História Olhar para trás é perda de tempo - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Debrah, Kentin, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Rosalya
Tags Amor De Amigos, Enforcamento, Gravidez, Traições
Visualizações 29
Palavras 1.717
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Geeente preciso saber o que voces estão achando da fanfic !!!
Gosto de ver as opinioes de voces pq me dão novas ideias :3

Capítulo 15 - Traição da parte dele


Fanfic / Fanfiction Olhar para trás é perda de tempo - Capítulo 15 - Traição da parte dele

Quando acordo de manhã , estou estirada na janela. Parece que dormi aqui mesmo ...
Olho para o horizonte desejando que tudo o que aconteceu ontem a noite se apagasse e fosse removido da minha memória.
O sol está nascendo agora , então acho que acabei acordando cedo demais , já que hoje é sabádo e eu costumo acordar depois das 10 hrs nos fins de semana. Mas na real , não estou com a mínima vontade de voltar a dormir.
Jogo minhas pernas para dentro de meu quarto e me sento na beirada da cama pegando meu celular.
Relembro da última conversa que tive com Castiel noite passada e tenho quase certeza que ele desconfia de algo.
Preciso me encontrar com ele e tentar inventar uma desculpa convincente o mais rápido possivel.
Então mando a seguinte mensagem:
Eva-"Oi , a gente podia se encontrar hoje no parque para conversar?"
Castiel-"Não vai dar Eva , Vou ter que ajudar meu pai hoje. Você entende?"
Eva-"Claro , não se preocupe.Ah , se cuida delicia"
Castiel-"Tchau minha gostosa"
Desligo o celular e só então algo vem em minha cabeça...O Castiel não disse que morava sozinho sem os pais? Como ele tá ajudando o pai dele?Por que ele mentiria pra mim? Aí tem coisa... Esquece isso Eva , a infiel dessa porra de namoro é você!
Saio do quarto e desço até a cozinha. Minha mãe ainda está dormindo, então bebo uns goles de café porque estou sem fome e me largo no sofá da sala.
-Queria tanto esclarecer tudo para o Castiel... - sussurro.
Logo meu celular apita e ligo ele para ver por que essa desgraça tá me enchendo. Fico chocada quando leio a notificaçao do Face:
"Castiel está localizado no instituto Sweet Amoris".
Facebook desgraçado fica mostrando aonde o povo tá. Mas isso me deixa mais intrigada e curiosa...
QUE CARALHAS AQUELE FILHO DA PUTA TA FAZENDO NA ESCOLA NO SABÁDO DE MANHÃ? 
Me levanto preparada para sair e seguir rumo a escola , até que lembro que se eu sumir de novo sem avisar minha mãe , ela provavelmente vai me esperar na porta de casa com uma faca na mão.
Pego um pequeno bloco de notas que encontrei esses dias no corredor da escola (eu nao roubei, eu achei), retiro uma folha e escrevo um bilhetinho avisando que fui dar uma volta na cidade e voltava logo logo.
Quando estou na porta para sair me lembro que possivelmente vou ver O CASTIEL e nao posso estar um bagaço. Meu cabelo tá todo bagunçado e embaraçado por causa que dormi ao ar livre e o vento deixou ele todo emaranhado.
Como estou sem tempo , apenas pego um lacinho qualquer e faço um rabo de cavalo alto.
Saio de casa e ando umas 4 quadras até chegar na escola.
Está tudo trancado obviamente. Mas se o Castiel está aí dentro , ele entrou de algum jeito...
As portas dos fundos , é claro !
Vou até a porra do estacionamento e encontro a porta dos fundos aberta.
Entro sem fazer nenhum barulho. A escola é tenebrosa sem os alunos... Entro devagar , sala por sala , das salas de baixo até as de cima , mas nao encontro ninguem.
Procuro nos banheiros e nada também. 
Ele devia ter passado aqui na frente e o Facebook colocou ali no momento que ele estava aqui.
Olho novamente o celular e a notificaçao está igual. Esse puto tem que estar aqui !
Agora estou na escadaria pensando em um lugar lógico aonde o vagabundo do Castiel poderia estar.
- Ai meu Deus , eu sou tão burra! - sussurro - É óbvio que ele tá na caralha do porão!!
Começo a descer lentamente as escadas do porão.O local é todo escuro e úmido, perfeito pra fazer aquelas cenas de filmes de terror.
De repente ouço barulhos de caixas balançando ou qualquer coisa assim.
Decidi ver se tinha alguém ali , ou algum animal xeretando nos caixotes da escola.
Me coloco de "espiã" entre uma parede e vejo duas pessoas se pegando.
Não consigo identifica-las, nem ver muito bem o que estão fazendo já que tá escuro pra cacete,mas aposto que estão transando já que a garota dessa relação aí ,tá gemendo que nem uma cabra louca.
"Deve ter alguma luz por aqui.." penso "Aha!"
Acho o botão e acendo uma luz super intensa que acaba iluminando o rosto e o corpo das duas pessoas.(Sério tem nome pro bagulho de acender a lampada?Eu sinceramente nunca soube o nome daquilo)
E lá estão eles. Castiel sem suas calças e com seu pau enfiado na buceta da Debrah, que está totalmente pelada.
Meu coração começa a bater forte,meus olhos se enchem de lágrimas, mas nao quero chorar , não quero..
