História Omegas e alfas - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Alfas, Jikook, Kookmin, Namjin, Ômegas, Vhope
Exibições 659
Palavras 1.964
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fluffy, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


e mais um capitulo pra vocês! quero agradecer aos 160 favs <3
vocês são simplesmente incríveis !!


boa leitura e espero que gostem ^^


PS: desculpem se estiver meio ruim, hoje não é meu dia e a criatividade também não ajuda.

Capítulo 19 - Como você foi capaz?


Fanfic / Fanfiction Omegas e alfas - Capítulo 19 - Como você foi capaz?

 

                                                                                    JIN ON ~

 

Estava eu na sala de aula, porém, não prestava atenção em só uma fala do professor, minha cabeça estava em Tae e Hope ... o que teria acontecido com eles? será que estavam bem? eles não são de faltar e eu sei que não é o cio.

 

- Jin ... amor...- chama Namjoon, porém continuo com meus pensamentos - JIN! - seu grito me tira dos meus devaneios me fazendo dar um pulo na cadeira e o encarar - O sinal já tocou, não quer ir ver se os garotos estão bem ? - me pergunta, estava tão distraído que não tinha ouvido o barulho alto do sinal se fazer presente.

 

- Há sim, vamos logo - digo me levantando com pressa, ele segura minha mão e me abraça, com certeza tinha percebido minha preocupação por conta da marca que eu possuía.

 

- Eles estão bem, calma - diz e eu assinto o apertando um pouco e sentindo seu cheiro amadeirado do qual sempre me acalma, não estava cem por cento acreditando em tais palavras, mas iria tentar ficar calmo.

 

- Vamos amor, Kookie e Minnie devem estar nos esperando no portão - digo e ele beija minha testa passando confiança e carinho pelo toque.

 

-Vamos então - pega minha mão e saímos andando em silêncio até a saída assim encontrando os garotos conversando com aquele alfa que abraçou Jimin, não vou mentir, estranhei Kookie não pular na garganta dele . Nos aproximamos e pude perceber o olhar mortal que Jungkook lançava para o alfa a frente deles  "sabia​" , Jimin nos vê e solta um sorriso animado e um pouco tenso .

 

- Hyungs esse é meu primo, Sun Hee, e esses são meus amigos Jin e Namjoon - olho para o garoto do qual lança um sorriso forçado, meus sentidos me mandaram dar um soco naquele rostinho, porém, que chances eu tinha contra uma merda de alfa? já disse que as vezes tenho raiva de ter nascido ômega? não ? ok. Eu tenho.

 

- Óla Sun Hee - digo sem ânimo, porque aquele garoto me fazia ter arrepios?

 

- Óla Jin ... Namjoon ...- meu corpo congelou-se e eu tive a sensação de algo tipo ... medo?​ Namjoon deve ter sentido pois me olhava um tanto confuso .

 

- B-bom, temos que ir até a casa do Tae pra ver se os meninos estão bem - digo e Jimin assente, Jungkook continua a encarar o alfa de maneira desconfiada, depois de minhas palavras Sun Hee estava mais tenso e percebi que suava frio .

 

- Até mais Sun Hee hyung ! - Jimin se despede não percebendo a mudança do primo e começamos todos a caminhar em direção a residência do Taehyung, puxo Jungkook de lado o que tira um olhar enciumado de Namjoon que logo some ao ver de quem estava tendo ciúmes .

 

- Jimin pode ir andando na frente com o Nam? preciso falar com o Jungkook - ele assente confuso e vai ao lado de Namjoon conversando , esperamos eles ficarem a uma distância boa para que tivéssemos privacidade.

 

- Jin hyung ... você percebeu... não percebeu? - Jungkook pergunta se referindo á mudança de comportamento de Sun Hee e eu assinto

 

- Tenho minhas dúvidas a respeito desse tal Sun Hee - digo - Não acho que seja uma boa ideia depositar confiança nele.

