História Olivarry - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~ThomAllen

Postado
Categorias Arqueiro Verde, The Flash
Personagens Barry Allen (Flash), Cisco Ramon, Detetive Joe West, Dr. Harrison Wells, Oliver Queen (Arqueiro Verde)
Tags Arqueiro Verde, Barry Allen, Flash, Olivarry, Oliver Queen
Exibições 93
Palavras 1.171
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Lemon, Luta, Romance e Novela, Super Power, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


ola ola
Bom acho que vão gostar desse cap!
até as notas finais!
boa leitura!

Capítulo 4 - Capitulo 4


O arqueiro viu que o cientista se encontrava de olhos fechados então resolveu checar os batimentos e ver se o mais jovem estava ficando calmo. Coloca a mão do lado esquerdo do peito do mais jovem, a mão que há pouco tempo atrás estava acariciando as costa do mais novo, assim que pode sentir os batimentos se assustou, parecia que o coração do castanho ia sair do peito do mesmo de tão rápido que batia, parecia que a qualquer momento sairia do corpo do castanho, então resolveu conversar pra ver se assim o mesmo se acalmava

-Ei, porque está com tanto medo?- perguntou ainda com a voz mecanizada

Eu não sei!- disse o perito gaguejando enquanto tentava respirar

Oliver vendo que o castanho não estava conseguindo respirar direito logo o afastou d seu peito e o deitou em seu colo e pediu para que o mais novo respirasse fundo e de vagar, o castanho obedeceu aos  pedidos do arqueiro e aos poucos foi se acalmando.

-Agora você esta melhor? –perguntou o arqueiro em quanto sorria

-Estou! Obrigado!- disse o menor sorrindo de volta. – Então me diga que tipo de informação precisa?

-Eu sei que você esta trabalhando com a policia de Starling e eu também sei do que você disse ao capitão, mas quero saber se tem algo a mais que esteja escondendo  - disse o arqueiro calmo.

- Hmmm... não! Não há nada que eu  saiba a mais que possa te ajudar só sei que algo me diz que você sabe mais que a policia- disse o castanho sorrindo simpático e esse sorriso deixava Oliver com o coração mole e a cabeça irracional.

-Okay, valeu à tentativa! Mas me diga oque tanto quer saber que perguntava com todos na rua?- Oliver perguntou se lamentando ao ver que o lindo sorriso do castanho havia sumido do seu belo rosto.

- É que eu não sou daqui então eu não tenho u lugar pra passar a noite e todos os hotéis que eu já dei uma olhada estavam cheios. – O castanho disse isso já corando de leve.

-Realmente os hotéis daqui de Starling sempre estão lotados, mas acho que você pode dormir na minha casa. – Oliver disse sem pensar, mas mesmo seu lado racional não via porque não já que era um passo a mais para ver o sorriso do jovem pela manha. Mesmo com a pequena troca de olhares Oliver já se dava como um apaixonado no jovem. Pela primeira vez acreditou na tal baboseira de amor à primeira vista.

- Eu não quero atrapalhar, se eu for dormir na sua casa pra esconder sua identidade teria que ficar de mascara dentro da sua casa e isso não é muito legal, eu não quero recusa o pedido, mas não quero atrapalhar você- O castanho disse suando frio e pensando sera que eu fiz a coisa certa?

-Não ira me atrapalhar, vem comigo?- Oliver perguntou e logo sorriu ao ver que o castanho balançava a cabeça positivamente.

Oliver pegou seu arco e sua aljava agarrou a cintura do castanho e atirou uma flecha que os ajudaria a descer do imenso prédio. Ao chegar ao chão Oliver colocou Barry em seus ombros e correu em direção a sua moto, assim que chegou ao local colocou Barry na garupa da moto deu partida e a acelerou indo em direção ao seu esconderijo.

