História Okane Ga Nai - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, V
Tags Abo, Age Play, Bunnykook, Crossdresser, Draminha Puque Xim :3, Fofura, Hoseok Alfa, Jikook, Jimin Alfa, Jimin!top, Jin Hibrido, Jungkook Híbrido, Jungkookbottom!, Namjin, Namjoon Alfa, Personagens Originais, Tae Híbrido, Vhope, Xxdiabinhaxx
Visualizações 159
Palavras 1.380
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiie :3
Turo bom com vocês? Espero que sim rsrs
Cá estou eu com mais um capítulo cheiroso de Okane Ga Nai para vuxeis :3

Capítulo 3 - Scared


Fanfic / Fanfiction Okane Ga Nai - Capítulo 3 - Scared

Na manhã seguinte

Acordo na manhã seguinte sentindo cheiro de Bacon e ovos fritos, olho para o lado e vejo a bolinha rechonchuda com a cabeça em meu colo

Minhas costas estavam doendo pela posição desconfortável que eu me encontrava

O rosto do pequeno era deveras angelical, o modo que suas orelhinhas ficavam em cima de seus olhinhos, como ele se encolhia para ficar mais quentinho, a forma como soltava lamúrias enquanto vagava pelo mundo dos sonhos

Sorrio com a adorável cena, porém não poderia vislumbrar desse adorável garoto a manhã inteira, então me levanto indo a caminho do banheiro para fazer minha higiene matinal

...


Assim que saio devidamente vestido do banheiro caminho até a cozinha dando de cara com Raphaela, minha empregada que esqueci que voltava hoje de suas férias

- Chefinho! - Exclama me dando um beijo - Quanto tempo! 

- É né... O que tem de bom para o café da manhã? - Pergunto e a acastanhada sorri maliciosa e caminha até o fogão rebolando

-Temos ovos fritos, bacon...eu - Se vira para mim se encostando na bancada da pia

- Olha, hoje não é o dia exato para isso... - Me viro novamente para mesa e ela deixa o prato na minha frente

- Por que não? Eu fiquei com tanta saudade - Começa a desabotoar

- Olha eu acho...- Sou interrompido

- Mestre - O menininho estava parado na porta da cozinha com um biquinho nos lábios e a mulher olhava para ele com desprezo 

Aquele velho preconceito contra híbridos

- Bom dia coelhinho - Sorriso e ele se aproxima sendo fuzilado com os olhos pela garota - O que houve?

- Você deixou Jungkook sozinho - Emburra cruzando os braços me fazendo rir e esquecer a terceira presença no cômodo

- Desculpa meu anjo, eu acordo cedo porque tenho que trabalhar - Digo e ele murmura um "Oh"

- Se me dão licença eu vou passar pano - Sai batendo os pés, porém sequer me importo 

- É com o que você trabalha? - Pergunta

- Em impresas, assinando contratos com sócios e blá blá blá - Respondo resumindo meu trabalho repetitivo - É por isso que eu preciso tomar esse café da manhã - volto minha atenção ao prato

- Mestre?

- Já disse que não precisa me chamar assim - Respondo um pouco alto vendo o garoto se encolher - Desculpa pequeno, o que ia dizer? 

- E-Eu, Kook ta com fome - Fala envergonhado

- Oh, Claro que está, o que você comia? - Pergunto me levantando 

- A tia dava leite para o kook, quer dizer eu, quer dizer mim... Aigooo - Cruza os braços

- Tudo bem fale do jeitinho que quiser - Dou uma risada anasalada antes de começar a procurar algum copo com bico, por fim achando uma chuquinha da minha priminha - Pode ser aqui?

- Ssimm - Diz animado se sentando na minha cadeira

Coloco o leite no copo de cor vermelha, levando 30 segundo no microondas, esse que não demora a apitar.

Me dirijo ate a mesa entregando o copo para o menino que continou me olhando

- Hyung, kook quer que você de na boquinha - faz birra e eu não resisto a essa carinha emburrada

- Ta bom, então senta aqui - Bato na minha coxa e o menino acata minha "ordem" encostando na cabecinha em meu peitoral vestido pelo terno caro

E sem cerimônias coloco o bico vermelho na boca bem desenhada, vendo o menino sorrir satisfeito, me deixando cada vez mais encantado

Após poucos minutos ele termina o leite se levantando do meu colo me olhando 

- Tem algo a me dizer Jungkook-ah? - Pergunto e ele começa a brincar com os dedinhos olhando duvidoso para seus pés cobertos pela meia branca

- O mest...Hyung poderia trocar a roupinha do Kook? - Morde o canto interno da bochecha e eu rio de seu nervosismo por tão pouca coisa

- Claro! - Optei por tomar um café na empresa, já que não daria para terminar o meu café da manhã

