História ▪On The Beach ▪ - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Tags Vkook
Exibições 266
Palavras 1.329
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Jungkook é o passivo porque sim!
Taehyung é o ativo porque sim!
Espero que gostem!
Bjos e boa leitura ^ ^

Capítulo 1 - On The Beach


Fanfic / Fanfiction ▪On The Beach ▪ - Capítulo 1 - On The Beach

POV's Jungkook

Lá estava eu..  deitado na minha cama enquanto mexia no meu celular

Recebo uma mensagem.

《Mensagens on》

Minnie:

Oi Jungkook

Eu:

Oi Minnie, tudo bem?

Minnie:

Sim e você?

Eu:

Mais ou menos...Você viu o Taehyung hoje? Ele sumiu.

Minnie:

Não Kookie eu não vi ele... deve estar no quarto dele batendo uma olhando sua foto, vá lá ver. Aproveita e sei lá... come ele.

Eu:

Jiminnie! Ele pode estar se matando e você fica falando merda! Além disso eu não vou comer ele... se ele não quiser 

Minnie:

Uhum Tá! Vai logo la moleque!

Eu:

To indo! To indo! Tchau!

Minnie:

Tchau

《Mensagens off》

Bloqueio a tela do meu celular e saio do quarto.

Ando por um tempo pelos corredores até encontrar Taehyung sentado no chão, de frente para a porta do seu quarto e  jogando uma bolinha na parede.

Observo seus movimentos. Ele joga a bola na parede.... ela bate, quica no chão e volta para a sua mão.

Me aproximo e sento ao seu lado:

- O que você tem Taehyung? - pergunto

- Não é o que eu tenho, e sim, o que eu não tenho. - ele faz uma pausa  e suspira - Kookie.... o Jimin tem o Yoongi, o Namjoon tem o Jin, o Hobi tem o Yoongi e o Jimin.... e eu? Eu não tenho ninguém. Sou só um qualquer que é fodido por você dentre vários outros - ele olha pra mim e vejo que seus olhos estam lacrimejando.

Me sinto mal. Realmente... Eu eu vivo por aí pegando, ficando com alguns caras..

Alguns não, vários!

Mas com o Taehyung é diferente, eu sempre volto pra ele.... Eu eu sempre quero de novo.

Já os outros não... os outros são só pessoas que eu já fiquei UM dia.

- TaeTae.. você tem a mim.. e eu gosto de você... só não sei demonstrar

- Mesmo?

- Mesmo.

- Então... - ele me pega no colo e sai andando comigo pelo corredor - vou te levar a um lugar especial.

- Que seria?

- Surpresa!

- Affuuuuu Taehyung!

《 ... 》

Estamos na garagem. Ele me põe no carro, entra, da a partida e sai do hotel rumo a não sei caralhos onde.

《 ... 》

- Praia Taehyung? - digo descendo do carro tendo a linda visão da praia onde estamos.

- Sim, algum problema? 

- Não! Amo praias!

- Eu sei disso! Por isso te trouxe aqui

- hm.... Olha! Água de coco! - aponto para uma tendinha onde vende água de coco.

Saio correndo em direção á tenda e peço duas águas de coco.

Volto pra lá e dou uma para Taehyung.

Nos sentamos na areia.

- Obrigado - ele diz.

Sorrio.

- Um brinde a.... a noite em que eu fico na seca! 

- Jungkook para de ser tarado! - levo um tapa no braço - Aliás.. -  ele chega perto do meu ouvido e sussurra - quem disse que vai ficar na seca?

Me arrepio.

- Então..

- Shhhh... - ele me deita e fica por cima de mim - fica quietinho uh? - vira seu corpo sobre o meu e começa a me beijar.

Envolvo seu pescoço com meus braços e o acompanho.

- Hm... então quer dizer que hoje eu serei seu Daddy? Finalmente...

Ele coloca as mãos na minha cintura.

- Vamos para o carro uh?

- C-Claro..

Ele me pega no colo e me leva até o carro. Me coloca no banco de trás e entra junto comigo já fechando a porta.

- Quer que eu seja seu Daddy?

- Faremos o seguinte. - pauso - Braço de ferro! Quem ganhar... será o Daddy essa noite. 

 - Feito. Mas você é muito mais forte que eu!

- Veremos! 

Posiciono meu braço no banco e ele faz o mesmo.

- 3...2...1... vai! - mantenho meu braço parado e ele faz o maior esforço para vencer de mim

Hoje ele ganha! - penso.

Deixo o meu braço mole e ele consegue me derrotar.

- Não acredito! Eu ganhei! 

- Parabéns... - engatinho até ele é sussurro em seu ouvido - Daddy!

Ele sorri.

- Hoje será só meu Baby Boy! Vou te foder até você não conseguir mais andar..

