História On Our Way - Namjin - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Tags Jikook, Namjin, Vhope, Yoonseok
Exibições 346
Palavras 1.294
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Um capítulo meio chatinho, MAS, ele é importante para o próximo capítulo e os próximos acontecimentos na fic ^=^

Capítulo 13 - Grandes corações e suas consequências.


Finalmente Yoongi teve alta, e como Namjoon havia prometido, conversou com Jake – no fundo havia ameaçado o rapaz, que se deixasse Yoongi, ele iria se arrepender amargamente –que veio busca-lo no dia do combinado. Todos estavam no hospital, porque ninguém tinha certeza se Jake realmente viria – não estavam com muita fé – mas para felicidade de Yoongi, ele apareceu.


Hoseok estava se segurando para não avançar no moreno tatuado e perguntar que tipo de namorado ele era, na verdade a maioria queria tirar satisfação, mas não queriam causar ainda mais estresse para Yoongi. 


Yoongi, que ainda não podia dirigir, foi no carro de Namjoon e Jin, com Jake ao seu lado, aparentemente preocupado, perguntando como estava, falando como sentiu sua falta e pedindo desculpas por não ter conseguido o visitar. Namjoon e Jin apenas observava e ouvia quietos, não podiam dizer que Jake estava fingindo, mas ainda sim, era estranho ele não ter aparecido. 


Namjoon os deixou na casa de Jake, onde Yoongi costumava ficar, mesmo que ainda não tenha se mudado da casa de Taehyung e Hoseok oficialmente.


Os mesmos haviam acabado de chegar em casa, quando Taehyung resolveu dizer o que realmente estava sentindo. 


– A gente precisa conversar. – Taehyung disse assim que entraram, Hoseok mudou sua expressão ao ouvir as palavras do namorado. 


– Aconteceu alguma coisa? – Perguntou sério, por um momento achou que Taehyung tinha sido despedido ou coisa do gênero.


Taehyung se sentou no sofá e respirou fundo, pensou um pouco antes de falar.


– A gente... Precisa dar um tempo Hoseok.–O outro ficou o olhando por alguns segundos, se sentou no sofá ao lado do outro. 


– Como assim... dar um tempo?


Os olhos de Taehyung se encheram de lágrimas, mas não deixou uma gota sequer cair.


– Eu preciso de um tempo para pensar sobre nós, e acredito que você também precise, está confuso.


– Do que você está falando Taehyung? Confuso? Confuso com o que?


– Com Yoongi. – Ele levantou um pouco a voz mas logo a estabilizou. – Confuso com Yoongi, não precisa dizer nada, eu não sou cego. 


Hoseok ficou quieto, não sabia o que dizer. 


– É... Acho que vai ser isso mesmo. – Passou o dedo no canto do olho e levantou. – Eu vou ficar na casa de Angel por um tempo.


– Da...Daquele Angel?


– Sim, ele é meu ex mas continuamos bons amigos, eu só... Preciso pensar, e você também. Só me promete que não vai concluir nada antes de me falar? Até mais Hoseok.


Sem mais delongas, Taehyung foi até a porta e abriu, deu uma última olhada para Hoseok que permanecia sentado no sofá, sem acreditar um pouco na situação, e saiu, fechando a porta.


Hoseok passou a mão no rosto, ainda incrédulo das palavras de Taehyung. Talvez ele tivesse cansado de ver Hoseok com Yoongi, mesmo quando não deveria. Hoseok percebeu o quão foi idiota mais uma vez, como deixou isso acontecer de novo? As vezes ele falava demais sobre Yoongi, sem perceber como machucava Taehyung. 


Mas ele teria que dar um jeito na sua cabeça, e se decidir, ele não podia continuar assim.


E claro, que recorreu à Namjoon e Seokjin, os únicos que atendia suas ligações de desespero. 


Enquanto os recém maridos aproveitavam a última semana longe do trabalho, também ajudavam Hoseok, que estava desesperado atrás do que fazer e do que falar para Taehyung. 


– Mas você ama Taehyung, certo? – Namjoon perguntou enquanto colocava a aguá fervente sobre o pó de café no coador. Eram apenas nove horas da manhã, mas não se importavam em ajudar o amigo, mesmo que não estivessem preparados para a visita. – Mas o que sente por Yoongi? 


