História Olivarry - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~ThomAllen

Postado
Categorias Arqueiro Verde, The Flash
Personagens Barry Allen (Flash), Cisco Ramon, Detetive Joe West, Dr. Harrison Wells, Oliver Queen (Arqueiro Verde)
Tags Arqueiro Verde, Barry Allen, Flash, Olivarry, Oliver Queen
Exibições 66
Palavras 1.516
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Lemon, Luta, Romance e Novela, Super Power, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


olá gente esse capitulo pode estar um pouco confuso, mas caso algo me perguntem e por favor fantasminhas apareçam prometo que não sou um caça fantasmas!
e gente muito obrigado pelo numero de favoritos! A capa realmente ajudou!
me desculpe os erros eu não revisei!
boa leitura!

Capítulo 7 - Capitulo 7


Quem não chega cansado de uma viajem? Era pergunta que Oliver fazia quando se tratava de apresentar Barry ainda naquele dia pra sua família ou melhor dizendo pra sua mãe, o loiro estava sem saco pra discutir com sua mãe e não queria magoar Barry nem mesmo estressa-lo principalmente quando o olhava e o via dormindo tranquilamente no banco do carona,“ como o castanho mexia com sua cabeça”, “como ele ficava bonito mesmo dormindo” era as principais coisas que viam a cabeça de Oliver no momento, podia passar o resto da noite apenas o observando dormir , mas podia observa-lo  em seu quarto deitado ao seu lado então tratou logo de delicadamente pegar o castanho no colo o mesmo se remexeu, porém realmente estava cansado pois durante o trajeto da garagem até o quarto nem ameaçou a acordar pelo contrario aprofundava seu sono cada vez mais. Oliver teve dificuldades na hora de abrir a porta mais depois de muito esforço conseguiu, levou o castanho até o quarto e retirou cuidadosamente o cinto, desabotoou a calça, retirou os tênis e por fim desabotoou a camisa social a retirou do corpo do castanho e o deixou apenas com a calça cueca e meias, Oliver tomou um banho rápido se ajeitou no corpo de Barry e logo adormeceu.

Já era manha e o sol fazia questão de invadir o quarto do loiro e mostrar que já havia nascido e que estava brilhante, fazendo com que os olhos do loiro se incomodasse com a claridade, Oliver se levanta e ainda vê o castanho na mesma posição que o deixará ontem selou seus lábios  ao do castanho em rápido selinho logo repetiu o movimento mais umas três vezes, vendo que o castanho não mexeu sequer um musculo o deixou dormir por mais um tempo em quanto ia ao carro buscar a mala de Barry retornou ao quarto e viu que Barry havia se virado e encolhido seu corpo por causa do sol, achou fofo, logo o abraçou por trás e começou a beijar e dar chupões após leves mordidas no pescoço do castanho que resmunga em protesto e então resolve se pronunciar:

- Ahhhh, Ollie! Isso vai deixar marca!

-Exatamente essa a intenção! Marcar meu território! – no exato momento Barry vira ficando cara a cara com Oliver,  o loiro sorri pela cara feia que recebia do castanho.

-Não é você quem vai pra delegacia com marcas de chupões atrás, né? – Oliver gargalha

-Está com medo do seu primeiro dia oficial como um perito em Starling? Fica tranquilo, amorzinho, eles irão te zoar de qualquer jeito os chupões só vão ser um bom motivo! – Barry revira os olhos e se levanta após um selinho roubado de Oliver – Hey, que tal pra começar o dia bem alto astral tomarmos banho juntinhos?

- Pra uma pessoa com dinheiro você adora economizar! – Barry sorrir – Tá esperando oque? Vamos?

Oliver abraça o moreno por trás enquanto vão para o banheiro, tomam banho, trocam de roupa e assim que descem Oliver encontra sua mãe tomando café junto a Thea Oliver sobe até o degrau que estava o moreno

-Está prono pra conhecer minha mãe e se apresentar como meu namorado? – Em um sussurro Oliver pergunta recebendo um não de Barry que mexia com a cabeça de um lado para o outro –Larga de ser bobo, Barry! Vem!- Oliver pegou na mão de Barry e o puxou até a sala de jantar onde estava Thea e Moira tomando café. Assim que Thea viu sussurrou um “eu sabia” enquanto deixava um bobo sorriso escapar, enquanto Moira olhava séria pra Barry que começara a ficar sem graça ela olhava cada detalhe mais o que mais a incomodava era as mãos do castanho entrelaçadas as de seu filho, então resolveu se pronunciar

-Quanto tempo? – Perguntou seca

-Bom dia pra você também! – Oliver se pronuncia irônico – Dois dias! – Moira fingiu um espanto

-Meu Deus esse garoto conseguiu fazer com que a coisa ficasse séria em dois dias? Nem mesmo modelos internacionais fizeram isso! Garoto, não sei como, mas você até que está durando! – Quando Moira olhou pra Barry pode ver que o castanho fuzilava o loiro com o olhar.

