História On your DNA - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, Jungkook
Tags Bambam, Bangtanboys, Bts, Got7, Jackson, Jungkook
Visualizações 12
Palavras 792
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção Científica, Mistério, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi tudo bom ?
Bom espero que gostem do capítulo.
E desculpem se ele tá curto.

Beijos <3

Capítulo 2 - Lembrança


Eu olhava para ele enquanto bebia o meu café.

" Eu já vi você em algum lugar, mas porque eu não me lembro" 

- O que tanto olha ? - Diz ele pousando a chávena na mesa escura.

-N-naadda nao, só uma pregunta ? Você é de Busan ? - o mesmo me olho.

-Sim eu era de Busan.

-E você andava na (inventem um nome de uma escola)?- Ele me olhou mais atentamente parecendo tentar se lembrar de uma pessoa.

Ate que me lembrei dele.

-Ai meus deus ! Você é Jeon Jungkook aquele menino gordinho que andava comigo na escola, meus deus você mudou bastante nem te conheci.

 

Jungkook foi um dos meus amigos de infância ele era gordinho e só gostava de comer quando tocava para o receio eu o encontrava sempre a comer um chocolate as escondidas, todos os meninos zoavam dele por ele ser gordo e isso me metia pena e raiva ao mesmo tempo, até que um dia eu não aguentei e fui defender ele.

 

-Ah então você é aquela menina que me defendeu quando eu era criança? Nossa como o mundo é pequeno.- ele olhou com um pequeno sorriso para a sua chávena ainda com o líquido castanho e quente.

Nós tivemos a falar durante um bom momento sobre os nossos estudos e descubro que ele ia para mesma escola que a minha.

 

Já eram 16:23 da tarde e Jungkook tinha acabado de sair de casa, eu fiquei arrumando as coisas que tinha em cima da mesa.

 

- Quem diria que eu ia encontrar Jeon Jungkook aquele miúdo gordinho da escola?- um sorriso apareceu no meu rosto.

 

 

~Jungkook on ~

 

Vim para casa depois de passar um momento com aquela Amy eu sabia que tinha de fazer outras coisas. Entrei em casa e fui direto para o corredor onde tinha uma porta lá no fundo abro a mesma e começo a descer os degraus que ali estavam, começo a sentir o ar gelado sobre a minha pele e aquele cheiro metálico com um bocado de sangue misturado que me fazia sorrir quando o sentia, entro no compartimento era pequeno com paredes escuras e com uma mesa onde tinha lá todo o meu material, e a sua frente uma cadeira onde eu já tinha a minha primeira vítima de Seul, claro que eu Jeon Jungkook tive que arranjar um brinquedo para me entreter quando não tiver nada para fazer.

 

 Vejo que a meu brinquedo acorda do seu sono profundo, e logo ficando em pânico e tentando se mexer.

 

-Ora, Ora a bela adormecida acordo não foi, então hoje quer brincar com qual dos meus amigos hum? - meto a mão ao lado da minha orelha e aproximando mais da rapariga ali com as mãos presas, até que ela começa a gritar algo que eu não consegui decifrar por causa do pano tapando a sua boca.

-Hm? Tá a dizer para eu escolher? Tá bom já que insiste.- me virei para a mesa e peguei no meu instrumento favorito o alicate e me virei para ficar de frente com a rapariga que agora se mexia mais.

-(Suspiro) você é mesmo patética né? Pena que vai durar pouco tempo.- dou um grande sorriso os lábios.

 

Pego na mão direita da mesma e com o meu alicate começo a escolher o dedo que quero para a minha coleção.

-Acho que desta vez vou querer um dedo pequeno.- digo pegando o dedo da rapariga e cortando-o com o alicate sinto o osso a se quebrar e os gritos de dor da mesma aquilo para mim era música para os meus ouvidos.

 

Cheguei a um momento onde me cansei e o que só queria era cortar a garganta daquela garota, não perdi tempo peguei na faca que estava na mesa e de um golpe logo cortei o seu pescoço fazendo com que a cabeça da mesma caísse no chão e fazer uma poça de sangue ali mesmo.

 

-Boa Jungkook agora vai ter que limpar isto, mas foi bom que parece que recebi um prémio, a minha primeira lembrança de Seul. 

 

Peguei em um cubo de vidro que tinha comprado meti um bocado de água meti a cabeça da garota tirei o lenço da sua boca e meti a cabeça dentro do cubo e fui abrir o frigorífico que tinha no canto do porão e meti ao lado de outras cabeças que estavam lá.

 

-Bem vinda à família. - fechei o frigorífico e subi para ir tomar um banho e tirar todo o sangue das minhas mãos e dos meus braços.

 

~��~

 

Sentei no meu sofá ainda com os meus cabelos molhados.

 

-Parece que terei de ir buscar um novo brinquedo para me entreter e parece que amanhã vou ter essa chance.

 

 


Notas Finais


Desculpem se tiver erros :')


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...