 

- Sim eu também acho, porém Jimin confia nele cegamente. Sabe, não posso dizer muita coisa pois nem conhecer o sujeito direito eu conheço, mas sei quando alguém força ser outra pessoa, já que vivi anos fazendo isso e sendo ignorante . - diz Jungkook e eu pego em seu ombro para reconforta-lo

 

- Apenas não vamos deixar brechas para ele, não é bom confiar em alguém que você não conhece nem a meses . - ele assenti concordando. depois de mais alguns minutos chegamos a casa do Tae, a porta se encontrava escancarada o que fez nós três trocarmos olhares preocupados e corrermos até para dentro da residência . Assim que entramos eu vi...

 

"​o que está havendo?"

 

                                                                            NAMJOON ON~

 

Jin estava preocupado a ponto de não prestar atenção na aula e encarar um canto qualquer fixamente, não precisava nem perguntar para saber que era pelo Tae e Hoseok, porém não acabou por ai, assim que conhecemos o primo de Jimin senti um aperto se formar rente ao meu coração e já sabia que meu ômega se encontrava com medo, dei umas encaradas e alguns olhares confusos, porém, não toquei no assunto, assim que começamos a ir para a casa de Tae Jin puxou Jungkook para que pudessem conversar a sós pedindo para que Jimin viesse a frente comigo, ele assentiu também confuso mas não se prontificou a perguntar o motivo para Jin.

 

- O que acha que estão conversando? - pergunta caminhando ao meu lado e dando umas espiadas ás vezes olhando para trás .

 

- Eu também não sei, se bem que Jin anda meio estranho ... achei que era pela preocupação depositada em Tae e Hope mas ... agora tenho quase certeza que é alguma coisa a mais - digo pensando no real motivo .

 

- Isso começou logo depois que apresentei Sun Hee ... acha que o assunto que está os deixando assim é ele ? - perguntou encarando a calçada da qual caminhávamos com o olhar baixo .

 

- Não sei, não acho que seja ele o assunto, mas e se for ... o que eles estariam falando? - questiono olhando baixo para o meu lado na tentativa de avistar Jimin ​"puxa ele é baixinho"  ​(A/P: nossa nem tinha percebido!) o mesmo dá de ombros e me olha .

 

- Quer saber? depois a gente fala com eles... acho que não deve ser nada grave se não iriam compartilhar conosco . - Jimin estava certo . não deve ser nada demais .

 

[...]

 

Andamos mais um pouco logo chegando no local e avistando a porta exageradamente aberta , nos olhamos e fomos rapidamente em direção a casa logo nos deparando com tudo quebrado...

 

"QUE?"

​                                             

​                                                                                JUNGKOOK ON ~

 

- Esse é meu primo o Sun Hee - diz Jimin com um sorriso do qual fazia seus olhos virarem risquinhos, Sun Hee estendeu a mão para que eu a segurasse, hesitei um pouco mas logo apertei-a em sinal de respeito apesar de só ter feito por Jimin estar ao meu lado , depois de um tempo vieram os hyungs Jin e Namjoon de mãos dadas em nossa direção, como sempre Jimin apresentou o seu primo como se tivesse orgulho de que fossem da mesma família. Jin hyung ficou um pé atrás ao conhecer Sun Hee assim como eu, aquele cara esconde algo e eu vou descobrir o que é .

No caminho da casa de Tae Jin me puxou e disse que também não se sentia confortável em ter o primo de Jimin por perto, não queria magoar o meu ômega mas Jin estava certo. Passado algum tempo chegamos ao local vendo a porta aberta , nos aproximamos correndo pela preocupação e vimos sinais de arrombamento, assim que adentramos a casa estava tudo escuro e no chão se encontravam alguns cacos de vidro , saímos chamando Tae e Hoseok pela casa na esperança de que estivessem dormindo, o que foi totalmente inútil .

Estávamos no andar de cima onde estranhamente o chuveiro estava ligado, não tinha visto que Jimin tinha me seguido e do nada senti uma mão puxando minha camiseta e alguém me abraçar por trás me fazendo sentir seu corpo contra o meu e seu coraçãozinho acelerado , enterrou o rosto nas minhas costas e senti as mesmas molharem por conta de lágrimas.

- K-kookie... e se tiver acontecido alguma coisa com eles? - disse Jimin com a voz chorosa me apertando no abraço, me virei para o mesmo e o abracei mais ainda forte reconfortando-o .