- Estou esperando Daddy!

- Eu mando aqui! 

- Ah...e o que quer ahn?

- Quero que você me chupe...

- Seu pedido é uma ordem Daddy - sorrio.

Desço a mão até a barra de sua calça e tiro-a em um só puxão.

- Posso tirar essa parte com os dentes Daddy?

- Mas é claro Baby Boy!

Sorrio para ele é abocanho sua cueca. Vou descendo ela até seu joelho e encaro seu membro. 

- O que foi?

- Nada... só estou imaginando isso dentro de mim.

Ele ri e solta um alto gemido assim que eu abocanho seu membro.

- hm... Kookie nunca imaginei que sua boquinha fosse tão maravilhosa ah...

Continuo com os movimentos de vai e vem e aumento a velocidade.

- hm... Kookie... - ele morde o lábio inferior - Eu vou...hmm..

Antes dele terminar sua frase sinto um jato quente em minha boca. Engulo todo o seu líquido e o beijo para ele sentir o seu próprio gosto.

Me separo dele.

- Delicioso, não?

Ele sorri.

- Delicioso é o que eu farei com você agora Baby Boy... venha cá ahn? - ele bate em seu colo e eu o obedeço sentando no mesmo.

Rebolo em seu colo o fazendo se excitar novamente.

- Está gostando Daddy? Ou prefere assim... - retiro minha calça lentamente junto com a minha cueca, olhando diretamente em seus olhos 

Termino de me despir e volto a sentar em seu colo rebolando lentamente e fazendo nossas ereções se tocarem.

- hm....hm... D-Daddy hm.. - Digo com ele aumentando a velocidade das falsas estocadas

- Agora eu vou te provocar um pouquinho meu biscoito - ele me deita no banco e abocanha um do meus mamilos  estimula o outro com os dedos

- hm.... Daddy não me torture... vá para a parte principal... vá logo D-Daddy! Hm.. .

- Implore Baby Boy! Me diga o que quer... fale para o seu Daddy uh?

- Daddy... Me foda! 

- Diga mais alto!

- Não me obrigue a fazer isso

Ele da um tapa em minha bunda.

- Diga mais alto!

- ME FODA DADDY! ME COMA ATÉ EU PERDER A FORÇA DAS PERNAS!

- Seu desejo é uma ordem! - ele posiciona seu membro em minha entrada e me penetra lentamente

Grito com a estocada forte que ele dá.

- O que foi Baby Boy? Doeu? - fica preocupado

- Não Daddy... esse grito foi de prazer

- Ah... Então você gosta.... - ele começa  a me estocar lentamente mas com força - gosta disso?

- AAAH... S-Sim Daddy... muito..

Ele continua.

- Mais rápido Daddy! Por favor!

Ele aumenta a velocidade das estocadas e envolve meu membro com sua mão, iniciando uma masturbação lenta

- hm... Eu vou... 

- Não goza ainda - ele aperta meu membro e para com as estocadas.

Solto um gemido em reprovação.

- De quatro Baby Boy!

Obedeço e fico de quatro no banco. Logo sinto Taehyung me penetrar um dedo.

Ele começa com estocadas lentas e adiciona mais um dedo

- Ahhh

Faz movimentos de tesoura no meu interior e adiciona o terceiro dedo

Sinto os mesmos sendo retirados da minha entrada.

- Agora sim! - ele se posiciona atrás de mim - Posso?

Ascinto com a cabeça e ele me penetra lentamente

Meus olhos lacrimejam mas ele continua até  estar completamente dentro de mim.

Asceno com a cabeça o autorizando a continuar e ele começa a me estocar.

Os movimentos vão ficando cada vez mais rápidos e ele mais uma vez pega meu membro iniciando uma nova masturbação.

10.. 15... 20 estocadas e eu entorpecido de prazer me desfaço em sua mão e caio sem forças no banco do carro

Ele continua com as estocadas e logo se desfaz em meu interior me preenchendo com o seu liquido quente.

Ele se retira de mim e se joga ao meu lado.

Respiro ofegante... e fico o encarando

- Você tem ideia do quanto você  está  gostoso desse jeito? - digo

- E você? Tem ideia do quanto eu quero te ter aqui 24 horas?

- Mas você pode - sorrio - e se continuar nu e me olhando desse jeito, quem vai te atacar sou eu!

- Então você está olhando pro Perry? Pode olhar... ele só morde quando eu deixo

- Se me provocar de novo eu não vou só olhar! 

- Interessante... e o que você faria além  de olhar?

- Isso! - fico em cima de seu corpo

- Segundo Round?

- É pra já! .....


Notas Finais


Yeeeeeey
Foi Isso!
Espero que tenham gostado!
Fiquei a tarde inteira fazendo isso
Desculpa aew pelos errinhos ok?
Bjos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...