 

No esconderijo do arqueiro

Os dois desceram e adentraram ao local fazendo com que Felicity tomasse um susto ao ver Barry no local. Barry olhava cada canto era de mais aquele lugar. Assim que ele reconhece Felicity também toma um susto.

-Então Barry eu só vou tirar essa roupa para nós irmos pra casa. – Oliver disse indo em direção ao banheiro para se trocar

Felicity ficou quieta olhando para Barry que acompanhava o arqueiro com os olhos ela sabia do que Oliver tinha falado estava escutando pelo comunicador e se surpreendeu com o ato do amigo.

Passaram se alguns minutos com um silencio mortal onde se encontravam Barry e Felicity, mas logo e quebrado por Oliver que se encontrava com uma roupa normal e sem  tinta de camuflagem no rosto. Assim que Barry viu o famoso Oliver Queen não acreditou que ele era o arqueiro. Queria fazer diversas perguntas porém não conseguia.

-Então? Vamos? – Oliver perguntou tirando Barry do transe.

- Claro! – Barry disse se despediu de Felicity e seguiu Oliver até a moto.

Mansão Queen

Assim que chegaram Oliver não poupo tempo em dar o aviso.

- Nem minha irmã nem minha mãe sabe que eu sou o arqueiro e eu sei que você não vai espalhar por ai isso. - disse num tom calmo e baixo

-okay, fica tranquilo que não sou nem doido de sair por ai contando o seu segredo. – Barry disse e logo sorriu o mesmo sorriso que deixava Oliver doido.

- Isso vai parecer estranho, mas sabia que quando você sorri eu fico doido? Voce tem um belo sorriso! Algum dia ainda vou te beijar! – disse enquanto acariciava a bochecha macia do castanho o mesmo sorriu deixando Oliver ainda mais doido.

- E por que não beija agora? – Barry perguntou e sorriu de forma maliciosa oque fez com que Oliver sorrisse de orelha a orelha.

Então Oliver iniciou o beijo calmo da parte de ambos até que Barry resolve pedir passagem e Oliver cede assim esquentando mais o beijo o passando de calmo para um beijo que ambos necessitavam um beijo quente feroz, não queriam parar, mas a maldita falta de ar se fez presente e fez com que se separassem, mas mesmo assim Barry ainda roubou uns selhinhos do loiro. Após recuperarem o folego foram em direção a mansão assim que adentraram viram que estavam a sós, então Oliver teve que perguntar.

-Vai dormir em um quarto de hospedes? Eu sinceramente não me importaria em dormir com você na minha cama, mas a escolha é sua. – disse tentando não olhar para Barry

-Onde fica o seu quarto? – disse em uma pergunta retorica em quanto colocava a cabeça do loiro na direção da sua e o beijou novamente.

Oliver cedeu ao beijo e entre ele disse – Vou ter prazer em te mostrar onde fica – logo em seguida pegou mais novo pelo braço e correu com ele até seu quarto.

- Eu preciso de um banho – Oliver disse em quanto olhava fixamente nos olhos esverdeados do castanho.

-Eu também – disse roubando um selhinho do loiro.

- que tal economizarmos agua? –  disse Oliver já desabotoando a  camisa do castanho.

- Ótima ideia! – o mais novo repetia o ato do mais velho.

  Na hora em que ambos ficaram nus foram para o banheiro tomaram banho demorado pelo fato de que não conseguiram se desagarrar e assim que terminaram Barry pegou uma calça emprestada de Oliver

- Ei, eu já te aninhei! Agora é sua vez! – Oliver disse em quanto se deitava na cama

- Sim, senhor! – Barry deitou por traz de Oliver e o colocou deitado em seu corpo

Enquanto conversavam um pouco e faziam caricias logo adormeceram...

 

 

                                      Continua.......      

 

 

 

 

 

  

 


Notas Finais


Então né gente o tão esperado momento chegou!! não queria fazer vcs esperarem então pulei a maioria das etapas!
bom obrigado por lerem e até a próxima!
bjsssssssssssss!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...