História Oh, Sunshine! - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags 2jung, 2seok, Bts, Fluffy, Foursome, Hibridos, Hopekook, Hopemin, Hoseok!bottom, Jihope, Jinseok, Namhopejin, Namjin, Namjinhope, Namseok, One-shots, Sope, Surubangtan, Taeseok, Threesome, Vhope, Vhopejikook, Vhopekook, Vhopeminkook, Vkook, Vminkookhope, Yoonmin, Yoonseok, Yoonseokmin
Visualizações 311
Palavras 848
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yaaay voltei mais rápido dessa vez~
Gente, ta difícil escrever um capítulo hot hein... SÓ SAI FLUFFY

Não to brincando! A quanto tempo estamos nisso? Gente, preciso escrever um lemon urgentemente ><

Eeenfim, um Vhope básico~ pra adoçar sua noite de sábado~

ESPERO QUE ESTEJAM TÃO ANSIOSOS PRO COMEBACK QUANTO EU!!!!
1- Porque Jung Hoseok ruivo é a minha morte ~
2- Esse assovio não sai mais da minha cabeça ~
3- Já sei que vou cair morta segunda feira ~

Agora boa leitura :3

Capítulo 17 - Mordidinha de Amor


Ninguém sabia o que estava acontecendo, apenas que Hoseok não parava quieto e Taehyung não desistia de correr atrás do gatinho que muito entusiasmado pulava de um móvel a outro, de vez em quando no colo de um humano em sua forma de gatinho para poder fugir do Kim, até que enfim se escondeu em cima do guarda-roupa, voltando a sua forma humana e rindo sem conseguir parar por Taehyung não alcança-lo.

"Hobi! Aish..." Reclamou com um biquinho andando de um lado para o outro na frente do móvel, sua irritação crescendo a cada segundo que via o sorriso triunfante e convencido do híbrido, Jimin entrou no quarto distraído procurando sua cama para dormir um pouco quando viu aquela cena. Ele teve que rir.

"O que está acontecendo aqui?"

"Hobi me mordeu!" Jimin rolou os olhos para a acusação infantil do Kim que apontava dramaticamente para o pescoço onde tinha quatro marquinhas perfeitas dos caninos de Hoseok. Jimin checou os pontinhos avermelhados que nem chegavam a perfurar a pele e continuou seguindo para sua cama achando toda a questão desnecessária.

"Eu estava brincando Taetae... fois só uma mordidinha de amor." Hoseok falava com um biquinho no rosto, preocupado de ter realmente chateado seu dongsaeng que parecia tão incomodado com a mordida que deu sem nenhum aviso no pescoço de Taehyung quando o viu distraído. 

"Certo, tudo bem, mas me deixa te morder também que estamos quites." Aos olhos do gatinho o sorriso do Kim era malvado e Hoseok sentiu seus pelinhos se arrepiarem por conta disso, não tendo noção das verdadeiras e pervertidas intenções do Kim.

"Não, você vai morder o Hobi muito forte." Falou com um novo bico e se enfiou mais fundo no topo do guarda-roupa, de um modo onde só  a pontinha amarronzada de sua cauda ficasse para fora. Não era um lugar ruim, bom para se esconder quando não estivesse afim de carinho e seus humanos insistiam em vir lhe dar, ou no caso, se esconder de Taehyung.

Taehyung chamou por alguns minutos, mas por fim desistiu, se tinha uma coisa que o híbrido sabia ser bem, era teimoso, e daquele modo ele não sairia dali por um bom tempo. Hoseok dormiu ali aquela tarde inteira, saindo apenas no fim do dia quando não conseguia mais aguentar a fome.

Olhou para o chão e as camas, tentando ter a certeza de que o Kim não estava ali antes de finalmente descer, vestindo algumas roupas rapidamente e saindo do quarto na pontinha dos pés com um sorrisinho travesso, passou todo o caminho até a cozinha antes de ser barrado bem na porta quando Taehyung passou por ela, eles se olharam por um segundo antes do mais novo sorrir largo e o gatinho perder o seu próprio.

"Peguei você." O grito de Hoseok saiu alto em um tom fino que fez o Kim gargalhar e os outros residentes da casa pularem assustados, resmungando com irritação ao ouvirem a risada escandalosa do Kim. Hoseok se virou para correr novamente mas Taehyung conseguiu agarrar sua cintura, jogando o hibrido por cima do ombro e batendo seu bumbum com força, o ouvindo gemer antes de se juntar ao Kim nas gargalhadas enquanto era levado de volta para o quarto, os que olhavam a cena não conseguiam parar as proprias risadas ao ouvir as de Hoseok.

Taehyung jogou  o hibrido na cama e ficou por cima deste que empurrava seu peito sem muita força pelas risadas, tentando impedir que ele se aproximasse mais. O Kim fazia cócegas na barriga do híbrido esperando que este tivesse o mesmo ponto fraco de seu namorado, e não demorou para que em meio às gargalhadas ele cedesse e o mais novo conseguisse segurar suas maos no alto com uma única sua, a outra usando para se apoiar na cama bem ao lado do rosto do Jung, conseguindo ficar tão  próximo a ele que sentia muito bem sua respiração ofegante contra a boca. Ele sorriu.

"Acho que é a minha vez de te morder agora bebê." Taehyung cantarolou beijando o narizinho arrebitado de Hoseok que fez um biquinho dengoso.

"Mas não pode ser forte..." Pediu fechando bem os olhos e mostrando seu pescoço ao Kim que riu do pequeno desespero de seu gatinho antes de beijar a pele exposta e solta-lo, se jogando ao seu lado na cama, Hoseok se virou para ele e no mesmo momento o mais novo pegou seus lábios, a lingua intrusa de Taehyung brincava com a do híbrido que um tanto quanto desnorteado o correspondeu, não esperando pela mordida em seu lábio inferior e gemendo um tanto alto por conta disso, fazendo um beicinho choroso para o Kim sorridente quando este se afastou.

"Não faz essa carinha para mim, foi só uma mordidinha de amor." Taehyung falou com um sorriso tão grande que seus olhinhos se fecharam, não vendo a carinha emburrada do híbrido, as bochechas inchadas de ar e sobrancelhas franzidas, e aproveitando a distração do outro voltou a sua forma de gatinho, mordendo sem muita força seu nariz e correndo com o rabinho de escovinha no ar.

"Hoseok!"


Notas Finais


Aproveitando a oportunidade para avisar que estou planejando postar minha primeira fanfic unicamente Vhope e queria saber se vocês se interessariam~
Ela será uma adaptação de outra fanfic minha (que eu não vou dizer qual é senão perde a graça, não fuxiquem minhas fanfics caso já não tenham feito XD) e estou muito ansiosa porque ela mesmo que eu não tenha desenvolvido ela bem na época, pretendo fazer isso nessa, soo~
Vejamos quando vai sair :3

Obrigado por lerem gente~
Tirei essa ideia das várias mordidinhas de amor que levo todo dia do gato de onde trabalho, ai ai
Não se esqueçam de dizer o que acharam :3
Amo vocês e até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...