON

-Me desculpe Fany. -falo chorando

         POV JUNGKOOK OFF   

        POV TAEYEON ON

Ando de um lado para outro em meu escritório.

Flashback

-O que querem?

-Papai quer conhecer ela. -Tao

-Como ele sabe?

-Não sabemos. A família toda já "sabe". -faz aspas com os dedos

-Como assim "sabem" ?

-Eles pensam que finalmente a filha mais nova desencalhou. -Jay

-Estão crentes que a Hwang é sua namorada. -Tao

-Menos mal.

-Você vai ter que ir no jantar de amanhã. Sua presença e a dela é obrigatória. -Jay

-Nós vamos.

Tiffany entra em casa correndo e chorando.

O que diabos aconteceu?

Subo a escada correndo e vou direto para seu quarto. Bato e ouço um "entre".

-O que aconteceu? -encosto na porta

-Foi você não foi? -diz enxugando as lágrimas

-Apenas pedi que ele não ousasse te tocar com outras intenções. -digo firme

-Mas porque? -ela me olha

-Você é minha oras. Não te comprei para ser usada por um idiota. -a encaro

-Usada? Do que está falando? -diz confusa

-Você é muito ingênua. Não conhece Jeon JungKook, Tiffany. Eu conheço ele o bastante para saber que todas as moças que trabalham aqui e que já trabalharam, ele as levou para cama.

Ela arregala os olhos.

-Pois é. Enfim, se quiser ficar chorando que nem idiota por um cara que não merece. Vai em frente mas faça depois porque temos que conversar sobre um jantar.

-Como pode dizer que ele é um cretino tão simples assim? Você me comprou e está o julgando? Você sim é uma cretina igual a ele. -ela diz incrédula

Me aproximo dela porém, tranco a porta antes. Ela se assusta mas não me importo.

Ponho uma mecha de seu cabelo atrás de sua orelha e ela engole seco, acho que está com medo -também né-. Chego ainda mais perto e a mais nova fecha os olhos enquanto nossos lábios ficam a míseros centímetros de distância.

-Senhora... -sussurra

Isso é muito sexy.

-Você é muito boca suja.

Ela sorrir de lado. Perdi o controle do meu corpo depois desse sorriso, ataquei seus lábios doces e macios, ela resiste por uns segundos e logo vai deixando meus toques lhe relaxarem. É estranho, não costumo fazer isso mas...é bom. Peço passagem com a língua e ela concede, minha mão vai para sua cintura e a outra para sua nuca, aperto sua cintura com firmeza e ouço a mais baixa gemer. Espero conseguir me controlar pelo menos até um certo ponto.

A falta de ar nos faz presente e paramos o beijo. Pensei que ela iria sair correndo ou algo assim mas o que aconteceu foi surpreendente. Tiffany me beijou e dessa vez mas sedenta, não estou entendendo mas nada.

A peguei no colo e encostei suas costas na parede, seu corpo estava quente e o meu também, nossas respirações aceleradas. Não exito em apertar sua coxa com força, seus gemidos baixos e suspiros estão tirando minha sanidade.

O que estou fazendo? Não é pra ser agora.

-Nunca mais me chame de cretina.

Tiro a mais nova de meu colo e saio do quarto. Isso não pode acontecer agora.

Flashback

--------------------------------------------------------

          POV TIFFANY ON

Fico um tempo tentando entender o que aconteceu. Saio do quarto afim de me desculpar porém, dou de cara com um moreno.

Ficamos em um silêncio chato até que ele o quebra.

-Me desculpe. -JungKook diz baixo


Notas Finais


Desculpam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...