História Õkami Shõjo - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~Neko-Yasu

Postado
Categorias Inazuma Eleven (Super Onze)
Personagens Kariya Masaki, Kirino Ranmaru, Shindou Takuto, Tsurugi Kyousuke, Yamana Akane
Tags Ação, Comedia, Inazuma Eleven Go, Romance, Suspense
Exibições 36
Palavras 1.464
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


:3 :3 Yoo Minna-san!!! <3 <3 Oiesss de kokoroooss <3 <3 :3
Próximo capítulo!!! Agora vai as loucuras... Kkkk :3
Agora chega de enrolações...
ESPERO QUE GOSTEM! :3 <3

Capítulo 4 - ....Não foi uma conversa tão ruim... Foi desesperadora!...


Começa a cair lágrimas dos olhos da garota. Ela estava nervosa e não sabia oque fazer com o ocorrido. Se sentia envergonhada por ter feito aquilo, mesmo não fazendo por mal. Ela nunca tinha testado seu poder em ninguém, exceto Kirino. 

- Tcs. Snif, Snif  * A garota reage, e Kirino percebe ela chorando. * 

- Ah.. * Kirino reage *

 * A garota começa a coçar os olhos e vira o rosto para o lado, ainda chorando um pouco *.

- ... H-Hey... * Kirino fala em meio a situação. * 

''- Seu idiota... Que saco cara... Essa garota é mimadinha que nem o Shindo, qualquer coisinha é chorar...'' * Kirino pensa *

- E-eu.. Ah, foi mal cara... 

* A garota continua Quieta. *

'' - Eu logo venho me esquecendo que toda garota é frágil... Apesar do Shindo não ser uma, é porque o dele é frescura no rabo mesmo. Mas bom, eu não posso deixar as coisas fluírem assim, acho que exagerei um pouco na minha arrogância. Olhando bem para ela, ela parece ser uma garota tão... Normal... Apesar dela estar.. Cheia de sangue...'' * Kirino a observava enquanto pensava isso. Até a garota olhar para ele. * 

''- Ahn! '' * Kirino cora e vira para o outro lado. A garota não reage* 

''- Eu só não consigo entender o porque de eu estar tão tímido perto dessa garota, me sinto estranho... Sinto meu rosto queimando e meu coração em disparada, cara oque é isso? Eu nunca senti essas coisas com as outras meninas da escola.. Tem algo errado..''

''- Porque ele está reagindo assim? '' * A garota pensa corando um pouco Até Kirino se mover, olhando para o outro lado e pensar: 

''- Talvez tenha exagerado um pouco... Mas eu, da mesma forma, não demonstrarei confiança..'' * Ele olha novamente para a garota* ''- Será que eu devo perguntar sobre esse sangue? De quem é todo esse sangue afinal? * Kirino continua observando* ''- Olhando bem.. Ela tem um jeito sedutor de sua  parte... '' * Kirino Cora *

- Sumimasen... Acho que exagerei um pouco... * Diz ele olhando para o outro lado, e ainda um pouco corado. * 

- Não precisa se desculpar... * Limpa as lágrimas * - Qualquer um ia estranhar isso. * Sorriso leve *

- Pois é! * Kirino ri pra tentar descontrair a situação. * 

- Eu que peço desculpas.

- Não, está tudo bem, não precisa.. Você pelo jeito não deve ter feito por mal. * Diz ele olhando que o furo da bala na sua cintura avia sumido * 

- P-Pois é! * Fala ela dando um sorriso forçado.  - E-eu já volto! * Correndo *

- Ah.. Okay. * Olha pra ela, e depois olha em sua volta''

 *Naru se dirige a cozinha. E sussurra: ''- Talvez ele tenha descobrido algo! '' *Fala ela, olhando para Kirino, que estranha o sumiço da ferida, deixando a garota desesperada. *  

-..........Ah... '- Como o furo da bala ia desaparecer assim tão facilmente? '' * Kirino olha para a garota meio desconfiado, mas logo deixa isso de lado e fica andando em círculos pela casa. * 

5 minutos depois...

Kirino continuava andando em círculos pela casa. E Naru estava encolhida em um canto, sentada na cadeira da mesa da cozinha.

* Ela puxa a cadeira para o outro lado, perto da pia. Ela pega o celular até que... 

- Ahn! * Sussurra derrubando o celular no chão * Olha no pulso, que estava coberto com a blusa. Está inchado. 

- Ah? * Kirino olha. - Está tudo bem? * Olha desconfiado de algo *

- H-Hai!

Naru se agacha com dificuldade para pegar o celular até que, quando ela vai pegá-lo, Kirino acaba colocando sua mão com a da garota. ( Vamos no resumo que Kirino caminhou até lá e foi no mesmo objetivo da Naru. Pegar o celular )

- * Ela retira a mão rapidamente * - Ahn..

* #Encontro de olhares <3 (// w //) *

- G-Gomen'nasai!!! E-Eu pensei que você não estava conseguindo pegar e.. ( * Kirino fala corando por causa desse minimo encontro) 

- ....* Se levanta e pega o celular * - Ahn Tcs... * Se vira de costas para Kirino *

- Ah? * Olha novamente para a garota * - Você tem certeza que está bem?