 

- Não sei meu amor, o que podemos fazer agora é chamar a policia - disse fazendo carinho nos fios macios do menor enquanto ele ronronava mais ainda sim chorava - vamos descer e falar com os hyungs - ele assentiu, peguei na sua mão pequena e fomos até o andar de baixo onde se encontravam Jin chorando com o rosto levemente inchado e vermelho e Namjoon dizendo que tudo ia ficar bem .

 

- Estava falando com o Jimin e acho que o melhor que podemos fazer agora é chamar a policia - opinei interrompendo-os, Namjoon e Jin assentiram em concordância, Jin estava indo em direção ao telefone para fazer a chamada quando ouvimos batidas na porta, todos congelamos e pude sentir Jimin começar a tremer, a marca dizia que ele estava apavorado - Calma ChimChim, eu vou lá ver quem é - disse para o mesmo porém, isso só o fez me apertar ainda mais forte afaguei seus cabelos e levantei seu rosto dando um selinho demorado - Calma amor, vai ficar tudo bem - separei de Jimin dando um beijo em sua bochecha e indo até lá juntamente com Namjoon .

 

- Quem é.....? - senti um corpo cair sobre mim assim que abri a porta, o mesmo estava cansado, com machucados e sangrando, Namjoon me ajudou a traze-lo para dentro, Jin largou o telefone na mesma hora e Jimin correu até a gente para ajudar a colocar a pessoa em cima do sofá, acendemos as luzes e pude distinguir o ser, era....

 

"​o que houve com você?"

 

                                                                                        JIMIN ON~

Fui conversando á frente com Namjoon e assim que chegamos a casa e adentramos a mesma, o lugar estava todo escuro, Jungkook subiu até o andar de cima e eu o segui, ele entrou no quarto onde ficava Tae e Hoseok só que nada deles, o chuveiro estava ligado e a cama toda bagunçada, Jungkook desligou a água e assim que vimos que os hyungs não se encontravam na casa um medo me tomou e eu recorri a Kookie o abraçando, ele me reconfortou e logo descemos, estava com medo e meu coração batia numa velocidade da qual julgava impossível, quando alguém bateu a porta pude jurar que ele parou por alguns instantes. Jungkook e Namjoon foram até lá atender logo trazendo um corpo consigo colocando-o no sofá, não conseguíamos ver o rosto pois a casa estava escura. Assim que acenderam as luzes pude ver a feição da pessoa, automaticamente lágrimas corriam pelo meu rosto e eu desabei ao lado do corpo até agora ensanguentado .

Não sabia o que fazer se não chorar, não tinha mais controle das lágrimas .

 

- M-meu D-deus - disse enquanto passava as mãos em seu rosto.

 

"porque você?"

 

 

​                                                                           HOSEOK ON~

 

Assim que o táxi parou meu coração acelerou, minha mente só conseguia imaginar o pior, rezava baixo para que meu ômega estivesse vivo mesmo sabendo que estava porque se não a marca avisaria, porém queria ter certeza , não sabia o que seria de mim sem Tae . O lugar onde eu me encontrava era uma casa meio velha com a pintura desgastada, corri até a mesma sem hesitar e abri a porta correndo me deparando com Tae preso em uma cadeira, ele estava chorando e fazia que não com a cabeça, ignorei seus sinais e corri até ele.

 

- Calma amor eu vou te tirar daqui - falei retirando o pano que se encontrava em sua boca dando-o liberdade para se pronunciar.

 

- HOPE NÃO - gritou e senti uma pancada um minha cabeça a ultima coisa que eu ouvi antes de enfiarem uma faca totalmente prata e afiada em mim foi..

 

- Não achou que seria tão fácil né? - seguida por uma risada sarcástica e Tae gritando.

 

- COMO VOCÊ PODE!?

 

"​não vou deixa-lo ficar com o meu ômega... não mesmo"


Notas Finais


OEE desculpem o capitulo pequeno!

desculpem também os erros não sou a melhor em português ^^

obrigada denovo aos 160 favs<3

até o próximo capitulo bye <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...