-Fica tranquilo Barry isso que minha mãe esta dizendo foi no passado! Agora tudo que me importa é você- Oliver disse acariciando levemente o rosto do namorado.

-Mãe, dá pra ficar feliz pelo Oliver? Quem sabe Barry não coloca juízo na cabeça dele? – Thea se pronuncia fazendo Moira soltar um sorriso.

-Se esse jovem conseguir fizer isso – ela dá uma pausa olha fixamente pra Barry que cada vez esta mais sem graça – quero dizer já que futuramente será da família eu tenho que dizer isso diretamente pra você então se você conseguir colocar juízo na cabeça do Oliver, me lembre de agradece-lo e pedir desculpas se algum dia eu duvidei de você! – Moira disse séria olhando pra Barry enquanto o mesmo apenas balançando a cabeça positivamente.

Logo após a conversa “animadora” que tiveram Oliver e Barry tomaram café e foram para os seus trabalhos claro que Barry precisou de uma carona, mas não era problema pra Oliver. E assim se passaram 3 meses uma vida cheio de amor e carinho havia dias que pensava seriamente em se mudar pra Starling porém não podia sair de Central City até que o caso de sua mãe estiver fechado e o verdadeiro assassino atrás das grades e seu pai solto. Então os 3 meses se passaram e Barry teve que voltar pra Central City Aliás queria ver o ligamento do acelerador de partículas e queria que Oliver estivesse com ele porém Oliver só poderia deixa-lo na estação  ficar com ele até o trem chegar. Assim que Barry chegou em Central City recebeu uma ligação do capitão Singh que pediu pra que ele ir pra delegacia urgentemente assim que colocara o pé pra fora da estação de Central City começou a chover uma chuva forte então assim que consegui chegar a Delegacia Singh o abraçou

-Barry que bom que está de volta! Colocamos 2 no seu lugar e eles não deram conta do seu trabalho! Eu nem sei o porque, mas também não quero saber! Ahh e falando nisso Barry eu preciso que você faça um relatório! Bem vindo de volta, Allen!

Assim que Barry começa a subir as escadas ele sente seu celular vibrar olha e logo vê uma foto sua com Oliver se beijando sorri ao ver a imagem e logo atende o amado.

- Oliver? 
- Você disse que ia me ligar assim que chegasse!- disse Olive já irritado 
- E quem disse que eu cheguei? - o cientista pergunta em um tom calmo- você que estava com pressa de ouvir minha voz e achiu que eu te deixei de lado 
- A nenhum momento eu disse isso! Pare de colocar palavras em minha boca! - O arqueiro já mais calmo respondeu 
- Okay, mas eu nem estou aí pra colocar palavras em sua boca. Antes que você pergunte pois eu sei que vai perguntar acabei de chegar ao laboratório... - o cientista foi cortado 
- Como assim chegou ao laboratório?! Achei que você ia pro Star labs! - Disse confuso 
- Eu também achei que ia mas no meio do caminho o capitão disse pra mim vir direto pra delegacia. E que sou eu pra dizer não, né? 
- Você realmente não que perder seu emprego, ne? Eu ja te disse que posso te bancar, pra mim não vai fazer diferença. 
- Eu sei que não Olie mas você sabe o motivo de eu não largar o meu emprego e... Olie, eu tenho que ir. O trabalho me chama, Okay? Bjsss 
- Okay, então tchau! Bjssss 
Ligação off 

- Allen, quero o relatório de tudo na minha sala, e quero ainda hoje! 
- Sim, senhor! 
O capitão sai da sala enquanto o cientista o acompanha com os olhos. Logo se vira suspira e começa a escrever o relatório, então começa a se encomodar com o silêncio decide por fim ligar a TV e acompanhar pela TV o grande feito do Star labs, assim que liga presta a atenção no que a reporte Linda Park está anunciando, de baixo de uma chuva que muito forte, e se assusta: 
- Há algo de errado com o acelerador de partículas! - Linda afirma e logo em seguida a luz na cidade toda se acaba 
Ele consegue ver que acaba de acontecer uma explosão e seu instinto é de fechar a janela que estará aberta e também molhara bastante o laboratório, assim que toca nas correntes da duas puxadas pra cima e nota que há algo de errado olha para trás e alguns elementos estavam flutuando resolve olhar para cima e vê algo amarelo vindo em sua direção logo tudo se apaga. 
Na noite seguinte Oliver estava tranquilo em sua "toca" e ouve o nome do Amado vindo da televisão se vira e começa a prestar atenção, arregala os olhos assustado e começa a sentir medo então perguntas martelado sua cabeça 
Não perde tempo pega sua moto e vai rumo a Central City em busca de Barry

 


Notas Finais


gente eu sei que sumi e também vacilei por ter pego a sinopse, mas é que eu já tinha me preparado pra encaixar ela no contesto.
Niklaus se deve ta feliz, hein!
gente muito obrigado a vcs que comentam e por favor não deixem de comentar! talvez ainda poste outro essa semana ja que já estou de férias!
bom até a próxima!
bjsssss!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...