História Oi, Eu sou o MoriMura - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Matheus MoriMura Jordão
Personagens Matheus MoriMura Jordão
Visualizações 41
Palavras 625
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Lemon, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Welcome E.U.A


Fanfic / Fanfiction Oi, Eu sou o MoriMura - Capítulo 1 - Welcome E.U.A

Eu estava fissurado naquela tela de computador editando meu novo vídeo como sempre. De repente algo me atrapalha com toques freneticos da minha mãe , me levantei espreguiçando meus braços vagarosamente e abro a porta dando de cara com ela.

- Boa noite meu filho - Sorre - Me desculpa, estava fazendo o que? 

- Editando mais um vídeo... - Bocejo após falar com sono - Por quê está acordada a essa hora da noite? 

- Queria falar algo com você e não poderia ficar esperando até  amanhã para dizer - Dou espaço para ela entrar indo um pouco para o lado e em seguida ela entra com alvoroço. 

Achei estranho sua entrada no meu quarto. Pra quem não conhece minha mãe saberia que ela nunca nem se quer batia na porta do meu quarto com tanta freneticação ou então teria esse alvoroço todo em apenas um dia. Ela nunca foi desse tipo de pessoa ,além de ter um motivo bem explicativo para estar desse jeito.

- Então meu filho - Se senta na cama , meio que enxungando seu suor que escorria em sua testa pela correria de subir as escadas - Seu pai conseguiu a guarda de seu irmão e a sua , infelizmente fará em que vocês vá para o Estados Unidos.

Meio que quando ouvi aquilo fiquei paralisado instantaniamente fitando minha mãe com os olhos arregalados e fechando a porta com força. Eu , MoriMura. Na verdade mais conhecido por esse nome. Sou metade Japones-Americano vindo de meu pai e brasileiro que é minha mãe. Eles separaram dois anos antes de eu nascer , meu pai ficou na america com sua mulher e filho que minha mãe nem sabia que existia. Meio que ele conheceu essa mulher dele em uma viagem a negócios muito antes de se casar e morar com minha mãe. Por isso quando menor eu o via uma vez no ano e consequentemente não o vejo mais para não lhe incomodar em seus assuntos.

- Eu Não vou morar com meu pai mãe , não mesmo...O que o Lukas disse sobre isso? Ele aceitou? - Ela assentiu. - Não posso fazer isso , te deixar aqui só , no Brasil como ele fez

O Lukas nasceu quando eu havia 10 anos. Meus pais se "reconciliaram" e acidentalmente meses depois a minha mãe soube que estava grávida. Amaldiçoou e expulsou meu pai para fora de casa o fazendo nunca mais voltar.

- Desculpa meu filho , realmente eu não posso fazer nada. Amanhã  acorde cedo para ir ao aeroporto , já comprei a passagem - Diz com uma voz trêmula e em seguida cai no  choro como uma criança - Me perdoe - Se levanta e me abraça-  Vou sentir a falta de meus meninos.


___________•.•.•.♡.•.•.•___________


Já estavamos no aeroporto esperando nosso avião. O Lukas em seu vídeo game entendendo mas nada do que estava acontecendo , como uma criança normal de 9 anos viciada e eu - sentado pensando - em como começaria minha vida longe de tudo que construi durante anos aqui no brasil , seria muito estranho dizer que odeio o Estados unidos lá é ruim demais apesar de que a maioria das pessoas adoram ir pra lá. 

Alguns minutos depois nosso avião chega , despedimos da mãe e seguimos para o local de passagem. Conseguimos entrar no avião e partiu uma cidade estranha nos Estados Unidos. Graças eu sabia falar em inglês , fui obrigado a estudar essa língua horrorosa como um "americano".

As horas se passaram, finalmente chegamos naquele país que me davam enjoou. Welcome E.U.A. A desgraça em país. Andamos um pouco e sou chamado atenção por uma mulher acompanhada de dois filhos. Provavelmente a minha nova "mãe" que terei de aguentar por alguns anos de minha vida patetica com meu pai.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...