Voltamos para o quarto em silêncio, com um Jungkook aéreo ao meu lado

Ele vai até a caixa dele e pega uma mini blusa rosa estampada e uma jardineira rosa clara com botões brancos, e assim que escolhe a roupa vem até mim

- Você... Usa saia? - Pergunto um pouco incerto e ele abre um sorriso tímido

- Sim, a tia Val me deu de presente - Me estende a roupinha começando a tirar a blusa deixando a barriga branquinha a mostra, sem demonstrar vergonha

Ao contrário de mim que estava mais vermelho que um pimentão

Decido deixar ele com o shorts por baixo para que não houvesse problemas no caso dele abrir as pernas, olho para o garoto que tinha um brilho fofo nos olhos caminhando até o espelho do quarto dando uma viradinha sorridente

É estranho ele usar saia? Um pouquinho

Eu esperava que ele usasse esse tipo de roupa? Definitivamente não

To surpreso? Mais ou menos

Ele parece uma menina? Sim, uma menina bem fofa

Isso me incomoda? Nem um pouco

Sou tirado de meus pensamentos com meu celular tocando

-Alô? - Atendo

- Onde você ta? Ta atrasado para reunião! - Grita do outro lado do telefone

Merda

- Já estou a caminho - respondo sen ouvir a resposta caminhando as presas até a sala

- Já vai? - Pergunta a de cabelos castanhos

- Sim e hoje você tem um trabalho a mais, cuidar de Jungkook - Respondo rápido e a garota revira os olhos - Volto daqui algumas horas okay? - Jungkook entra na sala

- Você vai embora? - Faz biquinho 

- Daqui a pouco eu volto ta bom? Beijo - dou um breve selar na testa de Jungkook correndo para fora do apartamento

....

Pov.s Diaba (Euzinha)

Assim que Jimin sai do apartamento a garota fecha os olhos respirando fundo, afinal não acreditava que Park Jimin, um dos homem mais inacessíveis, tinha comprado um híbrido

Um híbrido nojento de coelho

E graças a esse híbrido séria mais difícil se tornar a nova senhora Park e colocar suas lindas mãos na fortuna do ricasso

- Da para parar de chorar um pouco!? Que criança chata! - A beta se vira gritando com o coelho que tampa os olhos com as orelhas

- D-Desculpa - Se senta no chão colocando o rosto entre os joelhos

- Ora ora, o que temos aqui? - Fica na frente de Jungkook que começou a tremer - Um híbrido prostituto de coelho - Debocha - Eu sei muito bem o motivo de você estar aqui, você vai ser a putinha do famoso Park Jimin 

- o-o que? - Pergunta trêmulo

- Não se faça de idiota, eu sei muito bem que você quer o mesmo que eu, colocar as suas mãozinhas sujas na grana do Park, mas saiba coelhinho - Se ajoelha levantando com brutalidade o rostinho de porcelana - Ele é meu, e nenhum híbrido de coelho nojento vai me fazer tirar as garras desse ricasso 

- M-Mas eu - Tenta falar mas as garras da mulher cravam mais forte em suas bochechas

- Mas nada! Eu não quero ver seu rosto hoje, então trata de ficar bem escondidinho, por que se eu te encontrar eu vou te transformar em coelho assado - Solta as bochechas gordinhas molhadas por lágrimas com brutalidade - Ouviu Bem!?? - o garoto assente correndo pelo apartamento  e a garota solta em risada maligna

Ninguém vai estragar seus planos, nem que para isso precisasse sumir com o coelhinho nojento

- O senhor Park é meu, é nenhum aproveitadorzinho vai estragar isso - Diz e logo em seguida olhando para suas mãos olhando com desgosto, aliás essas mãos tinham encostado em lixo segundo ela, lixo esse que agora estava escondido e soluçando, com medo da garota que agora havia voltado a sua faxina

Ele estava com medo, e só pensava em que lugar o senhor Park estava e a que horas ele voltaria

- Eu estou com tanto medo mestre - susurra baixinho deixando mais lágrimas saírem de seus olhos e logo a porta do quarto e aberta fazendo o garoto tremer e rezar para que a garota não encontrasse seu esconderijo

Ele estava assustado, logo em seu primeiro dia no apartamento do alfa ela tinha que aparecer? 

Ele só queria que seu Hyung voltasse o mais rápido possível para o abraçar e dizer que tudo iria ficar bem

Mas até ele voltar o garoto teria que ficar bem escondido, rezando para que a mulher não o encontrasse para fazer de Jungkook um coelho assado

Continua??

...



Notas Finais


Não sei se ficou bom huehue
Mas e ai, curtiram? Querem matar a vaca? Estão com dó do Jungkook?Será que ele vai falar para o Jimin?
Tantas perguntas muahahahah, amo uma treta básica, pq né, se não não seria uma historia da diaba sem treta 😈
Ume beijo a todas (Ignorem qualquer)
Diabinha saindo de área
Xoxo😙💘🔥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...