História Olhos de Opala - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Bts, Romance, Tortura, Universo Alternativo
Exibições 41
Palavras 487
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieeee gente obrigado por ler :3

Capítulo 2 - Amor?


Fanfic / Fanfiction Olhos de Opala - Capítulo 2 - Amor?

      Aquela mulher gostava de min , éla me ensinava varias coisas novas ,e eu gostava disso.

      Ela falava para para mim como era a vida lá fora , eu me encantava.  
 
      Ela me falava das míseras partículas até as grandes kaskadas .

      Um dia eu sonhei com 7 garotos , não conseguia velos  direito , mas conseguia sentir o cheiro de cada um.

       Na hora ouvi alguém falar amor .....amor? Oque era àquilo? Eu não pensei duas vezes e fui perguntar para a minha oma (era o geito que eu chamava éla ) .

      -Oma!*falei

      -Sim

      -O que é amor ?

      -O amor é o sentimento mais puro e verdadeiro que alguém pode sentir! Muitas pessoas confundem a dor com o amor , mas Opala fique sabendo que a dor e o amor são sentimentos opostos .

      -Porque as pessoas confundem?

      -Muitas pessoas são infiéis e não levam o amor a sério.

      -Você tem um amor?

      -Eu tenho você.*Ela sorriu e eu sorri de volta .* 

      Ela da música algo tão encantador , éla cantava pra mim .Éla também me ensinava varias línguas eu aprendia em menos de 1 semana,  já sabia falar português, inglês, espanhol, francês, latim, japonês e outras.

      Um dia consegui fugir do meu quarto , fui andando pelo corredor e fui vendo umas pessoas que eu nunca tinha visto ,passei por uma sala que me chamou muita atenção, tinha um filhote de raposa branca bem peludinha em uma gaiola de ferro.

     Eu entrei na sala e cheguei perto da raposa , na placa estava escrito experimento raposa do ártico .

      Eu queria pegar ele mas tinha um cadeado, eu na horq pencei em pegar alguma ferramenta ou algo afiado , peguei um parafuso que estava no chão .

      E com minha inteligência consegui tirar ele dali , eu peguei ele no colo e ele me lenbeu .

      -vou chamar você de pluma !

      Fiquei brincando com a pluma , até que ouço passos se aproximar cada vez mais perto, pego a plumas no colo e me escondo atrás do armário.

     Eles abriram a porta e dois homens de roupa branca entram na sala .

      -Não vejo a hora de me livrar dessa raposa , olha o que ela fez no meu rosto! *disse apontando para o rosto cheio de arranhões*

      -Não pence por isso, o chefe vai se livrar dele logo , ele disse que vai jogar ele na floresta da morte !

      Floresta da morte? *pencei*

      -Mas cade a raposa ?*um pergunta para o putro*

      Na hora a pluma se mexe fasendo um pequeno barulho mas que chamou a atenção dos caras , eu fico bem quetinha mas eles estão vindo em minha direção e a cada passo é uma disparada maior no coração ....


Notas Finais


Gente eu queria falar eu não tenho postado por que eu tava doente .e depois tive que trocar de celular ai eu tive que baixar e tals.......


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...