- Eu já te respondi Ranmaru! * Fala a garota nervosa por causa da situação de seu pulso *

Kirino se levanta do chão. E se aproxima da garota sério.

- Você quebrou o pulso. * Diz ele olhando a garota segurar o pulso com força *

- Ahn! * Se vira rapidamente para ele assustada * 

- Eu sabia que tinha algo de errado... * Pausa * - Você quer alguma ajuda? * Kirino *

- Eu sei me virar Kirino.

- Deixe eu te ajudar..

- Eu não quero! Eu já disse! * Fala ela, batendo na mão de Kirino no momento que ele se aproximava da garota com suas mãos. *

- Ahn! * Kirino se estressa * - Então vai ter que ser a força?! * Kirino a fecha na parede, e diz *

- Você está gravemente ferida e não liga para isso?! Você acha que eu não fiquei desesperado vendo uma desconhecida cheia de sangue na minha frente?! * Kirino dizia nervoso, seus olhos e os olhos da garota tremiam. Kirino estava preocupado em meio a situação, ele já tinha deixado Shindo ferido por sua culpa, e agora uma garota? Aquilo era assustador para ele, nunca avia passado por aquilo. *

- Eu nem ousaria  perguntar, mas esse sangue é seu?! * Kirino pergunta em meio a situação * 

- E-Eu não sei...

- Não minta pra mim. Eu descubro asa coisas com facilidade. 

- São apenas pequenos arranhões.. * Naru olha para o lado * 

- Pequenos arranhões?! Você não pensa garota!? * Kirino sem querer agarra no pulso dela. *

- Ahn! Aiih! * Grito

- Ahn! G-GOMEN'NASAI! Eu esqueci! Gomen'nasai! * Kirino se afasta da garota assustado * - E-eu estou nervoso com isso, eu não sei como agir!.. Eu fui violento demais.. Gomen'nasai! Ahhhrgr Oque eu estou fazendo!? *Fala ele puxando o seu cabelo * 

''- Porque fui tão violento?! Ela é apenas uma garota! '' * Kirino pensa.

- Tudo bem. Se acalme, você está apenas tenso.. *Fala calma, e com um sorriso* - Mas eu não quero ajuda. * Fala ela, voltando em um tom irônico * 

- '' - Uou... Ela é arrogante... '' - É que...

- Ranmaru você está me perturbando!! Cuide da própria vida. 

- Ahn! H-hai. * Kirino se distancia da garota um pouco assustado * ''- Oque me deu na cabeça de perguntar essas coisas para essa garota? '' *

A garota começa a mexer nas gavetas, e pega um curativo, mas não consegue o colocar no pulso. 

- Ahn.. Kuso! ( Que droga ) - Kuso! Kuso! * Ela olha para Kirino com a intenção de pedir ajuda * - Tcs...

- K-Kirino... * Fala baixo *

O garoto escuta, mas finge que não ouve e continua de costas para a garota sentado no chão ao lado de Shindo. 

- Kirino Ranmaru... * A garota repete e ele finge que está brisando. * - Ranmaru-kun! * Dessa vez a garota fala alto e ele responde com um '' Hm? ''

- E-Eu preciso de ajuda.

- Sabia que não poderia se virar sozinha * Risos * - Deixe-me te ajudar, isso é apenas para mostrar gratidão. 

* Ele começa a enfaixar o pulso da garota, mas o curativo é insuficiente. Então ele pega um pedaço da faixa que estava em sua cintura, e a garota bate nele*

- Kirino!

- Ai! Oque foi?!

- Você não se recuperou! 

- Calma, está tudo bem... * Kirino fala rindo * 

- T-tá. * Naru fala sem reação alguma. *

Depois de tudo terminado.. Eles se dirigem a uma janela, estava de madrugada. 

- Você só machucou o pulso e as mãos não é?

- Hai.

- Garotas são assim mesmo?

- Assim como?! * Irônica com cara de vingativa. *

- Ahhh deixa quieto... * Gota * - Vamos mudar de assunto.

- Okay. * Sorriso fofinho *

- Como conseguiu fazer os curativos em mim e no Shindo?

- Com um pouco de esforço tudo vai além, não é?

- Eh? Então quer dizer que não teve nenhum objetivo? ( * Kirino com uma gota )

- Não, claro que teve. E eu também não poderia deixá-los morrerem. Iria me sentir mal...

- Porque? Você mal conhece eu e o Shindo.

- Bom.. É que... * Ela ia falar de seu sonho até escutarem alguém. * 


Notas Finais


Uhhhrhu!! *-* ACHEI PERFEITO ESSE CAPÍTULO! *-* Acho que já dá para saber quem é que vai acordar pra vida e ser o próximo a entrar na história... Kkkkk...
Maaas bom, espero que vocês tenham gostado! :3 <3 Entãooo!!! <3 !Sayonara! <3
<3 :3 BJS DE CARAMELOHH!!! <3 :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...