História Olhos cor do infinito (Delena) - Capítulo 61


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Orfã, O Chamado, Riverdale, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Andie Star, April Young, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Enzo, Finn Mikaelson, Giuseppe Salvatore, Hayley Marshall, Henrik Mikaelson, Hope Mikaelson, Isobel Flemming, Jeremy Gilbert, John Gilbert II, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Mikael, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson, Rose-Marie
Visualizações 92
Palavras 891
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura morehs ❤️❤️

Capítulo 61 - Véu do outro lado...


Fanfic / Fanfiction Olhos cor do infinito (Delena) - Capítulo 61 - Véu do outro lado...

POV Samara

-Elena? 

-Quem é você?

-Vem comigo, você tem que voltar! (Grito)

-Eu não consigo! (Vejo uma sombra e pega Elena, ela é familiar)

-NÃO!!!

POV Damon

Samara estava suando e com febre alta, estava dormindo porém se mexia desconfortável, ela estaria sonhando? Levo um susto quando ela grita agudo:

-NÃO!!!

-Hey, o que houve? (Digo assustado)

-Ela, ela foi pega! Ela foi...

-Calma, respira e me conte, quem foi pego? (Ela respira fundo e se acalma um pouco)

-Que horas são?

-São 10:30 da manhã...

-Eu vou tomar um banho, tá tudo bem, foi só um sonho... (Fico estático enquanto ela sai cantarolando a sua música de sempre)

POV Samara

Damon me contou ontem que sua mãe iria chegar do plantão, mas ela não sabe que eu estou aqui. Tive que mentir pra ele, essas coisas eu não posso contar a ninguém, absolutamente ninguém. Ontem ele foi numa loja e comprou um vestido lindo, vermelho de rendas, é realmente muito lindo, comprou também uma sapatilha preta que combina com o vestido, é tudo tão lindo aqui. Ele disse que irá falar com sua mãe e irá fazer meu quarto, eu vou ter um quarto! Tomo banho e desço pra comer algo, depois disso subo e Damon desce, a mãe dele chegou... Fico ouvindo atrás da porta:

-Samara, você trouxe ela pra cá? (Ela está... Com um tom feliz?)

-A menina é doce e, acho que você já sabe a história dela, e o que ela faz...

-Ela pode ficar com o terceiro quarto de cima, onde fica aquelas coisas que eu não uso mais. Irei me livrar delas... Mas ela irá salvar Elena?

-É o que ela diz. Irei levá-lá pra fazer a orientação, essa menina foi educada em laboratório, está na hora de ter uma escola.

-Faz bem, é bom saber que meu filho está cuidando dessa menina, ela é tão linda... Bem, traga ela aqui embaixo, queria falar com ela antes de irem... 

-Já volto (Ouço passos na escada e vou até a cama, sento e fico esperando a porta abrir)

-Hey, Sarah? (Levanto a cabeça levemente) A minha mãe quer falar com você, ela gostou da idéia, depois iremos fazer a orientação escolar okay?

-Okay! (Digo empolgada) Vamos descer? Quero conhecer sua mãe logo!

-Vamos! (Fico em sua frente e desço as escadas, no final revela a mulher que já me conhece mesmo que nunca tenha me visto)

-Oi... (Digo tímida e ela sorri)

-Oi querida (ela abre os braços e eu vou até ela, dando um abraço) Como vai?

-Bem, muito bem... (Ela sorri e passa a mão no meu cabelo) 

-Está empolgada pela nova escola?

-Muito, quero que chegue logo a hora de ir! (Digo empolgada)

-Vão, antes que se atrasem (Ela diz sorrindo e depois de algum tempinho nós vamos) 

Estamos dentro do carro. Estou olhando a janela do carro enquanto Damon presta atenção na estrada. Sinto um cheiro estranho porém familiar. Olho pra frente e vejo Elena, parada mais pra frente:

-Para o carro

-O que? (Ele diz confuso)

-Para o carro! (Ele para ainda confuso e eu saio, indo até a frente do carro)

-Você não irá sobreviver assim, Samara! (A sombra que seria Elena estava com uma voz diferente da mesma que eu vi algum tempo, vejo Damon me olhar assustado)

-Você não irá, desta vez você irá pra onde nunca deveria ter saído!

-Sarah, tá tudo bem? (Ele fica ao meu lado)

-Ou eles morrem, ou eles morrem minha cara... (A água escura começa a sair de suas mãos e Elena se transforma na pior criatura)

-Nos deixe em paz, seu maldito!

-Eu não diria isso se fosse você... (Ele ri irônico e maléfico, fazendo a água me atingir, eu levanto o olhar para a criatura e a mesma some)

-Sarah? (Damon pergunta me olhando)

-Vamos, eu só precisava tomar um pouco de ar... (Ele assente ainda confuso e vamos até o carro)

"Você nunca irá vencer Samara, nunca! Esqueça a Elena antes que o garoto desapareça... Creio que tenha muito pra se preocupar!" (A voz dizia em minha cabeça)

Elena irá sair do véu, e não irá passar de amanhã!

3 horas depois

Voltamos pra casa, tomamos café e fui apresentada ao resto da família. Entrei no quarto enquanto todos se preparavam para dormir, irei aproveitar o silêncio e me comunicar com Elena.

-Elena... (Minha voz ecoa pelo quarto e tudo se move, estou agora no véu, pessoalmente, vejo ela num canto, pálida e com o nariz sangrando) Não tenha medo, estou com o Damon, vai ficar tudo bem... (Digo passando a mão em seu nariz, limpando o sangue)

-D-da-damon? (Ela pergunta fraca, eu assunto com um sorriso para confortá-la)

-Não tente sair daqui de maneira alguma okay? Preciso de você com energia pra te tirar daí... (Olho pra trás e sinto mãos em meus braços, é Damon no mundo normal) Eu preciso ir, mas voltarei e tirarei você daí, não saia e se recupere okay? (Ela assente, eu fecho meus olhos e quando abro, estou sendo chacoalhada por Damon enquanto Lily me olha apavorada, Damon respira aliviado por me ver acordada e todos os móveis caem, eles estavam flutuando)

-O que houve? Isso é sangue? (Ele pergunta preocupado olhando minha mão com o sangue que se encontrava no nariz de Elena)

-Eu consegui, está tudo bem... (Sorrio fraco para os dois, que ainda me encarando confusos)

-Vamos pra baixo, tomar uma água e lavar a mão okay? (Lily diz, eu assinto e sigo até abaixo, sinto os dois me encararem, fico tonta e vejo Elena na escada)

-Elena? (Falo e apago, caindo pela escada e depois disso...)


Notas Finais


É isso por hoje ❤️💍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...