Eles então procurando freneticamente por alguém na porra do espaço do porão , mas eu ainda estou escondida atrás dessa droga de parede.
-Calma gatinho -diz Debrah com uma voz sedutora -Essas lampadas da escola são ruins , voce sabe que elas acendem e apagam sozinhas.
- Nao , deve ter alguem aqui - diz Castiel tentando separar seu corpo do de Debrah.
- Não meu amor - ela fala puxando o pau dele até sua buceta e solta um gemido - Fica aqui comigo. Voce me ama não ama ?
- Te amo mais do que tudo nessa vida - ele responde e beija ela. 
Isso dói ... dói ouvir da própria boca dele que ele ama outra pessoa. Dói saber que eu era apenas um passatempo e dói ver que ele nunca me deu um beijo apaixonado como está dando nela agora.
Naquele instante eu não tinha perdido apenas meu namorado, mas toda a minha sanidade.
Meu peito começou a arder tanto e as lágrimas escorriam tão rápido em meu rosto que eu não suportava mais aquilo.
Sai de trás daquela parede e parei na frente dos dois , com aquele olhar de ódio misturado com as lágrimas e o soluço que não cessava.
Castiel empurrou Debrah depressa para longe dele , e ela apenas sorria na minha direçao. Essa vagabunda ... essa ... eu vou matar essa arrombada!
Avanço na direção da Debrah , pulando em cima dela e dando um soco bem no meio daquela cara.
Ela tenta revidar, puxando meu rabo de cavalo e tentando tacar minha cabeça na parede, porém o que essa vaca tem de bonita, ela tem de fraca.
Dou vários tapas até a cara dela ficar roxa e em seguida parto para os socos. Não fico satisfeita até o nariz dela ser quase esmagado e estar lambusado de sangue. Então começo a analizar seu corpo nu.
- Já fodi com sua cara, mas ... o que eu poderia fazer com esse corpinho?- digo sorrindo para ela.
Debrah faz uma cara de pânico e grita para o Castiel:
- Cassy me ajuda , essa desgraçada vai tentar me matar!
Olho a sala toda e em cima de uma caixa recém-aberta vejo uma tesoura de ponta , que provavelmente foi usada para abrirem esses caixotes.
Saio de cima da Debrah e vou rápidamente até a tesoura. Castiel veio correndo atrás de mim,mas sou mais agil e quando ele me pega pelo braço, viro a tesoura em sua direção.
- Não faz isso... - diz Castiel olhando para mim.
- Não faz isso? - pergunto indignada - Não faz isso Castiel?? Vai tomar no meio do seu cu seu escroto ! Eu vou foder com a vida dessa arrombada e se você tentar defender ela , eu te mato.
Jogo ele em cima de umas caixas e volto para a direçao da Debrah que está tentando subir as escadas para sair do porão.
- Ainda não vadia - digo puxando seus cabelos e arrastando ela até o meio do local. - Agora vou te mostrar como deve ser um corpo de puta!
Pego a tesoura e faço vários furos em sua barriga e em seus seios. Porém nada disso ao menos deixará cicatrizes nela. Não tenho intençoes de matar ela , por mais que eu queira muito , quero apenas coloca-la em seu devido lugar.
Olho para seus seios que estão cheios de chupões e digo:
- Castiel chupou seus peitos ? Deixa eu dar um trato nisso aqui.
Corto a pontinha do bico de seu peito direito, o que faz ela gritar de dor. O sangue começa a escorrer lentamente pela sua barriga e Castiel está berrando pra mim:
-Chega ! Para com isso voce nao é assim Eva !
- Eu já disse , se voce chegar perto , eu mato ela e você. E se voce resolver tentar sair desse porão ou ligar para alguem eu vou atrás de voce e prometo que vou te torturar TODO SANTO DIA!
Olho para  Debrah , que está com o corpo ferido , sangue escorrendo de seu peito , rosto inchado e roxo , porém,ainda  não estou satisfeita.
Olho seus lindos e longos cabelos castanhos. Ergo a tesoura indicando a Debrah que diz :
- Oque voce vai fazer sua vagabunda ?
- O que eu vou fazer ? - pergunto sorrindo - O "grand finale".
Pego seus cabelos e faço ela se ajoelhar de costas para mim. Olho uma última vez aqueles cabelos e penso "bye bye", em seguida corto todo seu cabelo , deixando ele até a nuca daquela vadia.
Com o ato ela começa a chorar e berrar coisas sem nexo algum.
Eu a viro para me encarar dou um sorrinho de pena ao ver seus olhos vermelhos devido as lagrimas e digo :
- Olha aqui sua puta, você não vai contar nada disso pra ninguem me ouviu ? Senao eu vou até sua casa e juro que te mato lá mesmo e sua familia tambem. Não duvide de mim , agora voce sabe do que sou capaz, então voce ve se cala essa sua boca que só serve pra fazer boquete e inventa uma desculpa para seus pais.
- Tabom tabom , eu nao vou falar nada , só nao me machuque nem os meus pais , por favor - ela implora.
Eu a largo e começo a subir as escadas para sair do porão , quando sem me virar digo:
- E te aconselho a nao aparecer mais nessa escola.
 


Notas Finais


Ficou bem loco esse Cap , de todos esse é meu favorito :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...