– Sim, eu o amo muito. – Disse sentado na cadeira, debruçado na mesa e com os braços cruzados com a cabeça em cima. – Eu sinto um carinho muito forte por Yoongi, mas nada além disso, eu não sinto nada de verdade. 


– Hoseok, você não pode continuar assim, tem que se decidir, se não vai acabar machucando alguém e à você mesmo. – Jin dizia enquanto estava encostado no balcão, esperando Namjoon terminar de fazer o café. 


– Eu sei... Eu só preciso fazer Taehyung voltar a falar comigo... Ele não atende nenhuma das minhas ligações e não responde minhas mensagens. – Disse quase choramingando.


– Nós falamos com ele, mas primeiro você tem que pensar no que vai falar, não adianta tudo isso acontecer só para continuar na mesma. – Jin falou, pegando três canecas e colocando na mesa. Namjoon trouxe a jarra e pós café para todos enquanto continuava a conversar.  


– Verdade, converse com Yoongi também, querendo ou não, ele está envolvido.  – Disse colocando a jarra na mesa e pegando uma caneca. 


– Eu não vou conseguir falar com ele junto com seu namoradinho.


– Meu Deus Hoseok! Eu falo com Yoongi também, mas é bom você fazer a coisa certa pra tanto esforço. – Jin disse tentando tomar seu café. 


– Eu também... – Hoseok disse pegando o caneca, assoprou e tomou um gole. – Mudando de assunto... E aquela vaga que vocês se candidataram, é esse mês que sai o resultado não é?


– Nossa, tinha até esquecido. – Jin realmente tinha esquecido da entrevista que fizeram para trabalhar em um canal muito famoso no estado, haviam trabalho duro para conseguir um espaço para mostrarem seus trabalhos para o dono do canal, que não é muito gente boa


– Eu também, depois vou ver qual o dia que sai o resultado. Seria coisa de outra mundo de conseguíssemos. – Namjoon não estava muito confiante, desde o momento que seu chefe os indicou a vaga, falando que era uma ótima oportunidade e havia grande chances de passarem. 


– Mas vocês se candidataram para a mesma vaga? – Hoseok perguntou. 


– Não exatamente, cada um na sua área, mas na mesma empresa.


– Entendi... Bem, eu já vou indo, obrigado pela ajuda rapazes, e desculpem o incômodo.


– Não foi nada Hoseok, volte quando precisar e sentir vontade. Mas trate de dar um jeito nas coisas, ein?


– Pode deixar, até mais, obrigado pelo café. 


Hoseok saiu e foi para sua casa, que estava tão vazia sem a presença de Taehyung e Yoongi. Antes sempre tinha algum barulho, ou de Taehyung ouvindo música, ou de Yoongi produzindo alguma coisa no seu quarto. Sempre tinha alguém por perto. A cama estava tão vazia, tão fria sem Taehyung para abraçar.


São nessas horas que vemos o quanto uma pessoa faz falta.


XxX


Taehyung estava com Jimin e Jungkook todo esse tempo, havia mentido sobre Angel, só queria fazer Hoseok ficar com ciúmes, ou com qualquer outro sentimento. Ele queria testa-lo, queria saber se realmente o amava. 


– Calma Taehyung, você nem deu tempo para ele se explicar. – Jungkook falou da cozinha, enquanto Jimin enxugava as lágrimas do outro sentados no sofá.  


– Mas ele nem fez questão... – Taehyung dizia.


– Ele foi pego de surpresa Tae, não sabia o que dizer. Agora pare de chorar, vai ficar tudo bem.


Jimin pôs Taehyung em seu ombro, que continuou a chorar. Jungkook saiu da cozinha trazendo um chá de camomila e entregou para Taehyung.


– As coisas vão melhorar, Hoseok te ama e disso eu não tenho dúvidas. –Jungkook disse, lembrando do dia que Hoseok apareceu dizendo que tinha pedido Taehyung em namoro, com um enorme sorriso em seu rosto, um dos sorrisos mais sincero e iluminado que já viu. 


Taehyung também lembrava de algumas coisas, como o primeiro encontro, o pedido de namoro, aniversário de um ano... No fundo, ele sabia que Hoseok o amava, porém ele tinha o coração grande demais para ter apenas uma pessoa na sua vida, e era isso que o deixava com medo. 


Notas Finais


Confiem em mim, vai ficar tudo bem

💓💓💓💓💓

Amo vocês, capítulo que vem as coisas melhoram

Eu espero


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...